Anny Rivero Wn

TODAS AS WEBS DO ORKUT!!
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:04 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:11 pm

Christopher: da próxima pensa duas vezes antes de sair fotografando o que não deve - dizia irritado segurando firme a mão de Dulce

Karla : Dulce não vê que esse dai ta te colocando contra nós suas fãs- dizia encarando Dulce

Dulce apenas encarou seria a garota

Christopher: vamos embora - dizia serio e puxando a namorada

Enquanto isso na Fox....

Juan andava de um lado para o outro

Andrés: quer se acalmar – dizia impaciente

Juan : impossível , se conseguirmos esse patrocínio tudo vai ficar tão mais fácil – dizia animado

Andrés: mais se você furar o chão vai ficar complicado – dizia divertido

Juan : o Felipe não dá noticias – dizia aflito

Andrés apenas sorriu

Enquanto isso no México .....

Rick :e então já tem onde ficar? – perguntava interessado

Ilza suspirava

Ilza: ainda não , mais estou procurando , pretendo passar uma temporada por aqui – dizia piscando

Rick : gostei disso – dizia – é bom ter companhia - confessava

Ilza: nossa quem vê acha que você é o pobre solitário – dizia divertida

Rick : e o seu ex ? – perguntava

Ilza: não sei – dava de ombros – decidi sair do studio e por enquanto estou em uma pensão – dizia – e você como andam as coisas ? – perguntava

Rick : sabe as vezes eu queria que a minha situação fosse simples como a sua , onde bastava eu pegar as minhas coisas e dizer adeus – dizia suspirando – mais eu sou casado e minha futura ex mulher esta grávida – dizia – sabe sempre imaginei que quando tivesse um filho tudo seria tão diferente – dizia

Ilza apenas escutava
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:12 pm

Enquanto isso em Bogotá .....

Karla : por favor sem processo – pedia encarando Christopher

Christopher : agora ela fala por favor – dizia debochado – desculpa mais vai ter processo sim – dizia firme

Dulce: e se mais alguma foto surgir de nóis dois será um processo duplo – dizia irritada

Ambos não falaram mais nada apenas saíram apressados se afastando das três garotas que apenas olhavam o casal desaparecer pela rua .

Alguns dias depois.....

Christopher estava na emissora , já passava das 10 da manhã quando ouviu .

Juan : mas que droga é essa – dizia bravo segurando um envelope e entrando no estudio a passos largos

Andrés : o que aconteceu ? – perguntava sem entender parando as gravações

Juan : eu que pergunto Christopher Uckermann esta me processando – dizia encarando irritado Christopher

Christopher que estava caracterizado arqueou a sobrancelha e logo respondeu

Christopher: acho que deveria perguntar para sua linda filha Karla – dizia serio

Juan o encarou confuso

Juan: o que a minha filha tem haver com isso ? – perguntava

Christopher: sua filha é tal paparazzi que fica distribuindo fotos minhas e da minha namorada por todos os cantos – dizia – sinto muito Juan te respeito mais a sua filha se meteu na minha vida e isso eu não podia e nem vou deixar barato – dizia serio

Felipe : a sua filha é a doida que esta seguindo o Christopher? – perguntava sem acreditar

Juan : isso não pode ser – dizia incrédulo

Christopher: fale com a sua filha e depois conversamos – dizia serio

Enquanto isso no apartamento ....

Dulce terminava de arrumar suas coisas , no dia seguinte voltaria para o México onde acompanharia o grupo nos shows .

Dobrava cuidadosamente suas roupas , algo que ultimamente lhe causava estranheza uma vez que nunca tinha paciência para arrumar malas , sorriu olhando como suas roupas estava diferentes, mais largas e até mais sóbrias , mordeu o lábio inferior imaginando como seria ficar longe de Christopher durante aqueles meses .

Na Fox....

O clima havia ficado tenso entre Christopher e Juan. Christopher não se intimidava com os olhares acusadores do diretor e Juan por sua vez ainda não conseguia acreditar que sua filha estivesse por trás de toda a palhaçada das fotos de Christopher .

Andrés tomou o lugar de Juan nas cenas que Christopher ainda gravaria naquele dia dispensando assim o diretor que saiu imediatamente da emissora.

Christopher: juro que não queria causar esse clima – dizia serio

Felipe: te entendemos Christopher afinal o que a filha do Juan fez não foi nada certo – dizia

Andrés: acho que qualquer um na sua situação tomaria a mesma medida , não se preocupe – dizia batendo de leve nas costas dele

Christopher apenas forçou um sorriso e logo voltou a gravar .

Enquanto isso ....

Juan : PODE ME EXPLICAR ISSO KARLA – gritava jogando o envelope na garota

Karla apenas olhou o pai e logo leu o que tinha no envelope , abaixou a cabeça sem saber o que dizer .

Juan : PELO SEU SILÊNCIO ISSO É VERDADE – gritava – TEM NOÇÃO DO QUE FEZ SUA IRRESPONSAVEL ? EU TRABALHO COM O CHRISTOPHER , COM QUE CARA EU VOU ENCARAR ELE SABENDO QUE A MINHA FILHA ADOLESCENTE É A RESPONSAVEL POR EXPOR A VIDA DELE – berrava – COM QUE CARA EU VOU OLHAR PARA TODOS , DEPOIS DE TER PRATICAMENTE CHAMADO ELE DE IRRESPONSAVEL POR SE EXPOR ME RESPONDE KARLA – dizia bravo

A garota apenas ouvia tudo calada

Juan : você me decepcionou – dizia encarando a filha – eu vou responder a esse processo mais pode ter certeza que você também vai – dizia serio – arrume as suas coisas vou te levar de volta para a casa da sua mãe e contar as novidades – dizia serio

A garota apenas suspirou se jogando no sofá da sala.

Enquanto isso na Televisa.....

Pedro : a que devo a honra de ter Rosy Ocampo em meu humilde escritório – dizia divertido

Rosy : trabalho meu caro Pedro , trabalho – dizia sorridente

Pedro : trabalho ? – perguntava interessado

Rosy : sim , Pedro meu querido eu quero um dos seus garotos em um dos meus novos projetos – dizia animada

Pedro : qual deles? – perguntava

Rosy : Christopher – dizia

Pedro : impossível – dizia suspirando

Rosy : vamos Pedro , nos conhecemos a anos , o que custa liberar o Chris ? – perguntava

Pedro : não sei se esta sabendo mais Christopher não faz mais parte do grupo e menos ainda da Televisa- dizia

Rosy : como não faz mais parte da Televisa? – perguntava surpresa

Na casa de Alexandra....

Alexandra: a cada dia que passa eu fico mais ansiosa por ter logo minha netinha aqui – dizia arrumando algumas coisas no quartinho que seria da bebê

Victor: não acha exagero demais não – dizia olhando o quarto praticamente pronto – até parece que você é a mãe – dizia divertido

Alexandra: calado Cassillas – dizia seria – minha neta merece o melhor – dizia arrumando o dossel do berço

Victor apenas negou com a cabeça olhando a empolgação da ex- mulher

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher havia acabado de gravar uma cena romântica com Maya o que o deixou sem jeito pois na hora do beijo ela colocou a língua . Assim que escutaram o CORTA

Christopher: porque fez isso ? – perguntava direto

Maya: fiz o que ? – perguntava se fazendo

Christopher: da próxima eu paro a cena – avisava saindo do estudio

Maya apenas observou como Christopher saia rapidamente


Nos bastidores .....

Christopher andava apressado até o camarim não havia gostado nada da ousadia de Maya , entrou rapidamente no camarim e fechou a porta com força , respirou fundo e começou a se trocar.

Enquanto isso no apartamento ....

Dulce havia acabado adormecendo depois de terminar de arrumar suas coisas.

Sonho da Maria

Uma risada e logo vozes . Abriu os olhos se deparando com um quarto de casal , piscou repetidas vezes e logo ouviu uma porta se abrir bruscamente.

Luna: buenos dias mamá, good morning mommy , bra dag mamma- dizia a pequena garotinha

Dulce: buenos dias hermosa – dizia ainda sonolenta sentindo a pequena garotinha de cabelos escuros e intensos olhos verdes a encarar risonha

Christopher: te achei sua safadinha – dizia parado no batente da porta com os braços cruzados

Luna gargalhou escondendo o rostinho

Dulce: o que eu perdi ? – perguntava encarando o marido

Christopher: Luna Von Uckermann , pode ir arrumar aquela bagunça – dizia serio

Luna : papá – dizia manhosa

Christopher: e nada mocinha , pode levantando – dizia olhando a pequena garotinha sair da cama e sair do quarto dos pais seria

Dulce: amor – dizia mordendo o lábio inferior

Christopher: ela bagunçou tudo Dul – dizia se aproximando da cama

Dulce: porque não me acordou ? – perguntava sentindo o colchão afundar com o peso do marido

Christopher: você estava cansada resolvi te dar uma trégua – dizia piscando e roubando um beijo – sua irmã ligou – dizia a encarando

Dulce: qual delas? – perguntava

Christopher: a minha funcionária – dizia divertido

Dulce: o que houve? – perguntava

Christopher: não tenho idéia ela só avisou que vai ter um jantar hoje na casa dos seus pais e que não podemos faltar – dizia a encarando

Dulce: jantar? Ahh alguém avisa para a Claudia que eu ando muito cansada por favor – reclamava

Christopher: deixa de ser preguiçosa – dizia mordendo o queixo da esposa - não custa nada irmos até a casa dos seus pais – dizia a encarando

Dulce: não quero ter que discutir de novo com a Bianca – dizia suspirando

Christopher: é só ignorar amor – dizia

Dulce: falar é tão fácil – dizia

Christopher: e agir também – dizia piscando – agora levanta porque daqui a pouco eu – parou de falar ao escutar

Luna: PAPAI JÁ TERMINEI – gritava e logo aparecia com o sorriso mais encantador na porta do quarto

Christopher: só quero ver hein – dizia se levantando e logo pegando a filha no colo

Dulce sorriu e logo se sentou na cama esfregando os olhos sentindo o corpo ainda cansado , bocejou e logo se levantou olhando a foto que ficava no criado mudo , sorriu ao ver a foto de sua família .

.............

Mais risos eram escutados .

Dulce: que farra é essa? – perguntava parada na entrada da cozinha observando o marido e da filha

Luna: panquecas do papá – respondia risonha em pé na cadeira

Dulce: sei – dizia desconfiada se aproximando e abraçando o marido por trás – serio que esta fazendo panquecas ? – perguntava

Christopher: tudo para as minhas mulheres – dizia divertido – opa para você também campeão – dizia sentindo um chute nas costas

Dulce: acho bom – dizia acariciando a barriga de quase 6 meses de gravidez – to morta de fome – dizia se sentando

Christopher: amor se controla , ta comendo muita besteira nos últimos dias – dizia serio

Dulce: é mais forte que eu – dizia suspirando

Luna: to com fominha papá – dizia encarando o pai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:12 pm

Christopher: já esta quase pronto meu amor – dizia

Luna : bom dia maninho – dizia encarando a barriga da mãe

Dulce: bom dia Luna – dizia com voz de criança fazendo a pequena garotinha arregalar os olhos verdes admirada

Dulce abriu os olhos rapidamente ouvindo o celular tocar sem parar , resmungou um palavrão e olhou o visor não reconhecendo o numero e ignorando a chamada . Se sentou na cama e olhou ao redor um pouco perdida , piscou repetidas vezes e se jogou na cama novamente sentindo ainda muito sono . Suspirou agarrando o travesseiro do namorado .

Enquanto isso na Televisa....

Rosy : mais como assim ? – perguntava decepcionada

Pedro : tivemos algumas complicações e tudo acabou com o Christopher fora do casting da emissora – dizia sem dar detalhes

Rosy : mais que droga – dizia pensativa – tinha um personagem perfeito para ele – dizia suspirando

Pedro : personagem ? – perguntava

Rosy : sim queria ter a minha dupla Belinda e Christopher novamente em uma novela – dizia desanimada

Pedro: Belinda vai voltar a atuar? – perguntava surpreso

Rosy : estamos negociando mais é quase 100% de certeza – dizia seria – e agora quem pode fazer protagonista com ela ? – perguntava

Pedro : não tenho mais o Christopher , mais ainda tenho Christian e Poncho – dizia

Rosy apenas encarou o produtor.

Enquanto isso .....

Rick : então é aqui a famosa pensão – dizia parando o carro na frente de uma simples pensão

Ilza: meu humilde e provisório lar – dizia divertida

Rick: parece aconchegante – dizia olhando a fachada

Ilza: é bastante apesar de muito simples – dizia

Rick : você é uma figura Ilza – dizia sorridente

Ilza: olha quem fala – dizia divertida – bem acho que por hoje já chega né , daqui a pouco você vai cansar da minha cara – dizia divertida

Rick : acho que não – dizia serio a encarando

Ilza e Rick apenas trocaram um singelo olhar que valeu por mil palavras e logo seus lábios se encontraram em um beijo repleto de descobertas .

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher terminava de gravar uma cena onde seu personagem aparecia de cueca a maior parte do tempo o que atraiu uma considerável quantidade de atrizes ao estudio . Assim que escutou o corta pegou o roupão e o vestiu sentindo um pouco de frio pelo fato de estar descalço.

Christopher: por favor me diz que foi a ultima cena vestido assim – dizia encarando Andrés

Andrés: por hoje acabou – dizia divertido

Christopher apenas encarou o diretor emburrado e logo foi se trocar .

Maya assim como outras atrizes apenas observavam caladas

Enquanto isso .....

Cecília : COMO É? – gritava

Juan : ISSO DAÍ QUE ESCUTOU GRAÇAS A NOSSA BELA FILHA VOU RESPONDER A UM PROCESSO POR INVASÃO DE PRIVACIDADE E O MELHOR SOU PROCESSADO PELO ATOR QUE DIRIGO – dizia irritado

Cecília: KARLA ISSO É VERDADE? - perguntava apenas tendo o silencio da filha como resposta- EU NÃO ACREDITO NISSO – dizia brava – ISSO É CULPA SUA JUAN , SEMPRE DISSE QUE NÃO QUERIA NOSSA FILHA NESSE MEIO DE LUNATICOS QUE VOCÊ TRABALHA – dizia encarando o ex- marido

Karla apenas olhava e ouvia a briga dos pais

Juan: AGORA A CULPA É MINHA ? SUA FILHA FAZ A BURRADA E EU SOU O CULPADO ? ESSSA É BOA – dizia bravo

Ambos ficaram discutindo por alguns minutos até perceberem que estavam sozinhos e gritando como loucos.

Cecília : brigar não vai resolver – dizia suspirando

Juan: até que enfim percebeu – dizia serio – vou responder ao processo , mais quero que a Karla tenha noção do que fez – dizia

Cecília apenas encarou o ex- marido pensativa.

O que a filha mais velha havia feito de fato tinha sido grave e a maior prova era o processo que o ex- marido responderia suspirou e o encarou .

Cecília: o que acha que devemos fazer? – perguntava

Juan: primeiro ver até onde vai esse processo e segundo começar a mudar algumas coisas – dizia seio olhando de canto de olho a filha que estava sentada no sofá de cara fechada e braços cruzados sem encarar os pais

Enquanto isso na Fox....

Christopher já havia se trocado e usava uma calça preta jeans e uma camisa de mangas cumpridas também escura com um lenço preto no pescoço , os cabelos estavam levemente arrepiados e ele andava tranquilamente pelos corredores dos camarins indo em direção ao estudio novamente.

FOTO KDABRA

Assim que surgiu no estudio suspirou estava se sentindo bastante incomodo com os olhares de Maya .
Se aproximou de Andrés e apenas ficou ao seu lado ouvindo e observando as ordens do diretor.
Olhou de canto de olho e percebeu que Maya o encarava fixamente , ignorou continuando com a atenção voltada as coisas que Andrés falava.

Enquanto isso....

Dulce se remexia na cama finalmente despertando de seu cochilo , esfregou os olhos ainda sonolenta e espreguiçou manhosa , acariciando o ventre arredondado.Se sentou na cama e olhou ao redor , suspirou percebendo que ainda era dia e que ainda estava sozinha no apartamento . Mordeu o lábio inferior se sentindo sozinha dentro daquele apartamento .

Na Fox ....

Christopher havia voltado a gravar e para o seu desespero era uma cena romântica com Maya que mais uma vez não perdeu a oportunidade.

Christopher: PAROU OK – dizia afastando a Maya bruscamente

Maya : HEI – dizia o encarando irritada

Andrés: o que houve? – perguntava sem entender assim como a maioria das pessoas presentes no estudio

Christopher: eu disse que se fizesse de novo eu ia parar – dizia serio encarando a atriz

Maya: não fiz nada – dizia sem encara-lo
Andrés: o que ela fez Christopher? – perguntava se aproximando dos dois

Christopher: colocou a lingua – dizia serio

Andrés sorriu

Andrés: Christopher, isso é normal – dizia

Christopher: em beijos técnicos não são e se queria um beijo real pelo menos tinha que ter me avisado – dizia serio – não gosto dessas coisas – dizia

O diretor que até aquele momento estava achando graça da situação porque normalmente eram as atrizes que se irritavam com tal atitudes, ficou serio percebendo que Christopher estava de verdade irritado.

Andrés: ok que isso não se repita Maya – dizia serio encarando a atriz que arregalou os olhos

Maya: Andrés – dizia encarando o diretor

Andrés: intervalo de 10 minutos ok – dizia se afastando os dois

Maya encarou Christopher e falou

Maya: porque tanto medo de mim ? tem medo de não resistir ? – perguntava

Christopher a olhou de cima abaixo e simplesmente negou e se afastou em total silencio deixando a atriz irritada.

No México....

Rick suspirou sentindo Ilza se aconchegar nos seus braços .

Rick : isso foi uma loucura – dizia sorridente

Ilza: uma excitante loucura – dizia beijando de leve o pescoço dele e puxando o lençol cobrindo o corpo totalmente nu

Rick suspirou novamente o que fez Ilza o encarar

Ilza: Rick , não se sinta culpado você esta separado ou se separando é perfeitamente normal você não querer ficar sozinho – dizia sorridente – senão fosse comigo seria com outra – dizia piscando divertida

Rick sorriu e acariciou o rosto dela

Rick : eu sei mais é que pra mim é estranho a anos não ficava com outra mulher que não fosse a minha ex mulher – dizia serio

Ilza: e isso te incomoda ? – perguntava
Rick: um pouco porque é nesse momento que eu percebo que a muito tempo as coisas não estavam bem , muito antes do bebê – dizia fechando os olhos com força – mais chega desse assunto – dizia abraçando apertado Ilza – passa o resto do dia comigo ? – perguntava a encarando

Ilza: você não tem que trabalhar não ? – perguntava

Rick : não hoje é meu dia livre – dizia piscando sentindo Ilza beija-lo – 2º round ? – perguntava

Ilza: 3,4,5,6º quantos o você agüentar – dizia animada

Na casa dos Saviñon ....

Claudia havia acabado de voltar para casa tinha esquecido uma pasta com algumas anotações importantes . Entrou apressada deixando sua bolsa no sofá e subindo rapidamente para o quarto , respirou aliviada ao ver a pasta em cima do colchão de sua cama , pegou e logo saiu . Desceu as escadas tranquilamente quando percebeu o silencio da casa, estranhou um pouco e resolveu ir até a cozinha . Franziu a testa ao ver a irmã comendo sem parar sentada em uma cadeira.

Claudia: hei a comida não vai fugir – dizia seria

Bianca: não enche o saco – dizia

Claudia: depois não reclama – avisava

Bianca: Rick tem outra mulher – dizia sem parar de comer

Claudia: e como sabe disso ? – perguntava arqueando a sobrancelha

Bianca: viram ele cheio de carinho com uma vadia no shopping – dizia encarando a irmã

Claudia:e você acha que sentada aqui se entupindo de comida vai recuperar seu marido ? nossa bela concepção – dizia debochada – sabe vendo pelo lado de fora Rick foi guerreiro de te aturar por tantos anos , você esta insuportável Bianca – dizia seria – e quer saber fica ai com a sua comida que eu espero pelo menos seja saudável pro meu sobrinho porque ao contrario de você eu tenho coisas para fazer além de ficar ouvindo fofocas de “amigas” fui – dizia saindo apressada da cozinha sem dar tempo da irmã falar nada.

Na Colômbia ....

As horas havia passado rapidamente. Christopher abriu a porta do apartamento se sentindo bem cansado. Tinha passado a tarde gravando externas com a equipe antecipando algumas cenas . Suspirou ao entrar no apartamento e jogar suas coisas no sofá .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:13 pm

Christopher: amor! – chamava enquanto tirava os sapatos e a camisa ficando apenas de calça jeans .

Andou até a cozinha e viu algumas coisas em cima da mesa , vasculhou um pouco e viu que era comida e o cheiro aprecia ótimo , estreitou os olhos e saiu . Andou em direção ao quarto que tinha a porta entreaberta , empurrou lentamente e sorriu com a imagem que viu .

Dulce tinha os cabelos presos em um coque meio frouxo , e usava apenas uma minúscula calcinha , estava distraída passando uma espécie de oleo na barriga arredondada . Christopher entrou no quarto sem fazer ruído e se recostou na porta cruzando os braços e apenas observando aquela cena sorridente. Não agüentou e acabou falando .

Christopher: que visão perfeita – dizia com a voz rouca

Dulce rapidamente olhou na direção dele surpresa nem havia notado a presença do namorado , sorriu deixando o vidrinho de óleo sobre o colchão e se aproximou ainda acariciando a barriga ficando de frente para ele.

Dulce: faz tempo que chegou ? – perguntava

Christopher: tempo suficiente para ver a mulher linda que eu tenho – dizia a encarando

Dulce sorriu sentindo o rosto corar pelo simples elogio do namorado

Christopher gargalhou ultimamente Dulce se envergonhava com mais facilidade e logo a puxou para perto dele dando suaves beijos nas pintinhas do colo dela .

Dulce: não esta com fome ? – perguntava puxando o cabelo do namorado o obrigando a encara-la

Christopher: não muito – dizia sem parar o que fazia

Dulce suspirou

Christopher: quero doce – dizia descendo mais os lábios até encontrar um dos mamilos já escurecidos pela gravidez e extremamente sensível , suavemente passou a língua e logo sugou com cuidado .

Dulce: Chris – dizia manhosa – eu to com fome – sussurrava já entregue as sensações

Christopher sorriu e sugou mais uma vez o mamilo e logo afastou os lábios dizendo

Christopher: ok primeiro a comida de verdade paras minhas mulheres – dizia divertido roubando um selinho molhado da namorada e saindo do quarto segurando a mão da namorada que se abanava com uma das mãos sentindo um calor intenso percorrer o corpo .

No dia seguinte ....
Dulce colocava sua bolsa no sofá e olhava as horas no celular .

Christopher : se você olhar esse celular de novo eu desligo ele – ameaçava surgindo na sala

Dulce: meu vôo sai as nove e ja são 07:30 – dizia mordendo o lábio inferior – vai mesmo me levar ? – perguntava se aproximando do namorado e o abraçando pela cintura e o encarando

Christopher: já disse que vou – dizia acariciando o rosto dela – só não estou gostando disso de você ficar sozinha lá no apartamento – dizia serio

Dulce: eu vou ficar bem – dizia

Christopher : promete que se acontecer qualquer coisa você vai para a casa da minha mãe – dizia serio

Dulce: amor não quero ficar incomodando a sua mãe – dizia o encarando

Christopher: garanto que não vai incomodar em nada – dizia – e além disso só assim eu vou ficar tranqüilo porque se alguma coisa acontecer você não vai para casa dos seus pais ou vai ? – perguntava desconfiado

Dulce: não – dizia seria

Christopher: viu! Me promete que se acontecer qualquer coisa ou sei lá se você se sentir muito sozinha vai para a casa da minha mãe – dizia

Dulce revirou os olhos sabia que Christopher não mudaria de idéia

Dulce: ok eu vou e chega desse assunto – dizia se soltando do namorado

Christopher : só estou falando pro seu bem amor – dizia suspirando

Dulce: eu sei – dizia se sentando no sofá – mais as vezes parece que eu sou uma irresponsável que não sabe se cuidar sozinha – dizia emburrada

Christopher se aproximou se ajoelhando na frente dela colocando as duas mãos nas coxas dela que estavam cobertas por uma calça jeans

Christopher: não é irresponsável , mais me entende eu me preocupo porque não é só você que vai ficar longe de mim , mais também a nossa bebê é normal eu me preocupar assim – dizia a encarando

Dulce: eu sei – dizia o encarando – mais para de me tratar como uma criança – pedia seria

Christopher: não te trato como uma criança amor , te trato como uma mulher grávida que precisa de cuidados e atenção como qualquer outra – dizia

Dulce: ok Christopher – dizia emburrada

Christopher : hei não é pra ficar brava comigo , só quero poder ficar seguro de que vocês estão bem só isso – dizia calmo

Dulce: ta – respondia o encarando

Christopher sorriu pelo jeito emburrado da namorada e roubou um beijo dela que continuou de cara fechada.

Logo ambos saíram do apartamento de mãos dadas e com Christopher levando a mala da namorada que ficou calada o caminho todo até o aeroporto . Assim que entraram no saguão do aeroporto Dulce suspirou .

Dulce: ta quase na hora – dizia olhando o celular que marcava quase 08:15 da manhã

Christopher: sim – dizia se aproximando dela e entregando as passagens para ela – vai ficar me ignorando mesmo ? – perguntava

Dulce; não estou te ignorando simplesmente não queria ficar longe de você- dizia suspirando

Christopher apenas a encarou segurando a língua e a vontade de dizer que essa despedida só estava acontecendo por escolha dela , mais se calou .

Se sentou em uma das cadeiras e apenas observou a namorada . Dulce usava uma calça jeans escura , uma blusa larga branca e uma jaqueta por cima e usava uma bota de salto preta , seus cabelos estavam soltos e bem cacheados nas pontas e o rosto um pouco diferente assim como suas novas curvas , sorriu travesso se lembrando da noite que haviam tido de fato havia sido a despedida deles , pensou risonho .

Dulce: porque esta sorrindo assim ? – perguntava o encarando

Christopher: nada - respondia ainda risonho

Dulce apenas estreitou os olhos desconfiada

Alguns minutos depois....

Voz do aeroporto : SENHORES PASSAGEIROS COM DESTINO A CIDADE DO MEXICO FAVOR EMBARCAR NO PORTÃO A -33

Dulce mordeu o lábio inferior e encarou o namorado

Christopher: acho que é o seu – dizia se levantando e oferecendo a mão para a namorada que se levantou não querendo

Ambos seguiram de mãos dadas até proximo ao portão de embarque . Christopher parou e puxou a namorada pela cintura arredondada ficando cara a cara com ela .

Christopher: assim que chegar me liga e por favor se cuida e cuida da nossa princesa – dizia sussurrando olhando fixamente os lábios rosados dela

Dulce: você também se cuida e nada de ficar de festinha por ai hein – dizia enciumada

Christopher: mal tenho tempo de respirar que dirá ir de festa – dizia divertido – mereço um beijo de despedida não ? – perguntava soltando a mala e se aproveitando que a jaqueta da namorada era larga e cumprida e acariciando suavemente o ventre arredondado onde sua bebê descansava tranqüila – vou sentir falta de fazer carinho na sua barriga – dizia nostálgico

Dulce; você vai me fazer chorar Chris – dizia segurando o choro

Christopher sorriu abraçando apertado a namorada que não se conteve e desabou em um choro forte . Rapidamente ele afastou a namorada secando o rosto dela e falando .

Christopher: se ficar chorando assim não te deixo viajar – dizia divertido

Dulce: besta – dizia soluçando e tentando se conter também – te amo e vou senti muito a sua falta – dizia baixinho abraçando novamente ele

Christopher : eu também vou sentir falta de vocês amor – dizia suspirando e ouvindo mais uma vez o chamado para o embarque – vai agora você tem que ir mesmo – dizia serio dando um beijo demorado na namorada

Ambos se permitiram o beijo que durou apenas alguns segundos mais que foi como horas para os dois devido aos sentimentos aflorados naquele momento . Dulce separou os lábios e acariciou o rosto do namorado como se quisesse gravar cada centímetro de pele dele , suspirou engolindo o choro e roubou um selinho rápido arrumando a bolsa no ombro e pegando a mala na mão , se afastando do namorado sem olhar para trás porque se fizesse tinha certeza que não embarcaria .

Christopher por sua vez colocou as duas mãos nos bolsos da calça jeans que usava e suspirou sentindo um vazio estranho . Assim que o portão de embarque fechou ele se aproximou de uma das enormes janelas que dava vista para a pista de pouso e ficou observando o avião taxiar , até finalmente decolar . Sentiu um aperto no peito por saber que passaria dias e noites sozinho naquele apartamento . Ficou por segundos olhando o avião desaparecer por entre as nuvens do céu de Bogotá .

Christopher: te amo – sussurrava apoiando uma das mãos no vidro e olhando fixamente o céu .

No vôo ....

Dulce mordia o lábio inferior segurando com força o cinto , morria de medo quando o avião decolava , mais dessa vez não tinha o namorado para distrair-la . Respirou aliviada quando percebeu que o avião já estava no ar. Relaxou e sutilmente encostou a cabeça no encosto da poltrona e levou uma das mãos até o ventre acariciando sutilemnte para não chamar atenção .

Enquanto isso na Televisa....

Pedro : provavelmente hoje a Dulce deve estar chegando e amanhã quero todos aqui logo cedo – dizia encarando Luisillo

Luisillo : você é louco Pedro – dizia serio não gostando nada daquilo

Pedro simplesmente ignorou o comentário do produtor. Luisillo por sua vez apenas negou com a cabeça .

Na casa dos Saviñon ....

Claudia estava relaxada naquele dia por incrível que pudesse ser estava de folga e a única coisa que queria era não fazer nada. Estava sentada no sofá usando uma calça larga e uma blusa de alça branca com os cabelos presos tomando um pouco de café . Olhou de canto de olho e viu Bianca saindo da cozinha segurando também uma xícara de café apenas arregalou os olhos e não resistiu .

Claudia: isso é café? – perguntava seria

Bianca: sim – respondia simples – não é só você que pode – dizia se sentando no sofá

Claudia : só para lembrar eu não estou grávida e caso não saiba cafeína faz mal para bebês – avisava

Bianca apenas revirou os olhos ignorando o aviso da irmã mais velha e logo começou a se deliciar com o café que parecia mais gostoso que nunca . Claudia apenas balançou a cabeça negativamente e ficou em silêncio .

Em uma certa casa....

Rick suspirou

Ilza: porque esta suspirando assim ? – perguntava curiosa

Rick : hoje vou até a casa dos meus sogros – fechou os olhos com força – quer dizer ex- sogros preciso saber do meu filho Bianca não me avisa de nada – dizia serio

Ilza: vai ver ela esqueceu – dizia franzindo a testa

Rick : ou vai ver esta fazendo de propósito – dizia revirando os olhos e logo a encarando – onde vai assim ? – perguntava olhando a roupa que ela usava um vestido até um pouco abaixo dos joelhos florido com uma sandália preta de salto com os cabelos soltos e uma maquiagem leve

Ilza: tenho algumas entrevistas de emprego hoje ! – dizia animada – me deseje sorte , vou precisar – dizia franzindo a testa

Rick : boa sorte – dizia sorrindo e se aproximando dela – será que eu posso dar também um beijo de boa sorte? – perguntava
Ilza: sorte nunca é demais – dizia enlaçando o pescoço dele com seus braços e logo ambos iniciaram um beijo calmo e lento .

NÃO POSTADO

Dois dias depois......

Dulce: mais de novo Maite! – dizia já irritada

Maite: de novo o que Dulce? – perguntava seria

Dulce: como o que ? você cantou a minha parte pela milessima vez – rebatia

Maite: e daí – dizia

Dulce: daí q eu já estou aqui ninguém precisa me substituir – dizia seria

Maite revirou os olhos . Desde que Dulce havia voltado ela estava tentando não se incomodar com o fato de não ser mais a única morena do grupo mais a sensação de estar em segundo plano parecia ser mais forte.

Anahí : Mai presta mais atenção caramba – dizia seria – já é a terceira vez que paramos por causa do mesmo erro – dizia impaciente

Maite: como é que é Anahí ? – perguntava sem acreditar no que tinha ouvido

Poncho apenas cruzou os braços olhando e ouvindo a confusão entre as três.

Christian : ok mulheres da minha vida , calma – dizia tranqüilo – blanca de nieves a chuck já esta de volta não precisamos de substituta , chuck eu sei que você esta morrendo de saudades do nalgón mais controla-te e narri você abaixa a bola porque você também erra – dizia piscando

As três apenas o encaravam.

Dulce: ok eu me controleo se ela – apontava para Maite – parar de querer cantar as minhas partes – dizia

Maite : eu tenho nome ok – dizia seria

Anahí : ai eu não agüento vocês – dizia revirando os olhos

Dulce: cala a boca Anahí ninguém falou com você – dizia

Maite: fica na sua Anahí – dizia

Christian revirou os olhos e Poncho suspirou

Enquanto isso na casa dos Saviñon ....

Fernando : E COMO SEMPRE EU SOU O ULTIMO A SABER DAS COISAS NESSA CASA ! – dizia bravo

Claudia: menos ta pai , bem menos – dizia revirando os olhos

Fernando : OLHA COMO FALA COMIGO AINDA SOU SEU PAI – dizia serio e irritado

Claudia: se não soube antes que a Dulce já voltou pro pais foi porque o senhor não quis , porque a dois dias é a única coisa que esses malditos programas de fofoca fazem é falar que a sua “filha” esta de volta ao pais sem o namorado que ficou na Colômbia – dizia seria

Fernando : eles se separaram ? – perguntava sem entender - se aquele moleque largou a minha – foi interrompido

Claudia: quer saber pai ,vou trabalhar que eu ganho mais – dizia saindo apressada batendo a porta da sala

Blanca apenas encarava o marido encostada no batente da cozinha , totalmente seria .

Blanca: ok Fernando já aguentei as suas birras por muito tempo – dizia suspirando – vou falar apenas uma vez me escute bem – dizia calma encarando o marido – te dou uma semana pra se entender com a Dulce caso contrario será um homem divorciado – dizia seria

Fernando arregalou os olhos

Fernando : para de besteira mulher – dizia ainda de olhos arregalados

Balnca: besteira? nossa filha caçula esta grávida e sozinha , morando só deus sabe onde e você fala besteira – dizia indignada – me escute bem se até o final dessa semana Dulce não estiver nessa casa pode se preparando porque o nosso casamento acaba aqui – dizia

Fernando: não pode fazer isso Blanca – dizia

Blanca: me desafie para ver ! – dizia – pelas minhas meninas sou capaz de tudo – dizia saindo da cozinha e subindo para o quarto .

Fernando suspirou agora sim estava com sérios problemas pensava.

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher estava gravando desde as 04:00 da manhã , haviam gravado varias cenas externas e ainda aproveitaram para gravar algumas com o dia clareando o que deu um belo efeito visual . Ainda estava nas ruas gravando mais agora com alguns seguranças ao redor uma vez que com o dia claro os curiosos e fãs de Christopher começavam a surgir causando pequenas interrupções nas gravações.

Christopher estava sentado em um meio fio com uma garrafinha de água nas mãos apenas olhava a movimentação da equipe que arrumava tudo para a próxima cena .

Juan: posso me sentar aqui ? – perguntava

Christopher levantou o olhar se deparando com o diretor e apenas afirmou com a cabeça sem falar nada .

Juan se sentou e soltou um longo suspiro .

Juan: queria me desculpar com você pelas coisas que a minha filha andou fazendo – dizia serio

Christopher: você não tem que fazer isso – dizia serio olhando fixamente a garrafinha em suas mãos

Juan : tenho sim Karla é minha filha e minha responsabilidade – dizia serio

Christopher: é serio Juan não precisa – repetia e o encarava – espero que o processo não afete o nosso trabalho – dizia serio

Juan : não vai pelo menos da minha parte – dizia sorrindo de leve

Christopher: que bom – dizia aliviado – você é uma excelente diretor mais a sua filha me desculpa é uma inconseqüente – dizia – não sabe como eu estou com o coração na mão desde que a Dulce voltou para o México a cada minuto que meu celular toca eu já penso que é ela falando que a imprensa descobriu o nosso bebê e esta na cola dela – dizia desabafando

Juan : as pessoas não sabem da gravidez dela? – perguntava surpreso

Christopher: só as nossas famílias e os produtores do rbd , ninguém mais , agora entende porque fiquei tão bravo pelas fotos da sua filha – dizia suspirando – tenho medo do que possa acontecer se as pessoas resolverem acreditar nas coisas que a sua filha andou falando – dizia

Juan se calou e apenas fechou os olhos , agora entendia Christopher apenas queria proteger a namorada e o filho que até então quase ninguém sabia existir .

Enquanto isso no México ....

Depois de mais algumas horas de ensaio e discussões bobas por parte do trio feminino do rbd, todos deram uma pequena pausa.

Dulce estava sentada no chão usava uma calça larga de azul e uma blusinha solta de alças amarela e um par de tênis tinha os cabelos presos em um rabo de cavalo e mexia no celular quando sentiu alguém tocar seu ombro .

Poncho : oi – dizia a encarando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:13 pm

Dulce o encarou calada e suspirou voltando a atenção par ao celular . Christian que olhava aquela aproximação ficou em alerta.

Poncho : podemos conversar? – perguntava

Dulce não respondeu

Poncho : para de me ignorar só quero conversar como pessoas civilizadas – dizia serio

Dulce sem desviar os olhos do celular simplesmente falou

Dulce: a única civilizada nessa conversa seria eu Alfonso – dizia – se afasta de mim – pedia sem encara-lo

Poncho a olhou incrédulo

Poncho : Dulce não podemos ficar assim trabalhamos juntos – dizia serio

Dulce: FOI VOCÊ QUE NÃO PENSOU ANTES DE ME BATER ALFONSO – explodia o encarando com os olhos marejados

Christian se aproximou a passos largos e encarou Poncho

Christian : cai fora Poncho, ela não quer falar com você entende isso – dizia serio

Poncho : ah Christian não se mete , vai cuidar do seu marido que você ganha mais – dizia arrogante

Christian : me meto sim – dizia – e caso você não se lembre eu posso ser gay mais ainda sei brigar – dizia serio

Poncho o encarou e simplesmente deu de ombros resmungando e se afastou dos dois. Christian encarou Dulce que suspirava tentando se conter

Christian : tudo bem ? – perguntava

Dulce o encarou com os olhos molhados e o rosto levemente vermelho

Dulce: obrigada – agradecia secando as lagrimas que haviam molhado seu rosto

Christian: amigos são para isso chuck – dizia piscando –e além disso você é mulher do chefe – dizia brincalhão fazendo ela sorrir

Depois de um dia repleto de ensaios e leves discussões , tudo terminou , cada um foi para sua respectiva casa.

Dulce havia chegado exausta no apartamento , ainda estava se adaptando ao fato de estar sozinha no lugar. Assim que entrou jogou suas coisas no sofá e foi direto para o quarto precisava de um banho .

Depois de quase 20 minutos....

Saiu do banheiro com os cabelos presos em um coque alto , usando uma calça folga rosa bebê e uma blusinha de alças branca que deixava mais do que evidente sua barriga. Saiu do quarto e foi até a cozinha estava com muita fome .

Dulce: calma bebê a mamãe já vai te dar comida – dizia abrindo a geladeira e pegando uma jarra de suco enquanto esperava sua comida uma bela torta de legumes que havia enchido sua boca de água ao passar por uma lanchonete .

Estava pegando o prato e os talheres no armário quando escutou a campanhia tocar , franziu a testa se perguntando quem seria e logo imaginou ser a sogra . Saiu tranqüila da cozinha e ouviu a insistência na porta.

Dulce: JÁ VAI – gritava andando devagar , destrancou a porta e assim que abriu quase caiu dura ao ver quem era – pa.. pai – dizia surpresa

Fernando : posso entrar? – perguntava encarando a filha

Dulce estava muda a ultima pessoa que pensava em ver ali no apartamento era justamente sue pai . Apenas afirmou e deu espaço para o homem entrar.

Fernando por sua vez entrou e olhou um pouco surpreso o luxo do apartamento , mais logo voltou sua atenção para sua filha Dulce .

Ela por sua vez estava parada atrás do pai esperando ele falar algo , já que nem ela mesma sabia como começar aquela conversa tão necessária .

Fernando se permitiu analisar a filha ali parada na sua frente com o mesmo rosto inocente de quando era criança e fazia suas travessuras , sorriu de leve , suspirou surpreso pelo volume da barriga da filha e por instinto esticou uma das mãos tocando o ventre arredondado da filha.

Dulce arregalou os olhos surpresa pelo gesto mais não impediu .

Fernando : sua barriga esta maior que da sua irmã – comentava

Dulce teve vontade de sorrir mais seu orgulho e sua magoa falaram mais alto .

Dulce: veio aqui só para comparar a minha barriga com a da Bianca? – perguntava fria

Fernando suspirou

Fernando : não – dizia – vim aqui para conversarmos – dizia

Dulce: pode começar – dizia cruzando os braços e encarnado o pai

Fernando : filha – dizia a encarando

Dulce: filha? não se lembrou que eu era a sua filha quando me falou aquelas coisas – dizia magoada

Fernando : se coloque no meu lugar de pai , não é fácil saber que a minha Dulcinha já não é mais só minha – dizia serio

Dulce:e o senhor se coloque no meu lugar , eu estou grávida, e a única coisa que eu queria era o apoio da minha família nesse momento e o que eu ganhei ? – rebatia – sabe o que mais me doeu foi que o apoio que eu achei que fosse receber de vocês da minha família estou recebendo dos meus sogros – dizia com os olhos marejados – o meu sogro esta encantado com o fato de ser avô – dizia

Fernando : uma criança é sempre uma benção – dizia

Dulce: engraçado que o senhor não pareceu achar isso quando soube da minha gravidez – dizia seria

Fernando : eu estava de cabeça quente , todos estávamos – dizia suspirando – eu sei que errei e te magoei , mais se tem uma coisa que eu sei é assumir os meus erros e sei que errei muito com você , me perdoa filha ? – dizia a encarando – eu sei que falei coisas fortes e não pensei no seu estado naquele momento, mais não sabe como é difícil saber que já não tenho mais você por perto , das três você sempre foi a mais independente apesar de ser a mais novinha , sempre quis tudo muito rápido eu só não esperava que quisesse a sua própria família assim de repente – dizia sorrindo de leve – tenho noção de que nem sempre fui o melhor pai para você mais me deixa pelo menos tentar ser um ótimo avô – dizia voltando a olhar o ventre arredondado da filha que já se debulhava em lagrimas

Dulce mordeu o lábio inferior tentando prender o soluço na garganta o que foi inevitável quando sentiu o pai a puxar de leve para um abraço o que a fez desabar em um choro intenso e abraçar o pai com força .

Algum tempo depois ...

Dulce: não to vendo graça – dizia emburrada enquanto o pai a olhava divertido

Fernando : deixa ver se eu entendi , seus desejos são para comer coisas saudáveis – dizia divertido

Dulce: se der mais um risinho eu te mando embora – ameaçava e logo comia mais um pedaço de sua torta de legumes

Fernando : ok - dizia divertido – agora porque esta sozinha aqui nesse apartamento ? – perguntava encarando a filha

Dulce: Chris esta gravando na Colômbia e não pode voltar agora – explicava

Fernando : não acho uma boa idéia você ficar aqui sozinha – dizia serio

Dulce: o Chris disse que eu podia ir para casa da Alexandra , mais não quero ficar incomodando – dizia dando de ombros

Fernando : pode ir para a sua casa – dizia segurando uma das mãos da filha e beijando

Dulce sorriu com o gesto do pai e logo falou

Dulce: sinto muito pai mais enquanto a outra grávida estiver por la prefiro ficar por aqui mesmo – respondia

Fernanda: Bianca é sua irmã e esta passando por uma situação delicada , Rick pediu o divorcio – dizia suspirando

Dulce: até que demorou , não sei como ele agüentou, a Bia surtou com a gravidez – dizia seria – mais não dá pai eu e a Bia juntas seria um campo de guerra – dizia – eu quero tranqüilidade e por mais que eu fique sozinha, aqui eu tenho essa tranqüilidade – dizia

Fernando : ok não vou insistir mais saiba que seu quarto continua lá para você – dizia sorrindo

Dulce: aquele quarto não mais meu – dizia risonha

Fernando: como não ? claro que é – dizia sem entender

Dulce: é da sua neta , quero aquele quarto para a minha filha – dizia com os olhos brilhantes

Fernando olhou surpreso a filha

Fernando:vocês já – parou de falar encarando a filha

Dulce: o Chris jura que é uma menina e eu também acho isso – dizia acariciando o ventre

Fernando afastou um pouco a cadeira e olhou atentamente o ventre da filha . De alguma coisa lhe serviria ser pai de três mulheres pensou , analisando o ventre da filha que estava totalmente arredondado e sorriu encarando Dulce.

Fernando : isso é um pedido ou uma ordem Dulce Maria ? – perguntava divertido

Dulce: por enquanto um comunicado – dizia piscando

Fernando : agora mudando de assunto tem falado com a sua mãe? – perguntava interessado

Dulce: não ela e a Clau até queriam falar comigo mais com toda essa correria nem tive tempo porque ? – perguntava

Fernando : caso fale não comente que nos entendemos – dizia – nem mesmo com a sua irmã – pedia

Dulce: mais porque ? – perguntava curiosa

Fernando : vamos ver do que Blanca Saviñon é capaz – dizia divertido

Dulce apenas encarou o pai sem entender .

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher revirava na cama já irritado pelo som alto que vinha do ultimo andar do prédio , a boate havia sido reaberta naquela noite .

Christopher: QUE DROGA – dizia irritado se levantando da cama e pegando uma calça jeans e uma camiseta , calçou um par te tênis e pegou um gorro cinza e colocou na cabeça e pegou uma jaqueta já que as noites em Bogotá estavam meio frias , pegou sua carteira e as chaves do apartamento e saiu .

Pegou o elevador e desceu ate a portaria se deparando com o mesmo homem careca que parecia ter nascido com aquele bendito jornal pregado nas mãos , revirou os olhos estava exausto afinal trabalhar das 04;00 da manhã até as 19:00 da noite com apenas pequenas pausas era cansativo .

Saiu do prédio e franziu a testa ao ver três homens bastante fortes usando ternos pretos organizando uma fila imensa, onde tinha pessoas de todos os tipos desde as patricinhas mais esnobes as pessoas mais simples, suspirou e logo andou olhando os dois lados da rua e atravessando correndo.

Andou cerca de umas duas quadras a pé e logo avistou uma placa simples que dizia “PENSÃO DA DONA MERCEDES” suspirou só queria dormir um pouco e infelizmente era impossível naquele apartamento. Entrou na recepção humilde e encontrou uma senhora de cabelos brancos e rosto simpático , baixinha e extremamente sorridente

Mercedes: boa noite rapaz – dizia

Christopher: boa noite – dizia – tem algum quarto vago ? – perguntava franzindo a testa

Mercedes: sim , o ultimo – dizia pegando uma chave – quantas tempo pretende ficar? – perguntava

Christopher: só o tempo de dormir pelo menos hoje – dizia cansado

Mercedes: você não é daqui não é – afirmava

Christopher: porque diz isso ? – perguntava

Mercedes: vivo aqui a mais de trinta anos e nunca te vi por essas redondezas – dizia simpática
Christopher: na verdade estou aqui a trabalho , mais o lugar onde estou é um verdadeiro inferno – reclamava

Mercedes: esta no edificio Mônaco ? – perguntava

Christopher: sim – respondia suspirando

Mercedes: sim aquilo é um inferno – dizia revirando os olhos – Horacio teve a idiota idéia de colocar aquele antro la e acabou com a paz que existia - comentava pegando uma ficha para que Christopher

Christopher: Horacio ? – perguntava confuso começando a escrever seus dados na ficha

Mercedes: sim o velho careca e barrigudo que só sabe ficar com aquele jornal nas mãos – dizia cruzando os braços

Christopher: ele não é o porteiro ? – perguntava curioso

Mercedes: não é o dono , mais é um completo idiota – dizia com desdém – é meu ex marido aquele encosto , graças a deus me livrei dele – dizia espontânea

Christopher sorriu pelo jeito da senhora . Assim que terminou de preencher a ficha devolveu e pegou a chave.

Mercedes: tenha uma boa – parou de falar ao ver o nome que havia na ficha – você se chama Christopher? – perguntava seria

Christopher: sim – respondia simples tirando o gorro da cabeça e bagunçando de leve os cabelos

Mercedes ficou encarando por segundos o rapaz e logo saiu de seus pensamentos

Christopher: onde é o quarto ? – perguntava segurando o gorro em uma mão e as chaves em outra

Mercedes: me acompanhe – dizia seria

Depois de deixar Christopher instalado no quarto Mercedes voltou para a recepção e ficou bastante pensativa.

No quarto ...

Christopher olhou o ambiente simples apenas um pequeno quarto com uma cama de solteiro mais extremamente organizado e limpo tirou seus tênis e logo a jaqueta seguida, da camiseta e da calça ficando apenas de cueca e se jogou na cama suspirando e se cobrindo , como era bom aquele silencio , pensava fechando os olhos e adormecendo quase em seguida.

No dia seguinte....

Christopher se espreguiçou na cama escutando o celular despertar , suspirou sentindo o corpo totalmente relaxado , aquela noite havia revigorado seu ânimo . Abriu lentamente os olhos se deparando com a claridade do quarto que não era muito intensa ainda. Pegou o celular desligando e verificando as horas ainda eram 06:40 da manhã .

Christopher: isso que eu chamo de bela noite de sono – dizia relaxado se sentando na cama

Olhou suas roupas que estavam no chão e arqueou a sobrancelha , torcendo para que não estivessem muito amarrotadas . Se levantou sentindo o choque do ambiente contra o corpo quente dele . Começou a se vestir novamente sem a menor presa.

Alguns minutos depois....

Christopher: bom dia ! – dizia olhando a simpática senhora que estava na recepção

Mercedes rapidamente parou o que fazia e olhou atentamente Christopher. Reparou que ele parecia bem descansado apesar da barba por fazer , reparou que ele usava o gorro novamente e a jaqueta provavelmente ainda sentia o frio daquela manhã dominar sue corpo .

Mercedes: bom dia Christopher – dizia simpática

Christopher sorriu

Christopher: seria melhor se eu pudesse dormir mais – dizia divertido – quanto devo a senhora ? – perguntava já pegando a carteira no bolso da calça

Mercedes : são 20 pesos – dizia sorridente

Christopher franziu a testa

Christopher: mais eu me lembro de ter visto que a diária é 50 pesos – dizia encarando a senhora

Mercedes: me simpatizei com você , mais não espalhe – dizia divertida

Christopher sorriu tirando o dinheiro da carteira

Christopher: se eu pudesse me mudava para cá – dizia piscando – agora tenho que tomar café e ir trabalhar – dizia olhando o celular

Mercedes: tome café comigo ? garanto que não lhe agarro – dizia divertida

Christopher gargalhou jogando a cabeça para trás

Christopher: seria um prazer – dizia sorridente

Enquanto isso no México ....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:14 pm

Ao contrario de Bogotá o dia já havia começado a bastante tempo .

Todos os RBDS estavam reunidos na Televisa onde faziam as provas dos novos figurinos .

Anahí: não sei o que tem de novo nesse figurino – reclamava

Maite: achei mais a nossa cara tipo mais serio – dizia

Christian : parece que tiraram do meu guarda – roupa – dizia divertido

Poncho : normal – dizia

Dulce era a única que estava calada olhando suas roupas e não gostando nada

Christian : e você chuck ? não gostou do novo figurino ? – perguntava a olhando de canto de olho

Dulce: pra falar a verdade odiei – dizia seria olhando as roupas que estavam penduradas na arara

Maite: qual o problema com as suas roupas? – perguntava sem entender

Dulce: nenhum ! tirando o fato que eu acho que esqueceram de avisar um pequeno detalhe pro figurinista – dizia encarando Maite e acariciando o ventre arredondado que naquele momento era bastante visível já que ela usava uma camiseta de mangas curtas azul e um pouco colada ao corpo e uma calça jeans um pouco larga .

Anahí , Christian e Maite fixaram o olhar na barriga de Dulce e logo se encararam de fato aquelas roupas não eram nada adequadas pra uma grávida.

Anahí : não serve nenhuma ? – perguntava franzindo a testa

Dulce: a questão não é servir ou não a questão é não vou ficar confortavel com essas roupas coladas , curtas e justas , quero me mover no palco sem ter que machucar meu bebê – dizia seria

Nesse instante Luisillo entrou na sala onde todos estavam olhando os figurinos .

Luisillo : então arbidis gostaram das novas roupas ? – perguntava animado

Anahí/Christian/Maite/Poncho/Dulce : sim/ não – respondiam

Luisillo : o que houve Dulce? – perguntava a encarando e se aproximando da morena

Dulce: acha que eu uma GRAVIDA vou ficar confortavel com isso ? – perguntava segurando um vestido azul justo e curto

Luisillo coçou a barba de fato haviam esquecido o pequeno detalhe .... o bebê de Dulce.

Enquanto isso em Bogotá....

Christopher tomava um belo café da manhã que o fez recordar das regalias que tinha quando estava na casa de seus avós na Suécia.

Christopher: me desculpa perguntar mais a senhora vive sozinha nessa pensão ? – perguntava curioso

Mercedes: sim depois que me separei , minha filha ficou morando comigo por algum tempo mais logo foi embora – dizia com o semblante serio

Christopher: desculpe as vezes sou muito curioso – dizia sem jeito pelo modo como a senhora havia mudado de expressão

Mercedes: tudo bem – dizia voltando a sorrir – não é segredo para ninguém por aqui que tive uma filha com aquele traste – dizia tomando um gole de café

Christopher: e onde ela esta? – perguntava sentindo a confiança da senhora

Mercedes: eu gostaria de saber também – dizia suspirando – minha Renata era a moça mais bonita que alguém já viu , era sonhadora e bastou um maldito musico surgir que minha menina perdeu a cabeça – dizia seria – depois que me separei ela ficou morando comigo e me ajudava aqui na pensão – dizia

Christopher penas escutava atento

Mercedes: por ser tão bonita , logo convidaram ela pra trabalhar de modelo , eram coisas pequenas mais já dava uma boa ajuda já que nunca consegui contar com aquele imprestável – dizia revirando os olhos – tudo era tranqüilo até aquele Victor surgir e bagunçar a cabeça da minha menina – dizia

Christopher arregalou os olhos

Christopher: Victor ? – perguntava

Mercedes: sim o musico que levou minha menina , bem na verdade ele não levou , eles tiveram um namorico durante o tempo que ele esteve na cidade e admito ele era bem galanteador e simpático , muitas moças se interessaram por ele entre elas minha filha – dizia nostálgica

Christopher: e eles se envolveram e foram embora - concluía

Mercedes: quem me dera fosse isso – dizia – ele parecia não querer nada com ninguém pelo menos era o que os amigos dele diziam , era separado e parece que tinha um filho pequeno que se chamava Christopher – dizia divertida

Christopher arregalou os olhos

Mercedes: minha filha vivia suspirando e observando ele escondida parecia hipnotizada , um dia antes dele ir embora ela teve um crise de choro , no dia que ele foi ela sumiu o dia todo – dizia – depois disso ela já não era mais a mesma continuava me ajudando mais tinha perdido a alegria , sempre seria e fechada , as vezes me perguntava se esse Victor não tinha feito nada para ela , até que descobri por uma amiga dela que minha filha havia beijado ele – dizia suspirando com o olhar perdido

Christopher: ele correspondeu ao beijo ? – perguntava interessado não podia existir tanta coincidência no mundo , pensava

Mercedes: sim , mais logo deixou claro que por mais linda que ela fosse ele não pretendia ter nada com alguém ainda mais tão jovem , ela tinha apenas 18 anos – dizia – ele acho que mais de 35 – dizia dando de ombros – depois disso os trabalhos como modelo aumentaram e logo ela começou a viajar até que um dia me mandou uma carta avisando que ficaria na França estudando – dizia

Christopher: e nunca mais teve noticias ? – perguntava

Mercedes: durante alguns anos Renata ainda me mandava cartas a ultima foi a quase 15 anos – dizia – me dizia que tinha reencontrado com o musico – dizia revirando os olhos – depois disso nunca mais soube nada dela, não sei se esta viva , se casou com ele, se tenho netos – dizia – nada – suspirava

Christopher encarava a senhora sem saber o que dizer não podia ser apenas coincidência, que seu pai fosse musico, se chamasse Victor , que seu mais “novo irmão” tenha quase 15 anos e que a mãe dele se chame Renata , pensava .

Mercedes; me desculpe mais sempre me empolgo falando da minha filha – dizia sorridente

Christopher: eu entendo – dizia sorrindo

Mercedes : sabe que você me lembra um pouco o Victor , não sei alguma coisa me faz lembrar – dizia divertida – não ligue já estou ficando velha – dizia piscando

Christopher sorriu

Christopher: que nada a senhora ainda é uma gata! – dizia piscando ouvindo a gargalhada gostosa da senhora – adoraria passar o resto do dia aqui mais tenho que trabalhar , mais eu prometo que volto – dizia sorridente

Mercedes: devo acreditar? – perguntava divertida

Christopher: mais é claro – dizia se levantando – obrigado estava tudo delicioso – dizia beijando a mão da senhora em um gesto carinhoso surpreendendo a senhora que olhou abismada aquilo – até logo – dizia saindo

Assim que Christopher sumiu de seu campo de visão Mercedes observou o dorso da mão onde Christopher havia beijado e a imagem de Victor fazendo o mesmo gesto lhe veio a mente.

Mercedes: já estou ficando louca - dizia balançando a cabeça negativamente
Alguns passos depois da pensão ....

Christopher: ai Don Victor você e suas mulheres – dizia divertido andando quase correndo até o edifício .

Assim que parou na frente do edificio franziu a testa ao ver muito lixo entre eles garrafas de bebidas e panfletos na calçada , balançou a cabeça negativamente e entrou correndo no prédio precisava tomar um banho fazer a barba , afinal ainda tinha que trabalhar.

Franziu a testa olhando o velho imprestável segundo dona Mercedes e não evitou sorrir com a lembrança do comentário , chamou o elevador e rapidamente já estava no seu apartamento .

Algumas horas depois na Fox....

Christopher gravava a quase duas horas sem descanso o que estava impressionando a equipe .

Andrés: o Chris esta animado hoje hein – comentava observando a cena que estavam gravando

Juan : assim que é bom – dizia animado

Enquanto isso em uma praça um pouco distante ....

Karla : saco – resmungava enquanto recolhia material reciclável – trabalho comunitário ninguém merece – reclamava

Cecília : sem resmungar Karla – avisava observando a filha

Karla apenas revirou os olhos

Enquanto isso no México ....

Anahí, Maite , Christian e Poncho apenas observavam .

Pedro : Dulce é só por alguns tempo depois providenciamos tudo – dizia serio

Dulce: depois? Enquanto isso eu morro de falta de ar ? meu bebê fica exprimido nessas roupas? Pedro Damian olha isso – dizia levantando a blusa e revelando a barriga arredondada – aqui não tem uma bola de futebol que dá pra esvaziar , aqui tem um bebê e ou arranjam um figurino descente para mim ou – foi interrompida

Maite: ou vai sair do grupo , já ta ficando chato isso hein – dizia revirando os olhos

Dulce: falei com você ? – perguntava encarando Maite seria – como eu ia dizendo PEDRO , não tenho condições de me apresentar com essas roupas , se for preciso eu mesma arrumo o meu figurino mais com isso – dizia olhando as roupas – não subo no palco – dizia abaixando a blusa e cruzando os braços na altura dos seios
Pedro suspirou

Pedro : vou pedir que providenciem um novo figurino para você , mais temos apresentações em programas – dizia

Dulce: não se preocupa – dizia – garanto que vou estar em todos os compromissos – dizia – posso ir tenho um compromisso ? – perguntava pegando seu casaco e sua bolsa

Pedro : sim estão liberados – dizia suspirando

Rapidamente todos saíram , cada um foi em uma direção , quer dizer quase todos.

Christian : hei chuck mommy – chamava divertido

Dulce: hei – dizia divertida

Christian : para onde esta indo ? – perguntava curioso

Dulce: esta me vigiando ? – perguntava arqueando a sobrancelha

Christian gargalhou

Christian : sonha baby , só quero uma carona eu vim com a Anahi mais ela já desapareceu – dizia olhando ao redor

Dulce: sei , pra onde vai ? – perguntava destravando a BMW preta

Christian arregalou os olhos

Christian : desde quando ganhamos tão bem assim ? – perguntava impressionado pelo carro

Dulce sorriu

Dulce: é o carro do Chris , vamos dizer que não ando muito confortável no meu – dizia fazendo uma careta

Christian : nossa – dizia entrando do lado do passageiro – hei você pode dirigir? – perguntava

Dulce: não estou doente – dizia

Christian arqueou a sobrancelha

Dulce: a anemia já esta controlada ok – dizia colocando o cinto de segurança e ligando o carro – me diz onde quer ficar ? – perguntava

Christian : pode ser na minha casa mesmo , eu sei que é seu caminho – dizia se recostando no banco e ligando o radio do carro

Dulce apenas sorriu pela folga do amigo colocando o carro em movimento .

Enquanto isso na casa dos Saviñon ....

Blanca mal dirigia a palavra ao marido . Fernando por sua vez fingia tentar recuperar a atenção da esposa mais no fundo estava achando divertida toda a situação .

Claudia : mãe , mãe - chamava enquanto entrava correndo

Blanca: o que foi ? – perguntava surgindo na sala

Fernando estava saindo do escritório quando escutou a voz da filha e decidiu apenas escutar , já imaginando o que era.

Claudia: hoje a Dul tem consulta e disse que talvez consiga ver o sexo do bebê – dizia animada

Blanca arregalou os olhos

Blanca: mais já? – perguntava surpresa

Claudia : eu queria acompanhar ela mais tenho uma droga de reunião bem na hora da consulta – dizia chateada – porque a senhora não vai com ela ? – perguntava

Blanca: sua irmã nem comentou comigo , apenas me ligou pra dizer que esta bem, e perguntou de você e da Bia nada mais – dizia seria

Claudia apenas encarou a mãe quando ouviu .

Fernando : vou sair e não sei que horas volto – dizia serio e logo saia disfarçando o sorriso nos lábios

Claudia: o que foi isso ? – perguntava sem entender

Blanca apenas deu de ombros ignorando a pergunta

Enquanto isso .....

Dulce: esta entregue senhor Chavez – dizia divertida parando na frente do prédio onde Christian morava

Christian: obrigado mommy chuck – dizia dando um beijo na bochecha da morena – posso falar essa gravidez fez você dirigir melhor – dizia divertido e logo saindo apressado do carro

Dulce arregalou os olhos e logo sorriu acelerando o carro .

Enquanto isso em Bogotá ...

Depois de quase 4 horas gravando sem intervalos finalmente estavam dando uma pausa. A equipe em si descansava , porém Christopher havia tirado a jaqueta pesada do figurino que usava e os coturnos negros que usava calçando um tênis e pegando um skate e começou a andar pelas ruas já que estavam gravando externas novamente . Estava distraído sem perceber os olhares fixos nele .

Enquanto isso no Mexico...

Dulce estacionava a bmw preta no estacionamento da clinica, travou o carro e logo entrou no prédio , tirando o óculos escuro que usava e se aproximando da recepção .

Dulce: bom dia , tenho uma consulta coma doutora Sandra – dizia

Recepcionista : bom dia , qual seu nome ? – perguntava

Dulce: Dulce Maria Saviñon – dizia

Recepcionista : é só aguardar – dizia

Dulce: ok – dizia e assim que se virava

Fernando: acha que sua mãe vai me perdoar por provavelmente saber o sexo do nosso neto antes dela ? – perguntava divertido – ouvi quando a Claudia disse que talvez hoje dê pra ver o sexo – dizia

Dulce: eu disse talvez , vai depender do baby não de mim – avisava puxando o pai pela mão e se sentando em uma das poltronas

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher continuava suas manobras distraído parecia em outro mundo totalmente desligado de tudo ao seu redor. Todos ainda descansavam mais olhavam atentos as manobras algumas mais simples outras mais complexas .

Maya: skatista – dizia quase sussurrando

Margarita: ele parece em outro mundo – dizia divertida

Voltando ao México ....

Sandra: então senhor é o temido sr. Fernando ? – perguntava divertido

Fernando : sou tão temido assim ? – perguntava encarnado a filha

Dulce: quem sabe – dizia dando de ombros

Sandra: pelas filhas não sei mais garanto que pelos genros talvez – dizia divertida

Fernando : gostei disso doutora – dizia simpático

Sandra : vamos ao que interessa mamãe – dizia encarando Dulce – como tem se sentindo ? – perguntava encarando a morena

Dulce: muito bem , tenho me alimentado bem , evitado um pouco os doces – dizia franzindo a testa – mais já tenho um pouco de dificuldade pra dormir , ta começando a ficar difícil a posição – dizia

Sandra : normal afinal alguém esta crescendo mãezinha – dizia anotando algumas coisas

Dulce sorriu e Fernando falou

Fernando: hoje vamos saber o sexo ? – perguntava ansioso

Dulce: papai – dizia o encarando

Sandra: talvez , vai depender desse baby – dizia – mais vamos começar Dulce- dizia encarando a morena que apenas afirmou

Dulce rapidamente se levantou e foi se trocar tudo sobre o olhar atento de Fernando. Sem demorar ela surgiu usando a roupa da clinica que consistia em uma calça e uma bata largas com o logo da clinica.

Sandra: vamos para a balança mãezinha ! – dizia se levantando

Dulce mordeu o lábio inferior e subiu na balança sem olhar o peso que surgia

Sandra: aham – dizia divertida anotando – agora pressão – dizia fazendo Dulce se deitar na maca que havia na sala e aferiu a pressão – ótimo – dizia anotando novamente – vamos medir essa barriguinha – dizia pegando uma fita métrica

Dulce levantou a bata e abaixou um pouco a calça deixando em evidencia sua barriga .

Fernando : doutora essa barriga não esta muito grande para 4 meses não ? – perguntava

Sandra: levando em conta o tamanho da mãe e do pai não – dizia divertida - nossa esse bebê resolveu mesmo dar o ar da graça – dizia anotando

Dulce: aumentou muito ? – perguntava

Sandra: de um mês para o outro cresceu quase 8 cm – dizia

Dulce: nossa – dizia

Sandra: agora a hora mais esperada – dizia – deite-se – pedia puxando o aparelho de ultrassom para mais perto e logo espalhando o gel frio pela barriga arredondada

Dulce fez uma careta pelo frio do gel enquanto Fernando olhava tudo sem nem piscar .

Sandra: bem vamos lá – dizia começando a deslizar o aparelho pelo ventre arredondado até um som forte e ritmado tomar conta do ambiente – conhece esse som Dulce? – perguntava

Dulce apenas afirmava com os olhos já embaçados pelas lagrimas assim como Fernando

Sandra olhava atentamente as imagens no monitor analisando tudo

Dulce mordeu o lábio inferior

Dulce: esta tudo bem ? – perguntava

Sandra: tudo perfeito – dizia sorridente – mais acho que ainda não é hoje que vamos desvendar o sexo – dizia analisando a posição do bebê

Dulce : já basta saber que esta tudo bem – dizia sorridente

Fernando : eu queria saber – dizia frustrado

Dulce apenas sorriu para o pai

Dulce : tem como me dar as imagens da ultra? – perguntava com os olhos brilhantes

Sandra: claro – dizia divertida

Enquanto isso em Bogotá ...

Christopher finalmente havia parado com suas manobras estava sentado no meio fio tomando um pouco de água quando ouviu o barulho de mensagem vindo de seu celular que estava em cima do skate , franziu a testa estranhando e logo pegou o aparelho .

Christopher: mensagem da Dul – dizia quase sussurrando abrindo o texto que dizia

“.... como sou boazinha te mostro quem conheci hoje , me apaixonei por esse te largo facilmente Uckermann ... “

Christopher arregalou os olhos sentindo o coração disparar como sim Dulce o largar por outro , pensava e logo abriu a imagem que a namorada havia mandado e ficou com uma verdadeira cara de tonto com o que via


Logo outra mensagem surgia .

“ ... abre teu olho Uckermann , tem concorrente a altura! Haha te extraño !  “


Christopher olhava a imagem totalmente abobalhado , sorria e ao mesmo tempo lagrimas escorriam por seu rosto . Passou a ponta dos dedos , tocando a tela do celular seu coração estava disparado e ao mesmo tempo ansioso por ter aquele pedacinho de gente logo nos braços , sorriu mais ainda e digitou .
“ aceito ser trocado por esse novo amor com todo o orgulho do mundo ! las extraño mis amores  “

Assim que terminou enviou como resposta para a namorada , porém continuou olhando hipnotizado a imagem no celular .

Enquanto isso no México ....

Dulce já estava no apartamento novamente porém Fernando estava com ela .

Fernando : não se sente sozinha nesse apartamento tão grande filha ? – perguntava olhando Dulce que estava sentada no sofá ao lado dele

Dulce suspirou

Dulce: durante o dia eu nem estranho tanto o apartamento vazio , já de noite – dizia mordendo o lábio inferior – mais eu sei que o Chris esta trabalhando e logo vai – parou de falar ao escutar o sinal de mensagem vindo de seu celular que estava na mesinha de centro.

Esticou uma das mãos e alcançou o celular e logo leu a mensagem recebido sem esconder o sorriso. Fernando apenas observava arqueando a sobrancelha , jamais se acostumaria com que suas filhas já fossem mulheres , balançou a cabeça negativamente afinal para um pai não era muito agradável aquele pensamento.

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher havia guardado novamente o celular e secado o rosto se levantando em seguida para voltar a gravar , tirou o tênis que havia colocado e calçou novamente o coturno e a jaqueta de couro preta que usava antes. Se aproximou já caracterizado como o personagem .

Christopher : já vamos gravar de novo? – perguntava olhando que algumas câmeras eram posicionadas

Maya : acho que sim – dizia o encarando – porque estava chorando ? – perguntava

Christopher: estava me observando ? – perguntava serio

Maya : talvez – respondia com um sorriso estranho

Christopher revirou os olhos e se afastou já estava se irritando com as atitudes tão descaradas de Maya.

Maya : espero que tenha terminado com a namorada – dizia quase sussurrando

Enquanto isso em uma estrada rumo a Miami ...

....... : mamãe não podemos continuar na praia ? – perguntava

.........: não meu amor a mamãe tem que trabalhar e você estudar , espertinho – dizia piscando

.......: ahh – reclamava cruzando os braços no banco de trás

Rapidamente uma luz forte e um barulho de buzina surgiram e assim como surgiu desapareceu .

Enquanto isso no México ....

Fernando : não gosto de saber que você esta sozinha aqui – dizia serio – pode acontecer alguma coisa sei lá – dizia dando de ombros

Dulce: pai não vai acontecer nada , primeiro minha gravidez esta tranqüila – dizia acariciando o ventre arredondado – segundo aqui por mais que eu esteja sozinha tenho tranqüilidade , coisa que seria impossível conseguir em casa com a Bianca surtando a cada segundo – dizia seria

Fernando : Bianca é um caso serio – dizia suspirando

Dulce apenas observava o pai

Enquanto isso em uma casa em um condomínio não muito distante .

Ilza entrava já tirando os sapatos e suspirando , havia passado a manhã fazendo entrevistas de emprego , jogou os sapatos no chão e logo se jogou no sofá sorrindo por ver como a saia do vestido se levantava com o movimento.

Rick : hei – dizia descendo as escadas e a observando

Ilza: hei? digo eu você não tinha que estar trabalhando ? – perguntava o encarando

Rick : não só tenho , como vou – dizia se aproximando do sofá – só vim buscar uns documentos que eu esqueci – dizia mostrando a pasta transparente em uma das mãos – e você como foi a entrevista ? – perguntava a encarando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:15 pm


Ilza: eu acho que fui bem , mais você sabe sempre com aquela famosa frase “ entramos em contato “ – dizia revirando os olhos

Rick gargalhou e se abaixou roubando um selinho de Ilza

Rick : abasteci a dispensa sirva-se – dizia – até mais tarde – dizia se afastando

Ilza: até – dizia ouvindo a porta se fechar e logo suspirou se sentia muito bem com Rick , pensava , bem demais até , arqueou a sobrancelha com o próprio pensamento .

Enquanto isso em Bogotá ....

Todos estavam gravando as ultimas externas do dia , quando escutaram o “CORTA” de Andrés o que confundiu muitos afinal não tinham terminado ainda .
Christopher: o que houve ? – perguntava sem entender

Margarita: alguém errou ? – perguntava perdida

Manoel : não fui eu – dizia fazendo graça

Maya : afinal porque paramos ? – perguntava também sem entender quando viram Andrés se aproximar com o semblante serio

Andrés: Christopher vem comigo – dizia o encarando

Christopher franziu a testa sem entender mais acompanhou o diretor que caminhava em silêncio na sua frente , era impressão ou Andrés estava evitando o encarar , pensava. Logo ambos pararam na frente de uma limosine preta que para Christopher pareceu familiar .

Andrés: te deixo aqui – dizia serio se afastando rapidamente , como se estivesse fugindo

Christopher apenas olhou sem entender e arregalou os olhos ao ver a porta se abrir e de dentro dela sair .....

Christopher: Tommy – dizia confuso – o que... o que esta fazendo aqui ? – perguntava serio

Tommy Mottolla apenas o observou serio e suspirou pesadamente

Tommy : algo que jamais imaginei e acredite nem sei por onde começar – dizia serio

Christopher: que tal pelo começo – dizia

O empresário suspirou novamente como se estivesse pensando no que falar , encarou Christopher por segundos em silêncio e logo escutou .

Christopher: o que aconteceu ? – perguntava direto

Tommy continuou calado e serio

Christopher: fala de uma vez por favor – pedia já impaciente e assustado com aquele modo de agir do empresário

Tommy tomou fôlego

Tommy : Gabriela e Juan eles – respirou novamente – eles estão mortos – dizia serio

Christopher : QUE ? – dizia arregalando os olhos e logo ficou serio

Tommy : sinto muito – dizia serio

Christopher: isso é brincadeira não é? – perguntava - não gosto desse tipo de brincadeiras – dizia serio com o coração disparado

Tommy : jamais brincaria com isso – dizia serio – Gabriela estava voltando para Miami, havia pegado uns dias de folga para levar o Juan a praia e quando voltavam ela bateu de frente em um caminhão que estava em alta velocidade o motorista parece que dormiu ao volante – dizia serio

Christopher: meu deus – dizia chorando sem conseguir acreditar

Tommy observou sem saber o que fazer , sabia do enorme carinho de Christopher por Gariela e o amor que sentia pelo pequeno Juan , sentiu os próprios olhos marejarem ao escutar baixinho

Christopher: meu filho – dizia encostado na limosine chorando bastante

Enquanto isso no México ....

Dulce estava na cozinha tomando um copo de água quando derrubou o copo no chão o transformando em cacos de vidro , colocou a mão no peito sentindo o coração apertado e uma vontade de abraçar o namorado imensa.

Fernando que ainda estava com a filha rapidamente foi até a cozinha preocupado com o barulho

Fernando : o que esta sentindo ? – perguntava observando Dulce que apoiava uma mão na pia e outra estava

Dulce: um aperto no coração e – franzia a testa - uma vontade de abraçar o Chris – dizia encarando o pai

Fernando apenas encarou a filha

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher : eu quero ver eles – dizia com o rosto banhado em lagrimas encarando Tommy

Tommy : por isso vim pessoalmente te buscar , estou cuidando de tudo afinal Gabriela não tem familia , ela só tinha o Juan e você – dizia medindo as palavras

Christopher : meu pequeno Tommy , ele me chamava de pai – dizia chorando – não vou mais ver ele sorrindo ou aprontando isso não é pesadelo ? – perguntava esperançoso

Tommy : infelizmente não – dizia observando Christopher que chorava a cada minuto com mais intensidade

Enquanto isso em um edifício .....

Poncho trocava de canal totalmente entediado quando parou em um noticiário latino que era transmitido diretamente dos EUA.

“ .... e um acidente envolvendo um caminhão e um carro paralizou parcialmente a estrada de acesso a Miami . Segundo as autoridades o motorista do caminhão adormeceu ao volante durante uma ultrapassagem ocasionando o acidente. Os ocupantes do carro envolvido infelizmente não resistiram , os nomes das vitimas ainda não foram divulgados mais sabe-se que era uma mulher de aproximadamente 24 anos e uma criança de 4 anos um menino ...”

Poncho: tinha que ser mulher – dizia mudando de canal

Enquanto isso no apartamento ....

Fernando havia ajudado a filha a se sentar na sala já que Dulce estava pálida , já estava ficando preocupado quando a campanhia tocou .

Fernando : esta esperando alguém ? – perguntava encarando a filha

Dulce: não – dizia com o olhar estranho

Fernando franziu a testa ao escutar a campanhia tocar com insistência , se afastou da filha e andou na direção da porta e assim que abriu sorriu sem jeito .

Blanca/Claudia: FERNANDO/PAI – dizia juntas

Fernando : oi – dizia

NÃO POSTADO

Blanca: o que esta fazendo aqui ? – perguntava estreitando os olhos

Fernando apenas encarou a esposa

Claudia: responde pai ? – perguntava encarando o pai

Fernando revirou os olhos

Fernando : afinal o que um pai estaria fazendo no apartamento da filha ? – perguntava encarando as duas

Claudia e Blanca apenas o encaravam totalmente desconfiadas.

Enquanto isso em Bogotá .....

As gravações continuavam paradas. Tommy apenas observava Christopher que por mais que tentasse se controlar não conseguia o fato de nunca mais ver Juan estava abalando muito .

Christopher: me leva até eles Tommy – pedia quase sussurrando e com o rosto molhado pelas grossas lagrimas que caiam sem parar

Tommy : claro , eu vim para isso – dizia o encarando

Christopher suspirou e rapidamente tirou a jaqueta de couro que usava e o pequeno brinco que tinha na orelha direita desfazendo assim seu figurino . Respirou fundo sem se importar com que o vissem chorando . Tommy apenas o acompanhou com o olhar .

Enquanto isso no México...

Blanca: o que você esta sentindo meu amor ? – perguntava preocupada

Claudia: fala Dulce – dizia seria

Fernando : vou ligar para a sua médica agora – dizia já pegando o telefone

Dulce fechou os olhos com força se levantando do sofá onde estava sentada

Dulce: CHEGA! Eu estou bem – dizia irritada com tantas vozes

Fernando : só estamos preocupados – dizia

Dulce: não preciso de preocupação , preciso do Christopher – dizia irritada pegando o telefone das mãos e discando rapidamente um numero

Em Bogotá....

Christopher se aproximou de Andrés com o semblante totalmente abatido .

Christopher : eu ... preciso ir pra Miami agora – dizia quase sussurrando sentindo uma imensa vontade de chorar novamente

Andrés arqueou a sobrancelha sem entender

Andrés: como assim ? estamos em plena gravação Christopher - rebatia serio

Christopher o encarou buscando forças para falar algo porém as lagrimas foram mais rápidas voltando a banhar seu rosto . Andrés arregalou os olhos sem entender e ficou mais surpreso ainda ao ver Tommy Mottolla se aproximar extremamente serio.

Tommy : Christopher vai comigo , eu vim busca-lo – avisava

Andrés: er... er digo o problema é que estamos gravando e – foi interrompido

Christopher: meu filho morreu – dizia chorando intensamente

Andrés arregalou os olhos enquanto Tommy apenas colocou uma das mãos no ombro de Christopher .

Enquanto isso no México....

Dulce: que droga – dizia jogando o telefone no sofá – porque não atende- dizia nervosa

Blanca: filha fica calma – dizia preocupada

Dulce: não consigo – dizia andando de um lado para o outro na sala desfilando o ventre arredondado

Fernando : não acha que esta exagerando ? – perguntava serio

Dulce simplesmente ignorou o pai e continuou a andar de um lado para o outro . De repente o telefone tocou e Dulce praticamente se jogou pegando o aparelho

Dulce: alô – dizia aflita e angustiada mais sem saber o porque – QUE? – praticamente gritou – isso não pode ser – dizia sentindo os olhos marejarem e logo algumas lagrimas deslizarem por seu rosto – ok , eu vou ver como consigo ir para lá – dizia chorando e suspirando – obrigado Ansur por avisar – agradecia

Ansur: não me agradeça , simplesmente esteja ao lado do Chris, eu estou indo para Miami também – dizia serio – até logo – encerrava a ligação

No apartamento .....

Dulce: meu deus – dizia chorando

Blanca/ Claudia: o que aconteceu ? – perguntava

Dulce suspirou e encarou os pais e a irmã

Dulce: Gabriela e Juan estão mortos – dizia sentindo uma lagrima molhar sua bochecha

Claudia arqueou a sobrancelha aqueles nomes lhe pareciam familiares , mais não se lembrava de onde

Dulce rapidamente andou em direção ao quarto pegando uma pequena mala e começando a pegar algumas roupas no closet e procurar seus documentos .

Blanca, Fernando e Claudia a seguiram rapidamente

Blanca: o que esta fazendo filha ? – perguntava

Dulce: vou para Miami agora – dizia seria secando o rosto

Fernando : você não pode viajar assim filha – dizia serio

Dulce: não só posso como vou – dizia seria arrumando as roupas na mala

Claudia: Dul você esta grávida – dizia seria

Dulce: gravidez não é doença – dizia pegando o passaporte na gaveta do criado mudo

Enquanto isso em um jatinho particular rumo a Miami .....

Christopher olhava as nuvens no céu sentindo as lagrimas rolarem por seu rosto esperando que alguém o acordasse daquele pesadelo .

Tommy apenas observava calado não sabia o que dizer naquele momento.

Na televisa .....

Um furacão moreno entrou na sala de Pedro sem se importar com o fato de sua barriga estar visível .

Pedro : Dulce – dizia a encarando

Dulce: eu preciso ir para Miami AGORA – dizia nervosa

Claudia: quer se acalmar – dizia entrando logo depois da irmã

Dulce: só me acalmo quando estiver em Miami – dizia – RAPIDO DAMIAN É PRA HOJE – dizia brava

Pedro arregalou os olhos jamais havia visto Dulce daquele jeito

Claudia: eu se fosse você fazia o que ela esta pedindo – avisava

Pedro : mais porque ir pra Miami agora? – perguntava segurando o telefone

Dulce: NÃO É DA SUA CONTA ANDA – dizia brava

Pedro rapidamente discou um numero .

Enquanto Pedro liberava o jatinho do grupo para Dulce . Alguém bateu na porta e rapidamente entrou sem ser convidado .

Poncho : Pedro eu queria falar com – parou de falar ao ver Dulce e Claudia

Claudia encarou Poncho seria , já Dulce nem o olhou .

Pedro : pronto o jatinho estará pronto em meia hora – dizia

Dulce: ótimo – dizia já saindo quando Poncho a segurou pelo braço – ME SOLTA – disse brava e se afastando mais logo voltou com sangue nos olhos – SABE PRA ONDE EU VOU? PARA MIAMI CASO TE INTERESSE GABRIELA E JUAN ESTÃO MORTOS SEU POUCO HOMEM – dizia brava

Poncho arregalou os olhos mais pelo tom de voz de Dulce do que pela noticia em si .

Pedro ficou pensativo com informação .

Em Miami .....

Christopher seguia de carro até o local onde os corpos estavam em total silêncio . Chegaram no local e logo Christopher sentiu o clima pesado do local entrou lentamente sendo seguido por Tommy .

Christopher respirou fundo ao ver os dois caixões com os corpos . Se aproximou do de Gabriela e suspirou aprecia que ela estava apenas adormecida pensou , olhou detalhadamente o rosto dela sem nenhum arranhão e sentiu um aperto ao olhar para o lado e ver Juan em um pequeno caixão branco , parecia tão tranqüilo .

Se aproximou sentindo uma imensa vontade de gritar. Olhou cada detalhe do rosto de pequeno e chorou , chorou como nunca havia chorado antes se debruçou sobre o pequeno corpo tentando acreditar no que via. Jamais havia sentindo uma dor como aquela.


As horas se passaram em um piscar de olhos e logo a noite já escurecia o céu .

Christopher não havia falado uma palavra desde que chegou apenas chorava em silêncio. Tommy já começava a se preocupar com aquilo quando escutou algumas vozes e avistou Ansur, Mel e Dulce .

Ansur: como vai Tommy ? – perguntava cumprimentando

Tommy : preocupado – dizia encarando Christopher

Enquanto Tommy cumprimentava Ansur e Mel . Dulce rapidamente foi em direção a Christopher que estava de costas para ela , o abraçou por trás sentindo como ele desabava novamente

Christopher: me diz que é um pesadelo por favor – dizia chorando

Dulce: infelizmente não é – dizia olhando o caixão de Juan

Christopher se virou ficando de frente para ela revelando seu rosto molhado pelas lagrimas e totalmente abatido , por um lado sabia que não era nada bom para Dulce estar ali , mais seu sentimento de perda era maior do que qualquer sensatez naquele momento , abraçou forte a namorada que apenas o recebeu carinhosa sentindo as lagrimas dele molharem sua blusa.

Enquanto isso no apartamento .....

Fernando : não deveríamos ter deixado ela ir – dizia serio

Claudia: papai até parece que não conhece a Dul – dizia suspirando

Blanca: não sei quem são essas pessoas , mais deviam ser importantes para o Christopher – comentava

Claudia apenas ouviu calada.

Em Miami .....

Christopher olhava desolado os caixões , queria chorar mais parecia que nem lagrimas tinha mais , suspirou e olhou Dulce que estava sentada em uma cadeira quase cochilando se aproximou dela e acariciou seu rosto arredondado .

Christopher: vai descansar – dizia quase sussurrando

Dulce o encarou sonolenta e negou

Dulce: estou bem – dizia franzindo a testa

Christopher : estou vendo quase dormindo sentada – dizia a encarando

Dulce piscou algumas vezes e logo Mel se aproximou

Mel: vocês não estão com fome? – perguntava encarando os dois

Christopher negou já Dulce mordeu os lábios

Christopher: leva ela pra comer Mel – pedia – eu to bem eu acho – dizia suspirando e dando um selinho na namorada e acariciando o ventre arredondado

Dulce se levantou e acariciou o rosto dele estava morta de fome , mais não queria sair de perto dele , mais não podia ficar tanto tempo sem comer , por sua bebê e assim saiu com Mel.

Ambas não demoraram muito já que Dulce não conseguiu comer muito já que começou a ficar enjoada . Voltaram e Dulce mais uma vez abraçou Christopher por trás que estava novamente olhando os corpos.

Christopher: ele não era meu filho de sangue mais eu o amava como se fosse – dizia sussurrando

Dulce: eu sei meu amor – dizia beijando a nuca dele

Christopher suspirou e ficou de frente para a namorada

Christopher: vou pedir pra te levarem pro hotel – dizia

Dulce: quero ficar com você – dizia seria

Christopher : não pretendo sair daqui e você precisa descansar – dizia acariciando o ventre dela

Dulce : quero ficar com você Chris – insistia o abraçando apertado

Christopher: você tem que descansar , já foi uma loucura você viajar assim – dizia

Dulce mordeu o lábio inferior não iria discutir naquele momento , pensou
Dulce: tudo bem – dizia

Christopher rapidamente conversou com Tommy que se ofereceu para deixar Dulce no hotel em que estava hospedado. Dulce se despediu de Christopher assim como Ansur e Mel que foram com Tommy e Dulce , deixando Christopher sozinho , sabiam que ele precisava daquele momento.

Christopher suspirou percebendo que estava sozinho .

O dia estava cinzento e frio. Christopher suspirou sem um pingo de sono , estava emocionalmente esgotado, mais fisicamente se sentia bem, coçou a nuca e piscou rapidamente sentindo um carinho em sua nuca , sorriu sem animo algum ao olhar que era Dulce com o semblante mais descansado e o encarando .

Dulce: bom dia – dizia sussurrando

Christopher: como dormiu ? – perguntava

Dulce: não muito bem , tive muitos enjôos , mais pelo menos descansei – dizia – e você ? – perguntava

Christopher: minhas olheiras te respondem – dizia tentando ser divertido sem sucesso

Dulce: amor – dizia o abraçando ela mais do que ninguém sabia quando Christopher estava sofrendo

Christopher: quero acabar com isso logo – dizia sussurrando abraçado a namorada

Algum tempo depois.....

Christopher, Dulce, Tommy , Ansur e Mel estavam no cemitério onde seriam enterrados Gabriela e Juan . Os caixões já estavam posicionados e lentamente começaram a serem colocados nas covas e logo uma fina garoa começou a cair .

Dulce entrelaçou sua mão com a de Christopher que olhava tudo calado , até que seu olhar avistou quem não esperava.

Christopher: o que esse cara esta fazendo aqui ? – perguntava bravo

Dulce seguiu o olhar e arregalou os olhos ao ver Alfonso parado um pouco distante deles com o olhar fixo nos caixões.

Dulce : calma – pedia segurando firme a mão de Christopher

Christopher apenas observava furioso Alfonso que não tirava os olhos dos caixões mais tampouco se aproximava . Em um movimento rápido soltou a mão de Dulce que arregalou os olhos já imaginando o que poderia acontecer e viu o namorado andar a passos rápidos e largos em direção a Alfonso.

Christopher: O QUE PENSA QUE ESTA FAZENDO AQUI ? – perguntava bravo
Poncho : VOCÊ NÃO É NINGUÉM PARA ME IMPEDIR DE VIR – dizia no mesmo tom

Christopher: SOU MAIS DO QUE VOCÊ – dizia

Poncho : fiquei sabendo e decidi vir – dizia dando de ombros

Christopher: DECIDIU ? FAÇA O FAVOR VOCÊ NUNCA SE IMPORTOU COM ELES , NUNCA QUIS SABER DO JUAN E AGORA QUER MOSTRAR QUE SE IMPORTA – dizia bravo

Poncho : não vim por ele , porque todos sabemos que ele era SEU FILHO e se estou aqui é pela Gabriela – dizia serio

Christopher sentiu o sangue ferver

Christopher: SOME DAQUI, DESAPARECE – mandava

Poncho : e se eu não quizer – desafiava

Christopher avançou um passo e logo sentiu duas mãos o segurarem com firmeza

Dulce: Chris não – dizia aflita e logo encarava Poncho – JÁ VIU O QUE QUERIA AGORA SOME – mandava

Poncho : até você! – dizia indignada

Dulce: DESAPARECE – repetia segurando o namorado que espumava de ódio

Poncho : não sei como você consegue agüentar esse daí – dizia olhando Christopher

Dulce: agüentei você por anos isso já foi o suficiente – respondia a altura

Poncho estava preparado para responder quando viu a figura imponente de Tommy se aproximar e se calou , não precisava ter problemas com aquele empresário .

Tommy : algum problema ? – perguntava serio

Christopher apenas continuava observando Poncho irritado

Dulce: ele já esta indo embora – dizia seria – SOME PONCHO – repetia ainda segurando Christopher

Poncho olhou novamente na direção dos caixões e novamente para Christopher negou com a cabeça e deu um sorriso de lado saindo lentamente do cemitério. Assim que se viu longe do local , suspirou .

Poncho : eu disse ao Pedro que isso não era uma boa idéia – resmungava irritado

Enquanto isso ....
Dulce: amor olha pra mim – pedia ficando na frente de Christopher que tinha o olhar raivoso como a muito ela mesma não via – ele já foi – dizia calma

Christopher: crápula, cretino como ele ... como ele se atreveu – dizia finalmente reagindo

Dulce: amor – dizia suspirando – pensei que vocês fossem brigar – dizia

Christopher: acredite minha vontade era de esmurrar ele – dizia respirando fundo tentando se acalmar

Dulce: obrigado Tommy – agradecia o empresário

Tommy : não tem que me agradecer você já tinha controlado a situação – dizia - vamos? – perguntava

Christopher passou a mão no rosto e entrelaçou a outra com a da namorada e logo os três estavam novamente próximos aos caixões.

Enquanto isso em Bogotá ....

As gravações de Kdabra estavam interrompidas até que Christopher voltasse .

Maya : afinal quando voltamos a gravar? – perguntava seria

Andrés: assim que o elenco estiver completo – dizia

Maya : e isso seria quando ? – perguntava

Felipe : Maya porque você não vai descansar, arranjar um namorado ou coisas do tipo você anda muito focada no trabalho – dizia serio

Maya arqueou a sobrancelha e se afastou dos diretores.

Juan : Maya anda meio estranha – comentava

Andrés: só agora percebeu isso ? – perguntava arregalando os olhos

Felipe: isso se chama efeito Uckermann – dizia piscando

Enquanto isso em Miami .....

Christopher se jogava na cama do hotel onde Dulce estava exausto , fechou os olhos cobrindo o rosto com os dois braços . Dulce tirou seus sapatos e logo se deitou ao lado dele acariciando os cabelos úmidos por causa da fina garoa que havia caido durante o enterro.

Dulce : esta bem ? – perguntava preocupada

Christopher apenas negou sem tirar os braços do rosto e logo lagrimas deslizavam por seu rosto . Dulce com sutileza afastou os braços do rosto dele revelando o rosto banhado novamente por lagrimas e sem pensar o abraçou forte.

Algumas horas depois ....

Dulce estava adormecida já que não tinha conseguido dormir bem pelos enjôos que havia tido durante a madrugada . Já Christopher estava acordado com o rosto abatido olhando o noteboock que Dulce havia deixado aberto em uma mesa que tinha próximo a janela do quarto , suspirou entrou em seu fórum deixando a seguinte mensagem .

Enquanto houver encontros, haverá despedidas,
Enquanto houver despedidas
Haverá um coração que chora ,
E enquanto houver um coração que chora,
Será difícil dizer adeus .....

Suspirou observando por segundos o que havia escrito e logo saiu do fórum sem saber a reação dos fãs sobre aquela frase tão enigmática. Seus olhos desviaram para a janela reparando na chuva que caia do lado de fora .

Algumas semanas depois.....

Christopher já havia voltado a gravar em Bogotá , mais andava calado e um pouco mais serio que o normal.

Christopher : vou ter que me depilar para as cenas de manhã – comentava com Andrés

Andrés: não acho que seja necessário Chris - dizia

Christopher: é uma seqüência da cena da semana passada e eu não quero maquiagem fica falso demais – dizia serio

Andrés apenas o encarou

Enquanto isso no México ....

Dulce também havia voltado a sua rotina porém algo a estava deixando nervosa.

Dulce: eu não entendo – dizia suspirando olhando uma revista que tinha na capa uma foto sua exibindo o ventre arredondado – como descobriram – dizia aflita

Claudia: eu digo que foi no dia que você foi para Miami – dizia – é a mesma roupa – analisava

Dulce arregalou os olhos

Dulce: droga naquele dia fiquei tão preocupada que nem me lembrei – dizia

Claudia: o Christopher esta sabendo ? – perguntava olhando novamente a revista
Dulce : não e sinceramente não queria preocupar ele , agora que finalmente ele esta melhorando de tudo – dizia seria

Claudia : eu de verdade acho que ele tem que saber , vai que perguntam pra ele e ele nega , daí já viu pra começarem a inventar não demora – dizia

Dulce apenas mordeu o lábio inferior

Enquanto isso na casa dos Saviñon....

Blanca entrava na casa seguida por uma Bianca emburrada.

Blanca: não adianta fazer essa cara – dizia seria

Bianca revirou os olhos

Blanca: e a partir de hoje a senhorita esta proibida de tomar, café , refrigerante e comer chocolates – dizia seria

Bianca: resumindo não posso comer nada – dizia irritada

Blanca: olha aqui Bianca já estou farta da sua atitude infantil , seu filho esta com pouco peso por causa do seu consumo excessivo de cafeína e agora não adianta chorar o jeito é se controlar – dizia severa

Bianca apenas encarou a mãe em silêncio .

Enquanto isso em uma certa casa....

Ilza andava de um lado para o outro ansiosa e aflita segurando um envelope nas mãos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:15 pm

quando a porta da sala se abriu e Rick surgiu com o rosto cansado e usando uma camisa social com as mangas dobradas e um palito nas mãos. Sorriu olhando Ilza na sala e se aproximou dando um selinho nela

Rick : oi – dizia jogando o palito no sofá se sentando – o que houve ? - perguntava curiosa

Ilza: eu fiz um exame de sangue – dizia seria e aflita

Rick : porque ? esta doente? Porque não me falou ? – perguntava se levantando e a encarando preocupado

Ilza: eu ... eu estou atrasada – dizia quase sussurrando

Rick a encarou sem entender

Ilza: acho que estou gr... gravida , por isso fiz o exame – dizia fechando os olhos com força sem encarar Rick – mais não tenho coragem de ver o resultado – dizia nervosa

Rick engoliu em seco olhando o envelope nas mãos de Ilza .
Rick : quer que eu abra ? – perguntava serio

Ilza: por favor – dizia suspirando

Rick pegou o envelope e olhou Ilza abrindo de uma vez o envelope ,leu atentamente o resultado e encarou ela serio .

Ilza: então ? – perguntava ainda sem coragem para encara-lo

Um silêncio incomodo tomou conta do ambiente .

Rick : esse... esse bebê pode ser meu ? – perguntava sentando ao lado de Ilza

Ilza: não sei – dizia suspirando – não queria um filho agora – dizia colocando as duas mãos no rosto – vou ser uma péssima mãe nem sei quem é o pai do meu filho – dizia aflita

Rick : a quanto tempo você estava atrasada ? – perguntava observando o resultado em suas mãos

Ilza: percebi a menos de um mês – dizia – mais pode ter mais tempo não ? ah o que eu faço falo com o Pierre? – perguntava perdida

Rick : o primeiro de tudo é se acalmar não te faz bem , segundo é marcar uma consulta pra saber o seu tempo exato de gravidez e só daí falar com o Pierre, caso ele seja o pai – dizia serio

Ilza o encarava

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher andava tranqüilo pelos corredores depois de alguns minutos sendo depilado quando sentiu o celular tocar no bolso da calça , enfiou a mão no bolso e pegou o aparelho atendendo sem olhar o visor .

Christopher: alô – dizia sem parar de andar e coçando o olho

Dulce: amor – dizia mordendo o lábio inferior

Christopher sorriu

Christopher: amor já estava com saudades – dizia sem parar de andar

Dulce: eu também – dizia – temos problemas – dizia fechando os olhos com força

Christopher: problemas? – perguntava parando de andar

Dulce: sim – dizia – descobriram a minha gravidez – dizia suspirando

Christopher: mais como assim ? – perguntava serio

Dulce: tiraram fotos quando eu fui na televisa pra ir para Miami , eu nem me lembrei de esconder a barriga , foi descuido meu – dizia chateada

Christopher: hei não foi descuido seu ok , mais cedo ou mais tarde eles iriam descobrir – dizia coçando a nuca – só não esperava que fosse tão rápido – dizia

Dulce: não sei o que fazer eles publicaram em varias revistas as fotos e não aprovam de ligar querendo uma declaração – dizia aflita

Christopher: primeiro fica calma, segundo não diz nada , as fotos já dizem se fotografaram a barriga eles já tem a resposta – dizia

Dulce: mais eles querem uma declaração minha – dizia revirando os olhos

Christopher : e vão continuar querendo , por favor amor não entra na onda desse jornalistas – pedia – já estou na reta final das gravações logo estou voltando e vamos ter que conversar – dizia suspirando

Dulce: enquanto isso o que eu faço com esse repórteres malucos na minha cola? – perguntava

Christopher: seja você amor – dizia divertido

Dulce: Christopher sem gracinhas – dizia seria

Christopher: ok se o assedio aumentar a ponto de não dar pra esperar a minha volta divulgamos uma nota ok- dizia – por enquanto não fala nada – dizia voltando a andar pelo corredor

Dulce: acho bom você voltar logo hein – dizia suspirando – e me diz como você esta ? – perguntava mais relaxada

Christopher suspirou

Christopher: levando , melhorando aos poucos – dizia – amor tenho que desligar preciso me trocar e voltar por estudio – dizia

Dulce: ok , se cuida e volta logo – dizia dengosa

Christopher: vocês também meus amores – dizia – te amo Dultchi – dizia desligando – imprensa maldita – dizia entrando na sala de figurinos

Quando escutou um grito que o fez sair pra fora da sala.

Maya: não sabe bater? – dizia segurando seu figurino contra o corpo

Christopher: não sou adivinho sua histérica – dizia serio

Maya : mal educado – rebatia o encarando

Christopher; anda logo tenho que me trocar – dizia fechando a porta e esperando encostado na parede do lado de fora – eu mereço mesmo – resmungava

Alguns minutos....

Maya saia de cara emburrada passando por Christopher que não fez a menor questão de falar com ela entrando rapidamente na sala de figurinos e batendo a porta .

Enquanto isso no México ....

O RBD continuava fazendo divulgação da turnê del adios , indo em vários programas de televisão e emissoras de rádio . Estavam a caminho de uma estação de radio em total silêncio dentro da van . Anahí mexia no celular , assim como Maite, Christian ouvia musica e Poncho estava apenas calado. Já Dulce acariciava a barriga já totalmente visível olhando a paisagem pela janela do carro .

Rapidamente chegaram a emissora de radio que tinha alguns fãs na frente da emissora . Como as informações eram desencontradas ao fãs estavam divididos em varias emissoras .

Saíram rapidamente da van entrando no prédio . Dulce suspirou assim que entrou não iria falar sobre sua gravidez mais já estava mais do que irritada com os olhares para sua barriga .

Dulce: nunca viram uma mulher grávida – resmungava

Christian : uma chuck grávida não – dizia brincalhão

Dulce o encarou seria

Christian : relaxa chuck – dizia abraçando a morena de lado

Dulce: fala isso porque não é você – dizia revirando os olhos

Logo todos já estavam sentados no estudio da radio colocando os fones ficando na seguinte ordem Anahí, Christian, Dulce, Poncho e Maite. O programa que já estava no ar.

Locutor: e estamos aqui com os RBD’s – anunciava

RBD: EHHH

Locutor: que animados – dizia simpático

Locutora: e lindos como vai Ponchito – dizia piscando divertida

Poncho : bem – respondia

Locutor: bem eu sei que vocês estão com a agenda apertada e infelizmente não temos muito tempo mais acho que dá pra responder algumas perguntas não ? – perguntava

Anahi : depende da pergunta – dizia gargalhando

Locutora: Poncho esta solteiro ? – perguntava

Poncho : bem eu – foi interrompido

Locutor: ela esta jogando pedra em avião ignore – dizia risonho

Locutora : ele esta com ciúmes – rebatia

Christian : acho que temos uma historia de amor aqui , TU AMOR – dizia divertido

Locutora: não cheguei nesse desespero – dizia gargalhando

Locutor: bom , voltando como esta sendo essa turnê de despedida ? – perguntava mudando de assunto bruscamente

Anahí: a palavra é intensa - dizia e logo suspirava – primeiro não temos mais o bebê, isso já pesa, segundo todos estamos emocionalmente intensos e terceiro despedidas nunca são legais – dizia

Maite: e os fãs também estão bem emotivos é difícil se conter no palco – dizia

Locutora: e acho que pra todos os fãs é um momento difícil – dizia mais seria

Christian : mais no fundo de uma certa maneira todos sabiam que essa dia ia chegar , digo por mais que seja importante o grupo cada um quer um caminho diferente – dizia

Locutor: percebo vocês bem centrados e até nostálgicos – dizia – Dulce acredito que para você é mais difícil ainda afinal esta longe do Christopher e ainda grávida deve ser complicado – dizia

Um silêncio se fez . Anahí , Maite, Christian e Poncho encararam Dulce que olhava fixamente o microfone em sua frente parecia pensar no que iria falar .

Dulce: para todos é complicado , é uma despedida como a Annie disse e o fato do Chris não estar não torna o meu sentimento maior que o deles – dizia sem falar da gravidez .

Locutora: sim mais a gravidez afeta afinal nós mulheres ficamos sensíveis ao extremo – dizia

Dulce suspirou

Dulce: você quem esta dizendo isso – dizia risonha

A locutora arqueou a sobrancelha

Locutor: como vocês se sentem com o novo integrante do rbd ? – perguntava

Poncho : que novo integrante ? – perguntava

Locutora: ora o pequeno rbd – dizia encarando Dulce

Dulce: achei que estávamos aqui pra falar da turnê e não do meu bebê – dizia irritada

Locutora arregalou os olhos Dulce havia falado finalmente .

Christian segurou a mão de Dulce que de verdade estava irritada e sussurrou “calma” com os lábios . A morena apenas o encarou seria .

Locutor: mais uma turnê com um bebê deve ser no mínimo curiosa – dizia encarando Dulce

Dulce que ainda tinha o olhar fixo em Christian respirou fundo e se levantou irritada saindo do estudio

Christian foi o único que a seguiu a encontrando com a cara emburrada e os braços cruzados do lado de fora no corredor .

Christian : hei o que foi isso ? – perguntava como sempre divertido

Dulce: se eu ficasse la dentro falaria demais – dizia irritada

Christian se aproximou de Dulce e a obrigou a encara-lo

Christian : Dul eu sei que não deve ser fácil o que você esta passando mais agir assim só vai piorar tudo – dizia em um tom mais serio

Dulce suspirou

Dulce: falar é fácil – dizia

Christian : se você quiser agir também pode ser fácil , mais tem que ter calma , enquanto eles não tiverem uma confirmação oficial não vão sossegar e você agindo assim só vai piorar – dizia

Dulce: eu praticamente assumi minha gravidez – dizia suspirando

Christian: praticamente assumir ainda não é assumir oficialmente – dizia piscando – vem vamos voltar pra lá – dizia

Dulce: vão me achar louca – dizia suspirando

Christian : todos somos loucos – dizia abrindo a porta do estudio para Dulce entrar

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher usava uma camisa social de cor chumbo com uma calça jeans preta e espera para gravar as cenas que seriam em seqüências naquele dia.

Felipe : ok todos posicionados – dizia olhando ao redor e olhando Christopher tirar o roupão e entregar para um assistente e se sentar no sofá já bem concentrado – silêncio GRAVANDO – dizia

Depois da cena gravada o que durou umas boas horas todos se reuniram com Felipe no fim do dia para ver como haviam ficado as cenas. Quem visse o silêncio no estudio poderia jurar que ainda gravavam senão fosse pelo fato d a maioria já estar descaracterizada.

Vídeo

Manoel : eu sou muito lindo no vídeo – dizia se achando

Maya : claro que sim – dizia debochada

Christopher apenas sorriu de Manoel ele de fato era meio doido pensava.

Felipe: a cena ficou ótima – elogiava

Manoel : e por isso merecemos algum prêmio ? – perguntava interessado

Andrés: pra você tudo é prêmio não é – dizia divertido

Manoel : claro vocês usam nossos corpos e querem o que – dizia

Christopher: não sei você mais a única que usa meu corpo é a minha mulher – dizia divertido

Manoel : ahh vocês me entenderam ? não ? – perguntava e logo arregalava os olhos ao ver que muitos negavam – HEI – dizia emburrado

Christopher: acho que vamos ter que gravar de novo – dizia

Andrés: porque? a cena ficou ótima - dizia

Christopher: porque eu quero entender como é isso de que usam seu corpo Manoel – dizia prendendo o riso

Manoel : há há há que engraçado – dizia serio

Christopher gargalhou como a tempos não fazia

Depois do clima de descontração todos foram saindo lentamente do estudio conversando entre si.

Manoel Jose : que tal um happy hour ? – perguntava animado

Maya : como gosta de uam farra – dizia revirando os olhos

Manoel Jose : não tenho culpa que você é uma velha querida Maya – dizia piscando com os dois olhos

Maya arregalou os olhos

Maya : VELHA – dizia o encarando

Manoel : aham – respondia

Ximena : chega vocês dois – dizia – e você Chris vem com a gente ? – perguntava encarando Christopher

Christopher: eu estou um pouco cansado – dizia coçando a nuca

Margarita: todos estamos – dizia

Diana : ahh Chris vem com a gente - pedia

Ana Maria : não nos deixe sozinhas com esse louco do Manoel – dizia

Manoel Jose: só pra constar eu ainda estou aqui – dizia estreitando os olhos

Christopher olhou as atrizes que o olhavam de forma engraçada tirando Maya que nem o encarava e suspirou .

Christopher: tudo bem eu vou – dizia sorrindo meio sem jeito

Diana: aeee – comemorava

Manoel Jose : não sei porque a animação o cara é praticamente casado – disparava

Diana ficou roxa de vergonha

Christopher: então vamos? – perguntava querendo quebrara o clima

Todos afirmaram e quando já saiam do estudio juntos escutaram .

Felipe: hei a farra é só pros atores? Diretores não são bem vindos ? – perguntava

Ana Maria : temos que analisar essa proposta –dizia fingindo pensar

Christopher: eu digo que podem vir se pagarem tudo – dizia divertido

Manoel Jose: concordo , quem mais concorda ? – perguntava olhando todos levantarem as mãos

Felipe: acho que ficar pra outro dia – dizia

Ximena : MÃO DE VACA – dizia divertida

Logo todos gargalharam e finalmente saíram do estudio todos juntos , decidiram por irem a um barzinho que havia nas proximidades dos estúdios . Que infelizmente aquela altura já estava bem movimentado. Com uma certa dificuldade logo acharam algumas mesas e as juntaram já que no total eram quase dez pessoas . Estavam sentados na seguinte ordem Diana, Maya, Manoel Jose, Ximena , Damian que se uniu ao grupo já fora do estudio , Margarita, Ana Maria , Christopher , Juan que também havia se juntado ao grupo depois de saírem do estudio .

Ana Maria : animado esse barzinho hein – dizia olhando a movimentação

Maya : normal – dizia

Diana: porque você anda de tão mal humor ? – perguntava

Manoel Jose: porque será né - dizia debochado olhando discretamente para Christopher que conversava com Damian

Maya apenas fulminou Manoel com o olhar

Enquanto isso no México .....

O grupo havia saído da radio . Dulce respirava aliviada pois depois da conversa com Christian por incrível que pudesse parecer ficou mais calma e não caiu nas provocações dos locutores que a todo momento falavam do bebê.

Estava calada e parecia bem área quando se sobressaltou ao sentir algo estranho arregalou os olhos e encarou a barriga já bem visível e balançou a cabeça deveria estar imaginando coisas , pensou e sorriu de leve. Quando novamente sentiu aquilo , olhou novamente e olhou para o lado se deparando com Christian ao seu lado , sem pensar pegou a mão do amigo que a olhou assustado

Christian : o que foi ? – perguntava sem entender

Dulce: me diz que você também esta sentindo isso – dizia colocando a mão dele em sua barriga

Christian a encarou sem entender e logo arregalou os olhos com o que sentiu e gritou

Christian : MEXEU, MEXEU DULCE – gritava

Dulce sorria abobalhada era a primeira vez que o bebê mexia


Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher gargalhava das palhaçadas de Manoel que fazia de tudo para irritar Maya e estava conseguindo.

Maya : que insuportável – dizia já irritada

Manoel Jose: qual é Maya anda muito mal humorada, chega disso – dizia divertido

Maya: se estou de bom ou mal humor não é da sua conta – dizia seria

Manoel Jose: ela ficou nervosinha – dizia debochado

Ana Maria : acho que já chega não Manoel – dizia seria também

Manoel Jose: ah vão defender agora? – perguntava

Christopher por sua vez apenas observava e ria no seu canto sem se meter quando uma mensagem chegou no seu celular que estava em cima da mesa. Pegou o aparelho olhando curioso a mensagem que era de Dulce .

“ ya estoy pateando la mami hihihi ...

Es raro mi amor pero hermoso ... “

Dultchii 

Christopher sorriu abobalhado e nem percebeu uma lagrima escorrer de seu olho , sem pensar se levantou rapidamente da mesa se afastando do falatório . Enquanto andava discou o numero da namorada que rapidamente atendeu .

Dulce: amor – dizia animada

Christopher: como assim ? – perguntava sorridente

Dulce: se mexeu , amor eu estava na van saindo da estação de rádio e do anda mexeu – dizia sorrindo – achei que fosse loucura mais até o Christian sentiu – dizia acariciando a barriga

Christopher: queria tanto estar ai – lamentava

Dulce: logo você vai estar – dizia suspirando

Christopher: o que você sentiu ? te machucou ? – perguntava preocupado

Dulce: foi estranho saber que tem uma pessoinha dentro de mim que pode me chutar quando bem entender – dizia arqueando a sobrancelha – mais por outro lado é uma sensação tão boa e não em machucou , só me assustou porque nunca tinha sentido – dizia mordendo o lábio inferior

Christopher: eu ima – parou de falar ao escutar

Christian : O BEBÊ CHUTOU PRA MIM UCKERMANN , MORRA DE INVEJA- berrava – CHUTA DE NOVO BEBÊ – dizia

Christopher franziu a testa sorrindo e logo gargalhou ao ouvir

Dulce: EU VOU CHUTAR A MINHA MÃO NA SUA CARA CHRISTIAN ! NÃO SOU BOLA PRA FICAR LEVANDO CHUTE TODA HORA – brigava irritada pelos chutes seguidos da bebê

Christian : sem graça – dizia emburrado

Dulce: palhaçada – resmungava – amor ? – perguntava escutando a gargalhada dele

Christopher: desculpa mais foi engraçado escutar tudo – dizia sem párar de rir

Dulce: claro não é você que fica levando chutes – dizia bicuda

Christopher: desculpa mais foi engraçado – dizia já mais serio

Dulce: ok foi mais não deixa o Christian saber – dizia sussurrando

Christopher: ta bom – dizia olhando a mesa onde os outros estavam conversando animados

Dulce: ainda esta gravando ? – perguntava

Christopher: não estou com o pessoal do elenco e alguns diretores num barzinho happy hour – dizia dando de ombros

Dulce arqueou uma das sobrancelhas

Dulce: pra quem dizia que estava sem tempo até para respirar né ? achou um tempo rapidinho – dizia

Christopher revirou os olhos

Christopher: só vim porque insistiram – dizia – não quero ficar preso o tempo todo e pra sua informação ainda não tenho tempo , mais alguns minutos eu consigo – dizia serio

Dulce: fica com os seus amiguinhos ta – dizia desligando emburrada

Christopher olhou o celular incrédulo e balançou a cabeça negativamente não insistiria ou acabaria discutindo . Guardou o aparelho no bolso da calça e voltou para a mesa se sentando no lugar que estava antes e suspirou .

Manoel Jose:ow Luca toma uma tequila – dizia animado

Christopher: não obrigado – dispensava

Ana Maria : só uma não vai fazer mal – dizia mais animada ainda

Margarita: deixem ele se não quer beber , não precisa e além disso amanhã temos gravação – avisava
Felipe: o Andres não avisou ? – perguntava

Todos encararam o diretor negando .

Juan : amanhã não vamos gravar porque nós três temos uma reunião pro lançamento da serie – avisava

Ximena : então a noite é uma criança – dizia animada

Maya revirou os olhos

Damian apenas sorriu da animação dos mais novos

Manoel Jose: agora não tem desculpa mexicano – dizia divertido

Christopher suspirou

Algum tempo depois ......

Ximena, Christopher, Ana Maria : ARRIBA, AL CENTRO PA DENTRO – dizia tomando shots de tequila

Manoel : isso sim é happy hour – dizia quase bêbado

Juan : eu to vendo duas Mayas – dizia gargalhando

Margarita: eu vou acabar com a reputação do Juan – dizia divertida tirando varias fotos do diretor “alegre”

Damian havia sido o único que já havia ido embora .

Maya : o que foi porque esta me olhando ? – perguntava seria ao perceber o olhar de Christopher nela

Christopher sorriu e se sentou ao lado dela

Christopher: confessa seu sonho de consumo sou eu – dizia – vai admite – dizia sorrindo

Maya o encarou de cara fechada

Christopher: você até que é bonitinha , mais ta longe de ser o meu tipo , sabe se eu fosse solteiro até que te daria uma chance – dizia risonho – mais uma chance assim bem pequenininha – dizia gesticulando com a mão livre já que a outra segurava um copo de tequila quase pela metade

Maya estreitou os olhos

Christopher: o que foi ficou muda? – perguntava provocando
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:16 pm

Maya : não me substime – avisa

Christopher: ai que medo – dizia gargalhando e logo ficando serio – não tenho medo de você – dizia se levantando

Maya rapidamente segurou a mão livre dele e o encarou

Maya : as coisas podem mudar não acha? – perguntava o encarando

Christopher a encarou a altura

Christopher: não ! – se abaixou e sussurrou – só uma mulher entra na minha cama e eu sinto dizer não é você – dizia se soltando bruscamente e respirando como se estivesse aliviado

Maya rapidamente se levantou deixando algumas notas de dinheiro e saiu apressada deixando o grupo por lá .

Depois da saída “repentina “ de Maya o clima ficou até mais animado . Todos se divertiam e riam sem parar . Mais a loucura começou mesmo quando Manoel e Christopher resolveram começar a dançar já que uma banda havia começado a tocar ao vivo no local .

Manoel arrancava gargalhadas pelo jeito desengonçado , já Christopher seduzia pelos movimentos mais sempre dançando sozinho , apesar de inumeras mulheres terem se oferecido como par. A única com quem de fato dançou um pouco foi com Margarita que gargalhava pois durante toda a dança ele a chamava de “mami” em referencia a seus personagens

Já passava das duas da manhã .....

Quando Christopher finalmente chegou ao apartamento onde estava hospedado. Jogou as chaves no sofá e foi meio cambaleante tirando a roupa que usava até chegar no banheiro e entrar de vez no box abrindo a ducha de água fria , precisava daquilo senão quisesse ficar mal durante o dia .

Gemeu sentindo a água fria bater em sua pele lhe causando arrepios. Ficou por minutos embaixo da água saindo já mais sóbrio porém ainda embriagado . Suspirou sorrindo de lado a tempos não ficava bêbado , pensou apagando a luz do banheiro e logo jogando a toalha que estava em sua cintura no chão e se jogando na cama totalmente nu , dormindo em seguida .

Enquanto isso no México , mais precisamente no apartamento de C y D....

Claudia: você esta assim emburrada porque o Christopher esta com os amigos de elenco em um happy hour? – perguntava

Dulce: você acha pouco ? comigo ele mal saia – reclamava sentada na cama

Claudia: Dul você esta grávida dele, tem uma aliança que mais parece uma algema de tão grande , o cara mesmo em outro pais só falta lamber o chão que você pisa e você vai ficar assim porque ele saiu com os amigos ? – perguntava

Dulce mordeu o lábio inferior

Dulce: exagerei ? – perguntava

Claudia: um pouco – dizia sorrindo fraco

Dulce: eu sou uma besta – dizia irritada – vou ligar para ele – dizia pegando o celular

Claudia : negativo – dizia tomando o aparelho da irmã – ele deve estar chateado e além disso já esta tarde em Bogotá é praticamente de madrugada quando clarear você liga e nem adianta fazer bico , falou o que não devia agora agüenta – dizia

Dulce suspirou talvez tivesse mesmo falado demais , pensava.

Rapidamente o dia amanheceu tanto na Colômbia como no México ....

México ......

Bianca resmungava pelo fato de estar com desejo de comer chocolate e simplesmente não poder.

Bianca: só um pedaço mãe – insistia

Blanca: não – respondia seria – e some da minha cozinha xispa – dizia

Bianca saiu resmungando e emburrada

Enquanto isso em uma casa em um condomínio .......

Ilza : sinto meu corpo diferente – dizia suspirando

Rick : eu também – dizia sentindo uma almofada voar em sua direção – agressiva – dizia divertido

Ilza: é serio , meus seios, minha cintura – dizia

Rick : eu não tenho nada a reclamar – dizia se aproximando e roubando um selinho dela que sorria meiga

Ilza: não esquece é hoje a tarde – dizia seria

Rick : não esqueci , tanto que já desmarquei meus compromissos da tarde , nos encontramos na clinica ou te pego aqui ? – perguntava

Ilza: na clinica – dizia suspirando

Rick : fica tranqüila – dizia

Ilza: por um lado quero que esse filho seja do Pierre para você não ter mais problemas , mais por outro quero que seja seu porque tenho medo do Pierre – dizia seria

Rick : não pensa nisso agora ok – dizia piscando – eu adoraria tomar café com você mais estou atrasado , se cuida e qualquer coisa me liga – dizia dando um selinho nela

Ilza: Rick trás cookies – pedia piscando meiga – de chocolate – sorria

Rick : ok tchau – dizia saindo do quarto apressado

Ilza suspirou

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher se remexia na cama finalmente acordando sentindo uma leve dor de cabeça afinal há tempos não bebia daquele jeito. Abriu os olhos e logo fechou se lembrando de Dulce , certamente estava em problemas , suspirou .

E logo gemeu escutando o telefone tocar , esticou o braço atendendo de má vontade .

Christopher: alô – dizia coma voz mais rouca que o normal

Dulce: nossa ele atendeu achei que ainda estivesse enchendo a cara e dançando – dizia irritada

Christopher : não grita – pedia quase gemendo

Dulce: ahh desculpa a ressaca deve estar difícil mais quer saber TÔ NEM AI – berrava

Christopher: AHHH PORRA – dizia jogando o celular na cama sentindo a cabeça latejar sem para

Dulce: CHRISTOPHER, CHRISTOPHER FALA COMIGO – dizia brava na linha

Porém dessa vez foi Christopher quem desligou o telefone descontando o que ela havia feito na noite anterior e gemendo de dor .

No México .....

Dulce olhou incrédula o celular , tentou ligar novamente , mais o celular só dava na caixa de mensagens . Jogou o celular no colchão irritada.

Claudia entrou no quarto estranhando aqueles gritos e a encarou curiosa

Dulce: olha isso eu aqui enfrentando esse lunáticos da imprensa e ele lá enchendo a cara e farreando – dizia mostrando as imagens no noteboock

Claudia se aproximou olhando as imagens e falou

Claudia : ele esta dançando e bebendo e daí ? – perguntava
Dulce: como assim ? e daí ? – perguntava incrédula

Claudia: sinto te desapontar mais não é só você que pode relaxar as vezes com os amigos – dizia seria

Dulce: serio que vai defender ele ? – perguntava sem acreditar

Claudia : não estou defendendo , simplesmente sendo pratica , vai adiantar brigar com ele sendo que ele esta na Colômbia ? não , vai adiantar gritar, se estressar e além disso ele não fez nada de mal só se distraiu e pelo o que você me falou provavelmente essa é uma das primeiras saída dele então para de escândalo – dizia simples

Dulce ficou emburrada encarando a irmã que sorria pela cara fechada da irmã .

Voltando a Bogotá ......

Christopher tomava uma aspirina para dor de cabeça e se deitava novamente sem condição alguma de conversar com ninguém graças a sua linda e histérica namorada. Franziu a testa se cobrindo e logo adormeceu novamente.

Já passava das duas da tarde , quando Christopher finalmente acordou , já não tinha mais dor de cabeça , franziu a testa se sentando na cama passando as duas mãos no rosto. Se levantou e foi até o banheiro molhou um pouco o rosto despertando de vez .

Voltou ao quarto e viu o celular , negou não queria discutir e simplesmente foi até a cozinha comer algo.

Enquanto isso no México ......

Dulce olhava o relógio que marcava 12:00 em ponto e logo olhava o celular .

Claudia: se você encostar nesse celular de novo eu jogo ele fora – ameaçava

Dulce: eu nem fiz nada – se defendia

Claudia: mais pretendia – dizia

Dulce: ele não ligou Clau – choramingava

Claudia : e? – perguntava

Dulce: como e? sempre que brigamos o Christopher é o primeiro a ligar – dizia

Claudia: acho que ele se cansou de sempre correr atrás – dizia tranqüila

Dulce arregalou os olhos

Enquanto isso em uma certa Clinica.....
Dra. Andréia : vejo que veio acompanhada hoje Ilza – dizia simpática cumprimentando Rick

Ilza: sim – dizia nervosa

Rick : muito prazer doutora – dizia

Andréia: pode me chamar apenas de Andréia , doutora fica muito serio – dizia simpática- bem vamos ao que interessa – dizia encarando Ilza que parecia muito nervosa – porque tão nervosa Ilza ? – perguntava a encarando

Rick : minha presença causa isso – dizia brincalhão segurando uma das mãos dela

Andréia sorriu e Ilza apenas forçou um leve sorriso

Andréia : bem hoje vamos ver os exames que eu te pedi e fazer um ultra gestacional pra sabermos quanto tempo de gestação você tem , esta com os exames? – perguntava observando Ilza lhe entregar um envelope lacrado

A médica abriu com tranqüilidade o envelope e logo começou a ler os exames fazendo algumas anotações.

Rick franziu a testa incomodado com o silêncio do ambiente.

Rick : então ? tudo bem com eles? – perguntava sem soltar a mão de Ilza

Andréia: melhor impossível , a mamãe esta perfeita – dizia ouvindo um suspiro de alivio de Ilza – agora vamos ver esse bebezinho – dizia indicando a Ilza onde deveria se trocar .

Alguns tempo depois.....

Ilza estava deitada sentindo o gel frio ser espalhado em seu ventre ainda plano . Seu olhar se encontrou com o de Rick que apenas acariciou os cabelos castanhos dela .

Andréia : olhem quem eu achei – dizia mostrando o minúsculo pontinho na tele

Rick : quase não dá pra ver – dizia forçando a visão

Ilza: esta tudo bem ? – perguntava preocupada

Andréia: sim o feto esta se desenvolvendo muito bem – dizia ajustando a imagem do aparelho

Rick respirou fundo

Rick : e de quanto tempo ela esta ? – perguntava serio

Ilza sentiu o coração acelerar e logo escutou

Andréia: pelo tamanho do feto e pelos dados que tenho acredito que 6 semanas – dizia

Os olhos de Ilza se inundaram em lagrimas e Rick sorriu beijando a testa dela.

Andréia apenas observou o casal mais em momento alguém perguntou o motivo do choro de Ilza .

Algum tempo depois.....

Andréia arrumava sua sala , quando uma voz familiar apenas perguntou

Sandra: quem eram as pessoas que você estava atendendo ? – perguntava encarando a prima

Andréia : um casal meio estranho – dizia – porque? – perguntava

Sandra: não é que eu tive a impressão de conhecer o homem – dizia cruzando os braços

Andréia apenas encarou a prima que também sem dar muita atenção

Enquanto isso rumo a um certo condomínio ....

Ilza respirava sentindo um alivio

Rick: uau dois filhos , dois filhos – repetia bobo

Ilza sorriu o encarando

Ilza : sim papai – dizia– perdão acho que agora você vai ter mais problemas não – dizia seria

Rick : hei não fala assim – dizia carinhoso – vou cuidar de você e do nosso filho e vou fazer de tudo para os meus filhos serem os melhores irmãos – dizia piscando

Ilza sorriu

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher estava sentado no sofá encarando o celular nas mãos .

Christopher: droga ! – dizia suspirando e deixando o celular no sofá se levantando e indo até o quarto .

Vestiu uma calça jeans escura , uma camiseta de gola v cinza de mangas curtas e um tênis estilo skatista bem despojado. Penteou os cabelos e pegou a carteira e as chaves e saiu do apartamento saindo deixando o celular no sofá .... desligado .

Saiu do prédio e atravessou a rua decidido a se distrair ou simplesmente não ficar trancado no apartamento. Sorriu ao perceber que estava indo na direção da pensão de Dona Mercedes . Chegou na entrada e sorriu .
Christopher: alguém por aqui ? – perguntava na recepção

Um silêncio e logo a simpática senhora surgia sorridente

Mercedes: e não é que ele voltou – dizia bem humorada

Christopher: promessa é divida – dizia piscando – como a senhora esta ? – perguntava

Mercedes: muito bem – dizia – já você não aprece muito bem – dizia o analisando

Christopher suspirou

Enquanto isso no México ....

Dulce estava na Televisa assim como os demais já que teriam uma reunião com Pedro .

Christian : o que será que é agora ? – perguntava

Anahí : espero que seja algo bom , porque nas ultimas reuniões só veio bomba – dizia revirando os olhos

Maite: não atrapalhando as minhas gravações – dizia seria de braços cruzados

Poncho : que saco , será que vai demorar – dizia impaciente

Anahí : nossa falou o senhor ocupado – dizia irônica

Dulce apenas suspirou irritada e logo avistou Pedro chegar andando apressado pelo corredor falando ao celular .

Pedro: entrem – dizia abrindo a porta da sala sem desgrudar do celular

Todos entraram e se sentaram esperando o produtor desligar o celular e finalmente falar com eles. O que demorou quase 10 minutos para irritação de todos.

Pedro : desculpem era uma assunto importante – dizia desligando o aparelho e deixando na mesa

Anahí : afinal o que houve dessa vez ? – perguntava direta

Pedro : houve que recebi um convite pro RBD – dizia – querem o grupo na festa de lançamento de uma serie , não me deram muitos detalhes mais é coisa grande a festa vai ser transmitida pra toda latino América pelo por um canal pago – dizia

Christian : e onde é ? quando ? como vai ser ? – perguntava

Pedro : como eu disse , ainda não me passaram todos os detalhes , a única coisa que eu preciso saber vocês aceitam esse evento ? – perguntava

Dulce: quando é? – perguntava
Pedro : ainda não sei mais acredito que pela urgência acredito que logo – dizia

Dulce: eu topo desde que não demore, não sei por quanto tempo ainda vou poder viajar – dizia suspirando

Pedro : todos aceitam ? – perguntava

Todos afirmavam

Pedro : vou dar o ok para a produtora e logo informo para vocês a data, o local e todo o resto – dizia

Enquanto isso em Bogotá .....

Mercedes apenas observava

Christopher: e essa tem sido a minha vida nas ultimas semanas – dizia suspirando

Mercedes: você é jovem demais pra passar por tudo isso – dizia seria

Christopher apenas forçou um sorriso

Mercedes : mais acredite tem sofrimentos que só fortalecem – dizia

Christopher: preferia continuar um fraco – dizia franzindo a testa

Mercedes encarou Christopher com carinho , jamais havia perdido um filho mais pelo simples olhar dele tinha noção do quanto o machucava aquela perda .

Enquanto isso na casa dos Saviñon .....

Bianca olhava algumas coisa que havia comprado para o bebê , já estava com quase seis meses e ainda não sabia o sexo do bebê mais queria uma menina tanto que a maioria das coisas eram em tons rosados. Suspirou sentindo falta do marido .

Bianca: Rick , onde você esta? O que eu esta fazendo ? – se perguntava segurando um sapatinho rosa

Em um certo condomínio .....

Ilza sorriu acariciando os cabelos dele que sorria beijando o ventre plano dela .



Ilza: para faz cócegas – dizia risonha

Rick parou e a encarou

Rick: me diz que você não vai surtar por favor – pedia

Ilza: não vou eu juro – dizia seria

Rick : acho bom – dizia apoiando o queixo em uma das coxas de Ilza que estava sentada no sofá – você quer menino ou menina ? – perguntava de repente

Ilza o encarou parecendo pensativa

Ilza: eu adoraria um garotinho , mais se for menina eu não me importo – dizia

Rick : se for menina eu que vou ter problemas – choramingava fazendo Ilza sorrir divertida pelo drama

Ilza: Rick – dizia seria

Rick: sim – dizia a encarando ainda com o rosto apoiado na coxa dela

Ilza: o que nós somos ? digo não podemos ser falsos e dizer que morremos de amores um pelo outro mais o que somos afinal ? – perguntava seria

Rick ficou serio e ergueu a cabeça se levantando e sentando ao lado dela a obrigando a olha-lo

Rick : somo um casal se conhecendo melhor a cada dia e se identificando a cada dia , sabe a quanto tempo eu não sentia essa paz que eu sinto com você ? há muitos anos – dizia sorrindo – você é a mãe de um dos meus filhos e só por isso já tem um lugar muito especial no meu coração dizia – serio

Ilza: não quero ser só a mãe do seu filho – dizia o encarando

Rick : nem eu quero que seja só isso – dizia aproximando seus lábios dos dela e iniciando um beijo convidativo

Três dias depois.... mais precisamente em Bogotá.....

Christopher: eu não estou ouvindo isso serio – dizia suspirando se jogando na cama fechando os olhos com força

Dulce: ah mais é claro que esta – dizia irritada

Christopher: então quer dizer que agora não posso nem conversar mais com as pessoas? – perguntava

Dulce: com a KARLA GIRALDO NÃO – berrava

Christopher: não grita inferno – dizia começando a perder a calma – Karla é apenas uma amiga – dizia

Dulce: amiga ? todas as suas “amigas foram pra cama com você- dizia irritada e enciumada

Christopher: como assim TODAS Dulce Maria? Olha como fala – dizia serio olhando o teto do quarto

Dulce: OLHA COMO VOCÊ FALA COMIGO , EU AQUI ENFRENTANDO O INFERNO E VOCÊ DE CONVERSINHA FIADA COM ESSA DAÍ – dizia brava

Christopher: inferno? que inferno ? uma dúzia de paparazzi na frente da sua casa ou ligando pra você isso é inferno ? pelo amor de deus nem que você fosse uma anônima , capaz de estar mais acostumada com essas situações do que qualquer um Dulce – dizia respirando fundo

Dulce se calou por alguns segundos

Dulce: ok pode não ser tão surpreendente isso mais acredite não é nada agradável perguntarem pra mim sobre a sua relação com essa mulher Christopher – dizia brava

Christopher: DULCE MARIA pela ultima vez Karla é minha amiga – repetia cansado daquela discussão

Dulce: será? – dizia desconfiada

Christopher arregalou os olhos

Christopher: quando você estiver mais calma nós conversamos ok e só mais uma coisa não vou deixar de falar com as minhas amigas por culpa de paparazzi nenhum – avisava

Dulce: você quem sabe Christopher , depois não adianta chorar – ameaçava

Christopher: não me faça ameaças que você não vai cumprir – dizia serio

Dulce: quem sabe – dizia irritada

Christopher: não dá pra conversar com você – repetia

Dulce: é talvez com a Karla sua “conversa” flua melhor – insinuava

Christopher: tchau – dizia e logo desligava jogando o celular no chão

No México ....

Dulce olhava assustada o celular já era a segunda vez que Christopher desligava em sua cara. Jogou o celular na cama e logo encontrou o olhar de Claudia que a encarava enquanto segurava uma revista nas mãos.

Claudia: por favor me diz que esse escândalo não foi por causa dessa fotos? – perguntava olhando a revista

Dulce: você acha justo eu aqui enfrentando a imprensa e ele la todo amiguinho dessa “bitch” – dizia encarando a irmã

Claudia: primeiro aqui não mostra nada de mais , apenas duas pessoas andando ao lado da outra e conversando – dizia seria – segunda eu se fosse você não falaria nada porque irmãzinha olha isso aqui – dizia pegando outra revista onde mostrava uma imagem de Dulce em uma praça de alimentação conversando com Memo Ochoa

Dulce: a gente só se cumprimentou nada de mais – dizia dando de ombros

Claudia: ai Dul se isso chegar nos olhos do Christopher ai sim vocês vão brigar de verdade – alertava

Dulce: eu cumprimentei ele – dizia

Claudia : mais isso ta especificado ? não e assim como você não acreditou nele com a “amiga” ele também pode não acreditar em você irmãzinha – dizia

Dulce mordeu o lábio inferior

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher estava no apartamento , naquela manhã havia amanhecido um pouco febril e não havia ido gravar . Suspirava se lembrando da discussão que havia tido com Dulce pelo telefone. Havia saído em uma das noites em que não tinha gravação e ido até o mercado próximo ao apartamento e na volta encontrou com Karla uma velha conhecida dos tempos de RBD.

Conversaram por poucos minutos e logo cada um seguiu seu caminho porém um maldito paparazzi flagrou os dois e daí para boatos e mentiras começarem não demorou. Fechou os olhos com força odiava discutir com Dulce mais infelizmente era o que mais estava acontecendo.

Se virou na cama sentindo o corpo já frio , o calor da discussão havia feito até mesmo a febre ceder pensou divertido . Se levantou olhando as horas não eram nem 10:00 da manhã , decidiu tomar um banho e ir gravar , afinal se ficasse ali só pensaria besteiras.

Rapidamente tomou um banho e se trocou vestiu uma calça jeans escura um tênis branco e uma camiseta de mangas cumpridas de gola v vestiu um casaco por cima e pegou suas coisas . Trancou o apartamento e logo saiu rumo aos estudios da Fox.

Na Fox....

Felipe: Christopher não vem mesmo ? – perguntava

Andrés: ele disse que estava um pouco mal mais que se melhorasse aparecia – dizia simples

Juan: bem acho que por hoje podemos deixar as cenas dele , vamos focar na Maya ela esta com cenas atrasadas – dizia serio

Felipe revirou os olhos

Andrés: ela anda com um humor do cão – comentava

Felipe: culpa do Uckermann que não quer nada com ela – dizia sinico

Juan : iria nos fazer um favor porque esta difícil – dizia divertido

No México .....

Dulce estava a caminho de uma sessão de fotos que faria porém estava seria e mais calada que o normal. Estava acompanhada de Claudia que por algum motivo agora vivia em sua cola , provavelmente por ordens de Christopher , pensava revirando os olhos .

Claudia: vai ficar muda agora? – perguntava

Dulce: não tenho assunto – dizia dando de ombros

Claudia: não tem assunto ou esta pensando numa boa desculpa pra quando uma certa pessoa ligar de Bogotá furioso ? – perguntava achando graça

Dulce: sem assunto – dizia se encolhendo no banco e olhando a janela do carro

Claudia revirou os olhos e continuou dirigindo

Em um certo condomínio .....

Ilza: que lindo – dizia segurando um par de sapatinhos de bebê branco

Rick : eu vi e não me agüentei – dizia sorrindo

Ilza: vai ser o sapatinho que ele ou ela vai sair da maternidade – dizia dando um selinho nele – obrigada – dizia

Rick sorriu e logo acariciou o ventre ainda plano.

Na casa dos Saviñon....

Bianca olhava as roupinhas do bebê sem piscar .

Blanca: você esta bem ? – perguntava encostada no batente da porta

Bianca apenas afirmou com a cabeça

Blanca desviou o olhar para as roupas rosas que estavam espalhadas na cama e logo saiu do quarto . Bianca havia acordado estranha naquele dia mais não havia falado o motivo . Já estava saindo do quarto quando escutou a voz da filha

Bianca: sonhei com o bebê – dizia quase sussurrando

Blanca sorriu

Bianca: era um menino – dizia seria

Blanca: deus te ouça já chega de mulheres – dizia divertida

Bianca: mais eu quero uma menina – dizia suspirando

Blanca: meu amor nem sempre os sonhos são certos – dizia saindo do quarto um pouco seria

Assim que saiu do quarto da filha se deparou com Fernando .

Fernando : até que enfim mulher já estamos atrasados – dizia olhando o relógio

Blanca revirou os olhos

Blanca: já vamos só vou pegar minha bolsa – dizia se afastando do marido que apenas observava

Enquanto isso em um Studio ....

Pierre fazia algumas fotos com varias modelos porém seu pensamento estava bem longe. Já havia meses que não sabia de Ilza e já começava a se preocupar com esse sumiço, suspirou continuando as fotos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:17 pm

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher havia chegado e ido direto ao camarim se trocar. Já caracterizado como o personagem surgiu no estúdio surpreendendo os diretores.

Felipe: o que esta fazendo aqui ? pensei que estava doente? – perguntava

Christopher: só acordei febril mais já estou melhor – dizia

Andrés: bem vai ter que esperar um pouco como achamos que você não viria decidimos gravar as cenas com a Maya – explicava

Christopher : tranqüilo – dizia

Juan: Felipe você – parou de falar ao ver Christopher – você não estava doente ? – perguntava

Christopher apenas sorriu

Enquanto isso em Los Angeles ... mais precisamente na Roptus....

Ansur: como são chatos esses empresários – dizia afrouxando a gravata suspirando e se sentando em sua cadeira

Mel : a reunião foi chata? – perguntava entrando na sala
Ansur: um saco – dizia – eles sempre querem o Chris e quando eu falo que ele não pode comparecer eles sempre tentam adiar as coisas – dizia revirando os olhos

Mel : o pessoal ta louco os telefones não param de tocar querem uma entrevista com Alexsander Cassillas – dizia ficando na frente de Ansur

Ansur franziu a testa

Ansur: e porque isso agora ? – perguntava

Mel : as ações da Televisa estão em alta , resumindo nosso chefe é o bilionário mais novo do mundo – dizia dando de ombros

Ansur: e o que isso tem de novo ? – perguntava

Mel revirou os olhos

Mel : tem que até ontem Alexsander Cassillas era apenas mais um jovem milionário para a imprensa – dizia

Ansur: entendi , mais acho que nem vale a pena avisar o Chris , ninguém sabe que é ele mesmo – dizia puxando a namorada pra seu colo – o que podemos fazer é soltar uma nota pra imprensa comunicando que ele esta viajando a trabalho – dizia simples

Mel : quando você quer , você até que pensa – dizia divertida

Ansur: engraçadinha – dizia roubando um selinho da namorada

Enquanto isso em Bogotá .....

Christopher estava gravando com Maya.

Assim que ouviu o diretor encerrar a cena Christopher se levantou revelando o corpo musculoso e rapidamente vestindo uma camisa. Maya por sua vez esperou por alguns segundos alguém trazer um roupão apara ela e logo saiu do estúdio rapidamente.

Christopher observou serio

Felipe: algum problema? – perguntava

Christopher: não – dizia serio saindo do estudio apressado

Nos camarins.... alguns minutos depois ...

Maya estava saindo de seu camarim quando sentiu alguém a puxar pelo braço e logo sentiu lábios macios a beijarem com toda a vontade possível . Suspirou se entregando ao beijo .

Enquanto isso no México ....

Dulce havia terminado a sessão de fotos e estava se trocando para ir embora quando Claudia entrou no camarim .

Claudia: tudo bem ? – perguntava

Dulce apenas afirmou

Claudia: certeza? Você mal falou durante a sessão – dizia

Dulce: não tinha o que falar – dizia simples

Claudia: não vai surtar igual a Bia né ? – perguntava- você viu como acabou o casamento dela – dizia seria

Dulce suspirou e encarou a irmã

Dulce: eu sei que exagerei com o Chris tenho noção ,mais eu quero ele comigo já estou de saco cheio de ficar longe , eu quero ele comigo Claudia – dizia seria - não agüento mais o clima no grupo Maite com suas malditas gravações que obrigam a gente a ficar até tarde, Anahí e seu namoro misterioso que já esta enchendo porque ela não fala e todo mundo fica perguntando pra gente, Poncho com aquela cara de idiota maníaco que me assusta toda vez que se aproxima- dizia

Claudia apenas escutava

Dulce: sem contar que agora tudo começou a se complicar , a imprensa descobriu meu bebê , a barriga ta crescendo , me sinto cansada , com falta de ar e pra variar o meu bebê acha que sou bola de futebol , não para de chutar e eu não consigo dormir e eu to cansada – desabafava chorando

Claudia sorriu abraçando a irmã que chorava copiosamente

Enquanto isso em Bogotá ....

Maya estava entregue ao beijo quando escutou

Christopher: amonos – dizia divertido

Maya arregalou os olhos e deu um empurrão separando os lábios

Manoel Jose: que isso Maya – dizia suspirando com os lábios avermelhados

Maya olhou Christopher e logo Manoel e saiu irritada empurrando os dois

Manoel : eu sou um tigre – dizia suspirando se escorando na parede

Christopher prendeu o riso e só então perguntou

Christopher: porque esta com o meu figurino ? – perguntava

Manoel : eu queria dar um susto nela , mais não esperava um beijo – dizia – ela ta afim de você – dizia serio

Christopher: te dou embrulhada pra presente – dizia piscando

Manoel gargalhou

Manoel : mais acho que ela prefere você – dizia

Christopher revirou os olhos e logo ficou serio se lembrando do que havia acontecido

Christopher: faz um favor pra mim, pega ela de jeito quem sabe ela me deixe em paz – dizia suspirando

Manoel : eu até posso tentar , mais se eu morrer a culpa será sua – dizia estreitando os olhos

Christopher: acho que você morrerá feliz – dizia

Manoel : se ela colocasse silicone eu ficaria muito feliz – dizia gargalhando

Christopher sorriu e logo suspirou se lembrando de Dulce , balançou a cabeça afastando aqueles pensamentos

Rapidamente todos haviam voltado para o estudio onde estavam em volta de Andrés que mostrava como havia ficado a cena.

video

Christopher encarou Maya por alguns segundos , mais logo desviou o olhar não valia a pena se estressar com ela , pensou.

Enquanto isso ....

Rick : sentem –se – dizia encarando os ex- sogros

Blanca: a casa é muito bonita Rick – elogiava

Fernando : agora porque nos chamou aqui ? não foi pra nos mostrar a casa não é? – perguntava

Rick suspirou

Rick : não ! na verdade vocês sempre me trataram como um filho e por isso eu os chamei aqui – dizia serio – quero conversar com vocês antes de qualquer coisa – dizia

Blanca: é sobre a Bianca e o bebê? – perguntava

Rick: sim – dizia – bem eu pretendo mesmo me divorciar da Bianca mais em respeito ao meu filho só vou fazer isso depois que ele nascer, segundo não sei se estão cientes mais a Bianca não me diz nada sobre o bebê as coisas que eu sei é pela Claudia - dizia serio

Fernando apenas suspirou

Blanca: pensa bem Rick , vocês estão juntos a tanto tempo – dizia seria

Rick : os problemas não começaram agora , a senhora não achou estranha a nossa vindo repentina pra cá? – perguntava – Bianca começou a ter muitas oscilações de humor e sempre dizia que sentia falta de casa então decidi tentar – dizia

Fernando : então você não foi transferido como ela falou ? – perguntava

Rick : não por ordens superiores, eu mexi os meus pauzinhos e consegui a transferência pra cá , mais acho que não vai durar muito – revelava

Blanca: vai ser um baque para ela – dizia suspirando

Rick: pra mim também não foi fácil – dizia – e tem mais uma coisa – suspirava – eu conheci alguém e estou com essa pessoa – dizia serio

Fernando : você tem o total direito de refazer sua vida – dizia calmo

Blanca: pra quem dizia amar a minha filha esqueceu rápido – dizia seria

Rick : ela me esqueceu primeiro- rebatia – a muito tempo não via Bianca como minha mulher as vezes parecia mais minha irmã mais nova – desabafava

Blanca se calou

Fernando: nossa filha só esta colhendo o que plantou – dizia serio

Rick : e bem essa pessoa que eu estou , bem – encarou os dois – bem nos descuidamos e ela esta grávida – dizia franzindo a testa

Blanca arregalou os olhos

Fernando : okl agora sim a Bianca vai ter a uma bela lição – dizia surpreso

Blanca : Fernando – dizia seria

Fernando : só disse a verdade – dizia dando de ombros

Nesse instante a porta da sala se abriu e Ilza surgiu com os cabelos presos em um rabo de cavalo uma blusinha branca e uma calça jeans básica e uma sandália de salto médio nude , toda sorridente com uma sacola nas mãos.

Ilza: Rick você precisa ver as coisinhas que eu comprei são tão lindas – dizia animada e logo se calava observando aquele casal a encarando de cima abaixo.

Fernando e Blanca olhavam curiosos Ilza que não sabia muito bem como agir.

Ilza: bom dia – cumprimentava e logo encarava Rick- não sabia que tinha visitas – dizia sem jeito – eu vou subir – dizia seria

Rick encarou os ex- sogros e se levantou andando em direção a Ilza lhe dando um selinho rápido e sussurrando um “tranqüila”

Ilza suspirou

Rick : e essa é a Ilza – dizia simples sem conter o sorriso

Fernando : muito prazer Fernando Saviñon – dizia educado

Já Blanca continuava calada analisando as feições e o corpo dela . Olhou detalhadamente o cabelo preso no rabo de cavalo a roupa simples o rosto de pele clara e os intensos olhos verdes , suspirou ao notar o olhar de Rick para Ilza que parecia bem intimidada , suspirou.

Blanca: muito prazer me chamo Blanca Saviñon , sou a ex- sogra do Rick – dizia

Nesse instante os olhos verdes de Ilza pareceram que saltariam para fora e seu rosto corou de modo intenso.

Fernando : mais já estávamos de saída – dizia encarnado serio a esposa – tenham um bom dia , até logo Rick , foi um prazer conhece-la – dizia sorrindo pra Ilza que parecia em shock

Fernando praticamente arrastou Blanca pra fora da casa .

Rick : não precisa ficar assim – dizia encarando Ilza

Ilza: e como você quer que eu fique ? – perguntava seria – eles devem estar me achando uma destruidora de lares – dizia chateada – porque não me ligou ? eu podia ter demorado mais ? – questionava

Rick : porque não tinha necessidade – dizia calmo

Ilza o encarou visivelmente brava

Rick : eu chamei eles aqui pra falar do meu filho, de nós e do nosso filho – dizia acariciando o ventre plano dela

Ilza arregalou os olhos e derrubou a sacola repleta de coisas de bebê

Enquanto isso em Bogotá ....

As gravações continuavam . Maya estava extremamente irritada com Jose Manuel que toda as vezes que a via lhe mandava beijinho o que fazia Christopher prender o riso.
Margarita: alguém sabe me dizer o que aconteceu com a Maya? Ela esta com um mal humor – comentava revirando os olhos

Diana: ultimamente ela só anda assim – dizia – acho que ela esta precisando de um namorado – dizia divertida

Nesse instante Manoel Jose e Christopher não se agüentaram e gargalharam .

Margarita arqueou uma das sobrancelhas

Margarita: acho que aqueles dois sabem o motivo do mal humor – dizia se aproximando da dupla que ainda gargalhava – você dois por acaso sabem o motivo do mal humor da Maya? – perguntava desconfiada

Christopher: ela esta amando – dizia piscando

Manoel Jose: pronta pra casa – dizia ainda gargalhando

Margarita continuou encarando os dois

Enquanto isso no México....

Dulce suspirava já mais calma . Se soltou da irmã a encarando

Dulce: obrigada por me aturar – dizia sorrindo fraco

Claudia : sou sua irmã mais velha é minha função – dizia divertida - mais agora é serio ao invéz de ficar brigando com o Chris porque não fala como se sente ? – perguntava

Dulce suspirou

Dulce: de que adianta falar? Ele não pode vir e eu não posso ir pra lá – dava de ombros – o máximo que eu vou conseguir é fazer as pazes – dizia

Claudia: então faça ! o que não pode é cada um ficar num país estando brigados , vocês vão ter um filho fora de um casamento – dizia estreitando os olhos ouvindo o risinho baixo da irmã – mais é algo eterno que sempre vai unir vocês – dizia seria

Dulce a encarou seria

Dulce: mais e se ele estiver ainda irritado comigo ? – perguntava

Claudia: você só vai saber se tentar – dizia piscando

Enquanto isso em Bogotá.....

Christopher estava tomando um copo de água observando a gravação de Damian e Margarita , quando sentiu seu celular vibrar em sua mão , olhou rapidamente o visor e viu “amor” olhou por segundos e logo desligou o celular voltando a atenção para o estudio .

No México ....

Dulce mordeu o lábio inferior e encarou a irmã.

Dulce: não atendeu – dizia desanimada

Claudia: ele deve estar gravando – dizia

Dulce: ou talvez não queira falar comigo - dizia

Claudia: quer saber , o que acha de sairmos e fazermos compras ? – perguntava tentando animar a irmã

Dulce: compras? Não estou precisando de nada – dizia desanimada

Claudia: e que disse que as compras são pra você? – perguntava divertida – eu como tia e futura madrinha vou comprar algo pra o meu sobrinho fofo – dizia olhando a barriga arredondada de Dulce

Dulce arqueou a sobrancelha

Dulce : primeiro você tem certeza que quer sair com a grávida mais procurada do país? e segundo é sobrinha – dizia acariciando a barriga

Claudia: já ouviu falar em disfarces ? e ok sobrinha – dizia animada

Dulce mordeu o lábio inferior

Dulce: você me convenceu – dizia se animando – pelo menos me distraiu – dizia

Horas depois.....

Dulce chegavam risonha no apartamento carregada de sacolas .

Dulce: nossa acho que exageramos – dizia olhando as sacolas no sofá e no chão

Claudia: que nada – dizia se jogando no sofá – cansei – dizia suspirando

Dulce: foi você quem sugeriu fazer compras – dizia divertida

Claudia: eu sei mais de verdade achei que você fosse como a Bia dessas grávidas sem muita energia , me enganei – dizia relaxando no sofá

Dulce gargalhou

Dulce: pra te falar me sinto mesmo com muita energia – dizia acariciando o ventre – ela não parou um instante – dizia levantando a blusa e revelando a barriga já arredondada com leves ondulações

Claudia : nossa ! – dizia impressionada se aproximando – desde quando mexe? – perguntava

Dulce: começou a alguns dias – dizia sorrindo – é estranho mais tão gostoso – dizia

Claudia: o bebê da Bia se mexe muito pouco – comentava acariciando a barriga da irmã e sentindo um chute – nossa que agitada – dizia divertida

Dulce apenas sorriu

Em Bogotá ....

Já passava das oito da noite quando Christopher e parte da equipe finalmente encerraram as gravações do dia. Usava a mesma roupa que havia chegado ao estudio e andava tranqüilo pelos corredores em direção a saída quando escutou .

Felipe : Chris, Chris, Christopher – dizia se aproximando

Christopher parou e esperou o diretor se aproximar

Felipe : antes que você vá embora , amanhã você tem uma reunião comigo, Andrés e Juan – avisava

Christopher: algum problema? – perguntava estreitando os olhos

Felipe: longe disso são apenas detalhes sobre a ação de marketing de lançamento da serie – dizia – vai com a gente pro happy hour ? – perguntava

Christopher: hoje não mais se divirtam – dizia – boa noite – dizia

Felipe apenas observou Christopher sumir pelos corredores


Sem demorar muito Christopher já estava no apartamento. Se jogou na cama depois de tomar uma banho e trocar de roupa e pegar o celular olhando a chamada não atendida de mais cedo.

Suspirou e retornou a ligação

No México....

Dulce estava sozinha no apartamento, já que Claudia já havia ido embora. Estava na cozinha se atacando com um belo pedaço de torta holandesa quando escutou o celular tocar , atendeu sem olhar quem era .

Dulce: pronto – dizia risonha por estar com a boca cheia

Christopher: Dulce ? –perguntava por achar estranha a voz

Dulce: Christopher – dizia engolindo de uma vez o pedaço da torta
Um silêncio tomou conta da ligação .

Christopher: algum problema? eu vi a sua ligação mais não pude atender – dizia suspirando

Dulce: não pode ou não quis? – perguntava alfinetando

Christopher: pelo visto não era nada importante – dizia revirando os olhos

Dulce fechou os olhos com força se lembrando dos conselhos da irmã

Dulce: queria me desculpar pelas coisas que eu falei mais cedo – dizia seria

Christopher: eu desculpo se me responder até quando vai durar esse pedido vai durar até as próximas fotos ou o que? – perguntava serio

Dulce: não tenho culpa que todas as suas amigas são projetos de bitchs – dizia enciumada

Christopher: todas? Olha como você esta falando temos amigas em comum e caso não se lembre você era minha amiga também – dizia – se inclui no pacote? – perguntava
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:17 pm

Dulce: você sabe do que eu estou falando – rebatia

Mais uma vez o silêncio tomava conta

Christopher: era só isso que tinha pra me falar? – perguntava

Dulce suspirou de nada iria adiantar ficar naquela briguinha ridícula pensou

Dulce: te extraño – dizia já com a voz embargada

Christopher suspirou

Christopher: eu também – dizia – dormir sozinho não tem graça – dizia sorrindo fraco

Dulce: você pelo menos dorme – reclamava dengosa

Christopher: como assim ? – perguntava esquecendo completamente a discussão de antes

Dulce: eu não paro de levar chutes principalmente de noite – dizia cariciando a barriga

Christopher: será que vamos ter uma filha agitada? – perguntava

Dulce: você vai ter uma filha agitada porque vai ser você que vai acordar nas madrugadas – dizia já gargalhando

Christopher franziu a testa se lembrando da mudanças de humor repentinas.

Dulce: o que esta fazendo ? onde esta? - perguntava

Christopher: estou falando com você e estou no apartamento – dizia simples

Dulce: sozinho ? – perguntava

Christopher: sim , estou cansado o dia foi muito puxado – dizia suspirando

Dulce: quando você volta Chris ? – perguntava dieta

Christopher: ainda tenho mais algumas semanas de gravação mais eles querem que eu participe da ação de marketing da serie – dizia

Dulce: resumindo não volta tão cedo – dizia irritada

Christopher: não tenho idéia de como vai ser essa ação mais talvez tenha haver com o México , porque estão batendo muito nessa tecla de atores de vários paises – dizia

Dulce: quer saber fica com essa sua seria ridícula – dizia se irritando e desligando o celular

Christopher: e lá vamos nós de novo – dizia olhando o teto do quarto e deixando o celular em cima do peitoral


Uma semana depois....

Todos estavam reunidos no escritório de Pedro na Televisa o aguardando .

Maite: eu não sei vocês mais eu estou super curiosa – dizia remexendo no celular

Anahí : eu acho que finalmente o Pedro vai falar sobre o tal lançamento que nós vamos participar – dizia

Christian: talvez – dizia olhando Maite de canto de olho

Poncho : será que ele vai demorar muito ? tenho coisas pra fazer – dizia olhando pela milésima vez a porta do escritório

Dulce por sua vez andava um pouco calada nos últimos dias, só falava quando perguntavam e parecia mais ser ia que o normal .

Christian : e você mamãe chuck o que acha que é ? – perguntava puxando assunto

Dulce apenas deu de ombros enquanto acariciava com delicadeza o ventre já bastante visível .

Nesse momento a porta se abriu e um Pedro apressado e com uma pasta transparente entrou .

Pedro : bom dia a todos – dizia respirando fundo

Rbd: bom dia – diziam

Pedro : bom não tenho muito tempo vou logo ao motivo da reunião – dizia se encostando na mesa e deixando a pasta transparente sob a mesma – aqui nessa pasta estão todos os detalhes sobre a festa de lançamento que eu comentei com vocês, a divulgação da serie parece que já começou porém tudo ainda é sigiloso – dizia serio

Poncho : porque tanto mistério com uma série ? não entendo – perguntava

Pedro : porque essa é a primeira série produzida totalmente na América Latina e segundo porque o canal responsável esta investindo pesado – explicava

Anahí : e quando vai ser isso ? – perguntava

Pedro suspirou

Pedro : a festa de lançamento ao qual vocês participaram será apenas na sexta , mais os organizadores pediram que fossemos amanhã pra Bogotá – dizia

Todos: QUE? – gritavam

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher: me desculpem mais eu não entendo – dizia serio – digo por um lado querem me desvincular da imagem que eu tinha e ao mesmo tempo fazendo isso estão me associando novamente é contraditório – dizia

Juan: não é contraditório , parece mais não é – dizia – aqui você não é apenas mais um você é o protagonista – dizia

Felipe: aqui você não é mais um no meio da multidão – dizia piscando

Christopher: mesmo assim , sinto que isso não vai acabar bem – dizia coçando a nuca

Andrés : deixa de ser tão desconfiado – dizia divertido

Christopher respirou fundo

Christopher: ok seja o que deus e a virgem quizerem – dizia

Felipe : assim que se fala – dizia animado

Voltando para o México .....

Claudia : afinal o que o Pedro disse que fez você ficar com essa cara ? – perguntava enquanto parava o carro no sinal

Dulce: que vamos ter que ir pra Bogotá amanhã – dizia aérea
Claudia : isso é ótimo assim você e o Chris se acertam de vez – dizia empolgada

Dulce: vamos pra festa de lançamento da serie KDABRA – dizia fechando os olhos com força

Claudia arregalou os olhos

Claudia : PARA TUDO ! COMO ASSIM RBD CANTANDO PARA O CHRISTOPHER ? – perguntava quase berrando

Dulce: não sou surda – dizia encarando a irmã

Claudia: desculpa – dizia – mais meu deus , imagina a repercussão disso ? – perguntava

Dulce: que se dane a repercussão , eu vou rever o Chris depois de sei lá quanto tempo e o pior estamos brigados – lamentava

Claudia: por culpa dele que não é né – dizia debochada

Dulce estreitou os olhos

Claudia: ele tentou inúmeras vezes conversar e o que a senhorita fez por pura birra ? ignorou as ligações , e-mails , tudo agora não adianta ficar com essa cara , porque eu avisei que ele não ia ficar correndo atrás – dizia

Dulce: eu sei ok eu sei – dizia emburrada

Enquanto isso na casa dos Saviñon ....

Blanca apenas observava a filha que nos últimos dias apenas sabia comer , dormir e assistir televisão.

Blanca: pretende ficar jogada nesse sofá até o fim da gravidez? – perguntava seria

Bianca: é a única coisa que me resta , meu marido me abandonou, não posso comer o que realmente quero e não estou trabalhando, resumindo melhor opção não existe – dizia voltando a prestar atenção na televisão

Blanca apenas negou com a cabeça e saiu da sala já sem paciência pra falar com a filha .

Enquanto isso em um condomínio .....

Rick : o que esta fazendo ? – perguntava arregalando os olhos

Ilza: arrumando essa droga de cortina – dizia ficando na pontinha do pé em cima do sofá enquanto arrumava a cortina da sala que estava segundo ela torta

Rick: desce daí – dizia se aproximando e a pegando com cuidado

Ilza: hei – reclamava o encarando – deixa eu arrumar – pedia ainda olhando a cortina
Rick: olha a altura disso , imagina se você cai ? – dizia serio sentando no sofá com Ilza ainda em seus braços

Ilza revirou os olhos

Ilza: primeiro não tem porque imaginar porque não aconteceu e nem vai acontecer , e segundo gravidez não é doença – dizia seria – eu me sinto bem , quase não tenho enjôos e senão fosse porque meu corpo esta mudando nem lembraria que estou grávida – dizia sorridente

Rick : eu me preocupo – dizia serio – não quero que aconteça nada com vocês dois – dizia carinhoso

Ilza: eu sei me cuidar e sei cuidar do nosso filho , mais não vou deixar você me tratar com uma invalida – dizia

Rick estreitou os olhos enquanto Ilza sorriu e roubou um selinho dele

Enquanto isso em Bogotá ....

Christopher suspirou se sentando na cama

Christopher: que saudade – dizia olhando uma foto de Dulce – espero que esteja mais calminha – dizia divertido

Se levantou indo até a cozinha onde pegou um sanduíche natural que havia feito e se sentou na sala , sorrindo ao imaginar a namorada quanto soubesse o que ele iria fazer , sorriu divertido , mordendo um pedaço do sanduíche .

Enquanto isso no México ....

Claudia : certeza que não quer que eu fique? – perguntava encarando a irmã que estava sentada no sofá com as pernas esticadas

Dulce: eu to bem só cansada , ultimamente tenho ficado assim ta difícil dormir então fico assim durante o dia – dizia suspirando

Claudia: falou com a sua médica sobre isso ? – perguntava seria

Dulce sorriu

Dulce: isso só vai piorar , minha barriga esta crescendo Clau e infelizmente não tem outro jeito que me adaptar – dizia – pode ir eu vou tomar um banho e dormir um pouco não tenho nada para fazer mesmo – dizia sonolenta

Claudia encarou a irmã

Claudia : vou esperar você tomar banho e se deitar , depois eu vou – dizia desconfiada

Dulce revirou os olhos e logo se levantou indo em direção ao quarto
Claudia se sentou no sofá achando graça das caretas da irmã .

NÃO POSTADO

Alguns minutos depois....

Dulce surgia vestindo um pijama folgado lilás com os cabelos presos em um coque frouxo e de rosto limpo.

Dulce: não disse que eu ia tomar banho e descansar – dizia encarando a irmã

Claudia: só quis ter certeza – dizia piscando

Dulce revirou os olhos e negou com a cabeça

Enquanto isso em Bogotá....

Christopher cantarolava no apartamento enquanto arrumava algumas coisas .

Christopher: Irremediablemente pienso que será tu forma de cuidarme bien o la manera en la que estás mirando al fondo de mí ser - parou de cantarolar ao escutar o celular tocar – bueno – dizia

Ansur: e dificuldade pra falar com você hein !- reclamava

Christopher: eu sei que você não vive sem a minha voz – dizia debochado

Ansur: engraçadinho – dizia – me diz que já esta com as coisas prontas por favor? – perguntava

Christopher: você quer a verdade, a meia verdade ou posso mentir – dizia prendendo o riso

Ansur: Christopher – dizia

Christopher gargalhou

Christopher: já esta tudo pronto – dizia olhando o colchão da cama

Ansur : que bom consegui o vôo pra agora as 23:00 da noite – dizia

Christopher: vou passar a madrugada no avião ? – perguntava desanimado

Ansur: sim , era isso ou você só chegaria amanhã a noite – dizia

Christopher suspirou

Christopher: tudo bem , só vou me t roçar e já saio – dizia

Ansur: e por favor da uma conferida no seu passaporte porque pelos meus cálculos já vai ter que renovar – dizia

Christopher: sim senhor – dizia batendo continência e logo gargalhava

Ansur: ta muito animado pro meu gosto – dizia franzindo a testa

Christopher: só estou feliz não posso ? – perguntava serio

Ansur: pode claro , er... tenho que desligar ok , boa viagem – dizia desligando

Christopher apenas ficou olhando o celular sem entender

Enquanto isso em Los Angeles....

Mel : porque não disse pra ele Ansur? – perguntava seria

Ansur: porque conhecendo o Chris certeza que ele não iria querer viajar se soubesse que o Rbd esta chegando amanhã em Bogotá – dizia suspirando

Mel : e você acha que ele não vai descobrir , Ansur ele vai chegar e ver que a Dulce não esta no México – dizia seria

Ansur apenas se encolheu na poltrona encarando a namorada que o encarava seria com os braços cruzados

No Dia seguinte .... mais precisamente no aeroporto internacional da Ciudad de México.

O relógio marcava 06:00 em ponto quando escutaram .

PASSAGEIROS COM DESTINO A BOGOTÁ FAVOR SE ENCAMINHAR AO PORTÃO DE NUMERO 16.

Anahi : é o nosso – dizia arrumando o óculos escuro

Alfonso : finalmente eu quero dormir – reclamava

Christian : se fosse só você – dizia

Dulce bocejou enquanto acariciava a barriga coberta por um casaco azul .

Luisillo : então vamos ? – perguntava

Maite: já deveríamos ter ido – dizia nervosinha

Rapidamente todos se encaminharam para o portão de embarque .

Enquanto isso no Portão de desembarque número 15 ....

Christopher: como é bom estar de volta – dizia suspirando

Foto

Algum tempo depois .....

Christopher respirou fundo enquanto abria a porta do apartamento . Suspirou ao perceber o silêncio , provavelmente Dulce ainda estaria dormindo pensava. Com cuidado fechou a porta e deixou suas coisas no chão da sala mesmo , enquanto tirava o casaco que usava. Olhou o apartamento em volta e sorriu estava já sentindo falta de casa.

Cocou a nuca e andou devagar até o quarto. Franziu a testa ao ver a porta entreaberta empurrou com cuidado e arregalou os olhos ao ver a cama arrumada , entrou apressado e olhou ao redor , viu coisas pessoais de Dulce no quarto mais faltava o principal .. ELA.

Entrou no banheiro e viu a bancada ainda repleta de cremes e coisas dela , mais algo estava estranho , coçou nuca e correu até o closet abriu e sentiu o coração acelerar ao ver que quase não tinha roupas dela ali dentro .

Christopher: mais o que esta acontecendo ? – se perguntava confuso

Saiu do quarto e voltou para a sala onde olhou o celular e viu que ainda eram 07:15 da manhã. Jogou suas coisas no chão e se deitou no sofá pensativo e minutos depois adormeceu.

NÃO POSTADO

Algumas horas depois em Bogotá ....

Anahí : podemos descansar pelo menos ? – perguntava encarando Luisillo

Luisillo : sim Anie vocês podem descansar mais só por hoje ok – dizia

Poncho : bom podemos ir para os quartos né ? – perguntava olhando a chave de seu quarto

Luisillo : sim – dizia observando Dulce que olhava meio hipnotizada a chave em sua mão – algum problema Dulce? – perguntava

Dulce o encarou mordendo o lábio inferior e logo suspirou

Dulce: acho que me cansei mais que o esperado – dizia sorrindo fraco

Luisillo apenas observou

Todos subiram para o terceiro andar de um dos hotéis mais tradicionais de Bogotá.

Voltando ao México ....

Christopher havia acordado e tomado um banho. Estava na cozinha usando apenas uma calça cinza folgada , com os cabelos úmidos , suspirou e andou a passos largos até a sala onde pegou o telefone sem fio discando rapidamente um numero .

Claudia: alô – respondia

Christopher: Claudia? Tudo bem ? sabe me dizer da Dul ? – perguntava direto

Claudia arregalou os olhos do outro lado da linha

Claudia: Christopher? É você? E como assim saber da Dul? Você que tem que saber – dizia divertida recostando no sofá

Christopher: sim eu mesmo mais como assim eu tenho que saber ? cheguei hoje e não tem ninguém aqui no apartamento – dizia confuso

Claudia voltou a arregalar os olhos e se endireitou no sofá

Claudia: como assim chegou hoje? Você não esta em Bogotá ? – perguntava

Christopher: não - suspirava - me mandaram pra cá pra divulgar a serie – dizia serio – cadê a Dulce ? – perguntava

Claudia respirou fundo e afastou o telefone e sussurrou um palavrão e logo voltou a falar

Claudia: ela foi com o grupo pra Bogotá hoje – dizia fechando os olhos com força

Christopher: O QUE? – gritava do outro lado da linha

Claudia por sua vez apenas se encolheu no sofá

Enquanto isso em Bogotá ....

Dulce andava pelo quarto usando apenas uma calça de malha e um top branco com os cabelos soltos . Se sentou na cama e olhou o quarto ao seu redor estava odiando ficar naquele hotel , mordeu o lábio inferior e pegou o celular discando um numero e logo se deitou na cama acariciando a barriga arredondada esperando que alguém atendesse o que não aconteceu .

Dulce: mais – mordeu o lábio inferior e piscou respirando fundo depois de sentir um movimento mais forte da bebê – já entendi comer primeiro depois procuramos o seu pai – dizia deixando o celular no colchão e se levantando

No México .....

Claudia: acredite eu estou mais surpresa ainda – dizia

Christopher: droga , eles fizeram tudo direitinho , eles sabiam que com a Dulce em Bogotá eu não ia querer vir – dizia serio
Claudia: e você não pode voltar ? – perguntar

Christopher: eu volto na quinta , já que na sexta é a festa de lançamento – dizia pensativo

Claudia: são só mais alguns dias – dizia sem jeito

Christopher: já estou cansado de ficar longe dela e da minha filha – dizia – quero me entender com ela logo – dizia

Claudia: logo tudo vai ficar bem acredite ela também sente sua falta –dizia sorrindo

Christopher: pelas fotos que eu andei vendo ela esta linda – dizia suspirando

Claudia: não é porque é minha irmã caçula e muito menos porque é minha afilhada sabe , mais ela esta linda , parecendo uma bonequinha – dizia empolgada

Christopher: afilhada? – perguntava divertido

Claudia: coisas de irmãs sabe – dizia

Christopher: sei – dizia sorrindo – bem agora só me resta trabalhar e depois me acertar com ela em Bogotá – dizia

Claudia: já tentou ligar ? ela esta com o celular – dizia

Christopher: para ela ignorar a ligação ? não prefiro pessoalmente – dizia serio

Claudia : você quem sabe – dizia

Christopher: vou desligar , ver se faço alguma coisa pra comer , tchau cunhadinha – dizia divertido

Claudia: tchau cunis – se despedia

E assim os dias passaram rapidamente para Christopher que causou um certo alvoroço ao ressurgir na Televisa fazendo divulgação da serie Kdabra em diversos programas. Apesar de ter tentado focar ao máximo na divulgação da serie foi impossível fugir do assunto PATERNIDADE.

Tentou expor o mínimo possível , mais havia apresentadores que forçavam a situação.

Enquanto isso em Bogotá .....

Dulce chorava de soluçar no quarto sendo amparada pro ninguém manos que ... Anahí .

Anahí : Dul , pará não faz bem você ficar assim – dizia seria

Dulce: ele ficou sabendo que eu viria e fu.. fugiuu ANNIE – dizia aos prantos

Anahí apenas suspirou desde o momento em que Dulce havia ficado sabendo que Christopher tinha embarcado para o México , estava chorando . Ela sabia que parte do drama era por culpa dos hormônios , mais não sabia do clima que estava entre o casal .

Enquanto isso no México ....

Christopher mais uma vez era atacado por fãs ao sair de mais um estúdio da Televisa , sorriu mesmo sendo arranhado por todos os lados. Logo rapidamente recebeu ajuda de alguns seguranças e foi para outro estúdio onde o programa Hoy era apresentado ao vivo.

Chegou ao estudo passando a mão no pescoço avermelhado e logo percebeu olhares em sua direção .

Ernesto Laguardia : y llego el papá del momento – dizia divertido

Christopher apenas sorriu sem jeito e logo se viu no estudio do programa rodeado pelos apresentadores .

Andréia Lagarreta : Christopher bem vindo , mais nos diga porque tão solitário ? – perguntava divertida

Christopher: bom dia – dizia sorrindo meio timido

Quase uma hora depois....

Christopher se despedia dos apresentadores , se sentindo meio irritado pelas constantes perguntas sobre a gravidez de Dulce . Saiu do estudio e logo sorriu travesso ao ver de longe uma certa pessoa que fez questão de cumprimentar.

Christopher: como vai Pedro ? – perguntava sinico

Os olhos de Pedro Damian quase saltaram pra fora afinal espera rever Christopher apenas em Bogotá .

Pedro : você ? – perguntava perdido

Christopher: eu mesmo – dizia divertido – sabe é estranho voltar aqui como convidado – dizia debochado

Pedro apenas o encarou serio

Enquanto isso em Bogotá ...

O grupo Rbd fazia o primeiro ensaio para o show que fariam .

Maite: porque eu vou ter que dar apoio pra Dulce ? – questionava

Anahí revirou os olhos

Anahí : ta vendo essa barriga aqui – dizia olhando a barriga de Dulce que franzia a testa – então a Dul não consegui simplesmente dizer pro bebê dela não chutar resumindo em qualquer momento ela pode ficar com falta de ar pelos movimentos dele – dizia seria

Christian : você entende bastante de gravidez hein – dizia

Anahi : minha irmã só faltava cair dura pelos chutes da minha sobrinha cansei de ver ela conversando e do anda ficar sem ar por causa dos chutes da Ana Pau – dizia

Maite ficou seria e encarou Dulce

Maite: niguém mandou engravidar - disparava

Dulce arregalou os sem acreditar no que tinha escutado , respirou fundo e saiu do palco não discutiria com Maite .

Não POSTADO

Enquanto isso no México...

Christopher: esta surpreso em me ver? – perguntava

Pedro : apenas não esperava – respondia serio

Christopher: hum – dizia - até – dizia se afastando

Pedro apenas observou

Christopher andava pelos corredores da emissora , tranquilamente mais percebendo o olhar das pessoas sobre ele . Escutou alguns burburinhos mais nem deu atenção seguindo seu caminho.

Os dias para Christopher passavam rapidamente uma vez que não parava em casa, a toda hora ia em emissoras de radio , televisão sem contar que hora sim hora também estava na casa da mãe.

Christopher: que falta me faz fica assim – dizia suspirando sentindo o cafuné gostoso de Alexandra em seus cabelos

Alexandra: sei – dizia divertida – e a Dulce como esta? – perguntava

Christopher: acho que bem – dizia suspirando

Alexandra: como assim acha? – perguntava

Christopher: vamos dizer que ela anda meio intensa – dizia

Alexandra: ela esta grávida – dizia seria

Christopher: eu sei mãe – dizia revirando os olhos

Alexandra: então tem que ter mais paciência filho – dizia
Christopher: a Dul se aproveita mãe se eu for passar a mão na cabeça dela só porque ela esta grávida , eu vou perder o controle – dizia

Alexandra: Christopher – dizia seria

Christopher: mãe , eu amo a Dul mais não vou ficar agindo como um cachorrinho que basta ela estalar os dedos pra eu ir correndo, só porque vamos ter uma filha – dizia serio

Alexandra: não digo que seja como um cachorrinho , mais ela esta com tudo a flor da pele- dizia – primeiro vocês não esperavam por essa gravidez, a vida dela mais que a sua esta dando um giro de mil graus , o corpo dela a cada dia muda , o humor oscila a cada segundo é difícil se manter normal meu querido – dizia

Christopher apenas encarou a mãe

Alexandra: não estou justificando nenhuma atitude dela , mais é uma fase complicada pra qualquer mulher , e mais ainda pra uma mulher que é conhecida mundialmente , que esta no auge da carreira e que da noite pro dia se vê grávida de um dos homens mais importantes , porque caso o senhor não se lembre esse bebê é herdeiro de Alexsander Cassillas – dizia seria

Christopher apenas encarava a mãe calado

Enquanto isso em Bogotá ....

Dulce estava em seu quarto no hotel , deitada , acariciando a barriga .

Dulce: Maite é uma idiota – resmungava

Sorriu ao sentir a bebê se mexer

Dulce: você também concorda meu amor ? – perguntava divertida acariciando a barriga e olhou por longos segundos as leves ondulações da mesma e suspirou – o que seu pai deve estar fazendo hein ? – se perguntava

Dulce : você também esta sentindo falta do papai meu amor? – perguntava e logo arregalava os olhos sentindo um forte chute no estomago – aii entendi – dizia fechando os olhos com força pela dor que sentiu

Enquanto isso no México ....

Christopher dirigia pensativo de volta pra o apartamento depois de passar algumas horas com a mãe. As palavras de Alexandra iam e viam em sua mente , talvez estivesse sendo um pouco radical com Dulce , pensava .

Quarta – feira .....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:18 pm

O relógio marcava 09:00 horas da manhã em Bogotá e a correria tomava conta dos corredores do hotel .

Luisillo : quero todos prontos em 20 minutos – avisava pela décima vez

Anahí : JÁ OUVIMOS – berrava de um dos quartos que estava com a porta aberta

Dulce: SE VOCÊ FALAR DE NOVO VOCÊ VAI VER – ameaçava

Christian : eu to pronto – dizia ficando ao lado do produtor

Poncho : eu também – dizia

Maite: pronto to aqui – dizia se aproximando

Anahí : QUE SACO VOCÊS HEIN – reclamava saindo do quarto arrumando o cabelo e fechando a porta

Luisillo : DULCE – chamava olhando o relógio

Dulce: O QUE É CARAMBA – dizia irritada

Luisillo : SÓ FALTA VOCÊ – chamava

Nesse instante Dulce saiu do quarto usando uma calça jeans escura , um suéter claro que deixava um dos ombros a mostra e bem folgado disfarçando a barriga de sandália de salto médio preta e com uma cara de péssimos amigos .

Dulce: PRA QUE FAZER ESSE ESCANDÂLO? JÁ ESTOU AQUI SACO – dizia brava

Luisillo apenas arregalou os olhos ainda estava se acostumando com as nuances de humor dela.

O grupo faria uma sessão de fotos e daria algumas entrevistas naquele dia .

Enquanto isso no México ......

Christopher terminava de arrumar suas coisas já que voltaria para a Colômbia naquela mesma tarde.

Christopher: vamos ver o que aguarda em Bogotá – dizia enquanto arrumava as malas e suspirava

Depois de arrumar suas coisas Christopher se sentou na cama e suspirou , porém algo chamou sua atenção uma revista que estava caída no chão do quarto rapidamente pegou e franziu a testa ao ver uma certa imagem na capa .

Christopher: dois pesos, duas medidas né – dizia serio não gostando do que via

NÃO POSTADO.

Sexta – feira , quase final de tarde.... Bogotá.....


O hotel onde o grupo Rbd estava hospedado estava uma verdadeira loucura , fosse pelos preparativos para a grande apresentação da noite , fosse pelos fãs que haviam descoberto o local e já acampavam ou até mesmo haviam se registrado no hotel que já não tinha quartos devido ao evento que contaria com a cobertura de vários meios de comunicação da América Latina uma vez que seria transmitido ao vivo por vários canais a cabo.

Enquanto isso em um certo apartamento ....

Christopher colocava sobre a cama a roupa que usaria no evento , sorriu travesso ao imaginar certas reações. Suspirou em seguida , havia chegado a um dia porém estava isolado no apartamento , afinal havia ficado chateado antes de viajar e sabia que se procurasse por Dulce as coisas só iriam piorar. Saiu de seus pensamentos ao escutar o celular tocar.

Christopher: pronto – atendia rapidamente

Juan: Christopher tudo esta pronto aqui ok – dizia

Christopher: obrigado – dizia – vou terminar de fazer algumas coisas e as sete encontro com vocês - dizia e logo desligava

Andou até o banheiro e se encarou por instantes já que nos últimos dias andava bem largado e relaxado quanto a aparência .

Enquanto isso no hotel ......

Dulce: não quero – dizia dengosa

Anahi : Dulce Maria temos uma apresentação hoje pode sair dessa cama e começar a se arrumar – dizia seria

Dulce: não quero , estou enjoada e com sono – dizia agarrada ao travesseiro deitada na cama

Anahí revirou os olhos

Anahí : a sua sorte é que você esta grávida senão eu te puxava pelos cabelos – dizia cruzando os braços

Dulce : eu quero ficar quietinha aqui só isso é pedir muito ? – perguntava seria

Anahí : quando temos uma apresentação ainda mais como essa é sim – dizia – ANDA LEVANTA DULCE – mandava

Dulce apenas a encarou bicuda

Enquanto isso ......

Christian: pra mim só falta trocar de roupa , já cortei o cabelo, já fiz a barba , só espero que a mulherada não enrole dessa vez – dizia sentado em um sofá

Poncho : elas são mulheres vão enrolar – dizia suspirando – você viu a Dul, ela ta diferente né – comentava

Christian : ela esta grávida – dizia revirando os olhos

Poncho : eu sei, mais tirando isso ela esta diferente – dizia

Christian: Alfonso na boa esquece a chuck , ela é do bundudo , e eu sinceramente acho que você já tem problemas demais com ele pra arranjar mais um - dizia serio

Poncho : foi só uma comentário Christian – dizia

Christian : engraçado que sempre que você comenta logo depois eu e o pessoal temos que separar você e o Christopher né – dizia debochado

Poncho apenas revirou os olhos

No quarto de Dulce.....

Maite: COMO ASSIM NÃO QUER IR ? TA MALUCA ? SABE O QUANTO DE GRAVAÇÃO EU TENHO ATRASADA POR CULPA DESSA APRESENTAÇÃO ? – dizia brava

Dulce: NÃO SEI , NÃO QUERO SABER E TENHO RAIVA DE QUEM SABE ! EU NÃO QUERO IR E PONTO FINAL – gritava

Anahí : O MAITE SENÃO VAI AJUDAR SOME DAQUI – mandava brava

Maite ignorou Anahí

Maite: VOCÊ VAI DULCE NEM QUE SEJA NA MARRA – dizia se aproximando da cama

Dulce: QUEM VAI ME OBRIGAR ? VOCÊ ? FAÇA O FAVOR MAITE - dizia debochada

Anahí : MAITE SAI DAQUI - mandava de novo

Maite: NÃO SAIO ! DULCE VOCÊ VAI POR BEM OU POR MAL – dizia irritada

Dulce: EU NÃO VOU – berrava

Nesse instante as três apenas escutaram

Pedro : QUE BAGUNÇA É ESSA AQUI ? DÁ PRA OUVIR A GRITARIA NO HOTEL TODO ! – dizia exagerado

Maite: essa irresponsável que não quer fazer a apresentação – dizia mais calma encarando Dulce

Dulce: irresponsável eu ? desculpa mais não sou eu que não sabia nem as letras das musicas direito queridinha – rebatia emburrada

Anahí apenas encarou Pedro já estava farta das duas

Pedro : vocês duas saiam – mandava

Maite: mais – foi interrompida

Pedro : SAIAM – berrava e logo fechava a porta do quarto e encarava Dulce – você não é assim sempre foi uma profissional de mão cheia o que esta havendo porque não quer ir? – perguntava direto

Dulce: estou cansada e enjoada só isso – dizia seria

Pedro encarou Dulce e se aproximou da cama se sentando na beirada e suspirou e logo começou a falar.

Pedro : Dulce precisamos de você , já estamos com o grupo desfalcado , o clima esta horrível , os fãs do Poncho estão revoltados com algumas atitudes dele,os da Anahí estão revoltados com esse namoro misterioso alegando que ela não esta se dedicando 100 % ao grupo , os do Christian nem imaginam os problemas que ele andou se metendo – dizia finalmente encarnado Dulce – bem ou mal você e o s eu bebê é o que estão mantendo o grupo ainda na mídia sem que seja por escândalos – revelava

Dulce arregalou os olhos

Pedro : acha que as pessoas estão se importando com a arrogância do Poncho , com as roupas da Anahí , com os problemas do Christian ou até mesmo com a Maite que nem siquer lembra as letras ? eu te respondo eles querem saber de você e desse bebê , de cada dez perguntas nas coletivas doze são sobre você e a sua gravidez ou você e o Christopher – dizia – muitas vezes temos que barrar muitas delas , porque fica parecendo que o grupo se resume a vocês apenas – dizia

Dulce suspirou e se sentou na cama encarando Pedro

Dulce: não quero ter minha gravidez exposta assim , se tudo isso esta acontecendo foi por um descuido meu quando tive que ir pra Miami , mais em momento algum quero que use a minha gravidez pra sustentar o grupo Pedro – dizia seria – esse bebê não foi planejado , mais se for preciso eu virar uma leoa pra defender o meu bebê eu viro sem medo algum, eu vou nessa apresentação mais não quero que você repita que é o meu bebê quem esta sustentando o grupo na midia ok – dizia – pode me deixar sozinha eu preciso me trocar – dizia

Pedro apenas se levantou e saiu em total silêncio do quarto da morena .

Dulce se jogou na cama e acariciou a barriga sentindo leves movimentos

Dulce: você também não gostou não é ? – perguntava encarando a própria barriga – cadê seu pai – dizia quase sussurrando antes de se levantar de vez e finalmente ir se arrumar .

Enquanto isso no apartamento .....

Christopher entrava no apartamento depois de uma rápida saída . Jogou o boné que usava no sofá e passou a mão na cabeça sentindo os fios bem curtos.

Algum tempo depois....

Christopher se olhava no espelho do banheiro usava uma calça jeans escura , uma camisa social branca e sapatos pretos , havia dobrado as mangas da camisa até os cotovelos e deixado alguns botões abertos . Passou mais uma vez a mão nos cabelos já bem curtos e olhou o cavanhaque que havia deixado.

Christopher: prontinho vamos lá Von Uckermann – dizia saindo do banheiro e apagando as luzes .


Enquanto isso no local onde aconteceria o lançamento....

A imprensa em peso já marcava presença , o local a cada minuto tinha mais e mais pessoas .

Andrés: eu sabia que iria estar cheio mais não imaginei tanto assim – dizia impressionado pela quantidade de fãs com cartazes do lado de fora

Felipe: isso porque ainda nem suspeitam quem vai cantar – dizia divertido

Juan: o Christopher já esta a caminho – dizia se aproximando guardando o celular – parece que o grupo ta tendo problemas pra sair do hotel os fãs descobriram eles – comentava

Andrés: acho bom eles serem pontuais – dizia

Algum tempo depois uma gritaria ensurdecedora foi ouvida pelos convidados que já estavam dentro da enorme casa de shows, alugada pra o lançamento da serie. Fogos de artificio explodiam no céu iluminando a noite que começava a cair Do lado de fora uma limousine branca com o brasão do RBD estacionava seguida de uma BMW preta .

Os gritos e choros histéricos por parte dos fãs do grupo eram ouvidos a metros de distancia. Conforme cada um surgia de dentro do carro a gritaria ficava mais intensa . Dulce sem sombra de duvidas foi a mais gritada e chorada pelos fãs presentes uma vez que por usar uma vestido em tom sal mão de frente única ressaltou mais ainda sua barriguinha ja bem visível. Infelizmente por uma questão de tempo não puderam falar com os fãs já que imediatamente foram colocados para dentro depois de alguns segundos de poses para fotos.

Dentro da BMW.....

Christopher nem piscava , não conseguia acreditar em como Dulce estava linda e radiante, suspirou , definitivamente não conseguiria colocar seu plano em pratica, sorriu e logo soltou o cinto de segurança. Sim por já estar na c idade a um bom tempo já conhecia bem as ruas e se sentia confiante em sair sozinho . Abriu a porta do carro e por segundo pensou que fosse ficar cego com tantos flashs disparados em seu rosto , piscou repetidas vezes até recuperar o rumo.

Andou em direção ao tapete vermelho que havia bem na entrada e sorriu ao ver como os fãs tentavam se aproximar dele , mais erma impedidos pelos seguranças .

Ouviu ao longe algumas perguntas mais siquer teve tempo de pensar na resposta já que logo se viu arrastado para dentro do local. Suspirou ao notar como o local estava cheio e ficaria mais cheio ainda , pensou .

Andrés: mais olha quem chegou nosso Luca – dizia animado

Christopher: oi pra vocês também – dizia simpático

Juan : ouvimos a gritaria – dizia animado

Christopher: não foram todos pra mim mais tudo bem – dizia divertido – e o resto do pessoal ? – perguntava

Felipe: já estão espalhados por ai , já vi a Margarita, o Damian , a Maya – dizia malicioso – e devo dizer ela veio com segundas intenções - dizia

Christopher: que bom pra ela – dizia olhando ao redor – com licença – dizia se afastando rapidamente

Enquanto isso em um certo camarim ....

Maite: nossa vocês viram quantos fãs – dizia animada

Anahí apenas arqueou a sobrancelha e negou com a cabeça

Christian : a maioria não era pra gente – dizia divertido se lembrando dos cartazes que tinham visto de relance

Poncho apenas ficou calado

Dulce : estou com sede – dizia olhando o camarim que só tinham congelados e doces – não tem nada pra beber aqui ? – perguntava

Christian: parece que não , quer que eu vá pegar alguma coisa pra você? – perguntava

Dulce: não , eu mesma vou – dizia saindo do camarim .

Rapidamente Dulce andava pelos corredores acariciando a barriga e olhando as pessoas que passavam apressadas por ela , quando esbarrou em alguém

Christopher/Dulce: HEI – dizia e logo se encaravam

Dulce mordeu o lábio inferior e piscou algumas vezes reparando em Christopher . Ele parecia mais forte, mais alto e mais sensual . Já Christopher reparou em como Dulce parecia mais delicada que nunca coma pele branca o rosto arredondado conseqüência da gravidez e logo viu seus olhos cravados na barriga arredondada .

Sem pensar ou pedir tocou a barriga onde sua filha ainda estava acolhida , sorriu emocionado ao sentir um leve movimento e logo se viu em um abraço apertado e repleto de saudades .

Dulce: te extrañe – dizia tentando conter as lagrimas

Christopher se limitou a beijar o pescoço de Dulce sem falar nenhuma palavra. Ambos ficaram abraçados por segundos que pareceu séculos para ambos até ouvirem alguém gritar “ANDEM COM ISSO” e logo se afastaram mais não se soltaram.

Dulce: que falta você me fez – dizia o encarando

Christopher apenas a encarou segurando a vontade de falar o que queria respirou fundo e se aproximou roubando um selinho

Christopher : depois conversamos – dizia serio – não posso ficar aqui não agora - dizia a beijando novamente e logo se afastando

Dulce franziu a testa e por uma questão de segundos se perguntou se Christopher havia visto uma certa revista , se xingou por não ter certeza da resposta .

Enquanto isso no México ....

Claudia se corroia de curiosidade querendo saber detalhes sobre a festa onde Dulce estava , quando ouviu .

Bianca: mais eu não quero isso – dizia segurando uma pequena sacola

Claudia arqueou a sobrancelha

Blanca: é apenas um presente não precisava falar daquele jeito – dizia seria

Claudia: o que foi agora ? – perguntava

Blanca: a mal educada da sua irmã que não sabe agradecer presentes – dizia

Bianca: ganhei um presente pro bebê uma roupa de menino , MENINO- dizia

Claudia: qual o problema? você não sabe o sexo ainda pode ser menina ou meniNO – dizia seria

Bianca: vai ser menina e ponto – dizia subindo pro quarto

Claudia : o que foi isso mãe ? – perguntava

Blanca: algo que me preocupa – dizia suspirando

Claudia apenas observou a mãe subir as escadas rumo ao quarto

Enquanto isso em Bogotá ....

A festa de lançamento era um verdadeiro acontecimento. Toda a imprensa latina não soltava Christopher a todo momento ele estava tirando fotos, dando entrevistas e respondendo na medida do possível as perguntas .

No camarim .....

Poncho : O QUE ? – gritava – não vou me apresentar pra esse imbecil – dizia

Pedro : PERGUNTEI SUA OPINIÃO ? ACHO QUE NÃO – dizia no mesmo tom – todos prontos já vamos pro palco – dizia olhando todos com seus retornos

Rapidamente todos saíram , porém Poncho não disfarçou em momento algum sua cara de péssimos amigos.

O local reservado a área que dava acesso ao palco já estava pronto para o grupo que apenas ouvia os gritos de UCKER, UCKER .

Logo todo ficou escuro e a musica característica do grupo começava a ser tocada pelos músicos . Abririam o show com Fui la niña. A pedido de Christopher muitos fãs tiveram acesso ao show porém a grande maioria ficou do lado de fora devido a questões de segurança do local que já estava na capacidade limite .

Misteriosamente um empresário que não se identificou mandou instalar um enorme telão para os fãs que não conseguiram entrar causando mais histeria ainda , já que agora todos acompanhavam o show do rbd .

Christopher assistia o show e se sentia estranho, desde que havia saído do grupo era a primeira vez que se via como um “fã” era algo novo de fato .

Maya : hola – dizia se aproximando dele devido ao som alto

Christopher a encarou e reparou na roupa dela uma vestido vermelho curto de frente única que de certa maneira a deixava atraente já que tinha os cabelos presos em um rabo de cavalo alto

Christopher: hola – respondia voltando a olhar o palco

Maya o encarou por segundos e logo saiu de perto resmungando alguma coisa que ele não entendeu.

O show continuou porém em determinado momento os gritos para que Christopher subisse ao palco e participasse do show ficaram ensurdecedores .

Andrés: acho que é com você meu caro Luca – dizia divertido

Christopher olhou o palco e pela primeira vez na vida não se sentiu a vontade em dividir o palco com o rbd

Christopher: melhor eu ficar aqui mesmo – dizia sem jeito

Anahí que era a que mais chamava por Christopher no palco repetiu .

Anahí : venga bebê – dizia animada

Porém Christopher apenas fez um sinal de negativo com a cabeça deixando Anahí com cara de tacho. Os gritos por parte dos fãs continuavam de forma insistente porém Christopher não deu o braço a torcer .

Christian : el nalgón esta tímido caray - dizia divertido arrancando risos

Anahí : venga bebê no seas malo – insistia

Maite: venga Chris – se metia e logo dava um sutil empurrão em Poncho

Poncho : amonos – dizia forçando um sorriso

Christopher ao escutar a voz de Poncho arqueou uma das sobrancelhas.

Dulce era a única que permanecia quietinha apenas olhando com certa diversão as tentativas frustradas dos companheiros em fazer Christopher subir ao palco , Sutilmente acariciou a barriga e logo sorriu de leve ao sentir um leve movimento .

Christopher apesar da insistência tanto do publico como dos ex- companheiros não subiu ao palco dando continuação ao show.

Andrés: porque não foi pro palco ? – perguntava curioso

Christopher: não estou com vontade – respondia tomando um gole de um drink qualquer.

Quase uma hora e meia depois .....

O show do rbd havia terminado depois de algumas vaias pra Poncho e Maite que novamente havia voltado não só a errar a coreografia como também esquecer as letras. O show foi marcado por momentos divertidos como por exemplo a tentativa de Christian de descobrir o nome do namorado misterioso de Anahí com um estranho jogo de mímica que levou todos as gargalhadas. Apreensão por pela primeira vez Dulce não alcançar as notas de SER O PARECER , pois no exato momento alguém resolveu aparecer no show dando alguns chutes no diafragma da mãe . Nesse instante Christopher, e vários fãs da agora morena ficaram apreensivos.

Assim que o grupo saiu do palco um dj tomou conta do lugar .

Christopher: tudo bem ? – perguntava encontrando a namorada que andava devagar respirando fundo

Dulce: acho que foi agitação demais – dizia respirando fundo e o encarando

Christopher sem cumprimentar nenhum dos outros integrantes puxou Dulce pela mão e sumiu com ela.

Poncho : mal educado – dizia

Anahí : olha quem fala – dizia revirando os olhos

Enquanto o evento fervia tanto do lado de dentro como do lado de fora. Christopher havia levado Dulce para uma sala que ele próprio havia descoberto alguns dias atrás quando havia ido conhecer o local com os diretores da serie.

O lugar parecia mais uma sala de descanso pois tinha paredes claras e um sofá bem confortável, pensou Dulce ao se sentar nele.

Dulce: acho que fiquei muito agitada – dizia suspirando

Christopher a encarava encostado na porta com as duas mãos no bolso da calça.

Christopher: não é bom pra você ficar assim – dizia serio – o que esta sentindo ? – perguntava fechando a porta com a chave que havia e se aproximando dela

Dulce: só um pouco de falta de ar é normal as vezes os chutes são fortes – dizia sorrindo fraco

Um silêncio nada normal tomou conta.

Dulce: vamos ficar aqui , assim sem saber o que falar um pro outro ? – perguntava

Christopher: você tem alguma coisa pra me falar? – perguntava a encarando ficando de joelhos na frente dela

Dulce mordeu o lábio inferior e novamente o silêncio tomou conta

Christopher: ok , o sobrenome Ochoa te lembra alguém? – perguntou serio

Dulce: só nos encontramos por acaso no shopping só o cumprimentei – explicava quase se respirar

Christopher: e porque eu devo acreditar? vocês foram fotografados juntos , vocês já tiveram uma historia juntos , porque eu tenho que acreditar em você? – perguntava

Dulce: porque é a verdade – dizia quase ofendida

Christopher: que foi se sentiu ofendida ? só por acreditar que eu possa ter pensado que não foi apenas uma cumprimento educado ? agora você sabe como eu me senti – dizia se levantando

Dulce fechou os olhos com força se maldizendo

Christopher: a primeira coisa que eu queria fazer quando te reencontra-se era me desculpar pelas coisas que falei e como falei mais daí eu chego no Mexico no nosso país e dou de cara com você e o Memo estampando revistas de fofoca – dizia

Dulce: eu passei pelo mesmo – rebatia

Christopher: e acreditou em mim ? – perguntava

Dulce se calou

Christopher: não sou santo mais sou fiel e você sabe disso , antes de pensar em te trair eu termino tudo , já te pedi não foi uma ou duas foram varias vezes só acredita no que sair da minha boca , assim como eu só acredito no que sai da sua por mais dificil que seja conter o ciúmes e a raiva por te ver próxima daquele asqueroso – dizia serio

Dulce apenas encarava Christopher seria

Ele por sua vez se recostou na porta já cansado de tudo e suspirou . Não percebeu o movimento da morena que tirou os sapatos de salto que usava ficando descalça e andando em sua direção até ficar na ponta dos pés e tocar o rosto dele.

Dulce: não quero Memos ou Karlas só quero você e o nosso bebê – dizia quase sussurrando

Christopher por mais chateado que estivesse não conseguiu se conter ao ver os lábios de Dulce tão próximos aos seus e logo a segurou com firmeza colando seus lábios aos dela com intensidade.

Enquanto isso na festa .....

Maya : alguém viu o Christopher ? – perguntava

Manoel : porque o interesse ? – perguntava divertido

Maya: querem fotos com nós dois – respondia seria

Manoel : sei – dizia prendendo o riso – como não tem o Luca , seve eu mesmo – dizia puxando Maya pela cintura – sorria meu amor – dizia fazendo pose para os flashes

Enquanto isso ....

Dulce gemia sentindo os lábios quentes de Christopher sobre seus seios fartos . Christopher havia encostado a morena na porta e logo desamarrado a parte de cima de seu vestido revelando os seios fartos que tanto sentia falta.

Dulce: amor – dizia baixinho já sentindo a ereção de Christopher

Christopher sorriu travesso

Enquanto isso .....

Diana: cadê o Christopher? – perguntava

Manoel : até você- dizia espantado

Diana: eu o que? – perguntava sem entender

Manoel : to só de olho em vocês – dizia estreitando os olhos

Felipe que se aproximava encarou Manoel .

Felipe : o que foi ? – perguntava

Manoel : alguém esta com muito mel pro meu gosto – dizia serio

Enquanto isso ....

Christopher tinha Dulce totalmente nua em sue colo , gemendo sem nenhum pudor enquanto a penetrava da forma mais intensa e carinhosa que sabia . Acariciava a cintura arredondada e logo se deliciava com os lábios sugando os mamilos ouvindo mais os gemidos da morena .

Christopher: isso amor – dizia excitado

Dulce mordeu o lábio inferior e o encarou travessa , apoiou as duas mãos no encosto do sofá e se levantou do colo dele revelando o pau ereto de Christopher.

Christopher: Dul – dizia agoniado a olhando totalmente nua a sua frente

Dulce : do nosso jeito - dizia com o olhar escuro de desejo

Christopher se levantou como raio e com cuidado a prensou contra a porta ouvindo o risinho divertido da morena que sentia a ereção dele roçar sua bunda. Sem pensar muito Christopher simplesmente a penetrou com cuidado ouvindo o gemido manhoso dela .

Ambos estavam entregues a emoção do momento e nem se importavam com fato de que alguém poderia estar ouvindo os gemidos do casal.

Dulce rebolava sem a menor vergonha .Havia sentido falta daqueles momentos com o namorado, se sentir desejada e amada era tudo o que precisava. Soltou um gritinho ao sentir uma estocada mais forte e logo uma das mãos de Christopher em um dos seios , mordeu com força o lábio inferior ao sentir a língua quente dele deslizar na pele úmida de sua nuca .

Christopher sentiu o corpo da namorada ficar lânguido e logo ouviu um gritinho denunciando o orgasmo intenso da morena que parecia aérea . Continua penetrando com velocidade até sentir que gozava e alivia totalmente o corpo . Recostou a cabeça no ombro da namorada sem sair dela e gemeu travando o quadril.

Na festa .....

Os burburinhos sobre o motivo de Christopher ter se negado a cantar com o grupo já começavam a pipocar , fosse por suposições dos fãs fosse pela imprensa sensacionalista. Alguns diziam que Christopher estava proibido de se juntar com o grupo devido ao seu novo contrato , já outros diziam que tudo se devia a uma discussão com Pedro Damian o que culminou em sua saída do grupo.

Na sala de descanso ,não tão escondida....

Christopher estava sentado usando apenas sua calça jeans e com Dulce apenas com uma
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:18 pm

minúscula calcinha em seu colo acariciando as costas nuas dela que suspirava.

Dulce: senti tanta falta de ficar assim – dizia quase sussurrando

Christopher sorriu

Christopher: eu também , uma pena não podermos ficar aqui o resto da noite – dizia acariciando os cabelos dela

Dulce suspirou

Dulce:infelizmente – dizia apoiando o queixo no peitoral de Christopher e o encarando – temos que ir já ? – perguntava

Christopher: infelizmente sim – sussurrava antes de roubar um selinho

Na festa ......

O som rolava alto , muitos dançavam , outros bebiam e observavam calados em seus cantos e outros simplesmente curtiam .

Maya: finalmente apareceu – dizia avistando Christopher ao longe

Margarita: que urgência toda é essa – dizia divertida

Maya revirou os olhos e andou apressada até Christopher que sorria e parecia cumprimentar alguém .

Maya : anda vem logo tirar as fotos – dizia visivelmente embriagada

Christopher franziu a testa e disse

Christopher: já tirei fotos – dizia e logo sentia Maya puxa-lo pela mão

Maya: vem – insistia

Christopher se soltou novamente e quando Maya ia pegar sua mão para puxa-lo sentiu algo diferente.

Dulce: hola – dizia encarando a mulher

Christopher abraçou Dulce por trás parando as duas mãos no ventre arredondado e prendeu o riso .

Christopher: se lembra da minha mulher ? – perguntava já risonho pela cara de incrédula de Maya

Dulce: sou a Dulce Maria prazer – dizia com um tom debochado

Maya encarou Dulce de cima abaixo reparou na roupa da morena e em especial no ventre arredondado que o vestido em si destacava .

Maya : hola – dizia seria e logo encarava Christopher – podemos ir tirar a foto ou não ? – perguntava ríspida

Christopher moveu a cabeça levemente e viu o amontoado de paparazzis ansiosos por uma foto do casal protagonista da serie suspirou soltando Dulce .

Christopher: já volto – dizia dando um selinho na morena que apenas observou o modo irritadiço de Maya que andava apressada na frente de Christopher.

Christopher: é impressão ou você esta mal humorada? – perguntava enquanto se colocava ao lado de Maya pra as fotos

Maya : impressão – dizia seria e logo sorria falasa

Christopher prendeu o riso e se colocou ao lado dela para as fotos , tudo sobre o olhar atento de Dulce que observava um pouco distante.

Logo Christopher escutou um pedido

Paparazzi : uma foto como casal por favor – pedia

Christopher franziu a testa e olhou Maya que rapidamente ficou de frente para ele , o obrigando abraça-la pela cintura e foi inevitável uma certa troca de olhares , os flashs foram disparados aos montes e rapidamente Christopher se afastou , voltando pra perto de Dulce.

Dulce: não gostei dessa mulherzinha – disparava o encarando

Christopher apenas observou a morena e lhe roubou um selinho não valia a pena perder tempo falando de Maya , pensava .

Christopher: não vai ficar com o resto do grupo ? – perguntava a abraçando

Dulce: não – respondia sentindo o aconchego dos braços dele

Christopher: Pedro vai ficar furioso – dizia divertido

Dulce: problema dele – dizia dando de ombros

Enquanto isso em outra parte da festa....

Manoel Jose : vocês viram a mulher do Uckermann? Aquilo sim é uma legitima mexicana – dizia empolgado

Andrés: deixa ele te escutar – dizia gargalhando

Manoel Jose: é só um comentário – dizia bebendo um drink

Andrés apenas negou com a cabeça

O grupo rbd em si estava todo espalhado pelo evento Anahí tentava falar ao celular inutilmente, assim como Maite , Christian conversava animadamente com um rapaz proximo ao bar e Poncho apenas observava de longe .

Christopher estava encostado em uma parede de um lado mais afastado da festa com Dulce , ambos se beijavam sem se importarem em serem vistos .

Dulce separou os lábios ao sentir um leve movimento na barriga

Dulce: acho que alguém acordou – dizia sorridente

Christopher levou uma das mãos ao ventre arredondado e acariciou por cima do tecido do vestido e sorriu ao sentir o movimento.

Christopher : nossa – dizia surpreso pelo movimento

Dulce: você não viu nada – dizia divertida – estou com sede – dizia

Christopher: vem vamos buscar alguma coisa – dizia abraçando Dulce por trás e andando rumo ao bar da festa que estava bem agitada

Ambos chegaram sem muito dificuldade até o bar onde deram de cara com Poncho serio segurando um drink qualquer . Christopher se recostou no balcão e pediu algo sem álcool para Dulce e ambos ficaram aguardando .

Dulce apenas olhou de canto de olho Poncho o ignorando em seguida. Assim que o barman entregou o drink ambos saíram dali , o que fez Poncho revirar os olhos e resmungar algo.

A festa estava bem animada até que um telão enorme surgiu fazendo com que a musica alta parasse temporariamente. Todos olhavam curiosos o telão até mesmo os atores que não tinham idéia do que seria mostrado .

Dulce:o que vai acontecer? – perguntava curiosa

Christopher: boa pergunta – dizia divertido – vamos ver pra saber – dizia beijando o canto da boca dela e voltando a olhar o telão

Vídeo promocional

Conforme os atores ia aparecendo nas imagens gritos eram escutados seguido de comentários divertidos.

Dulce olhava encantada era tão estranho ver Christopher atuando sem ser com ela , que parecia até ser outra pessoa , pensava .

Anahí, Maite e Christian olhavam curiosos as imagens diferente de Poncho que olhava tudo serio e de cara fechada.

Porém os vídeos não paravam , para surpresa de uns e raiva de outros.

Dulce : já começa beijando Uckermann- dizia olhando o namorado de canto de olho

Christopher apenas sorriu travesso roubando um selinho da namorada que ficou seria e mais seria conforme via os vídeos .

Depois de mais alguns vídeos simplesmente surgiu no telão a frase “ y com usteds Luca...”

Christopher franziu a testa por aquilo sim ele não esperava , que seu personagem fosse o protagonista tudo bem , mais não esperava aquela atenção por parte da produção. Franziu a testa ao escutar alguns gritos divertidos de Manoel Jose e Christian .

Dulce olhava sem nem piscar .

Christopher observou a namorada e ficou serio e um pouco apreensivo afinal a opinião dela contava e muito pra ele . Piscou repetidas vezes os olhos e voltou a olhar o telão ao ouvir gritos das pessoas.


Dulce franziu a testa

Dulce: que peruca ridícula – dizia arqueando a sobrancelha o que fez Christopher gargalhar

Christopher: também não gostei muito não – dizia divertido abraçando ela

Logo os vídeos da serie terminaram e surgiu outro onde dizia DETRAS DE CAMARAS

Gritos de Manoel foram escutados .

Manoel Jose: MULHERES NÃO SE APAIXONEM POR MIM – dizia animado

Diana: coitado – dizia negando com a cabeça

Os fãs que estavam ainda do lado de fora também assistiam a tudo encantados afinal a serie já estava calando a boca de muitos que volta e meia criticavam Christopher.

Apenas uma parte do vídeo foi mostrado afinal não entregariam todos os segredos da serie assim fácil. Uma chuva de aplausos e gritos eufóricos tomou conta do local tanto da parte de dentro como a de fora pelos fãs que assistiam a tudo.

Christopher respirou fundo e encarou Dulce

Christopher: então ? – perguntava

Dulce: então ? – repetia meio aérea

Christopher: o que achou ? – perguntava serio

Dulce: legal – dizia ainda aérea

Christopher : ah – dizia meio desapontado esperava outro tipo de reação - legal ? só isso ? – perguntava

Dulce: legal – repetia piscando

Christopher: hum – dizia quando sentiu algo em suas costas

Christian : NALGÓN ARRASSOU – dizia animado

Christopher sorriu

Christopher: valeu que bom que gostou – dizia encarando Christian que agora estava na sua frente

Christian : abre o olho mamãe chuck o nalgón aqui ainda vai pra hollywood – dizia divertido arrancando uma gargalhada de Christopher

Logo se aproximaram Anahí e Maite , seguida de Luisillo que felicitaram Christopher pelo trabalho o elogiando muito afinal enganaria facilmente que tinha 17 anos .

Anahí : com essa carinha quem não engana – dizia apertando a bochecha de Christopher

Christopher: isso dói sabia – dizia contrariado
Anahi : não senti nada - dizia divertida

Maite: parece que vai ser ótima hein – dizia

Christopher: vai ser – dizia piscando

Dulce por sua vez continuava aérea , até que por um estranho motivo sentiu um chute que a trouxe para realidade , piscou respirando fundo e logo se deparando com Christopher ao seu lado cercado de pessoas o cumprimentando e felicitando pelo trabalho enquanto ela própria estava parada feito uma estátua .


Christopher: pára Anahí – dizia se afastando da loira que insistia em apertar suas bochechas

Christian : e agora quando volta pro México ? – perguntava

Christopher: talvez volte pra mais divulgação mais não tenho certeza – dizia coçando a nuca

Anahí : peraí ta dizendo que não volta pro México ? é isso ? – perguntava

Christopher suspirou não queria tocar naquele assunto , pelo menos não ainda.

Dulce franziu a testa sem entender

Christian : ihh olha la o Pedro acho que esta chamando a gente – dizia

Anahí : daqui a pouco a gente volta bebê - dizia apertando de novo a bochecha dele

Christopher: você não precisa voltar não – dizia com a mão no rosto

Os três saíram em direção a Luisillo deixando Christopher e Dulce sozinhos

Christopher: aposto que meu rosto ta vermelho – reclamava

Dulce: um pouco – dizia o encarando

Christopher a encarou

Christopher: me diz de verdade , você não gostou da serie não é? – perguntava direto

Dulce arregalou os olhos de onde ele havia tirado aquilo , se perguntava

Dulce: porque acha isso ? – perguntava

Christopher: te perguntei o que você achava e você disse “legal” – dizia serio

Dulce: mais foi legal – insistia

Christopher: ok – dizia serio

Dulce revirou os olhos ao ver Christopher novamente ser cumprimentado por outras pessoas essas pareciam ser executivos da Fox .

Christopher por vários minutos se viu cercado por varias pessoas deixando de lado Dulce, que se afastou se juntando a Anahí que estava sozinha no bar .

Anahí : tudo bem ? – perguntava

Dulce: não , eu não entendo o Christopher – dizia irritada- de repente fica todo frio comigo – dizia cruzando os braços

Anahí : vocês discutiram ? – perguntava

Dulce negou

Anahí : ele ou você falaram alguma coisa que não deveriam ? – perguntava

Dulce ele só me perguntou o que eu achei da serie e eu disse – dizia dando de ombros

Anahí arqueou a sobrancelha

Anahi : o que você disse? – perguntava

Dulce: que achei legal – dizia dando de ombros

Anahí : Dulce você não é mais lenta por falta da altura né – dizia seria

Dulce: hei – dizia a encarando

Anahí : pensa comigo lenta – dizia – vamos supor que você grave um cd solo ok – dizia observando Dulce afirmar – e perguntasse pra ele o que ele achou e o bebê respondesse legal , como você ficaria ? – perguntava

Dulce: oras chateada afinal eu teria trabalhado muito pra só ouvir um legal não é justo- dizia

Anahí a encarou

Dulce: ai fiz merda né – dizia franzindo a testa – mais poxa é estranho ver o Christopher beijando outras – dizia emburrada

Anahi gargalhou

Dulce: qual a graça ? – perguntava seria

Anahí : você deixou de elogiar por ciúmes ? depois dessa eu vou tomar um shot de tequila viu – dizia divertida virando pro barman e pedindo a tequila

Dulce observou Anahí e logo olhou Christopher que era beijado no rosto por Margarita enquanto Manoel tirava algumas fotos . Mordeu o lábio ao sentir um chute forte.

Dulce: ai já entendi não precisa me chutar assim – dizia olhando o ventre arredondado onde movimentos seguidos aconteciam


Ficou por alguns minutos observando de longe como Christopher era assediado por outros atores e até alguns executivos. Suspirou colocando a mão sobre o ventre sentindo o bebê bastante agitado , mordeu o lábio inferior e começou a andar na direção de Christopher que estava conversando com algumas pessoas.

Se aproximou e logo o abraçou encostando o ventre arredondado nas costas dele e sussurou .

Dulce: não me importa se é novela, serie , filme pra mim você sempre vai ser o melhor – suspirou percebendo Christopher calado – fiquei com ciúmes é estranho ver você beijando outras atrizes – admitia baixinho e se afastou percebendo ele ficar de frente pra ela

Christopher a encarou e logo sorriu com os olhos brilhantes a puxando delicadamente e roubando um selinho demorado e logo sussurrou

Christopher: te amo – dizia sentindo Dulce se aconchegar em seu abraço

Ela por sua vez arqueou a sobrancelha ao perceber que o bebê havia se acalmado repentinamente .

2 meses depois......

Uma loucura , isso definiria a vida de Christopher Von Uckermann nos últimos 2 meses. Havia se mudado definitivamente para Los Angeles onde estava trabalhando arduamente na Roptus, na divulgação de Kdabra que de fato havia virado uma febre em toda América Latina , estava começando a produzir seu primeiro disco solo e ainda arranjava tempo para ser empresário.

Christopher: eu sei Ansur , mais vou pro México , tenho alguns programas já agendados – dizia suspirando encostado na mesa do amigo

Ansur: ok eu dou meu jeito , não sei porque sempre teimam em falar com Alexsander Cassillas – dizia revirando os olhos fazendo Christopher sorrir divertido

Enquanto isso no México.....

Na casa dos Saviñon .....

Bianca entrava já no 8 mês de gestação pra desespero de Blanca.

Bianca: ok , eu amo o meu filho , mais eu queria uma menina – dizia encarando a mãe

Blanca: deus sabe o que faz – dizia encarando a filha

Bianca revirou os olhos

Bianca: não tenho tanta certeza – dizia – porque a Dulce não pode ter um menino ou não sei a vagabundo da mulher do Rick – dizia irritada

Blanca: não meta sua irmã nesse assunto – dizia seria – e por mais que não goste respeite a filha do Rick porque ela vai ser irmã do seu filho – dizia

Bianca: porque a senhora sempre defende essa vagabunda ? – perguntava

Blanca: não estou defendendo ninguém , simplesmente não pode jogar toda a sua raiva pelo seu casamento fracassado em um bebê inocente – dizia seria

Bianca revirou novamente os olhos , sendo observada pela mãe que negava com a cabeça

Enquanto isso em um certo condomínio....

Ilza desfilava toda animada sua barriga de 4 meses onde repousava sua princesa Alicia . Andava descalça pela sala usando apenas uma camisa de Rick q olhava divertido a cena.

Rick : adoro ver a sua animação de manhã sabia – dizia sorrindo

Ilza: gravidez não é doença e além disso eu me sinto ótima – dizia piscando arrumando a mesa do café –da- manhã

Rick :vai para o studio hoje? – perguntava

Ilza: não, Julio viajou ontem e me deu a semana de folga – dizia divertida

Rick apenas sorriu

Ilza havia conseguido emprego como assistente em um studio de fotografias com um renomado fotografo Mexicano Julio Pelegrin , um fotografo extremamente requisitado por seu estilo clássico e inovador de fotografar.

Ilza: anda vem comer senão eu como tudinho – dizia olhando a mesa posta

Rick apenas gargalhou

Voltando a Los Angeles .....

Christopher havia voltado pra sua casa , depois de conversar com Ansur no escritório . Estacionou o carro na ampla garagem e logo andou pelo imenso jardim , franziu a testa ao notar a casa ainda silenciosa . Entrou pela porta dos fundos deixando suas chaves no balcão americano , continuou andando pela casa notando o silêncio , olhou o relógio em seu pulso que já marcava quase 09;30 da manhã , negou com a cabeça e subiu rapidamente a escada que dava ao andar superior da casa.
Andou pelo corredor e logo avistou a porta de seu quarto ainda fechada. Abriu lentamente e sorriu com a imagem.

Dulce dormia de lado agarrada ao travesseiro dele com uma mão e a outra repousando em sua barriga de 6 meses . Se aproximou sem fazer ruído e se sentou na cama , olhou o rosto sereno e branco dela e logo sorriu ao notar leves ondulações na barriga dela.

Se remexeu , totalmente preguiçosa e lentamente abriu os olhos sorridente.

Dulce: bom dia – dizia sonolenta

Christopher: ótimo dia – dizia piscando e logo se aproximando roubando um selinho dela

Dulce: que horas são ? – perguntava esfregando os olhos

Christopher: nove e meia - dizia

Dulce: to com fome – dizia acariciando a barriga e sorrindo

Christopher: levanta eu preparo alguma coisa pra vocês – dizia

Dulce: mais você não ia sair ? – perguntava confusa

Christopher: já sai e voltei amor – dizia simples

Dulce: serio ? – perguntava

Christopher afirmou olhando a namorada se levantar revelando a minúscula camisola que usava deixando suas novas curvas e parte da barriga a mostra

Christopher: amor depois precisamos conversar hein – dizia – te espero na cozinha – dizia piscando e saindo do quarto

Dulce por sua vez suspirou indo até o banheiro . Primeiro de tudo aliviou sua bexiga que aprecia querer estourar a qualquer instante , depois ficou na frente do espelho e se encarou naquela manhã em especial estava se sentindo inchada . Mordeu os lábios e escovou os dentes e molhou o rosto prendendo os cabelos em um coque frouxo , pegou seu hobby de sede que estava no banheiro e o vestiu saindo finalmente do quarto .

Na cozinha .....

Christopher terminava de colocar o que havia deixado feito antes de sair na mesa . Se sentou e apenas esperou Dulce.

Sorriu ao ver a morena surgir ainda com os olhos pequenos pelo sono mais aparentemente bem mais despertos. Dulce sorriu ao ver a mesa posta e se sentou

Dulce: estou aqui , o que quer conversar ? – perguntava já se servindo

Christopher: primeiro , conseguiu falar com o Damian ? – perguntava

Dulce suspirou negando

Christopher: segundo já sabe o que andam divulgando sobre a turnê de adeus do grupo? – perguntava olhando ela negar – estão dizendo que o ultimo show será no proximo ano – dizia

Dulce o encarou seria

Dulce: isso não pode ser verdade – dizia seria – e se for só lamento pelos fãs – dizia já irritada

Christopher: hei , não é pra ficar nervosa ok , só perguntei – dizia a encarando

Dulce: odeio essas especulações – dizia chateada

Christopher: eu sei - dizia pegando uma das mãos dela e beijando o dorso – no Mexico a gente resolve isso , vou amanhã e você vai comigo – dizia

Dulce: minhas ultimas viagens – dizia suspirando

Christopher: minha mãe me ligou e disse que a casa esta esperando a gente – dizia animado

Dulce: o quartinho da Luna ta pronto ? – perguntava empolgada

Christopher: minha mãe disse que só falta alguns detalhes mais você disse que quer fazer os últimos retoques – dizia

Os olhos de Dulce brilharam pelo simples fato de imaginar o quartinho da filha . Sim haviam descoberto no 5 mês a pequena e travessa Luna , que foi motivo de choro para os avós e surpresa para Dulce que sempre ouvia Christopher falar que teriam uma menina , mais entre ouvir e ter a certeza tinha uma grande diferença.

Christopher: porque ficou calada ? – perguntava

Dulce: vamos voltar pro México – dizia com os olhos brilhantes

Christopher: sim – respondia com o mesmo olhar brilhante entendo aquilo

Dulce; ta nervoso ? – perguntava

Christopher: ansioso – dizia sorrindo

Dulce sorriu ficando levemente corada

Enquanto isso no México ....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:19 pm

Claudia: ok que parte vocês não entenderam ? eu quero isso aqui , bem no centro – dizia seria

Adam : queridinha ta querendo ensinar o padre a rezar missa? – perguntava a encarando

Claudia: não estou querendo arrancar suas penas mesmo sua bicha folgada – dizia suspirando – nem acredito que já é nesse fim de semana – dizia suspirando

Adam : ela vai ficar linda – dizia suspirando – também com um bofe daqueles – dizia se abanando

Claudia : toma jeito bicha – dizia divertida revirando os olhos ao escutar o celular tocar –pronto- dizia

Alexandra: bom dia Claudia – dizia

Claudia: bom dia Alexandra – dizia – como vai ? – perguntava

Alexandra: ótima – dizia animada – só liguei pra avisar o Chris confirmou ele a Dulce chegam amanhã e vão ficar aqui em casa – dizia

Claudia franziu a testa

Claudia: pensei que já fossem pra casa deles – dizia

Alexandra: só depois de fim de semana – dizia suspirando – estou nostálgica , já revirei todos os álbuns do Chris – dizia divertida

Claudia: meus pais também estão assim – dizia – principalmente meu pai -dizia

Alexandra: como esta tudo por ai ? – perguntava

Claudia: últimos ajustes – suspirava – a tarde tem o ultimo ensaio dos padrinhos e amanhã os dois – dizia

Alexandra : vai tão lindo – dizia emocionada

Claudia : e como – dizia também suspirando

Enquanto isso em uma certa casa ....

Andrew : PAII , PAI - chegava jogando a mochila no sofá

Victor: o que aconteceu ? – perguntava divertido pela energia do filho caçula

Andrew: o Chris me mandou uma mensagem ele chega amanhã – dizia empolgado

Victor sorriu . De seus filhos mais velho Christopher havia sido o único que tinha se aproximado do filho mais novo . Ambos sempre estavam em contato trocando dicas sobre bateria e skate pra desespero de Renata que dizia que Christopher não era uma boa influência para o filho .

Victor: empolgado ? – perguntava

Andrew: nervoso – dizia divertido – mais vou mandar bem – dizia piscando e logo indo pro quarto

Victor apenas negou e logo olhou no porta retrato a foto mais recente de Christopher e Andrew .

Enquanto isso na Televisa.....

Christian : Pedro quer se decidir – dizia serio

Anahí : afinal quando vai ser o ultimo show? – perguntava

Maite: temos que nos agendar – dizia

Poncho : por mim qualquer data ta bom – dizia dando de ombros

Anahí : cala a boca Poncho – dizia revirando os olhos

Poncho : vem calar opss desculpe o namoradinho briga – dizia debochado

Anahí apenas estreitou os olhos

Pedro : no começo do próximo ano – dizia suspirando

Anahí : ow Pedro vamos fazer o ultimo show com 4 integrantes? – perguntava arregalando os olhos

Pedro : como assim quatro Anahí ? com os 5 talvez os 6 – dizia pensativo

Anahí : PEDRO acorda a Dulce esta com 6 meses , se o show for no aproximo ano capaz dela ter o bebê no palco – dizia seria

Pedro fechou os olhos com força não tinha se lembrado da gravidez de Dulce Maria .

Voltando a Los Angeles....

Dulce terminava de tomar seu café da manhã, enquanto Christopher a observava .

Dulce: para de me olhar – dizia o olhando de canto de olho

Christopher sorriu divertido e logo escutou o celular tocar

Christopher: pronto – dizia atendendo sem desviar o olhar da namorada

Claudia: cunhadinho – dizia animada
Christopher: bom dia pra você também – dizia se recostando na cadeira

Claudia: verdade que você e a Dul chegam amanhã ? – perguntava

Christopher suspirou

Christopher: sim , por mim iríamos hoje , mais tive uns imprevistos aqui – dizia suspirando

Dulce apenas ouvia sem parar de comer

Claudia: ta tudo pronto, só falta vocês e os padrinhos – dizia

Christopher: menos mal – dizia sorridente – quer falar com a Dul? – perguntava ao ver o semblante serio dela

Claudia: quero – dizia animada

Christopher: é a Claudia – dizia passando o celular pra namorada que aliviava o semblante

Claudia: DUL – gritava

Dulce: não precisa gritar – dizia mal humorada

Claudia: credo , que mal humor é esse ? – perguntava

Dulce: estou me sentindo uma bola me deixa – dizia bicuda

Claudia: tenho certeza que deve estar uma bolinha linda – dizia divertida

Dulce : não teve graça – dizia ainda bicuda

Claudia: ok senhora mal humor , amanhã nos falamos manda um beijo pro meu cunhadinho e na minha Lunita – dizia

Dulce: ele não é seu e ela não é sua – respondia desligando o celular

Christopher que apenas estava ouvindo e observando apoiou os dois cotovelos na mesa e a encarou

Christopher: hei que mal humor é esse ? – perguntava paciente

Dulce suspirou

Dulce: estou parecendo uma bola, me sinto uma vaca com esses peitos enormes – dizia com os olhos marejados – vou ser a noiva mais feia do mundo – dizia chorando e logo saia a passos apressados da cozinha

Christopher coçou a nuca se levantando seguindo a morena .
No quarto ....

Dulce estava sentada na cama chorando copiosamente , quando Christopher entrou e se ajoelhou na frente dela segurando as duas mãos dela.

Christopher: porque esta chorando ? – perguntava

Dulce: Christopher – dizia brava – estou gorda, com os peitos enormes e ainda não quer que eu chore- dizia irritada

Christopher: primeiro você não esta gorda , esta grávida e segundo seus seios estão lindos – dizia serio

Dulce: mentira – dizia manhosa

Christopher: é serio e eu digo sem duvidas alguma que você vai ser a noiva mais linda do mundo – dizia sorrindo

Dulce o encarou mordendo o lábio inferior

Dulce : mesmo andando como uma pata e não conseguindo ficar nem cinco minutos sem ir ao banheiro ? – perguntava seria

Christopher sorriu

Christopher: mesmo assim – dizia beijando as mãos dela

Dulce: você é o mentiroso mais lindo que eu já conheci sabia – dizia com os olhos marejados

Christopher: amor - dizia sentindo o abraço da namorada

Dulce : só me abraça , não precisa falar nada - sussurrava

Ficaram por alguns minutos abraçados . E logo Christopher se levantou deitando delicadamente Dulce na cama e ficando ao lado dela . Levou uma das mãos até o laço do hobby o desfazendo , revelando assim a barriga redonda da morena.

Christopher: acho você linda de qualquer jeito sabia – dizia acariciando a barriga dela

Dulce apenas o encarou

Christopher: sou apaixonado pro cada parte do seu corpo, cada pedacinho de pele, cada pinta, cada marca – dizia a encarando sem parar de acaricia- la

Dulce suspirou se deixando levar pelas sensações que o toque dele lhe causava

Christopher: não vejo a hora de finalmente você ser só minha – dizia sussurrando roçando os lábios nos dela lentamente

Dulce: te amo – dizia baixinho

Logo ambos estavam perdidos em um beijo intenso e profundo.

Enquanto isso na Televisa....

Anahí : então Pedro ? – perguntava impaciente

Pedro : preciso pensar – dizia serio

Maite: e eu preciso de uma resposta pra ontem – dizia impaciente

Christian : eu também , preciso dessa resposta – dizia mais calmo

Poncho : por mim não tenha pressa – dizia dando de ombros

Anahí revirou os olhos

Pedro : me dêem dois dias e darei uma resposta a vocês – dizia e saia como um raio da sala

Maite: saco me fez perder uma manhã de gravação – resmungava

Anahí apenas negou com a cabeça

Em Los Angeles .........

Dulce estava braçada a Christopher na cama , depois de alguns amassos. Christopher estava apenas de cueca e Dulce de calcinha .

Dulce: você esta com vontade – dizia baixinho olhando a ereção dele ainda coberta pela cueca preta

Christopher sorriu

Christopher: eu me viro não se preocupa – dizia piscando – sei que não esta muito bem hoje e não quero te forçar a nada – dizia a encarando

Dulce: odeio me sentir assim – dizia suspirando

Christopher: é normal e você sabe – dizia

Dulce: me sinto frustrada por não te satisfazer – desabafava

Christopher a encarou surpreso

Christopher: e quem disse que você não em satisfaz ? – perguntava

Dulce: talvez esse volume ai – dizia olhando o volume coberto pela cueca

Christopher sorriu

Christopher: você sempre me satisfaz Dul – dizia serio

Dulce: mesmo ? – perguntava

Christopher: sim – dizia roubando um selinho dela que sorriu

Christopher apenas arqueou a sobrancelha sem entender bem.

Em uma certa empresa .....

Renata : sim eu sei mais - foi interrompida

Valeria : sem mais ou meio mais eu quero e ponto – dizia seria

Renata: não vou prometer anda – dizia

Valeria : você é paga pra isso , faça seu trabalho – dizia saindo da sala como um raio

Renata : droga – resmungava

Voltando a Los Angeles ....

Christopher suspirava se sentindo no paraíso enquanto sentia os lábios macios de Dulce se apossarem de sua ereção . Acariciou com uma das mãos os cabelos negros dela que aprofundou mais ainda a caricia , fazendo Christopher gemer alto .

Christopher: amor – dizia ofegante

Dulce apenas o encarou sem soltar seu pau , sugou lentamente enquanto acariciava a base com as duas mãos pequenas .Sorriu travessa sentindo as veias saltadas do membro do namorado . Torturou o máximo que pode com os lábios e a língua até ouvir o gemido rouco do namorado que puxava com certa força os cabelos dela enquanto gozava na boca dela .

Alguns minutos de silêncio depois....

Christopher: e ainda diz que não me satisfaz – dizia negando com a cabeça ouvindo uma risada travessa da namorada

Dulce apenas sorria e o encarava divertida

No dia seguinte....

O relógio marcava 05:00 da manhã no aeroporto internacional de Los Angeles .

Dulce: to com sono – reclamava

Christopher: logo embarcamos – dizia sentindo a namorada o abraçar e se aconchegar em seu abraço

Dulce apenas suspirou se sentindo sonolenta

Algumas horas depois ....

No México ....

Bianca: mais porque tanta bagunça ? – perguntava surgindo na sala e observando a movimentação e o falatório intenso

Blanca: sua irmã e o Christopher chegam hoje – dizia

Claudia: hoje é o ultimo ensaio – dizia empolgada

Fernando : eu to começando a ficar nervoso com isso – dizia

Claudia: vou ligar pro pai do Christopher preciso do Andrew pra ontem – dizia pegando o celular

Blanca: filha os amigos do Christopher já chegaram ? - perguntava encarando Claudia

Claudia: já sim mãe , parece que chegaram de madrugada o Ansur me mandou uma mensagem , a Paty também já chegou – dizia com o celular no ouvido

Enquanto isso .....

Alexandra: meu deus como esta grande – dizia impressionada pelo tamanho da barriga de Dulce

Dulce apenas sorriu

Christopher: oi mãe eu ainda sou seu filho e estou aqui depois de meses fora de casa – dizia serio

Alexandra: ciumento – dizia abraçando o filho – como foi de viagem ? – perguntava

Christopher: bem – dizia

Dulce: ótimo eu dormi o tempo todo – dizia divertida

Alexandra: isso é normal minha querida , preparados pro ultimo ensaio ? – perguntava

Ambos se olharam ansiosos

Christopher/Dulce: Sim – respondiam

Alexandra: bem a Claudia me disse que tudo vai ser a tarde então acho que vocês podem descansar um pouco – dizia
Dulce: eu não to cansada – dizia

Christopher: porque será né – dizia olhando a namorada de canto de olho e arrancando uma gargalhada de Alexandra

As horas passaram rapidamente naquela manhã ....

Blanca: ainda não acredito que minha Dulce vai se casar aqui nessa igreja – dizia deslumbrada por estar dentro da igreja de nossa sra de Guadalupe

Alexandra: pois acredite – dizia olhando a imagem da santa no altar

Claudia : bem a Paty já esta chegando – dizia se aproximando da mãe – cadê o casal ? – perguntava divertida

Alexandra: estão ali – mostrava cada um de um lado da igreja pareciam rezar já que ambos estavam de cabeças baixas e aparentemente ajoelhados .

Dulce olhava a imagem da virgem sentindo todo o misto de emoções transbordar , mordeu o lábio inferior e fechou os olhos com força juntando as mãos e começando a sussurrar.

Dulce: obrigada por realizar meu sonho, por me dar um príncipe como o Christopher, por me realizar como profissional e agora como mulher. Me dá forças pra ser merecedora de cada gesto de amor dele, me ajuda a ser uma boa mãe, uma boa esposa , uma pessoa melhor pra ele e pra nossa filha

Christopher assim como Dulce também tinha seu momento de reflexão

Christopher: obrigado virgenzinha por me dar forças pra não desistir da Dulce , por me dar sabedoria pra ouvir e entender . Obrigado por cada realização profissional e pessoal. Me dá sabedoria pra continuar entendendo e ouvindo , pra não julgar e principalmente pra nunca deixar de acreditar nesse amor .

Dulce/Christopher: virgenzinha obrigada/obrigado por nos abençoar com a nossa Luna , de alegria e felicidade a nossa niña , porque amor ela terá de sobra – pediam e sorriam mesmo sem saberem o que um falava

Christopher: obrigado por me d ar a minha família , amém – dizia fazendo o sinal da cruz

Dulce: obrigada por me dar os meus amores , amém – dizia também fazendo o sinal da cruz

Ambos se levantaram e andaram um na direção do outro ficando exatamente no meio da igreja dando as mãos e colando as testas .

Dulce o encarou com os olhos marejados e logo ouviu

Christopher: é a nossa vida começando – sussurrava a encarando e logo a abraçando apertado.

Rapidamente ouviram vários aplausos . Todos amigos, parentes estavam ali pro tão esperado ultimo ensaio , porém era impossível não sentir o amor do casal ainda mais com a barriguinha de Dulce que naquele dia parecia especialmente mais visível .

Ansur: eu sei que o amor é muito mais ainda estamos no ultimo ensaio então comportem- se – dizia estreitando os olhos

Dulce não aguentou e gargalhou

Christopher: só não te respondo como deveria porque estamos em uma igreja – dizia

Ansur sorriu e logo sentiu o beliscão da namorada

Ansur: ai amor – reclamava

Mel: se comporta – dizia seria

Claudia: OK VAMOS COMEÇAR – dizia animada

Dulce levantou o dedo

Claudia: o que foi ? – perguntava

Dulce: preciso ir no banheiro – dizia franzindo a testa

Claudia : vai ser difícil assim – dizia revirando os olhos – vai logo sua gravidinha – dizia olhando Dulce sair apressada rumo ao banheiro

Christopher: ainda bem que todo mundo tem tempo de sobra aqui – dizia divertido encarando Claudia


Depois de quase três horas .....

Dulce: CHEGAAA EU TÔ CANSADA – dizia já irritada

Christopher apenas sorriu divertido

Claudia: estamos ensaiando pro seu casamento – rebatia seria

Dulce: disse bem MEU casamento e eu como noiva e GRAVIDA tenho o direito de descansar e comer quando quizer – dizia emburrada pelo fato da irmã não te-la deixado comer alguns minutos antes

Christopher: acho que já ta bom , o principal já foi feito – dizia coçando a nuca

Claudia: depois não reclamem – dizia dando de ombros
Dulce: agora eu quero comer – dizia encarando Christopher

Christopher : ta bom já escutei amor – dizia roubando um selinho dela

Algum tempo depois.....

Blanca: como é bom ter a casa movimentada assim – dizia animada já que por insistência todos haviam ido para a casa deles depois do ensaio

Claudia: mãe a senhora vai fazer comida pra um batalhão – dizia divertida

Blanca: eu não vou fazer nada , vou pedir feita – dizia piscando e pegando um numero na porta da geladeira enquanto ouvia Claudia gargalhar .

Enquanto isso na sala ....

Todos estavam espalhados alguns no sofá sentados , outros em cadeiras ou até mesmo no chão .

Christopher: fica rindo , quando chegar a sua vez eu vou gargalhar – dizia encarando Ansur que o estava atormentando pelo fato de estar nervoso pelo casamento

Dulce: eu também estou nervosa ta – dizia beijando a bochecha de Christopher

Christopher: viu – dizia piscando

Mel : amor caladinho vai – dizia dando um selinho nele que apenas estreitou os olhos

Nesse momento Bianca , s urgia a passos lentos com sua barriga de 8 meses. Respirou fundo se sentindo incomodada com tanto falatório e agitação .

Bianca: não se pode nem descansar- dizia seria e alto

Dulce e Christopher foram os primeiros a encara-la

Christopher: como vai Bianca ? – perguntava

Bianca: podia estar melhor se me deixasse descansar – dizia

Dulce: foram nossos pais quem insistiram pra virmos pra cá – dizia

Bianca: sei – dizia contrariada

Dulce :não começa ta – dizia revirando os olhos

Christopher apenas observou

Bianca: não começa? NÃO COMEÇARIA SE ALGUÉM NÃO TIVESSE CONVIDADO AQUELA VAGABUNDA PRO CASAMENTO – despejava

Dulce: só pra te lembrar o casamento é meu e eu convido quem quiser- dizia seria

Bianca: me admira você Christopher convidar aquela vagabunda pro seu casamento – dizia

Christopher: primeiro não convidamos nenhuma vagabunda, segundo se você tem problemas com a Ilza ou qualquer outro convidado o problema é seu e segundo quem convidou a Ilza fui eu , porque ela é uma amiga querida, se você esta incomodada simplesmente a ignore – dizia serio

Blanca nesse instante surgiu com Claudia que apenas olhavam sem entender o que acontecia .

Bianca: você não gosta de mim não é Dulce – dramatizava

Dulce: por favor – dizia revirando os olhos

Blanca: Bianca – dizia seria

Bianca: não precisa falar nada , já sei vocês sempre defendem a Dulce – dizia irritada saindo da sala

Blanca suspirou

Blanca: me desculpem – dizia sem jeito encarando todos

Claudia: relaxa mãe todo mundo sabe que a Bia é a grávida louca da família – dizia – bem daqui a pouco a comida chega – dizia divertida se sentando no meio de Dulce e Christopher que estavam no sofá

Dulce: Claudia – dizia encarando a irmã

Claudia: então casalzinho já decidiram quem vai ser o padrinho dessa boneca ? – perguntava acariciando a barriga da irmã – sim porque não quero ser madrinha sozinha – dizia franzindo a testa

Ansur: padrinho ? – perguntava

Christian : obvio que serei eu – dizia se achando

Ansur:aham daí você acordou né – dizia

Diego : se enxerguem vocês dois eu vou ser o padrinho – dizia piscando

Logo um falatório sem fim começou novamente .

Dulce: amor , eles vão se matar – dizia divertida sussurrando

Christopher: eu to gostando – dizia divertido – HEI VOCÊS PODEMOS NEGOCIAR – dizia sentindo um beliscão da namorada – ai Dul – dizia franzindo a testa

Dulce: você vai ver o que eu vou negociar Uckermann – dizia o encarando

Christian : eu dou a primeira viagem pra Disney – dizia

Dulce: Christian , nossa filha nem nasceu e vocÊ já quer fazer a menina viajar – dizia divertida

Christian: não teve infância não? Toda criança sonha em conhecer a Disney – dizia convicto

Dulce: quando elas tem noção do que é a Disney né – rebatia

Christian : fiz a minha oferta – dizia encarando Christopher

Ansur: pois eu dou a festa de – pensava – 15 anos – dizia

Dulce e Christopher arregalaram os olhos e logo gargalharam

Logo o falatório continuava mais agora misturado com muitas gargalhadas.

Christopher: ok chega - dizia vermelho de tanto rir – na hora certa vocês vão saber quem serão os PADRINHOS da nossa filha - dizia


Claudia: COMO ASSIM ? EU SOU A MADRINHA – dizia o encarando

Dulce: você que esta dizendo – dizia divertida

Claudia : Dulce Maria – dizia abismada

Paty : OPA AI TÔ NA BRIGA – dizia divertida

Enquanto isso em um certo condomínio....

Ilza arrumava cuidadosamente as pequenas peças de roupa que já tinha da filha . Sorria com o simples fato de ver o quão pequenas eram .

Rick : um beijo pelos seus pensamentos – dizia surgindo no quarto

Ilza: não tinha que estar trabalhando ? – perguntava surpresa por o ver naquele momento

Rick suspirou e se sentou ao lado dela na cama do casal

Rick : precisamos conversar – dizia serio

Ilza: o que houve ? – perguntava o encarando

Rick : recebi uma ligação hoje de manhã, eles querem que eu volte pra matriz da empresa na Espanha - dizia serio

Ilza: isso é bom não é ? – perguntava meio confusa

Rick : por um lado sim porque, tenho uma vida lá , mais agora tenho vidas aqui – dizia – não somos casados, vamos ter uma filha , eu vou me separar assim que o meu filho com a Bianca nascer, não vai ser fácil , e eu quero saber se você esta disposta a ir comigo pra Espanha ? – perguntava

Ilza o encarou em silêncio

Rick : você tem o seu trabalho aqui , já esta mais que adaptada – suspirou – não precisa responder agora , só preciso que responda – dizia se levantando e saindo do quarto tão rápido como entrou

Ilza piscou algumas vezes e logo se levantou seguindo o mesmo caminho de Rick o encontrando na sala.

Ilza: hei – dizia o abraçando pro trás o fazendo rir pelo pequeno volume de sua barriga – eu vou com você – sussurrava – você e a Alicia são tudo que eu tenho agora –dizia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:20 pm

seria

Rick rapidamente se virou a encarando

Rick: ta falando serio ? – perguntava

Ilza afirmou com a cabeça

Rick : ainda vamos ficar alguns meses aqui – dizia a encarando – eu pedi por causa do meu filho – dizia

Ilza: e seriam quantos meses ? – perguntava

Rick: mais quatro – dizia sorrindo

Ilza fechou o semblante

Rick : o que foi ? – perguntava

Ilza: estarei com 6 meses Rick , não vou poder viajar , não pra Espanha – dizia

Rick que sorria ficou serio no mesmo instante.

Voltando a casa dos Saviñon .....

Fernando olhava a agitação da casa , porém olhava duas cenas meio a contra gosto . A primeira de Christopher e Dulce trocando alguns beijos enquanto ela fazia manhã pra comer os tacos que haviam comprado e a segunda era os sorrisos e olhares de Victor irmão de Christopher para Claudia .
Blanca: desfaz essa cara homem – dizia divertida

Fernando : me diz Blanca porque eu to achando que o Christopher não vai ser o único Cassillas na nossa familia – dizia serio ouvindo a risada da mulher

Andrew olhava divertido toda aquela confusão era tudo novidade pra ele , afinal quando não conhecia o pai não tinha nada dessa loucura .

Christopher: hei e ai gostando da bagunça ? – perguntava o ver o irmão caçula calado

Andrew: é diferente , mais é legal – dizia animado

Dulce: você não viu nada ainda – dizia divertida , quando escutou a campanhia tocar

Claudia: EU ABRO – dizia correndo até a porta

Alexandra: CHEGUEI AMORES – dizia animada segurando uma caixa

Marcela: eu também – dizia

Victoria: eu também – dizia sem muito animo

Christopher: quem te chamou projeto de gente ? – perguntava encarando a prima

Victoria : a minha TIA , conhecida também como sua mãe projeto de gente – rebatia

Christopher: mãe – dizia serio

Alexandra: parem de implicância - dizia divertida – trouxe alguns docinhos do buffet - anunicava

Dulce: doce – dizia com os olhos brilhantes

Christopher: hei , devagar – dizia serio

Dulce: só alguns – dizia roubando um selinho e logo seguindo Alexandra até a cozinha

Marcela: ai não acredito que você já vai se casar e o pior ser pai – dizia nostálgica

Christopher: é tia – suspirava – ta ficando velha – dizia gargalhando

Marcela : Christopher – dizia


Christopher gargalhou divertido pelo semblante irritado da tia .

Enquanto isso na cozinha ....

Dulce olhava atenta cada doce que a sogra havia trazido do buffet .

Alexandra : trouxe um pouco de cada assim decidimos finalmente os doces que é o único que falta – dizia encarando Dulce

Dulce: por mim todos – dizia com os olhos brilhantes

Blanca: deixa de ser gulosa filha – dizia seria

Alexandra: eu já tirei os de amêndoas , espero que não se importe – dizia

Dulce: amêndoas? – perguntava

Alexandra: sim Chris tem reações alérgicas a esses doces – dizia

Dulce: nem me lembrava mais disso , também a anos ele não come – dizia – não gosto mesmo de amêndoas – dizia divertida

Enquanto isso na sala ...

Victoria: oi – cumprimentava

Diego : como vai Victoria ? animada pro casamento do Chris ? – perguntava tranqüilo

Victoria apenas o encarou calada

Diego : então animada? – insistia

Victoria: vai mesmo me tratar como se nunca tivéssemos tido nada? – perguntava seria

Diego: olha Victoria você é prima do meu melhor amigo , ele esta prestes a se casar e a ultima coisa que eu quero é um clima ruim ,então vamos deixar nossa historia no mesmo lugar ok – dizia serio

Victoria: e qual é esse lugar? – perguntava

Diego : no passado – dizia serio - com licença - dizia se afastando

Victoria apenas observou Diego se afastar a passos largos

Enquanto isso em um certo condomínio

Rick: bem eu posso conversar com eles – dizia

Ilza: não me importo se você for antes desde que esteja aqui no parto – disparava

Rick : eu quero estar perto de você – dizia – vou ter dois filhos e não consigo acompanhar nenhuma das gravidezes – suspirava

Ilza: mais é seu trabalho , algo que você lutou a vida toda não pode simplesmente não se importar – dizia sensata

Rick: eu vou resolver essa situação eu prometo – dizia abraçando forte ela

Voltando a casa dos Saviñon .....

Claudia: quem diria que esses dois iam acabar mesmo no altar – comentava observando Dulce e Christopher que estavam abraçados conversando com Alexandra

Victor: eu confesso que nunca levei muita fé eles brigavam demais – dizia divertido

Claudia: acho que no fundo ninguém levava muita fé – dizia

Victor: eles amadureceram juntos – dizia

Claudia:e agora vão ter a própria família deles – dizia

Victor: nesse ponto eu sinto inveja do meu irmão sabia – admitia

Claudia o encarou rapidamente surpresa pela revelação

Victor: digo ele não tem nem 23 anos e já tem uma família praticamente formada , enquanto eu com 32 ainda nem achei a pessoa certa – dizia

Claudia: nossa Victor – dizia risonha

Victor: é serio – dizia a encarando – na verdade eu acho que até encontrei a pessoa certa mais não soube aproveitar a oportunidade entende- dizia

Claudia piscou repetidas vezes

Claudia: acho que minha mãe esta me chamando já volto – dizia saindo apressada

Victor apenas sorriu

O relógio já marcava quase 20:00 ....

Dulce: to exausta – dizia suspirando se sentando no sofá

Christopher: foi divertido na casa dos seus pais né – comentava trancando a porta e jogando as chaves na mesinha de centro

Dulce: sim tirando os ataques da Bianca – dizia revirando os olhos

Christopher: acha que ela pode causar problemas com a Ilza ? – perguntava se sentando ao lado dela

Dulce: tenho certeza que sim – dizia suspirando

Christopher apenas suspirou

Dulce; mais coitada dela se aprontar no nosso casamento – dizia seria
Christopher: hei calma ela é sua irmã e bem ou não a Ilza é mulher do seu ex cunhado então de uma certa forma temos que entende-la – dizia serio

Dulce: e eu entendo acredite , mais isso não é justificativa pra armar confusão no dia do nosso casamento Christopher se ela fizer isso eu nunca mais olho na cara dela – dizia seria

Christopher: ok , vamos parar de imaginar coisas e que tal um banho bem gosto e depois cama ? – sugeria roubando um selinho

Dulce: cama de dormir né ? porque eu to esgotada amor - dizia ouvindo a gargalhando dele

Christopher: sim amor cama de dormir também estou cansado – dizia se levantando e a ajudando .

O relógio marcava exatas 03:00 horas da madrugada....

Dulce saia do banheiro pela terceira vez naquela madrugada depois de aliviar a bexiga que volta e meia parecia que iria estourar, suspirou prendendo os cabelos negros em um coque frouxo e olhando Christopher totalmente relaxado na cama usando apenas uma calça folgada dormindo profundamente , saiu sorrateiramente do quarto.

Andou na escuridão do apartamento até achegar a cozinha onde acendeu a luz e suspirou acariciando a barriga de 6 meses de gestação. Puxou uma das cadeiras da mesa e se sentou sem parar de acariciar a barriga.

Dulce: que foi filha também não consegue dormir ? – perguntava sentindo os movimentos agitados da bebê em seu ventre , mordeu o lábio inferior pensando em como sua vida estava mudando , primeiro a gravidez, depois a saída de Christopher do grupo e agora seu casamento que se aproximava a passos largos


Dulce olhou fixamente sua barriga e sorriu. Já podia imaginar perfeitamente cada traço de sua filha , seria loirinha e com os olhos de Christopher , o mesmo sorriso espontâneo, o mesmo jeito carinhoso e sensível porém seria determinada como ela pensava.

Dulce: não vejo a hora de te pegar nos braços – sussurrava

Enquanto isso no quarto .....

Christopher se revirava na cama em busca de algo ou melhor alguém . Abriu os olhos rapidamente ao se deparar com a cama vazia e logo olhou o quarto silencioso e escuro

Christopher: Dul – chamava com a voz rouca pelo sono

Se sentou na cama esfregando os olhos e logo saiu do quarto em busca da mulher . Andou também pelo apartamento escuro até avistar a claridade que vinha da cozinha , se encostou no batente e cruzou os braços apenas observando Dulce que parecia perdida em seu próprio mundo acariciando e olhando fixamente sua barriga.
Christopher: tudo bem ? – perguntava

Dulce rapidamente levantou o olhar e o encarou sem entender muito bem

Christopher: acordei e você não estava na cama e te encontro aqui sozinha na cozinha em total silêncio , me preocupei – dizia se aproximando e acariciando o rosto dela

Dulce : ta tudo bem , só estou ou melhor estamos sem sono – dizia ainda com as mãos na barriga

Christopher: sem sono ? – perguntava olhando a morena afirmar

Dulce: acho que estou ansiosa – dizia

Christopher: isso não te faz bem e você sabe – dizia serio

Dulce: eu sei – mordia o lábio inferior – mais não consigo me controlar é mais forte que eu – dizia o encarando

Christopher: o pior de tudo – suspirava – é que eu te entendo perfeitamente – dizia sorrindo

Dulce: também esta ansioso ? – perguntava

Christopher: muito – dizia – mais eu posso ficar ansioso você não – dizia brincalhão – vamos voltar pro quarto la eu te faço uma massagem e você relaxa – dizia piscando

Dulce : aqui ta gostoso – dizia o encarando

Christopher apenas a encarou

Algum tempo depois .....

A única luz que iluminava o apartamento era a luz da lua que entrava por algum ponto do local dando um ar especial ao lugar. Dulce sorriu com os olhos brilhantes enquanto sentia os lábios macios de Christopher beijarem com veneração seu ventre e logo sussurrar .

Christopher: hora de dormir pequena Luna – dizia com a voz rouca observando como Dulce parecia uma deusa deitada totalmente nua na mesa da cozinha , com os cabelos negros espalhados e a pele branca ao seu inteiro dispor

Dulce gemeu baixo ao sentir Christopher sugar um de seus seios que já estavam bem maiores que o normal e extremamente sensíveis pela gravidez. Emaranhou as mãos nos cabelos dele e os puxou com força , gemeu novamente ao sentir uma das mãos do noivo apertar com força sua coxa direita .

Christopher: você me enlouquece – dizia entre sussurros

Dulce apenas sorriu e logo encarou Christopher que lentamente parou o que fazia e se afastou se encostando na pia e cruzando os braços olhando fixamente a noiva totalmente exposta para ele , umedeceu os lábios sentindo a boca secar diante de tal visão e sorriu malicioso ao ver a noiva se sentar na mesa sem o menor pudor e o encarar de forma devoradora

Dulce: eu quero – dizia o encarando

Christopher: quer o que? – perguntava divertido e sedutor

Dulce: não provoque uma mulher grávida – alertava e logo ouvia a risada rouca do noiva que voltava a se aproximar dela ficando parado no meio das pernas dela

Christopher: o que você quer amor meu ? – perguntava carinhoso

Dulce lentamente começou a beijar o pescoço dele enquanto suas pequenas e ágeis mãos se ocupavam em se livrar da única peça que cobria o corpo de Christopher a calça. Suspirou ao sentir a ereção potente do noivo que gemeu ao sentir o toque suave das mãos dela .

Christopher: sou todo seu – dizia acariciando os cabelos dela

Dulce: eu sei – dizia travessa

Christopher se deixou levar pelas vontades de Dulce.

Minutos depois.....

Apenas gemidos eram ouvidos do cômodo que para muitos seria uma simples cozinha mais para os dois era mais um lugar para se amarem sem pressa ou medo .

Dulce mordia o lábio inferior ao ponto de sentir um suave gosto de sangue enquanto sentia Christopher puxar seus cabelos enquanto a mesma estava com a bunda empinada sentindo ele a penetrar da maneira que mais a excitava.

Christopher: é assim que você gosta não é ? – perguntava sussurrando

Dulce não tinha voz para responder apenas gemia em demonstração de prazer , por seguidas vezes rebolava descaradamente levando o noivo a loucura .

Christopher com sutileza fez com que Dulce se deitasse na mesa e delicadamente segurou com as duas mãos a cintura arredondada da noiva estocando forte , sorriu deliciado ao ouvir o gemido de prazer da mesma.

Christopher: era isso que você queria ? – perguntava cheio de desejo

Dulce apenas afirmou perdida nas sensações de seu corpo

Christopher: então desfruta meu amor – dizia estocando novamente forte e fundo

Em questão de segundos os gemidos se tornaram gritos de prazer . Os corpos suados davam um clima mais erótico ao ato e a pequena claridade que invadia a cozinha dava um toque sedutor . Aos poucos os gemidos e gritos começaram a ser acompanhados pelo barulho fascinante das bolas de Christopher que batiam em ritmo frenético contra a bunda da noiva que já nem sabia mais quem era.

Dulce arqueou todo o corpo e gemeu manhosa sentindo o orgasmo tomar conta de todo o seu corpo lhe dando uma sensação de leveza e ao mesmo tempo plenitude , sentiu as pernas bambas e logo se apoiou na mesa com receio de cair .

Abriu lentamente os olhos pois havia sentindo Christopher diminuir o ritmo e o olhou de canto de olho.

Christopher: tudo bem ? – perguntava acariciando as costas úmidas dela que o encarava com o olhar mais brilhante que duas pedras preciosas

Dulce estava ofegante porém a visão que estava tendo do noivo a estava enlouquecendo. Christopher estava nu , totalmente suado , com os cabelos úmidos e colados na testa e a olhava de modo serio , sorriu travessa rebolando lentamente , queria que Christopher gozasse dentro dela e não mediria esforços para aquilo .

Christopher gemeu alto e logo voltou ao ritmo que estava antes. Estocou com força repetidas vezes enquanto beijava as costas úmidas da morena . Travou o quadril sentindo que estava prestes a gozar e logo cravou os dentes no ombro de Dulce ao sentir ela empinar mais a bunda o que o fez gozar imediatamente .

Ambos ficaram naquela posição por alguns segundos em total silêncio . Christopher com todo o cuidado passou um dos braços protetoramente em volta da barriga de Dulce e logo separou os corpos sentindo um vazio .

Christopher: satisfeita ? – perguntava apoiando o queixo no ombro da noiva

Dulce: sim – respondia bocejando – me deu sono – dizia dengosa

Christopher: agora esta com sono né – dizia divertido olhando o dia que começava a clarear

Dulce: sim – dizia se virando para ele e se aconchegando no abraço do noivo que por sua vez apenas sorria

Horas depois .....

Christopher falava ao celular na sala

Christopher : ok já entendi , vou estar na televisa a noite pro programa – dizia revirando os olhos – escuta Guillermo que vocês esteja me auxiliando em algumas coisa da minha carreira não quer dizer que mande nela – dizia serio e logo desligava o aparelho - irritante – dizia jogando o aparelho no sofá


Coçou a nuca e respirou fundo o programa ao qual participaria a noite seria no mínimo ... curioso pensou .

Enquanto isso no quarto....

Dulce dormia profundamente .

Sonho da Maria

Um imenso jardim era vista que Dulce tinha naquele instante . Sentia o vento bater contra seu rosto e logo uma risada gostosa tomava conta de seus ouvidos .

Luna: mamá – dizia a voz infantil

Dulce apenas sorriu por ver aquele pedacinho de gente andar desajeitada pelo jardim exibindo as pernas fofas já que usava apenas uma pequena frauda .

Dulce: o que foi meu amor – perguntava de forma carinhosa olhando a pequena bebêzinha cair na grama sentada

Nesse momento seus olhos se perderam na imagem que surgia . Christopher usando apenas uma sunga azul , visivelmente mais musculoso, com os cabelos cumpridos e usando um cavanhaque .

Christopher: princesa Luna papai vai te pegar – dizia pegando a bebê e a enchendo de beijos – coisa gostosa – dizia carinhoso

Dulce: só a Luna que é gostosa ? – perguntava arqueando a sobrancelha

Christopher: não ! a mãe da Luna também é uma delicia – dizia piscando e se sentando ao lado da mulher na beira da piscina

Dulce: até quando vai ter que ficar com esse visual hein ? – perguntava acariciando os cabelos do marido e observando que já estavam próximos ao ombro

Christopher: por algum tempo ainda – suspirava – porque já não agüenta mais a juba? – perguntava divertido mordendo a mãozinha da filha

Dulce: você f icou sexy com esse visual e infelizmente as mulheres não são cegas – dizia revirando os olhos

Christopher gargalhou

Christopher: ciumenta , diz pra mamãe filha ciumenta – dizia divertido

Luna encarou o pai e logo a mãe

Luna: menta – repetia achando graça

Dulce: Chris ! olha o que ensina pra ela – dizia seria
Christopher gargalhou e logo tirou a frauda da filha a deixando peladinha e entrou na piscina com a pequena .

Dulce apenas negou com a cabeça pegando a frauda

..................

Christopher : amor é meu trabalho – dizia serio

Dulce: não to gostando disso – dizia irritada

Christopher: da minha parte é profissional agora dela não sei te responder – dizia serio

Dulce: como é que é? – perguntava mais brava ainda

.................

Christopher: acha que eu trocaria nossa família, nosso casamento , nossa historia por uma aventura ? – perguntava serio

Dulce: você é homem – respondia seca

Christopher: sou homem , mais não sou burro – respondia

...............

Dulce: sua mãe é uma idiota filha – dizia olhando a filha que a encarava com a mãozinha na boca

............

Dulce: diz pro papai perdoar a mamãe – dizia com as lagrimas escorrendo pelo rosto enquanto segurava Luna nos braços

Christopher observava calado

Dulce: diz que sua mãe é uma idiota ciumenta mais que ama o papai – dizia

Luna olhava atenta pro rosto do pai que segurava uma de suas mãozinhas

Christopher; diz pra mamãe filha que ela é a única ciumenta que eu amo e que sempre vou amar – dizia serio

..............

Dulce: mais cadê? – perguntava frustrada

Christopher: quem entende vocês mulheres , passou meses reclamando do meu cabelo cumprido e agora que cortei quer ele de volta- dizia

Dulce: já estava acostumada - dizia bicuda

Christopher revirou os olhos

...............

Dulce: não me diga – dizia irritada

Christopher: é só trabalho – dizia coçando a nuca

Dulce: eu deveria ter casado com um homem feio viu – dizia brava saindo apressada

Christopher apenas sorriu olhando a filha engatinhar pela cama o casal

Fim do sonho da Maria


Dulce se espreguiçou e logo sorriu ao sentir o perfume de Christopher no quarto.

Dulce: bom dia – dizia o encarando

Christopher: quase boa tarde , dorminhoca – dizia roubando um selinho

Dulce: você me cansou – dizia dengosa

Christopher: eu ? ta bom – dizia divertido – levanta amor sua mãe já ligou umas mil vezes disse que é pra você ir pra casa dela – dizia

Dulce: não – dizia – não quero agüentar a Bianca , não hoje – dizia agarrando o travesseiro dele

Christopher: amor – dizia se sentando na cama e acariciando as costas nuas da noiva

Dulce: amanhã nos casamos e eu não quero a Bianca estragando o meu dia - dizia seria

Christopher: ok , faz o que achar melhor – dizia – eu vou ter que sair , ir na casa da minha mãe e depois falar com meu pai – dizia roubando um selinho da morena – qualquer coisa me liga e por favor não dirija – pedia

Dulce apenas o observou sair do quarto depois de pegar suas chaves .

Suspirou sentindo as ondulações no ventre .

Dulce: ja entendi Luna – dizia risonha e logo se levantava

Enquanto isso na casa dos Saviñon .....

Loucura era algo simples pra definir o que acontecia naquela manhã na casa. Roupas , vozes na sua maioria mulheres e um Fernando totalmente perdido no meio de tanta confusão eram a cena do momento .
Blanca: vai ficar parado ai o dia todo homem? – perguntava encarando o marido

Fernando : vai querer que eu prove um desses vestidos também ? – perguntava debochado olhando as roupas que estavam todas no sofá da sala

Blanca: Fernando Espinoza , não em venha com suas gracinhas – dizia seria – senão vai ajudar não atrapalhe queri – foi interrompida

Bianca: AHHHHHHHHHH

Claudia: VAI NASCER – gritou encarando a irmã

Blanca: A BOLSA ESTOUROU ? – perguntava alarmada

Fernando : VOU LIGAR PRO RICK – dizia pegando o celular

Bianca: AHHH MEU VESTIDO NÃO FECHA – surgia na sala aos prantos com o vestido que usaria no casamento praticamente todo aberto

Claudia: ta fazendo esse escândalo por isso ? – perguntava seria

Bianca: você acha pouco a DOIS, DOIS DIAS ele servia certinho – dizia chorando

Fernando suspirou

Fernando : vou dar uma volta , tchau mulheres – dizia pegando a chave de seu carro e saindo apressado

Blanca estreitou os olhos e sussurrou

Blanca: belo marido – dizia enquanto se aproximava da filha – meu amor da pra fazer ajustes ainda – dizia calma

Bianca: mais vai ficar horrível mãe – dizia aos prantos

Blanca apenas sorriu

Enquanto isso na casa de Alexandra .....

A confusão estava igual ou até pior .

Alexandra: Victor pelo amor de deus fica quieto homem – dizia impaciente

Rafael : sossega pai - dizia divertido – ta até parecendo o noivo – dizia gargalhando

Victor: falou tudo Rafa – concordava gargalhando

Victor: odeio essas roupas – dizia incomodado

Alexandra apenas revirou os olhos observando finalmente o ex- marido no terno que o mesmo usaria no dia seguinte .

Alexandra: ficou perfeito – dizia olhando cada detalhe

Rafael : isso ai tigrão – dizia divertido

Nesse instante a porta da sala se abriu e Christopher surgiu , usando seus óculos de grau e olhando divertido a imagem do próprio pai de terno .

Christopher: acho que eu nunca te vi vestido assim pai – dizia divertido

Victor apenas revirou os olhos

Rafael: chegou o noivo – dizia animado

Christopher: que bagunça hein mãe – dizia se aproximando da mãe e lhe dando um selinho

Alexandra: nem me fale – dizia – não ia vir com o seu irmão ? – perguntava

Christopher: eu – foi interrompido

Andrew : to aqui – dizia entrando na sala um pouco tímido afinal era a primeira vez que os irmãos estariam juntos

Christopher: Andrew me ligou falando que tinham esquecido dele – dizia divertido

Victor: seus irmãos que são apressados – dizia tirando o palitó

Alexandra: apressados ou não andem não tenho o dia todo pra vocês , só pro meu bebê – dizia olhando Christopher com todo o carinho do mundo - vai dormir aqui meu amor? – perguntava

Christopher: não sei mãe – dizia coçando a nuca –não quero deixar a Dul sozinha , vai que ela passa mal ou sei lá precisa de mim ou – foi interrompido

Alexandra: amanhã vocês se casam , e meu amor ela vai estar na casa dos pais dela , vai estar sendo muito bem cuidada – dizia

Christopher apenas suspirou

Enquanto isso na casa dos Saviñon ....

Dulce sorria sem saber com quem falar primeiro

Paty : fala Dul , como você esta se sentindo na vespera do seu casamento ? – perguntava

Dulce olhou em volta e por estar sensível seus olhos marejaram rapidamente , ao perceber que suas melhores amigas estavam com ela naquele momento tão importante.
Claudia: ahh gente para ela vai chorar – dizia encarando a irmã

Dulce: é que ... se alguém me falasse a algum tempo atrás que eu e o Chris íamos acabar assim casados e com a nossa própria família – dizia tocando o ventre arredondado – eu diria que era uma loucura – dizia

Sam : na verdade, na verdade acho que ninguém imaginou que as coisas terminariam assim - dizia seria – o Chris era bem galinha e acho que nenhuma de nós colocaria as mãos no fogo por ele – dizia

Dulce gargalhou

Dulce: vou contar pra ele – dizia divertida

Claudia: ok chega de choro , porque é hora de festa – dizia maliciosa

Dulce: como assim ? – perguntava

Paty : achou que ia se casar sem uma despedida de solteira Dulce Maria – dizia animada

Dulce arregalou os olhos

Dulce: não eu não quero e – foi interrompida

Sam : você não tem querer noivinha – dizia piscando

Dulce: mãe – dizia encarando Blanca

Blanca: não olha pra mim - dizia dando de ombros

Enquanto isso na casa de Alexandra ......

Alexandra olhava encantada o filho que naquele momento provava pela ultima vez seu terno .

Christopher: que tal ? – perguntava encarando os pais e os irmãos

Andrew: nossa – dizia

Rafael : caramba

Victor (filho): uau

Victor (pai ) apenas suspirou

Alexandra: esta lindo – dizia – todos estão lindos – dizia olhando todos já arrumados menos o pai de Christopher que já havia tirado o terno – você como sempre do contra não é Victor – dizia negando com a cabeça



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:21 pm

Diego: pode falar tia estamos gostosos – dizia divertido

Alexandra: meu amor certeza que não quer trocar esse tênis por um sapato ? – perguntava novamente

Christopher negou divertido

Enquanto isso na casa dos Saviñon ....

Dulce olhava a cena extremamente vermelha de vergonha , um striper rebolava na sua frente usando apenas uma sunga de couro preta .

Paty : Dul é pra você se diverte – dizia empolgada

Sam : estamos adorando a vista – dizia e logo gargalhava
Dulce parecia congelada e logo gargalhou olhando as amigas e ate mesmo sua mãe naquela bagunça toda . Saiu de seus pensamentos ao sentir o striper colocar suas duas mãos em sua barriga definida e rebolar a encarando

Dulce: que o Chris não saiba disso – dizia começando a se empolgar

Na casa de Alexandra.....

Christopher: bem agora vou embora – dizia depois de se trocar novamente

Rafael : como assim ? – perguntava

Christopher: tenho um programa hoje na televisa – dizia coçando a nuca

Diego : como assim hoje a noite? E a sua despedida meu rei – dizia

Christopher: despedida? Achei que já tivesse sido – foi interrompido

Ansur: shiiii , aquilo foi um agradinho papai – dizia – a festa é hoje e você vai nem que tenhamos que te seqüestrar Uckermann – dizia ameaçador

Christopher: é pra ter medo ? – perguntava encarando o amigo

Ansur: vai se ferrar Chris – dizia se afastando

Alexandra: cuidado com o que vocês vão aprontar hein – dizia seria

Rafael : tranqüila Ale , vamos entregar ele inteirinho amanhã na igreja , mais apartir de agora somos os guarda costas dele , certo pessoal – dizia encarando o resto dos amigo do irmão

Diego : eu, eu o Christopher se fu – foi interrompido

Christopher: então vamos ainda tenho muitas coisas pra fazer e pouco tempo – dizia se aproximando da mãe e se despedindo dela e do pai - certeza que não quer vir pai ? – perguntava
Victor: não - dizia – nos vemos amanhã na igreja - dizia

Assim que Alexandra escutou os carros saírem de seu jardim e o portão ser fechado se deparou apenas com Andrew e Victor .

Andrew: vou pra pista de skate – dizia já saindo apressado enquanto olhava alguma coisa no celular

Victor: a cada dia ele me lembra mais o Chris – dizia divertido – ora Alexandra muda essa cara é apenas uma despedida de solteiro – dizia

Alexandra; assim espero - dizia suspirando

As horas se passaram .....

Dulce gargalhou ao ver como estava , usava apenas um top e uma calcinha sentada na cama de seu quarto na casa de seus pais totalmente suja de batom com frases e desenhos muito sugestivos .

Paty : não acredito que você não quis dar um beijinho naquela delicia de striper – dizia a encarando

Dulce: você podia ter beijado – dizia limpando a barriga onde havia a frase “lembrança da anaconda”

Sam :foi divertido – dizia suspirando

Dulce: ta tudo muito bom mais eu tenho que me arrumar , tenho rbd ainda gente – dizia suspirando

Sam : ok vamos com você – dizia

Dulce: como assim ? – perguntava encarando a amiga

Paty : recebemos um pedido muito fofo de um certo noivo pedindo pra cuidarmos bem das mulheres dele sabe – dizia mostrando a mensagem que Chris havia mandado

Dulce apenas sorriu nem siquer reclamou

Mel : e não se preocupe os rapazes estão com ele – dizia

Nesse instante o sorriso de Dulce desapareceu .

Mel : eu falei alguma coisa que não devia ? – perguntava perdida

Quase todas gargalharam pelo semblante de Dulce e pela de Mel.

O relogio marcava quase 19:30 e vários carros paravam no estacionamento da Televisa incluindo uma van do grupo RBD .
De um lado surgiam Christopher, Diego, Ansur, Rafael, Victor e Christian que havia encontrado o grupo em um shopping por acaso.

Do outro lado surgiam Dulce, Sam, Paty, Claudia, Victoria , Zoraida e mais duas amigas que haviam chegado apenas para o casamento .

Paty : nem se tivéssemos combinado tinha saído assim – dizia

Rafael : isso vai ser interessante – dizia olhando fixamente Claudia

Da van surgiram Maite, Poncho , Anahí, Luisillo, Pedro e Guillermo .

Pedro : nossa eu perdi alguma coisa? – perguntava olhando todos parados ali no estacionamento

Christopher: não sei vocês mais eu estou atrasado – dizia piscando encarando a noiva

Dulce: eu ainda tenho 3 meses – dizia divertida acariciando o ventre

Christopher sorriu e piscou e logo saiu correndo feito um raio sendo seguido pelos amigos .

Sam : ARRASTÃO NA TELEVISA – gritava

Dulce: Sam – dizia prendendo o riso enquanto observava Christopher correr sendo seguido pelos amigos até desaparecer de sua visão.

Algum tempo depois....

Os corredores estavam agitados , a produção do programa corria contra o tempo.

Enquanto no camarim do Rbd....

Dulce acariciava sua barriga sentada , tentando em vão fazer Luna parar de chuta-la , Maite mechia no celular sem ao menos piscar, Anahí retocava a maquiagem , Christian olhava de canto de olho Bj que havia surgido com Guillermo e Poncho apenas observava .

Poncho: vai ficar todo mundo assim ? mudo ? – perguntava

Anahí : fica quieto Poncho que só de você pensar já esta errado – dizia revirando os olhos

Christian: ai não comecem – dizia impaciente – quando esse programa vai começar hein? – perguntava tentando ignorar o ex- marido

Guillermo: nossa eu já tinha ouvido que o clima não estava dos melhores mais não imaginei que estivesse assim – dizia tentando descontrair

Christian : fica na sua Guillermo – dizia serio

Enquanto o clima no camarim do grupo continuava tenso em outro camarim o clima era o oposto .

Christopher : e os seus “meninos” ? – perguntava observando Luisillo

Luisillo : nem me fala esses últimos dias esta sendo um inferno – dizia revirando os olhos – mais esquece eles e me conta como foram as coisa na Colômbia ouvi ótimos comentários sobre você – dizia

Christopher: fiz o meu melhor – dizia simples

Luisillo apenas sorriu de lado .

Alguns tempo depois ....

A histeria havia tomado conta , gritos, choros eram os mais escutados .

No palco o grupo Rbd havia acabado de cantar ao vivo a musica Inalcanzable .

Apresentadora: bem vindos Rbd – dizia animada se aproximando do grupo

Anahí : nós que agradecemos o convite – dizia simpática

O publico não parava de gritar porém os gritos mais intensos eram pra Dulce e sua linda barriga de 6 meses .

Apresentadora: bem atendendo a pedidos – dizia encarando Dulce – como esta a futura mamãe do Rbd ? – perguntava sorrindo

Dulce respirou fundo esses tipos de brincadeiras a irritavam de um jeito que nem ela mesma entendia , suspirou pegando o microfone do pedestal e respondeu

Dulce: ótima – dizia com um sorriso forçado tentando ignorar a roupa decotada da apresentadora

Apresentadora: não é por dizer mais você parecendo uma boneca – elogiava

Enquanto isso nos bastidores ....

Christopher acompanhava tudo por um monitor, negando com a cabeça sabia como Dulce ficava irritada quando esquecia o seu trabalho e apenas insistiam em falar da gravidez.

Guillermo : ela esta irritada não ? – perguntava analisando as imagens

Christopher se limitou a olhar de canto de olho Guillermo

No palco ....

Apresentadora : vamos conversar um pouco – dizia se sentando em um enorme sofá onde todos do grupo já estavam – como estão se sentindo afinal o fim se aproxima – dizia

Christian: é difícil , mais sabíamos que esse dia chegaria – dizia serio

Alfonso : nostálgicos eu diria – falava

Anahí : tirou a palavra da minha boca Ponchito – dizia piscando

Maite: é o fim de uma etapa pro começo de outra – dizia sem sentimentalismos
Dulce: tudo tem que se renovar , por mais que seja difícil – dizia acariciando a barriga em um gesto automático de proteção

Apresentadora: já sabem onde vai ser o ultimo show ? – perguntava notando como a platéia ficava em silencio

Anahí : bem muito se falou sobre esse ultimo show – dizia olhando o publico - primeiro falaram que seria apenas no proximo ano, depois falaram que não teria um ultimo show, depois voltaram a falar do proximo ano – dizia divertida - o que eu posso dizer é q eu o ultimo show já esta marcado, será nesse ano porque – dizia olhando Dulce - bem temos um baby a caminho e não queremos que nasça no palco – dizia divertida

Dulce: não vai nascer – dizia sorrindo

Anahí : o local segundo o Pedro , vai ser informado nos próximos dias – dizia um pouco seria

A apresentadora percebendo o clima nostálgico , decidiu mudar o rumo da conversa .

Apresentadora: agora eu tenho uma surpresa , talvez pra vocês não porque já devem ter visto o meu convidado mais garanto que será u ma ótima surpresa pros fãs- dizia - acontece que hoje além do grupo Rbd , tem um rapaz muito lindo que veio divulgar um novo trabalho – dizia se levantando – ele canta, atua , dança , mais não se animem garotas ele é comprometido – dizia misteriosa

O burburinho começou afinal todos se perguntavam quem seria o convidado

Apresentadora: já sabem quem é meu convidado ? – perguntava notando o olhar de curiosidade da plateia – ok não vou ser malvada – dizia – entra meu convidado misterioso – chamava

De repente gritos ensurdecedores foram escutados , afinal Christopher Uckermann estava no mesmo palco que o RBD.

Apresentadora: bem vindo Christopher ,acho que não preciso te apresentar ninguém não é ? – perguntava divertida

Christopher sorriu apenas negando

Apresentadora : venha vamos dar esse presente pros faz do Rbd – dizia puxando Christopher pro sofá onde estavam os outros – vejam Rbd completinho – brincava

Christopher: se você esta dizendo – dizia dando de ombros

Apresentadora: mais o que te trouxe aqui novamente ao México , sim porque todos sabemos que você não mora mais no nosso pais – dizia

Christopher: trabalho , trabalho e – olhou Dulce de canto de olho – mais trabalho

Apresentadora: vou deixar vocês um pouco quietos ta Rbd – dizia voltando toda sua atenção para Christopher- nos fale um pouco sobre esse novo trabalho Chris- dizia


Dulce arqueou a sobrancelha ao escutar o modo como a apresentadora falou com o noivo .

Christopher começou a falar sobre a serie, de como havia sido morar na Colômbia , e assim o programa prosseguiu o que estava deixando os fãs do Rbd encantados afinal a quanto tempo não viam os 6 juntos .

Apresentadora: eu sei de fontes segurissimas que tem casamento a vista no RBD , só quero saber porque não fui convidada? – perguntava seria

Christopher permaneceu normal , já Dulce apenas suspirou sabiam que muitos meios estavam de olho neles ainda mais depois que a gravidez veio a publico porem tinham combinado de não comentarem sobre o casamento

Christian : eu aposto na gravidinha aqui – dizia divertido atiçando a todos

Maite: hein ? – perguntava

Anahí desviou o olhar pra o publico

Alfonso ficou calado , como sempre

Apresentadora: estou esperando uma resposta – dizia divertida

Christopher: que resposta você quer ouvir ? – perguntava divertido – que eu a Dul vamos nos casar sim , em algum momento que não é agora – dizia na cara lavada – um casamento exige preparativos não se pode fazer nada da noite pro dia – dizia

Dulce: e além disso eu não tenho paciencia – dizia revirando os olhos mal humorada e enciumada pela proximidade da apresentadora com o noivo


Enquanto isso na casa dos Saviñon....

Claudia: mais são dois atores mesmo – dizia e logo gargalhava

Blanca: caras de pau , se ela soubesse que o casamento foi armado em menos de 2 meses – dizia divertida

Fernando : Dulce esta brava – dizia

No programa ....

Estavam no intervalo comercial ....

Dulce : se divertindo Uckermann? – perguntava estreitando os olhos

Christopher sorriu divertido a vários minutos havia percebido os olhares assassinos de Dulce para a apresentadora

Christopher: muito , afinal não é todo dia que a minha mulher fica com ciúmes de mim pro pais todo ver – dizia divertido

Dulce: vai a merda Christopher – dizia mal humorada

Christopher: não – dizia puxando as mãos da noiva que estava de pé na sua frente ouvindo a histeria dos fãs que recebiam autógrafos dos outros do grupo – não fica bravinha vai , eu não to fazendo nada e além disso já vamos passar a noite separados ,não quero você brava comigo – dizia quase sussurrando

Dulce franziu a testa e o encarou

Dulce: separados? – perguntava

Christopher: vou pra casa da minha mãe e você pra dos seus pais , pelo menos me falaram isso – dizia confuso

Dulce: eu não vou conseguir dormir – dizia quase chorando

Christophe ser levantou a abraçando

Christopher: hei claro que vai – dizia sussurrando

Dulce: não vou e eu sei disso – dizia suspirando e prendendo o choro

O programa seguiu , porem com Dulce agora sentada ao lado de Christopher o que matou umas dezenas de fãs .

Assim que o programa terminou Christopher foi cercado por uma multidão de fãs e os atendeu sem se importar com os arranhões que levava o fato de finalmente ser reconhecido por seu trabalho era algo que o deixava radiante.

Quase meia hora depois ....

Christopher chegava ao estacionamento onde parecia acontecer uma discussão . Se aproximou e viu a confusão .

Poncho discutia com Rodrigo namorado já não tão misterioso de Anahí .

Anahí : PARA – gritava tentando controlar pelo menos o namorado que estava visivelmente irritado

Rodrigo : VAI DEFENDER ESSE IDIOTA ? – berrava

Anahi : PARA DE ESCANDALO AQUI – respondia no mesmo tom

Maite: PARADOS TODOS ! cada um pro seu canto e chega – dizia

Christian : afinal porque vocês estão brigando que eu ainda não entendi ? – perguntava encarando Dulce que parecia entediada

Dulce: os dois ai dormiram de calça jeans e a Anahí não transa a dias – dizia mal humorada

Anahí : Dulce Maria – dizia

Dulce: QUE? A GRAVIDA AQUI SOU EU , EU QUE ESTOU COM UAM BARRIGA ENORME, OS SEIOS DOLORIDOS E SENSIVEIS , OS HORMONIOS A FLOR , DA PELE , COM DORES NAS COSTAS, AS MINHA PERNAS ESTÃO INXADAS E EU NÃO TÔ BRIGANDO NEM RECLAMANDO , AGOR ASERÁ QUE OS TRES PODEM PARAR DE FRESCURA PORQUE EU TÔ CANSADA – dizia suspirando

Todos olharam Dulce incrédulos ainda não estavam acostumados com as explosões hormonais dela .

Christopher: melhor não contrariar – dizia se aproximando e beijando os lábios da noiva


O tão esperado dia finalmente havia chegado ....

O relógio marcava recém 06:00 da manhã e duas pessoas andavam silenciosos pela casa dos Saviñon .

Christopher: minha mãe deve estar maluca – sussurrava

Dulce: foi por uma boa causa – dizia no mesmo tom

Christopher: eu vim pra te ajudar a dormir e não foi bem isso que você fez – acusava

Dulce: olha aqui Uckermann – dizia o segurando pela gola da camiseta – eu sou a gr ávida, eu sou a noiva e eu tenho desejos então apenas cumpra-os – dizia roubando um selinho dele - nos vemos na igreja – dizia com o olhar brilhante

Christopher: não me faz esperar muito – pedia roçando os lábios nos dela – até mais tarde – dizia saindo sem fazer barulho da casa

Dulce fechou a porta com o maximo de cuidado e se recostou na parede observando o relógio

Dulce: daqui a algumas horas serei uma Von Uckermann – dizia suspirando –

As horas passaram em um piscar de olhos ..... 10:30 já marcava o relógio , e a correria na casa dos Saviñon tomava conta .

Dulce; eu to com fome – se queixava enquanto se via cercada por bj e sua equipe

Bj : minha rainha só um minuto – pedia

Dulce: nenhum minuto , estou com fome – dizia birrenta

Enquanto isso na casa de Alexandra .....

Christopher: relaxa mãe – dizia prendendo o riso

Alexandra: CHRISTOPHER ALEXSANDERLUIS CASSILLAS VON UCKERMNN EU ESPERO QUE ESSA SUA NOITE DE FARRA NÃO A TRAPALHE O SUE CASAMENTO QUE A PROPOSITO É DAQUI A ALGUMAS HORAS – dizia irritada e logo saia do quarto do filho

Christopher: garanto que a noiva esta satisfeita – dizia risonho

Na igreja ....

Varias pessoas já chegavam porém o que começava a chamar atenção era não só os seguranças que estavam ao redor do local como também alguns famosos que chegavam ao local.

Alguns meio de comunicação estavam no local porém não sabiam quem se casaria naquela igreja tão tradicional .

Nas redes sociais , o clima não estava diferente uma vez que tanto Christian como Anahí e até mesmo Pedro haviam feito comentários desejando muitas felicidades mais sem revelarem os nomes ou motivo para as felicitações . Especulações tomavam conta.

O relógio marcava 11:30 em ponto quando um silêncio tomou conta da casa dos Saviñon . Dulce descia lentamente as escadas já vestida de noiva .

Dulce: como estou ? – perguntava observando seus pais e suas irmãs

Claudia: uma princesa – dizia

Blanca: maravilhosa – dizia

Fernando se aproximava ajudando a filha a descer o ultimo degrau e beijou sua testa

Fernando : onde esta a minha menina ? – perguntava – quando você se tornou essa mulher Dulce – dizia emocionado

Dulce: não me faz chorar pai – pedia suspirando

Na casa de Alexandra .....

Christopher: prontinho – dizia olhando Alexandra com seu longo vestido azul claro

Alexandra: você esta lindo meu amor – dizia dando um selinho no filho – eu espero que você e a Dulce sejam muito felizes e me dêem muitos netos – dizia emotiva

Christopher: mãe , te amo , obrigada por ter me feito o homem que eu sou hoje – dizia serio

Alexandra: eu spo dei uma ajudinha – piscava – o resto você fez sozinho – dizia – agora chega de sentimentalismo porque – parou de falar ao escutar algumas bozinas - o que é isso ? – perguntava pegando sua bolsa de mão e saindo da casa seguida por Christopher

Assim que abriram e alguns carros parados um atrás do outro buzinavam sem parar.

Diego : VAMOS PRA FORCA UCKERMANN – berrava de um dos carros

Rafael : VAMOS NOIVINHO – berrava também

Ansur: ANTES QUE A NOIVA DESISTA – gritou de outro carro

Christopher apenas gargalhou divertido enquanto sua mãe apenas negava com a cabeça enquanto via o filho entrar novamente na casa e logo sair com seu próprio carro.


Alguns minutos depois .....

Os carros paravam na frente da igreja e logo todos saiam causando alvoroço na imprensa que estava no local na tentativa de descobrir quem era o noivo. Christopher com a ajuda dos amigos e irmãos entrou passando desapercebido pra dentro da igreja . Respirou aliviado , porém o nervosismo tomou conta ao notar a igreja praticamente cheia . Sentiu o coração acelerar ao rever amigos e pessoas importantes em sua vida e na de Dulce .

Seus olhos se fixaram no altar decorado com rosas brancas e delicados botões de rosas vermelhas . Sentiu Alexandra entrelaçar seu braço ao dele e sorriu logo seria um homem casado .


E mais uma vez o tempo passou .....

Christopher: não esta demorando muito não ? – perguntava já agoniado com a demora de Dulce , afinal já tinha quase uma hora e meia que ele estava esperando

Alexandra: noivas atrasam é tradição – dizia piscando

Christopher: não gostei dessa tradição - dizia bicudo

De repente uma musica começou a ser ouvida na voz de Thalia , fazendo todos se levantarem ao ver as portas da igreja se abrirem e Dulce surgir segurando um delicado terço de cristais ao invés do tradicional buquê .

Christopher sentiu o corpo todo tremer ao ver Dulce , jamais havia visto ela tão linda.
Seu vestido era tomara que caia todo rendado o que de uma certa forma ocultava a barriga que apenas era notada de perfil . Dulce tinha os cabelos presos em um coque com delicadas e pequenas rosas nos cabelos . Usava apenas um delicado pingente no pescoço e tinha a maquiagem leve porem marcante .

A musica continuava até que Dulce de braços com Fernando chegaram na frente de Christopher . Ambos apenas se olharam esperando a musica terminar , mais em silencio conversavam .

Assim que Thalia parou de cantar ....

Fernando : cuida bem dela hein – dizia encarando Christopher

Christopher: com a minha vida – dizia pegando a delicada mão de Dulce e olhando o sogro se afastar e ficar ao lado de Blanca no altar , sorriu e se abaixou dando um beijo na barriga de Dulce o que quase a fez chorar – sem choro – sussurrou ficando de frente ao padre .

Do lado de fora da Igreja ...

A confusão estava armada , afinal muitos fotógrafos conseguiram registrar imagens de Dulce Maria vestida de noiva e já começavam a noticiar o casamento do ano Dulce Maria e Christopher Uckermann.

Dentro da igreja ....

Todos já estavam sentados em seus acentos e ouviam atentos as palavras do padre que discursava sem parar diante de Dulce e Christopher .

Blanca derramava discretas lagrimas , assim como Alexandra , Fernando tentava a todo custo conter as lagrimas mais era inevitável não se emocionar afinal era sua filha mais nova se casando naquele momento . O pai de Christopher por sua vez olhava tudo nostálgico se recordando dos momentos com o filho e logo se imaginando com sua neta.

Claudia olhava com os olhos brilhantes e ouvia tudo atentamente sem perceber que era observada . Já Bianca estava mais preocupada em observar Rick que era só cuidados com Ilza que exibia orgulhosa sua barriga de 4 meses . Desviava o olhar ao perceber que Rick as vezes olhava em sua direção e logo sorria ao ver a enorme barriga , franziu a testa em uma das vezes em que fez isso pois sentiu um leve incomodo na barriga.

O sermão do padre continuava emocionando a todos que sabiam da historia do casal.

Do lado de fora programas de fofoca já transmitiam ao vivo o que estava levando os fãs a loucura .

Voltando pra dentro da igreja ....

O sermão do padre havia terminado e agora era com os noivos que falariam seus votos.

Dulce e Christopher que até então estavam ajoelhados diante do padre , ficaram em pé de frente um para o outro e muito sorridentes .

Dulce respirou fundo

Dulce: Desculpa por não ser suficiente; por fazer tudo quase sempre errado, por tão idiota como eu sou. Eu sou assim, toda errada, toda cheia de defeitos. Me desculpa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:21 pm

por todas as vezes que não pude estar do seu lado, que não te ajudei quando você precisou, me desculpe por errar tanto assim com você; com nós. Eu tento de todas as formas ser a pessoa que você tanto sonhou, a que mais te faz sorrir, que está do seu lado sempre, mas também dói em mim não ser assim - franzia de leve a testa - Porque dói ter esse vazio aqui, sem ter você pra preencher, sem ter nada, sem sentido. Olhar pra trás e ver o que éramos, e o que podíamos ser por minha culpa; por ser tão idiota eu quase consegui acabar com tudo – dizia com a voz um pouco embargada enquanto Christopher a olhava fixamente sem nem piscar- Com que a gente era um pro outro, com o que significávamos, porque realmente o que eu mais quero é você. Sabe, é difícil passar por cima desse meu orgulho, abaixar a cabeça e mostrar o verdadeiro lado que doe tanto quando não estou com você. E metade dele é ciúmes, junto com medo de te perder e o peso na consciência de não ser “desse jeito”. De não poder te abraçar toda noite e dizer o que eu sinto de verdade, de não poder te beijar, de não poder te tocar. Desculpa amor… por te amar tanto e depender tanto de você, desculpa esse meu jeito idiota de ser, de garota mimada e boba – sorria de leve - Mas saiba antes de tudo que eu não desisti, que pode ter um novo começo; um novo “nós” dizia sorrindo abaixando os olhos pra sua barriga - Me permite ser só sua, sua princesa, ser o motivo do teu sorriso. Me permite, entrar na sua vida e nunca mais sair? Eu te amo - dizia sem conter a lagrima que finalmente escorreu

Christopher sorriu não somente com os lábios mais com os olhos. Delicadamente secou a lagrima que escorreu pelo rosto de Dulce . Sua vontade naquele momento era beija-la e não parar nunca mais , porem sabia que agora era a sua vez , suspirou percebendo que muitos já choravam em silencio em seus acentos

Christopher: Gosto do seu jeito de falar, da sua forma de pronunciar o meu nome quando esta irritada, dos inúmeros jeitos de me chamar carinhosamente – dizia sorrindo - Ainda mais quando são antecedidos de meu , como eu a chamo de minha. Mas não com o significado de posse, mas como o verdadeiro pronunciar do quão existe de você em mim e o meu eu em você- dizia a encarando sem soltar a delicada mão de Dulce que tinha os olhos marejados- Gosto da forma em que sussurra no meu ouvido. As palavras bailam na minha mente, em cada parte da minha alma , aconchegando o meu coração- dizia - Do seu olhar que me envolve, me hipnotiza de tamanha beleza e me faz cada vez mais amar você - parece que sorri por eles (que sorriso lindo por sinal) - dizia arrancando sorriso de todos na igreja ate mesmo do padre - Gosto da forma que entrelaça as suas mãos nas minhas. Como brinca com os meus dedos e depois reclama da aliança no dedo anelar, e depois de como sorri só de imaginar… Gosto quando me inclui no seu presente e em todos os seus planos futuros. Gosto de ver cada expressão sua, cada mínimo gesto seu. Gosto da forma que cuida de mim. Das suas ações, manifestações, gestos, trejeitos. Te gosto por inteiro - até os seus defeitos- dizia serio parecia estar em um mundo só deles- Gosto da forma que me torna único aos teus olhos. Gosto do que me transformou . Gosto de ser amor, de exalar amor por você. Te amo de todas as formas possíveis e de todos os ângulos. Gosto da nossa vivencia juntos, do nosso laçar, da nossa eternidade, ah amor, como eu gosto de te amar. Gosto tanto, que eu a amo, te cuido, te venero, te mimo- dizia terminando seu voto e novamente enxugando a lagrima insistente da noiva

O padre voltou a falar . Enquanto isso muitos tentavam disfarçar a emoção que tomou conta de todos com os votos dos noivos .

Claudia: nossa eles se superaram – dizia emocionada

Paty : eu quero um noivo assim – dizia secando as lagrimas do rosto
Sam : gente não sei quem foi mais lindo – dizia

Bianca: já ouvi votos melhores – dizia franzindo a testa o incomodo na barriga estava voltando e parecia mais forte

Claudia: tudo bem ? – perguntava encarando a irmã mais nova

Bianca: maravilhosamente bem – dizia sem dar o braço a torcer

Claudia apenas observou a irmã , por algum motivo estava achando Bianca estranha , talvez fosse pelo fato de estar no mesmo ambiente que o ex-marido e a atual mulher pensou voltando a prestar atenção na cerimônia.

O padre falava e falava sem parar até que chegou o momento mais esperado . Christopher se levantou assim como Dulce e logo uma pequena garotinha de cabelos castanhos e usando um lindo vestidinho branco com um laço rosa na cintura entrou saltitante na igreja segurando uma pequena cesta e arrancando sorriso de todos . A garotinha em questão era a filha de Tommy Mottolla , Sabrina de apenas 4 anos.

Tommy : eu preciso filmar isso – dizia pegando o celular

Thalia : não sei quem essa menina puxou – dizia desviando o olhar

Tommy : não sabe mesmo – dizia divertido levando uma delicada bolsada da esposa

Sabrina chegou sorridente até os noivos . Christopher se aproximou e se abaixou ficando da altura da menina e sorriu

Christopher: obrigada Sabi – dizia

Sabrina: obrigada não cadê meu beijo – dizia oferecendo a bochecha pra Christopher que sorriu e logo beijou a menininha que por sua vez olhava Dulce – você parece a branca de neve – dizia reparando na pele clara de Dulce e os cabelos negros

Dulce: obrigada , você é muito linda sabia – dizia sorridente

Sabrina sorriu e logo arregalou os olhos castanhos

Sabrina: eu já vou porque a tia chata vai brigar comigo – dizia estreitando os olhos e saindo saltitante em direção aos pais e mostrando a língua pra ... Blanca

Dulce sorriu assim como Christopher e logo voltaram as suas posições. O padre abençou as alianças e logo Christopher pegou a primeira , respirando fundo o sonho estava se tornando realidade , pensou enquanto segurava a mão de Dulce.

Christopher: eu Christopher Alexsander Luis Cassillas Von Uckermann te recebo Dulce Maria com esta aliança – deslizava o anel no delicado dedo – prometo te amar, respeitar , estar do seu lado na saúde e na doença ,na alegria e na tristeza , na riqueza e na pobreza , por todos os dias da minha vida – dizia

Dulce respirou fundo pegando a outra aliança

Dulce: eu Dulce Maria Espinoza Saviñon te recebo Christopher Alexsander Luis Cassillas Von Uckermann – respirou causando risos em Christopher – com esta aliança , prometo te amar , respeitar, estar do seu lado na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza , na alegria e na tristeza por todos os dias da minha vida – dizia terminando de deslizar o anel

Ambos se voltaram novamente para o padre .
Padre: alguém aqui tem algo contra a união deste casal ? – perguntava e um silencio tomou conta .

Claudia que observava Bianca percebeu que a irmã iria falar algo rapidamente tampou a boca de Bianca que mordeu a mão de Claudia que agüentou firme , mesmo sentindo uma dor imensa .

Padre: pelos poderes a mim outorgados eu os declaro marido e mulher - dizia sorrindo – pode beijar a noiva – dizia

Christopher sorriu assim como Dulce agora eram um do outro pra toda a eternidade . Dulce sorriu deixando a emoção fluir e logo sentiu os lábios do marido selarem os seus . O beijo foi calmo e carinhoso mais foi interrompido pelo grito de Bianca .

Bianca: AHHHHHHHHHHHHHHHH TA DOENDO – berrava

Christopher e Dulce se separaram assustados e logo viram como Blanca corria pra perto da filha. Dulce por instinto queria ir mais Christopher a conteve.

Blanca: o que você tem filha ? – perguntava se aproximando

Bianca: ta doendo mãe – dizia se contorcendo

Claudia: acho que ela esta em trabalho de parto – dizia olhando sua mão com a marca dos dentes da irmã

Rick : eu levo ela pro hospital – dizia se aproximando

Bianca: COM VOCê EU NÃO VOU A NENHUM LUGAR – dizia brava

Blanca: você não esta em condição de escolher – dizia seria – é a sua filha – dizia

No altar ....

Dulce: o que esta acontecendo? – perguntava sem entender

Alexandra se aproximou deles e falou

Alexandra: minha querida parece que sua irmã entrou em trabalho de parto – dizia com calma afinal Dulce também estava grávida

Dulce: elas vão ficar bem não? – perguntava

Christopher: claro , olha o Rick saindo com ela – dizia olhando os dois saindo sendo seguidos por Claudia e Blanca pela lateral da igreja para evitar a imprensa

Dulce: não vou ser uma má irmã por querer ficar aqui vou ? – perguntava insegura

Alexandra: claro que não – dizia carinhosa – sua irmã só precisa do pai do filho dela – dizia

Christopher: olha pra mim – pedia – hoje é o nosso d ia e quer melhor prova que a sua sobrinha nascer hoje? É uma vida chegando e isso é maravilhoso meu amor , depois levamos algo maravilhoso pra elas na maternidade – dizia

Dulce suspirou e logo percebeu os olhares de todos nos dois .

Ansur: EHH VIVA OS NOIVOS – gritava abrindo as portas da igreja sendo seguido pelas amigas de Dulce

Assim que as portas se abriram os flash dispararam e uma chuva de pétalas de rosas tomou conta assim como a algazarra promovida pelos amigos dos noivos que não paravam de animar a todos . Christopher e Dulce surgiram de braços dados e sorridentes .

Logo ouviram o coral

BEIJO, BEIJO, BEIJO

Christopher sorriu travesso se lembrando dos shows do Rbd quando gritavam na hora em que tinha que beijar Dulce .

Sorriu e logo ficou serio se aproximando da esposa e logo lhe dando um beijo digno dos tempos de Rebelde .Ouviram ao fundo a voz de Ninel Conde dizendo algo que nenhum dos dois entendeu.

Enquanto isso a caminho da maternidade ....

Rick dirigia o mais rápido que podia já que Bianca não parava de gritar ou reclamar pelas contrações que estava sentindo .

Claudia: precisa de tanto escândalo ? – perguntava sentindo a mão dormente pela mordida da irmã

Blanca: não , mais fica quieta filha – dizia baixo – meu amor já vai passar – dizia tentando acalmar a filha


Bianca; AHHH MÃE TIRA ESSA COISA DE MIM - berrava se contorcendo no banco do carona

Rick : é o nosso filho não uma coisa – dizia serio

Bianca: CALA A BOCA VOCÊ ME ABANDONOU , NÃO TEM DIREITO SOBRE ESSE BEBÊ – dizia gritando o que fez Rick a encarar por segundo serio


Blanca: querem parar os dois – dizia seria

Alguns minutos depois chegaram finalmente a maternidade onde a médica de Bianca já os aguardava .

Médica: a quanto tempo esta com contrações ? – perguntava

Blanca: acho que mais de uma hora – dizia

Bianca: FAZ ESSA DOR PARAR – berrava

Médica: calma Bianca - dizia tranqüila – vou precisar te examinar ainda

Bianca: CALMA? TEM UM BEBÊ QUERENDO SAIR DE DENTRO DE MIM E VOCÊ ME PEDE CALMA? VAI PRO INFERNO AHHHHHHHHH VÃO TODOS PRO INFERNO – berrava

A médica rapidamente encaminhou Bianca pra ser trocada para ser examinada e encaminhou Claudia para cuidar da mordida na mão.

Rick: doutora vai dar tudo certo não é? – perguntava serio

Médica: não vou mentir Rick a gravidez da Bianca foi cheia de altos e baixos , acredito que não vamos ter complicações no parto mais tudo pode acontecer – dizia saindo em seguida

Rick suspirou passando as mãos nos cabelos e logo tirou o terno e afrouxou a gravata se sentando em uma das cadeiras da sala de espera .

Enquanto isso em um grande salão de festas localizado na área mais nobre da cidade uma chuva de aplausos era ouvida .

Christian: VIVA OS NOIVOS ! – gritava no microfone assim que avistou o casal

Dulce e Christopher sorriram

Christian: OWW NOIVOS VOCÊS ESTÃO NAS MINHAS MÃOS - dizia de forma assustadora

Christopher e Dulce apenas se olharam sabiam que não sairia coisas boas de Christian.



Christian pigarreou e voltou a falar

Christian : quem vê esses dois assim apaixonados, felizes com os olhinhos brilhantes – dizia sorrindo encarando os amigos – não tem a menor idéia dos monstros que eles se tornam quando estão brigados ou com ciúmes – dizia encarando Dulce – não é Maria ? – perguntava

Dulce negou com a cabeça

Christian: pois eu tenho provas ta – dizia ameaçador – só quem faz parte do staff do RBD sabe quantas brigas , choros, ressacas e mais brigas nós agüentamos – dizia suspirando – mais como eu sou um cara muito legal eu vou dividir essas informações com vocês caros amigos - dizia divertido

Christopher e Dulce olharam um pro outro assustados e ao mesmo tempo curiosos pelo o que viria a seguir . As luzes do salão se apagaram e logo um telão enorme surgiu no palco e logo a frase “COMO CÃO E GATA “ e logo se escutava a voz de Dulce , que parecia estar bem irritada.

Nas imagens...

Dulce: FALA SEU SAFADO , PENSA QUE EU NÃO VI – dizia brava encarando Christopher

Christopher: QUER QUE EU FALE O QUE? SIM EU OLHEI OS PEITOS DELA ! – dizia irritado também – MAIS ESPERA AI VOCÊ É ALGUMA COISA MINHA? ACHO QUE NÃO NÉ , ENTÃO PARA DE AZIA – dizia e saia bravo

Dulce: IDIOTA, TE ODEIO CHRISTOPHER – gritava

No salão ....

De alguma forma Dulce tentava se esconder atrás de Christopher , estava envergonhada pelas imagens que haviam surgido, enquanto Christopher sorria divertido .

Novas imagens....

Christopher: AI MEMINHO , LINDO MEU AMOR, O HOMEM DA MINHA VIDA – dizia imitando a voz aguda de Dulce – IDIOTA, BABACA, AHH DULCE EU ESPERO QUE VOCÊ A MAIOR CORNA DE TODO O MEXICO , A MINHA PRAGA VAI PEGAR – dizia espumando de raiva
Poncho : ta bravo porque a Dulce ta namorando aquele idiota ? – perguntava

Christopher: BRAVO? EU ? IMAGINA ! – dizia virando de uma vez um copo de tequila

Christian: acho que alguém esta com ciúmes – dizia surgindo nas imagens com os cabelos rosas

Christopher: EU COM CIUMES DA DULCE? – perguntava e logo gargalhava – se ela quer ser corna o problema é dela eu vou me divertir que eu ganho mais – dizia serio

No Salão ....

Agora era Christopher quem estava visivelmente envergonhado pelas cenas, enquanto Dulce achava graça .

No telão a frase “XIFRE TROCADO NÃO DOI” ... nas imagens....

Dulce: ta com medo de mim ? – perguntava encarando Christopher

Christopher: seu namoradinho não vai curtir isso Dulce – dizia quase sussurrando

Dulce: não to vendo o Memo aqui – dizia

Christopher: pro inferno – dizia e logo puxava Dulce pela cintura lhe dando um beijo muito intenso .

No salão apenas se ouvia assobios e risadas. Christopher sorriu encarando Dulce que também sorria , afinal se Memo a xifrou ela também o fez.

Novas imagens....

Christian: hei, perai Diego e Roberta é só na novela ou não ? – perguntava surgindo nas imagens agora com os cabelos rouxos

Dulce: sim Diego e Roberta só na novela – dizia seria

Christopher: na vida real é Dulce e Christopher – respondia sorrindo

Maite: vocês... vocês estão juntos ? – perguntava surpresa

Christopher: então Dulce é sim ou sim – dizia serio

Dulce; já que não tenho escolha – dizia se jogando nos braços de Christopher que a abraçava por trás

Christopher: é acho que meu tempo de farra acabou – dizia bicudo

Logo a palavra “GENIOSOS”

Christopher: O QUE FOI AGORA ? – perguntava irritado

Dulce: VOCÊ SIMPLESMENTE SAIU COM AQUELES GALINHAS DOS SEUS AMIGOS E VOLTOU SÓ HOJE CEDO ! – berrava

Christopher: e? – perguntava tomando uma garrafinha de água

Dulce: COMO E? EU SOU SUA NAMORADA , MEREÇO EXPLICAÇÕES – berrava

Christopher : ahhh que linda ela quer explicações – dizia debochado – só me diz EU TE COBREI PELO FATO DE VOCÊ, SAM , PATY E IVALU SAIREM E SÓ VOLTARAM DOIS DIAS DEPOIS COM UAM RESSACA FEDERAL ? ACHO QUE NÃO NÉ E NEM A SENHORITA SE PREOCUPOU EM ME DAR EXPLICAÇÕES PORTANTO NÃO VOU EXPLICAR NADA E BOA NOITR TO CANSADO – dizia fechando a porta na cara da ruiva

Christian que aparentemente filmava

Christian: se ferrou chuck – dizia divertido

No salão ....

Risadas eram escutadas.

Uma nova frase surgiu “ mais assim como Diego e Roberta .... sempre se ajudavam”

Christopher chorava com intensidade nas imagens o que surpreendeu a muitos .

Dulce: olha pra mim , agora ele esta bem – dizia calma

Christopher: Dul – era o único que saia da voz embargada pelo choro

Dulce o abraçava forte sentindo como Christopher desabava em um choro intenso .

No salão ....

Dulce encarou Christopher , aquelas imagens haviam sido gravadas no exato momento em que Christopher havia recebido a noticia da morte do avô.

Outra imagem ....

Christopher: me escuta e u to com você mesmo que você não me queira – dizia serio

Dulce apenas chorava nas imagens e logo a voz de Christian surgia dizendo

Christian: tem que amar muito pra fazer isso hein – dizia

No salão ....

Dulce sorria sentindo Christopher a abraçar .
Uma nova frase “ nada melhor que assumir os sentimentos “

Christopher: VOCÊ É IDIOTA OU SE FAZ DULCE MARIA – gritava

Dulce: IDIOTA É VOCÊ – berrava

Christopher: OLHA PRO LADO DROGA , EU TE AMO SERÁ QUE NÃO PERCEBE ! – dizia

Dulce se calava e respirava fundo

Christopher: te amo como um idiota – dizia chorando em silêncio

No salão ....

Muitos estavam surpresos com a intensidade do casal.

Nova frase “ amigos ou inimigos”

Dulce: quer parar de rebolar – dizia seria

Christopher sorria sentindo Dulce o puxar pela calça jeans

Ivalu : rebola mais Chris – pedia

Christopher: não – dizia serio

Ivalu : manda ele rebolar Dul – insistia

Christopher: não quero – dizia – vou dar uma volta – dizia saindo

Dulce encarava Ivalu seria

No salão ....

Dulce: cobra – sussurrava

Christopher apenas olhou a esposa de canto de olho e sorriu disfarçado

Enquanto isso na Maternidade ....

Rick estava sentado em uma das cadeiras que ficava próxima a sala de parto onde Bianca havia sido levada , tinha a cabeça baixa e suspirava angustiado .

Na sala de parto ....

Bianca gritava sem ter mais forças

Bianca: eu não vou conseguir – dizia chorando

Blanca: claro que vai meu amor – dizia tentando acalmar a filha

Medica: Bianca eu preciso que você empurre – dizia seria – respire fundo e empurre com toda a sua força , seu filho quer nascer – dizia

Bianca piscou repetidas vezes respirando fundo e logo um grito agudo e muito alto ecoou na sala de parte dando a impressão que todo o mundo havia ouvido .

Do lado de fora...

Rick se levantou rápido olhando a porta da sala de parto que ficava a alguns passos de distancia apreensivo.

Na sala de parto ....

Um choro forte tomava conta . Bianca respirava aliviada com a cabeça recostada no braço da mãe que chorava encantada

Blanca: ele é lindo – dizia olhando o neto

Medica: aqui esta seu bebê Bianca – dizia colocando o pequeno bebê ainda sujo nos braços de Bianca

Bianca sorriu e Blanca chorou mais ainda era o primeiro sorriso verdadeiro da filha em meses

Bianca: oi meu amor , sou sua mamãe – dizia chorando sentindo o filho se acalmar em seus braços

O pequeno bebê apenas suspirou parecendo reconhecer a voz da mãe.

Enquanto isso na festa de casamento .....

Uma nova e ultima frase “ o futuro ou uma visão “

Christian: ok , essa agora é pra daqui a alguns anos hein ! como se imaginam daqui a alguns anos ? – perguntava

Anahí : continuo na musica – dizia sorrindo

Maite: atuando e cantando – dizia piscando

Poncho : atuando – dizia serio

Christian : eu continuarei sendo o gostoso do grupo – dizia palhaço

Dulce: a única certeza é que quero estar viva – dizia e logo gargalhava

Christopher: eu quero espero estar casado , com pelo menos um filho – pensava – não filha é uma menina - dizia sorrindo – e com uma carreira estável tanto como cantor e ator- dizia

Christian : ouviu né Dulce – dizia brincalhão

Dulce: a noiva não serei eu – dizia encarando Christopher

Christopher: veremos Dulce Maria – respondia a encarando também

Logo no telão surgiu a imagem de Dulce e Christopher abraçados porém com a barriga 6 meses dela exposta , estavam apenas abraçados , nem mesmo haviam percebido que tinham tirado aquela foto deles.

As luzes se acenderam e logo todos bateram palmas e sorriram ao perceberem que Dulce chorava copiosamente.

Christian : apesar de tudo isso que vocês viram e olha que só foi um pedacinho , eu acho que posso dizer em nome de toda a família RBD que nós desejamos o melhor pra vocês três – dizia já mais serio – a gente viu esse amor nascer e apensar de muitos jurarem que era apenas fogo de palha a maior prova que não era isso não é esse casamento mais sim esse baby que vocês estão esperando , e de verdade eu espero que vocês sejam muito felizes – dizia

Dulce: Christian , borrei minha maquiagem por sua culpa – dizia tentando parar de chorar

Christopher: nem sei o que dizer – dizia assim que Christian saia do palco


Dulce e Christopher se aproximaram de Christian

Dulce: você não existe Chris – dizia emocionada

Christopher: valeu mesmo – agradecia

Christian: tem que fazer media com o patrão de vez enquando né – dizia divertido

Enquanto isso na Maternidade....

Rick olhava abobalhado o filho pelo vidro do berçário

Rick : ele é lindo – dizia emocionado

Blanca: que a minha filha não me escute mais é a sua cara – dizia

Rick: como ela esta? – perguntava sem tirar os olhos do filho

Blanca: exausta , mais logo vai ter que acordar afinal logo tem a primeira mamada – dizia

Rick: sabe... sabe se ela pensou em algum nome? – perguntava sem jeito

Blanca: vocês não tinham escolhido nenhum ainda? – perguntava

Rick: eu pensei em um mais nunca conversamos sobre isso – dizia

Blanca suspirou

Voltando a festa ....

A musica rolava solta e todos dançavam na pista agitada . Porém uma certa noiva olhava tudo aérea .

Christopher: não dá mais tempo pra se arrepender – dizia divertido

Dulce: imaginou alguma vez que nós íamos acabar assim ? – perguntava

Christopher: a verdade ? – perguntava olhando a esposa afirmar – sempre mesmo quando estávamos separados – dizia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:22 pm

Dulce: Chris – dizia sorrindo e logo sendo abraçada

Christopher: escuta senhora Uckermann , já fomos envergonhados por nossos amigos e familiares, já cortamos o bolo e já abrimos a pista o que acha de fugirmos daqui ? – perguntava sussurrando

Dulce : acho uma ótima idéia – dizia sussurrando e dando um selinho demorado no marido

Enquanto isso na Maternidade....

Uma Bianca visivelmente cansada olhava atenta a porta do quarto se abrir e logo a imagem do ex- marido surgir .

Rick : oi , sua mãe disse que eu podia entrar – dizia – são pra você – dizia entregando um buquê de rosas brancas

Bianca: obrigada – dizia sem dar muita atenção as flores – já viu o bebê ? – perguntava

Rick : sim e ele é lindo e – foi interrompido pela porta se abrindo

Uma enfermeira com o pequeno bebê surgia sendo seguida por Blanca .

Enfermeira: hora da primeira mamada – dizia se aproximando da cama onde Bianca estava

Bianca suspirou pegando o bebê nos braços

Enfermeira: a primeira mamada vai incomodar um pouco mais depois você se acostuma – dizia – precisa de ajuda? – perguntava

Bianca apenas negou

Enfermeira: daqui a pouco venho busca-lo – dizia saindo do quarto

Um silêncio tomou conta . Que logo foi quebrado pelo choro fino e forte do bebê que reclamava de fome .

Bianca rapidamente aproximou o bebê de um de seus seios e abaixou a camisola que usava revelando o seio farto com o mamilo escuro e franziu a tes ta ao sentir o filho sugar com força .

Blanca: afinal qual o nome do meu neto ? – perguntava direta encarando o ex- casal

Bianca: não tínhamos decidido mais eu pensei em um – dizia olhando Rick

Rick : eu também pensei em um – dizia

Blanca: ok digam e eu digo se aprovo ou não porque se depender de vocês essa criança só vai ter um nome quando tiver dezoito anos – dizia seria

Bianca/ Rick : BERNARDO – dizia e logo se olhavam surpresos por terem pensado no mesmo nome

Blanca: Bernardo – repetia – lindo ! Bernardo da vovó – dizia animada

Bianca sorria pelo jeito da mãe .

Enquanto isso há alguns quilômetros do salão de festas ....

Dulce : quero tirar esse vestido – dizia se remexendo no banco do carro

Christopher: logo você tira amor – dizia acelerando o carro

Dulce; pra onde esta me levando ? – perguntava curiosa

Christopher: jura que não esta reconhecendo esse caminho ? - perguntava divertido

Dulce só naquele momento se atentou mais ao caminho e só então percebeu

Dulce: mais é – foi interrompida

Christopher: quietinha , mais uma surpresa pra você senhora Uckermann – dizia piscando

Dulce encarou o marido desconfiada e logo voltou a observar o caminho novamente. Suspirou ao ver como Christopher parava o carro e logo o encarou

Dulce: porque parou ? – perguntava

Christopher sorriu e tirou a gravata que usava se inclinando na direção dela e lhe vendando os olhos

Dulce: hein! Christopher- dizia já tentando descobrir os olhos

Christopher: só tira quando eu falar , por favor? – pedia sussurrando

Dulce: golpe baixo – respondia no mesmo tom buscando a boca do marido que se afastou travesso a deixando na vontade - malvado – reclamava cruzando os braços

Christopher voltou a ligar o carro e logo continuou o caminho .

Em questão de segundos o carro novamente foi desligado mais agora já estava no destino esperado por Christopher. Ele sorriu saindo do carro e dando a volta , abriu a porta e simplesmente pegou a esposa nos braços sem fazer força alguma.

Dulce: Christopher !vai me derrubar – dizia

Christopher: vou te derrubar se continuar se mexendo assim – dizia divertido

Dulce: porque ainda estou vendada? Nóis já chegamos? Responde? – perguntava curiosa

Christopher apenas sorria divertido pela curiosidade da esposa. Dulce ficou em silêncio tentando descobrir onde estavam mais era impossível afinal ele parecia flutuar ao invés de andar , não fazia ruído algum . Sentiu que o marido havia parado e logo se viu colocada de pé e ouviu o barulho do parecia ser uma porta e logo escutou

Christopher: vem – dizia – devagar – dizia a guiado pelas mãos

Dulce franziu a testa sentindo o um cheiro agradável e logo sentiu a gravata ficar frouxa e ser retirada de seus olhos.

Piscou algumas vezes e logo se deparou com seu antigo quarto totalmente diferente , iluminado por pequenas velas em pontos estratégicos no quarto e muitas pétalas de rosas vermelhas espalhadas no chão e no lençol formando a frase “eu te amo” . Olhava encantada tudo aquilo quando ouviu .

Christopher: o que achou ? – perguntava a encarando

Dulce se abaixou e pegou algumas pétalas do chão e logo se levantou encarando o marido .

Dulce: te amo – dizia se aproximando lentamente e logo sentindo os lábios de Christopher sobre os seus.

Enquanto isso na maternidade...

Blanca havia saído do quarto deixando Rick com Bianca e o filho .

Rick: ele parece ser bem guloso – dizia observando o modo como Bianca segurava o bebê que parecia sonolento depois de mamar e dar um pequeno arrotinho

Bianca: sim , dizem que o meninos são mais esfomeados – dizia suspirando – acho que precisamos conversar sobre nóis dois – dizia franzindo a testa

Rick : Bianca não é hora e nem lugar pra isso ok , quando você estiver em casa e recuperada conversamos , precisamos esclarecer muitas coisas – dizia serio

Bianca: só me deixa dizer uma coisa – dizia o encarando – me desculpa pela bruxa que eu me tornei , usei a gravidez pra colocar tudo que eu odiava pra fora - dizia seria

Rick : já passou – dizia desviando o assunto – eu preciso ir , mais será que eu posso segurar ele um pouco ? – perguntava olhando o filho

Bianca: claro – dizia se ajeitando e logo sentindo o ex-marido pegar o filho nos braços

Rick: oi Bernardo , sou seu papai campeão – dizia abobalhado – você é tão lindo – dizia dando um beijo na pequena cabecinha do filho .

Bianca apenas observava , se sentindo culpada .

Depois de alguns minutos com o pequeno Bernardo nos braços Rick o colocou no berço que estava ao lado da cama de Bianca e a encarou.

Rick: boa noite Bianca , descanse – dizia baixo e logo saia do quarto

Bianca apenas suspirou fechando os olhos e logo os abrindo se deparando com o filho adormecido.

Enquanto isso .....

Dulce sorria anestesiada sentindo as caricias do marido em seu corpo . Estava deitada na cama usando ainda a minúscula calcinha branca de renda quando sentiu os lábios macios de Christopher pousarem em sua barriga distribuindo muitos beijos e logo se viu nua .

Christopher: você é a mulher mais sexy que eu já vi meu amor – dizia sussurrando e logo descendo lentamente seus beijos pela virilha da esposa até seus lábios pararem na vagina úmida da mulher que gemeu alto e manhosa .

Se perdeu por muitos minutos se dedicando a acariciar a esposa ate senti-la derreter em sua boca. Sorriu travesso ouvindo a respiração ofegante da mulher e logo ficou de joelhos na cama revelando o peitoral definido e com pouquíssimos pêlos. A observou corada, com uma fina camada de suor , os cabelos negros soltos e os lábios avermelhados , sentiu seu membro ficar mais ereto ainda se é que era possível . Seus olhos logo se encontraram com os de Dulce que o encarou risonha .

Enquanto isso .....

Nas redes sociais apesar de já ser bem tarde muitos ainda estavam eufóricos com o casamento de Dulce Maria e Christopher Uckermann. Muitas teorias de como os noivos haviam despistado a toda a imprensa durante os preparativos eram cogitadas e muitas vezes inventadas .Mais a pergunta que muitos se faziam naquele momento era se Dulce Maria , agora estando casada estaria no ultimo show do RBD. O que já começava a causar um certo burburinho nos foros.

Enquanto isso no lustre do castelo .....

Christopher gemia sentindo os lábios macios da mulher sugarem sem pena seu pênis . A morena chupava como se fosse o doce mais saboroso do mundo , acariciava as bolas do marido e fazia toda uma pequena sedução utilizando apenas os lábios e as mãos pra desespero do marido que apenas gemia e acariciava os cabelos negros e sedosos.

Sentindo que estava perto de gozar com certa dificuldade afastou Dulce puxando seus cabelos e logo a beijando com paixão e sedução. Sem esperar a morena ficou de joelhos na cama envolvendo o pescoço de Christopher com seus dois braços se deixando levar .

Sentiu o corpo arrepiar ao ter a visão do marido nu também de joelhos na cama lhe sorrindo porém com os olhos negros de desejo . Mordeu o lábio inferior dele encerrando o beijo e logo se virou ficando com as costas no peitoral do marido .

A algum tempo já não se sentia tão bem tendo relação da maneira mais tradicional então , ultimamente só faziam sexo anal o que a levava a loucura . Como naquele momento em que praticamente gritou ao sentir o pênis do marido invadir seu corpo do modo que mais a excitava . Entrelaçou uma das mãos com a dele e colocou os cabelos úmidos de lado deixando o pescoço livre para os lábios travessos de Christopher.

Na festa .....

Apesar dos noivos já terem fugido a horas a festa continuava rolando solta . Claudia conversava animada com Rafael . Ilza por incrível que pudesse ser havia se enturmado com Sam e Paty e se divertiam na pista .

Do lado de fora.....

Christian apenas observava uma discussão, não era a primeira vez que via porém estava preocupado com o tom do casal que discutia sem parar. Suspirou cruzando os braços e logo viu o homem se afastar deixando uma certa loira aos prantos .

Resolveu se aproximar . A loira em questão ... Anahí que rapidamente tentou se recompor ao ver o amigo se aproximar.

Christian : tudo bem ? – perguntava serio

Anahí : só foi um cisco no olho – dizia tentando disfarçar

Christian: não precisa mentir Annie – dizia – eu vi tudo a briga , tudo – dizia

Anahí apenas suspirou e se jogou nos braços do amigo chorando copiosamente

Christian : vamos sair daqui – dizia serio

Enquanto isso ....

Christopher estocava fundo na esposa , sentindo e ouvindo os sinais de que Dulce não demoraria a ter o orgasmo . Diminuiu o ritmo querendo prolongar o maximo possível aquelas sensações na esposa.

Dulce sem pudor algum rebolou acariciando um dos seios , mordia os lábios tentando conter um pouco os gemidos que teimavam em escapar de sua garganta .

Christopher por sua vez castigava o pescoço da mulher lhe dando chupões e mordidas que deixariam ótimas marcas . Voltou a acelerar o ritmo das estocadas sentindo que também estava chegando no seu limite . Mordeu o ombro da mulher ouvindo o gemido alto e agudo dela denunciando o orgasmo intenso que tomava conta de seu corpo naquele instante .

Sorriu travesso acelerando mais ainda seus movimentos sentindo a esposa lânguida em seus braços e logo travou o próprio quadril se deixando liberar dentro daquele corpo que ele tanto amava .

Dulce suspirou manhosa se recostando no peitoral de Christopher que tinha a respiração ofegante e o coração acelerado , enquanto sentia o semêm do marido invadir seu corpo lhe dando uma sensação de prazer deliciosa.

O silêncio dominou o quarto dando lugar apenas as respirações ofegantes do casal .

Minutos depois.....

Christopher estava sentado na cama com as costas apoiadas na cabeceira com Dulce recostada em seu peitoral ambos totalmente nus e por aquele momento saciados .

Christopher: Porque tão calada? – perguntava acariciando a barriga da esposa

Dulce: será que a Bianca já deu a luz? – perguntava encarando o marido curiosa

Christopher: não sei – dizia dando de ombros – o parto pode demorar horas – dizia

Dulce: não quero que o meu demore – dizia franzindo a testa – quero rápido e indolor – dizia risonha

Christopher: cesariana? – perguntava

Dulce: ninguém vai meter um bisturi em mim – dizia seria

Christopher: então como quer um parto rápido e indolor ? não entendo – dizia confuso

Dulce: já ouviu falar de parto humanizado – dizia o encarando

Christopher observou a mulher sem acreditar no que escutava

Christopher: não – dizia – sem discussão – dizia serio

Dulce: porque não? – questionava se virando pra ele exibindo o corpo nu

Christopher: porque não , você teve anemia e eu não vou arriscar a sua vida e da nossa filha por um modismo – dizia serio

Dulce: não é modismo , eu odeio hospitais , não vou me sentir bem e eu já conversei com a medica ela disse que tenho condições sim de ter um parto humanizado – insistia

Christopher suspirou

Christopher: acabamos de nos casar , ainda falta alguns meses pra nossa filha nascer temos tempo pra pensar ok agora chega desse assunto – dizia a puxando para um beijo sedutor mais não sem antes ouvir

Dulce: eu não vou desis - foi interrompida pelos lábios do marido

Enquanto isso em uma certa casa em um bairro tradicional da capital .....

Anahí : entra – dizia tirando os sapatos e jogando as chaves na mesinha de centro

Christian: ta sozinha? – perguntava estranhando o silêncio

Anahí : sim minha mãe viajou com a minha irmã e a Ana Pau ta com o pai dela – dizia suspirando

Christian: quer conversar ? – perguntava

Anahí : porque eu só gosto de quem me faz sofrer ? – perguntava prendendo os cabelos em um coque frouxo

Christian: você quem tem que saber – dizia sorrindo fraco

Anahí : será que eu gosto de sofrer é isso ? – perguntava e logo gargalhava se levantando indo até o barzinho se servindo de tequila

Christian : não acha que já bebeu demais por hoje? – perguntava tirando o palito

Anahí apenas negou virando o copo

Na festa.....

Victoria prima de Christopher tentava a todo custo chamar atenção de Diego , mais o mesmo estava mais preocupado em se divertir com os amigos do que se preocupar com as investidas da ex- namorada.
Rafael e Claudia haviam desaparecido a algum tempo. Andrew por incrível que pudesse parecer se divertia com a pequena Sabrina que corria de um lado para o outro atrás dele na festa fazendo Tommy olhar serio o garoto .

Victor e Alexandra olhavam como todos se divertiam.

O relógio marcava 06:00 da manhã ....

Quando finalmente foi encerrada a festa de casamento, após a saída dos amigos do noivo e algumas amigas da noiva que amanheceram na festa .

Em uma certa casa.....

A claridade invadia o quarto fazendo Christian se revirar incomodado . Suspirou e lentamente abriu os olhos sem entender bem onde estava . Observou o teto do quarto branco e logo olhou a janela olhando os fracos raios de sol . Colocou a mão na cabeça sentindo a mesma pesar e logo arregalou os olhos .

Olhou pro lado e viu .... Anahí dormindo ao seu lado . Não que aquilo não fosse normal afinal por varias vezes já haviam dormido juntos como amigos , mais o fato que lhe preocupou foi porque ambos estavam nus e agarrados .

Christian: meu deus – dizia sussurrando

Enquanto isso em outra casa .....

Dulce havia acordado sentindo a bexiga quase estourar , correu pro banheiro e se aliviou . Sorriu ao se olhar no espelho e ver as marcas em seu pescoço, seios e até mesmo na barriga , escovou os dentes e pegou um hobby de seda azul que estava no banheiro o vestindo , estava decidida a explorar sua casa.

Saiu do banheiro com passos silenciosos e sorriu ao ver o marido adormecido na cama. Saiu do quarto e desceu lentamente as escadas observando cada mudança que haviam feito em sua casa. Sm uma reforma relâmpago feita por Christopher .

A casa que antes possuía apenas um andar , agora tinha três , havia ganhado mais quartos, um escritório maior, um estúdio de musica que ela ainda não sabia onde ficava, uma cozinha maior , uma piscina maior e uma academia na área externa sem contar no jardim que parecia maior , pensou olhando o mesmo .

Sorriu ao imaginar aquele jardim repleto de brinquedos e risadas infantis. Mordeu o lábio inferior percebendo que a casa que antes tinha a fachada na cor amarela agora era toda branca com sacadas e portas de vidro e janelas maiores .

Olhou novamente ao redor e viu o carro de Christopher estacionado , mordeu o lábio inferior já imaginando que daqui há algumas horas estaria embarcando para sua lua de mel .

Horas depois.....

Christopher descia as escadas usando uma camiseta branca de mangas curtas uma bermuda larga preta e um par de tênis , tinha os cabelos úmidos e havia acabado de desligar o celular .

Christopher: amor – dizia entrando na cozinha se deparando com Dulce que usava um vestido florido um pouco curto de alças e seus cabelos estavam trançados .

Dulce apenas o olhou já que estava comendo um delicioso segundo ela prato de morango com uvas verdes e iogurte natural .

Christopher: que fome hein – dizia abrindo a geladeira e pegando uma jarra de suco – o jatinho já ta esperando a gente – dizia tranqüilo

Dulce apenas afirmou mais concentrada em terminar seu pequeno lanche matinal .

Christopher apenas sorriu .

Enquanto isso na Maternidade....

Bianca; eu quero ir embora – dizia encarando a mãe

Blanca; sinto muito mais só a médica pode te liberar mocinha – dizia babando no neto que estava acordado e rodava de colo em colo

Fernando : nosso neto é lindo – dizia babão

Bianca: eu quero ir embora – resmungava

Blanca: que mamãe reclamona meu amor – dizia divertida olhando o neto

Fernando : ele se parece muito com o Rick – dizia

Bianca: achei que só eu tivesse notado – dizia suspirando

Blanca: todos notaram – dizia

Bianca: cadê a Claudia e a Dulce? porque não vieram me ver ? – perguntava

Blanca: Bianca , sua irmã se casou ontem – dizia obvia

Bianca: o sobrinho dela nasceu ontem custava vir aqui me ver – dizia irritada

Blanca apenas revirou os olhos

Bianca: e a Claudia ? – perguntava

Blanca e Fernando apenas se olharam sem saber a resposta

Em um certo apartamento .....

Claudia: que loucura a gente fez – dizia risonha

Rafael : o que deveríamos ter feito a muitos anos atrás – dizia a abraçando com força e a derrubando novamente na cama

Claudia: eu tenho que ir – dizia suspirando

Rafael : daqui você não sai tão cedo Claudia Espinoza Saviñon – dizia lhe dando um beijo apaixonado .

Algum tempo depois.....

Christopher e Dulce embarcavam em um jatinho particular rumo a tão esperada e merecida lua de mel .

Dulce : afinal pra onde vamos? – perguntava curiosa

Christopher sorriu divertido pela curiosidade da mulher e acariciou sua barriga lhe dando um beijo

Christopher: ok senhora curiosidade – dizia divertido – como você não pode ficar muito tempo dentro de um avião por causa da nossa princesa eu pensei em um lugar calmo, privado e razoavelmente proximo – dizia

Dulce: para onde Uckermann? – perguntava curiosa

Christopher: ilhas Bora Bora – dizia simples

Enquanto Dulce arregalava os olhos surpresa .

Dulce: ta falando serio? Que estamos indo pra aquele paraíso – perguntava animada

Christopher apenas afirmou com a cabeça ganhando em seguida um beijo demorado da esposa .

Alguns minutos depois.....

Christopher: se eu soubesse tinha te falado antes onde seria nossa lua de mel – dizia respirando fundo depois de sentir a mulher soltar seus lábios

Dulce por sua vez apenas se ajeitou novamente em seu acento , já ansiosa por chegar.

Enquanto isso no México ....

Rick depois de sair da maternidade passou algumas horas dirigindo sem rumo até perceber que o dia clareava e finalmente ir pra casa. Abriu devagar a porta e suspirou ao notar que tudo estava silencioso. Jogou as chaves do carro na mesinha de centro e se sentou no sofá suspirando cansado e ao mesmo tempo feliz pelo filho que havia nascido.

Recostou a cabeça no encosto do sofá e fechou os olhos , onde segundos depois acabou adormecido.

Horas depois....

Ilza surgia na sala com rosto de sono ainda e logo sorriu d eleve ao ver Rick adormecido no sofá , se aproximou e se sentou ao lado dele acariciando de leve os cabelos dele que lentamente abriu os olhos.

Ilza: bom dia – dizia sorrindo

Rick : bom dia – respondia com a voz sonolenta

Ilza: então ? como é o bebê? – perguntava curiosa

Rick : se parece comigo – dizia – é lindo – dizia sorrindo

Ilza apenas sorriu

Rick : eu tive tanto medo que ele não nascesse bem – dizia franzindo a testa – Bianca teve uma gravidez tão maluca e – suspirava – ao mesmo tempo eu não sabia de nada que não fosse pela Claudia desabafava

Ilza: mais agora isso não importa ele nasceu e como você disse é lindo e saudável – dizia calma

Rick : tenho que ir até o cartório , registrar ele – dizia suspirando

Ilza; mais tarde você faz isso agora que tal subir tomar um banho e dormir algumas horas confortavelmente ? – perguntava

Rick : aceito – dizia sorrindo fraco e logo se levantando – e você como ficou na festa na hora da correria eu – foi interrompido

Ilza: fiquei muito bem , me enturmei com algumas amigas da noiva e me diverti , e quanto a ter saído sem falar nada , não tem que se justificar é seu filho – dizia lhe dando um selinho – agora banho seu porquinho – dizia divertida

Rick apenas sorriu sentindo Ilza o empurrar escada a cima

Nas ilhas Bora Bora .....

Um jatinho havia acabado de pousar em um heliporto, que ficava no hotel onde ficariam.

Christopher : chegamos – dizia se levantando de seu acento e observando a esposa que permanecia sentada

Dulce: percebi – dizia sentindo um leve enjôo e fazendo careta se levantando em seguida

Christopher: tudo bem ? – perguntava a encarando

Dulce: só enjôo – dizia piscando

Ambos saíram do jatinho e já se depararam com alguns funcionários do hotel onde ficariam hospedados . Porém um homem alto , moreno barrigudo e um pouco careca se aproximou rápido deles.

Astolfo : seja bem vindo sr. Cassillas – dizia com um sorriso estranho

Christopher: obrigada Astolfo – dizia serio – essa é minha esposa Dulce Maria – apresentava

O homem olhou rapidamente Dulce sem esconder a surpresa.

Astolfo : prazer senhora e sejam bem vindos ao Hotel Paraíso – dizia

Dulce: obrigada – dizia olhando o homem estranhamente

Astolfo assim como se aproximou se afastou dando ordens aos empregados para pegarem as malas e levarem ao quarto reservado . Dulce e Christopher seguiram os funcionários .

Dulce: de onde saiu esse cara ? – perguntava sussurrando

Christopher :acho que da barriga da mãe dele – dizia brincalhão sentindo um leve beliscão no braço – hei , ele sempre foi assim pelo menos comigo – dizia

Dulce: então não é a primeira vez que vem pra cá? – perguntava arqueando a sobrancelha

Christopher: não , mais eu sempre vinha sozinho – dizia roubando um selinho da esposa

Dulce: viu a cara dele quando você me apresentou ? – dizia

Christopher: ninguém imaginava que eu fosse casado – dizia divertido – de fato não era até ontem – dizia

Dulce : pois agora já sabem , casado , futuro pai e com mulher ciumenta – dizia seria entrando no saguão do hotel e observando as poucas pessoas que tinham ali pareciam hospedes.

Andaram juntos até a recepção onde a recepcionista exibiu um belo sorriso ao ver Christopher.

Recepcionista: sr. Cassillas é um prazer revê-lo – dizia sorridente

Christopher: a chave por favor – pedia cortando qualquer assunto

Dulce apenas observou e sorriu de leve ao ver que Christopher havia colocado a mão esquerda em cima do balcão exibindo a aliança que fez o sorriso da mulher sumir aos poucos .

Assim que pegou o cartão magnético do quarto ambos foram em direção ao elevador e logo já estavam no 6 andar do hotel onde ficava a suíte máster . Assim que a porta foi aberta Dulce entrou e já viu as malas no quarto. Se aproximou e observou a vista que tinham do quarto.

Dulce: meus deus que vista linda – dizia abrindo a porta de vidro que dava pra sacada do quarto e logo sentiu a brisa bater em seu rosto – que delicia – dizia de olhos fechados

Christopher apenas observava a esposa sorrindo .


Uma semana depois.....

Na casa dos Saviñon.....

Claudia : coisa mais gostosa – dizia brincando com Bernardo que era extremamente tranqüilo só chorava quando tinha fome ou estava sujo para alegria de Bianca .

Blanca: espero que a sua irmã não demore daqui a pouco ele começa a chorar de fome – dizia olhando o neto

Claudia: relaxa mãe – dizia mordendo a mãozinha do sobrinho

Enquanto isso em uma praça não muito distante .....

Bianca: acho que agora podemos conversar – dizia suspirando

Rick : sim , mais como você esta ? – perguntava

Bianca: bem já me recuperei e o Bê não dá muito trabalho – dizia sorridente- e você? – perguntava

Rick : vou ter que voltar pra Espanha – dizia suspirando

Bianca: que? Mais ... e.. e o nosso filho ? – perguntava surpresa

Rick: não quero perder o contato com ele Bianca ao contrario , quando ele estiver maior eu adoraria que ele fosse ficar por um tempo comigo na Espanha conhecer meus pais , meu pais , minha cultura, mais claro quando ele estiver maiorzinho – dizia

Bianca: porque tem que ir ? – perguntava o encarando

Rick : você sabe que eu movi meus contatos pra conseguir vir pra cá , mais eles me querem na filial espanhola , não posso fazer nada ainda mais agora – dizia

Bianca: como assim ? – perguntava

Rick : fui nomeado vice presidente – dizia sorrindo fraco

Bianca o olhou surpresa

Bianca: uau parabéns – dizia

Rick : obrigado – dizia – Bianca meu advogado deve te procurar essa semana – dizia serio

Bianca: apressado você hein – dizia o encarando

Rick : eu tinha te avisado que assim que o Bê nascesse eu ia dar continuidade no divorcio – dizia

Bianca: nosso filho nunca vai ter uma família – dizia suspirando

Rick : não diz isso , ele tem uma família , tem seus pais , as tias , eu , você o fato de não estarmos mais juntos não diz nada – dizia serio

Bianca: pra você – sussurrava

Rick : mais meu advogado não vai te procurar apenas pra isso , também temos que estipular o valor da pensão do Bê – dizia – e tem a divisão dos bens afinal casamos com separação de bens – dizia

Bianca: só quero a pensão do Bê mais nada – dizia seria

Rick : você tem direitos Bianca e além disso não pode morar com seus pais para sempre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:22 pm

eles já estão com uma certa idade e um bebê as vezes incomoda – dizia

Bianca: meus pais não se incomodam com o Bê – dizia arrisca

Rick : não disse que eles se incomodam , mais as vezes pode ser incomodo – dizia revirando os olhos

Bianca ficou em silêncio

Rick : você sabe que eu tenho dois apartamentos aqui na cidade , pode escolher qualquer um deles – dizia

Bianca: e onde você vai morar? – perguntava

Rick : estou na casa que tinha comprado - dizia a encarando

Bianca: hum – dizia sabendo perfeitamente de qual casa ele falava

Rick : Bianca eu não te quero mal , ao contrario você fez parte da minha vida me deu um filho lindo eu quero que pelo menos possamos ser amigos – dizia serio

Bianca: também não te quero mal , mais é tão estranho saber que depois de tudo agora é cada um por um caminho – dizia - eu sei que a maior culpada fui eu , mais ainda sim é estranho ,você sempre vai ser bem vindo pra ficar com o Bê e assim que ele estiver maiorzinho faço questão que ele vá pra Espanha conhecer a sua família – dizia

Rick : essa é a Bianca que eu conheço – dizia beijando o rosto dela

Bianca sorriu

Bianca: sua filha também será bem vinda Rick – dizia

Rick a encarou surpreso por aquilo ele não esperava .

Enquanto isso nas Ilhas Bora Bora....

Christopher apenas olhava . Dulce saia do mar usando um biquíni azul exibindo sua pele bronzeada e sua barriga arredondada e a cada dia maior .

Dulce: porque me olha tanto ? – perguntava divertida

Christopher: porque você é a mulher mais linda do mundo e é minha – dizia sussurrando e logo a abraçando – o que quer fazer hoje ? – perguntava a encarando

Dulce: ficar agarrada no meu marido ta ótimo – dizia divertida

Christopher: ótimo programa – dizia piscando – mais é serio não quer sair vai ter um luau hoje feito pelo hotel – dizia

Dulce: podemos ir então – dizia roubando um selinho do marido

Christopher: fechou então – dizia

Voltando ao México ....

Televisa.....

Anahí : afinal porque estamos aqui ? – perguntava sem entender

Poncho : boa pergunta – dizia

Maite: tenho gravação – resmungava

Christian : calma logo o Pedro chega – dizia serio

Nos últimos dias Christian esta diferente havia cortado os cabelos , e voltado a cor natural , estava com roupas mais sóbrias, estava com uma leve barba por fazer e mais serio . Ele e Anahi por algum motivo que os outros não sabiam estavam se evitando .

Pedro : desculpem o atraso – dizia entrando na sala

Poncho : seja direto e breve Pedro – dizia curto e grosso

Pedro apenas o encarou

Pedro : o ultimo show será em Madrid no dia 21 de dezembro – dizia serio

Anahí /Christian: QUE? – dizia juntos

Anahí : não pode , o ultimo show tinha que ser aqui e você sabe – dizia seria

Christian: Pedro , isso é maldade o ultimo show tinha que ser no nosso pais – dizia

Pedro: será na Espanha mais precisamente em Madrid , vocês gostem ou não – dizia serio

Anahí cruzou os braços visivelmente irritada, Poncho suspirou, Maite apenas olhou Pedro e Christian foi o único que falou.

Christian : porque Madrid ? – perguntava

Pedro : a gravadora acha que o publico de lá ainda é bom – dizia

Christian : por favor – dizia revirando os olhos

Pedro : eles decidiram eu apenas estou repassando – dizia

Enquanto isso na casa dos Saviñon.....

Rick: oi campeão – dizia segurando o filho nos braços

Bernardo parecia reconhecer o pai já que o encarava o tempo todo

Bianca: ta tudo muito lindo mais me dá esse gordo aqui porque eu to sentindo que vou explodir – dizia se referindo aos seios cheios de leite

Rick entregou o filho que rapidamente buscou os seios da mãe

Rick : isso que eu chamo de instinto – dizia divertido olhando como a ex- mulher dava o seio ao filho que sugava com vontade fechando os olhos castanhos e pequenos

Claudia : só você pequeno pra fazer sua mãe voltar ao normal – dizia olhando o sobrinho e fazendo Bianca ficar corada – bom to indo gente não me esperem – dizia pegando suas coisas

Blanca apenas olhou a filha mais velha sair pela porta da sala apressadamente.

Rick : Claudia esta diferente - comentava

Em um restaurante minutos depois.....

Rafael : já estava achando que ia levar um bolo – dizia divertido

Claudia: jamais – dizia dando um selinho nele e se sentando – é que tive que ficar enrolando um pouco – dizia

Rafael : Claudia até quando vamos ficar assim ? – perguntava direto

Claudia: assim como? – perguntava

Rafael : nos escondendo feito um casal de adolescentes que precisa namorar escondido , não estamos fazendo nada de errado – dizia serio

Claudia o encarou

Rafael : eu não estou brincando ,não quero apenas ficar com você e depois agir como se nada tivesse acontecido , eu quero você e isso é serio demais – dizia

Claudia : vamos esperar pelo menos a Dul e o Chris voltarem daí falamos com todos pode ser ? – perguntava

Rafael: olha lá hein – dizia a olhando divertido

Na Televisa.....

Pedro havia dispensado todos . Maite e Poncho seguiram seus caminhos , a os outros.

Christian: vai ficar fugindo de mim mesmo ? – perguntava parado ao lado do carro

Anahí : eu não estou fugindo – dizia o encarando depois de dias

Christian: não? Então porque não me atende e nem fala comigo direito ? – perguntava

Anahí : falta de tempo – dizia desviando o olhar

Christian se aproximou

Christian: nós dormimos juntos você goste ou não e temos que conversar sobre isso – dizia serio

Anahí : foi uma besteira você sabe – dizia seria

Christian a encarou serio

Christian: besteira ou não pode ter conseqüências e você sabe – dizia

Anahí : do que esta falando ? – perguntava sem entender

Christian : nos transamos e você sabe e pelo que eu me lembre não nos protegemos – dizia serio

Anahí: relaxa – dizia – agora eu preciso ir – dizia saindo apressada pelo estacionamento

Christian apenas observou

A noite já chegava nas ilhas Bora Bora ....

Christopher andava pelo quarto usando apenas uma cueca boxer branca . Já Dulce estava sentada na cama passando um óleo hidratante em sua barriga .

Christopher: não me canso de te ver fazendo isso – dizia a observando

Dulce : acho que vou estranhar quando não tiver mais essa barrigona – dizia divertida

Christopher: não seja por isso eu faço você ficar sempre barrigudinha – dizia divertido

Dulce: engraçadinho – dizia negando

Christopher logo se aproximou da mala tirando uma bermuda branca e uma camisa social também branca dobrando as mangas até os cotovelos se vestindo em segundos. Deixou os cabelos úmidos e calçou um par de chinelos também brancos e se sentou na cama apenas esperando pela esposa .

Dulce se levantou revelando o corpo com marcas de biquini e andou até o banheiro onde pegou o vestido que estava pendurado . O vestido era branco na altura do joelhos mais com a barriga ficava mais curto , de alças delicadas . Rapidamente se vestiu deixando os cabelos negros soltos e colocando também um par de chinelos brancos

Dulce: estamos prontas – dizia divertida

Christopher sorriu se levantando e abraçando a esposa sentindo o cheiro gostoso da pele dela , já que nos últimos dias Dulce estava enjoando com cheiros muito fortes então perfumes haviam sido abolidos .

Saíram do quarto e entraram no elevador , onde continuaram abraçados e trocando beijos apaixonados , saíram no saguão e logo viram a movimentação dos outros hospedes , já conseguiam ouvir a musica vindo da praia .

Ao chegarem na praia viram que já tinha uma boa quantidade de pessoas . A musica rolava solta , assim como os drinks e rodinhas de pessoas .

Dulce: parece que vai ser animado – dizia olhando ao redor

Christopher apenas afirmou

Enquanto isso no México ....

Pierre olhava uma foto antiga com Ilza

Pierre: onde você se meteu ? – se perguntava já que a meses não tinha noticias dela

Se jogou no sofá de seu estudio se sentindo extremamente solitário .
Na casa dos Saviñon....

Bernardo dormia tranqüilo na cama da mãe que o observava cuidadosa .

Blanca: ele dormiu ? – perguntava entrando no quarto

Bianca: sim – dizia baixinho

Blanca: como foi a sua conversa com o Rick? – perguntava se sentando na cama

Bianca: tranqüila , já sabia a maioria das coisas que ele falou – dizia encarando a mãe – sabia que ele foi promovido – dizia sorrindo

Blanca: que bom – dizia sorrindo

Bianca: mais vai ter que voltar pra Espanha – dizia suspirando

Blanca: mais e o Bernardo ? – perguntava

Bianca: ele pediu pra quando o nosso filho estiver maior ele possa leva-lo pra Espanha sabe conhecer os pais dele , tudo – dizia suspirando

Blanca: e você esta triste por isso ? – perguntava

Bianca: é estranho saber que estamos nos separando e agora é oficial , só isso – dizia – mais esquece isso – dizia – cadê a Claudia ? – perguntava

Blanca; sua irmã esta um mistério só – dizia revirando os olhos

Bianca por sua vez sorria

Enquanto isso em um certo luau....

Dulce sorria sentindo Christopher a abraçar porém seu sorriso desapareceu ao ver uma certa loira observar o marido.

Christopher: quer mais suco amor ? – perguntava observando o copo da esposa vazio

Dulce apenas afirmou calada

Christopher se afastou indo buscar mais um drink sem álcool . Assim que se aproximou da mesa onde estavam os drinks , uma loira se aproximou

Loira: hola – dizia sorrindo sedutora

Christopher apenas fez um gesto com a cabeça

Loira: o gatinho não tem língua ? – perguntava

Christopher continuou calado e logo se afastou

A loira o segurou pelo braço e lhe encarou

Loira: vai ficar se fazendo de difícil ? – perguntava se aproximando

Christopher suspirou

Christopher: primeiro me solta – dizia puxando o braço – segundo não sou gatinho , terceiro tenho língua como pode perceber e quarto me erra – dizia saindo de perto da mulher

A mulher sorriu analisando a bunda de Christopher .

Assim que voltou Dulce estava seria

Dulce: estava boa a conversa? – perguntava pegando de vez o copo com o drink

Christopher: não! Mulher idiota – dizia naturalmente sem notar que a esposa observava a mulher

Dulce: mais ela é alta , loira e – foi interrompida

Christopher: e daí ? – perguntava meio confuso

Dulce: seu estilo – dizia suspirando

Christopher sorriu

Christopher: meu único estilo é uma baixinha de pele branca bem não tão branca assim , de cabelos , negros, com uma barriguinha linda – foi interrompido

Dulce: to gorda Christopher – dizia irritada

Christopher: com uma barriguinha linda, seios deliciosos , coxas maravilhosas, pernas divinas, um bumbum que eu amo – dizia se aproximando e sussurrando

Dulce: acha tudo isso mesmo ? – perguntava o encarando

Christopher: quer que eu prove? – perguntava a encarando

Dulce apenas afirmou

Nas redes sociais .....

Desde o casamento do ano segundo a imprensa mexicana , fotos pipocavam na internet e em programas de fofoca . Algumas fotos até da lua de mel haviam surgido já que Dulce estava constantemente postando fotos do marido e do lugar onde estavam , sempre se privando de aparecer já que estava sem paciência pra interrogatórios.

No luau ....

Christopher e Dulce haviam se afastado da festa sem perceberem que haviam sido seguidos .

Dulce suspirava sentindo o marido sugar suavemente seus seios depois de deslizar as alças do vestido. Enfiou as mãos por baixo da camisa dele sentindo a pele quente do marido .

Ele por sua vez não perdeu tempo levantou a saia do vestido da mulher e se sentou na areia fria e úmida da praia puxando a mulher para o seu colo . Suspirou sentindo sua ereção ainda presa dentro da cueca e da bermuda.

Mordeu um dos mamilos da esposa sentindo como ela buscava se aliviar se movimentando em seu colo . Rapidamente desabotou a bermuda e tirou seu membro ereto afastando a minúscula calcinha da esposa a penetrando em seguida ouvindo o gemido manhoso da esposa.

Enquanto isso a loira que havia cismado com Christopher saia a passos apressados irritada por haver sido trocada por aquela baixinha sem sal e o pior grávida.

Christopher penetrava a mulher com calma e ao mesmo tempo com intensidade , sentia os lábios úmidos dela em seu pescoço e logo ouvia os gemidos quase sussurrados em seu ouvido . Sorriu sozinho ao perceber que Dulce acelerava os próprios movimentos querendo ser saciada. Levou a mão direita a nuca da mulher e acariciou sentindo a pele quente e úmida.

Dulce mordeu o lábio inferior e logo escondeu o rosto na curva do pescoço do marido sentindo como ele travava o quadril a levando até as nuvens .

Alguns minutos depois ....

Christopher acariciava as costas da esposa ainda continuavam na mesma posição apenas curtindo o momento a dois .

Christopher: tudo bem ? – perguntava quase sussurrando

Dulce suspirou

Dulce : a cada dia parece que tudo fica mais intenso – dizia levemente corada encarando o marido

Christopher apenas sorriu roubando um selinho

Christopher: vamos voltar pro luau? – perguntava

Dulce apenas afirmou sorridente e gemeu manhosa sentindo como Christopher separava os corpos .

Dulce: tava tão gostoso – resmungava observando o marido arrumar a roupa

Christopher: depois te dou mais – dizia piscando e fechando a bermuda

Dulce sorriu travessa e lentamente se levantou arrumando o vestido que usava . Prendeu os cabelos em um coque alto deixando sua tatuagem a mostra . Sentiu todos os pêlos do corpo se arrepiarem ao sentir os lábios dele em sua nuca.

Christopher: meu amor – dizia com a voz rouca

Dulce apenas sorriu

Enquanto isso .....

Anahí : adeus – dizia seria cruzando os braços e observando seus pés descalços

Rodrigo: até nunca – dizia e logo saia batendo a porta com toda a força que tinha

Anahí fechou os olhos com força mais ao invéz de chorar como sempre em sua mente lhe veio a imagem de uma certa pessoa .Abriu imediatamente os imensos olhos azuis e balançou a cabeça negativamente.

Anahí : já to ficando maluca – dizia indo para o quarto

Enquanto isso ......

Christian bebia sozinho em um discreto bar , estava calado e sentado em uma mesa distante , porém mesmo assim atraiu olhares . Revirou os olhos ao ver o garçom se aproximar com uma garrafa de tequila .

Garçom: cortesia do cavalheiro da mesa 8 – dizia deixando a garrafa na mesa

Christian apenas olhou a garrafa e logo olhou a mesa que o garçom havia falado . Um homem o observava de forma intensa, suspirou e pegou a garrafa se levantando e andando até a mesa.

Christian: deixaram isso por engano na minha mesa – dizia devolvendo a garrafa

***: foi uma cortesia minha – dizia sorridente

Christian: obrigado , mais dispenso – dizia deixando a garrafa na mesa e logo voltando para a sua mesa deixando algumas notas de dinheiro e logo saindo do bar .

Voltando pro Luau .....

Christopher e Dulce haviam voltado pra a festa porém agora não se soltavam por nada. Ela por receio da loira abusada e ele por ....

Christopher: um dia me explica como faz pra me deixar assim – dizia divertido roçando sua ereção no bumbum da esposa

Dulce apenas sorriu se aconchegando nos braços do marido .

Christopher por sua vez não parava de distribuir beijos pelos ombros e pela nuca da esposa a deixando arrepiada.

Dulce: Chris para – pedia sentindo o corpo arrepiado

Christopher: não – respondia travesso

Dulce suspirou e logo se virou ficando de frente para ele . Com um sorriso travesso e um olhar vitorioso ele escutou.

Dulce: vamos embora – dizia com o olhar brilhante

Christopher: achei que queria ficar no luau – dizia debochado

Dulce: tenho coisas mais importantes pra fazer – dizia maliciosa

Christopher a encarou e logo a beijou com paixão e desejo como se a tempos não o fizesse .

De longe uma loira espumava por ter sido rejeitada .

No dia seguinte .....

O som das ondas do mar invadia o quarto e a brisa fresca balançava de leve as roupas que estavam no chão espalhadas , uma vez que a porta da sacada estava aberta.

Christopher se remexeu na cama se sentindo solitário , abriu os olhos preguiçoso e logo se viu sozinho no quarto , bocejou e se sentou na cama sendo coberto apenas por um fino lençol . Piscou se acostumando a claridade e olhou o relógio que marcava quase 10:00 da manhã .

Se levantou revelando o corpo nu e com marcas avermelhadas e alguns chupões . Foi até o banheiro onde resolveu tomar um rápido banho pra acordar de vez .

Dez minutos depois....

Christopher saia do banheiro com apenas uma toalha na cintura e sorriu ao ver Dulce sentada em uma das cadeiras da sacada usando uma camiseta larga e com o notboock nas pernas parecia concentrada.

Se aproximou lentamente e logo beijou o rosto da esposa que não se assustou apenas o encarou dizendo

Dulce : 21 de dezembro – dizia

Christopher franziu a testa e logo observou a tela do notboock

O calendário marcava 18 de Dezembro ..... em Madrid...
Dulce riscava mais um dia enquanto suspirava acariciando sua barriga . Estava na Espanha a mais de dois dias e se sentia entediada naquele quarto de hotel .

Dulce: saco – resmungava

Depois da divulgação oficial da data do ultimo show do grupo. Christopher havia sugerido para a esposa ir logo para a Espanha afinal uma viagem longa não lhe faria bem .

Dulce aceitou a proposta do marido afinal Christopher havia sugerido no ultimo dia em que estavam de Lua de mel , coincidentemente o dia 6 de dezembro . Um dia que fez a morena chorar como criança já que o marido havia lhe feito muitas surpresas durante todo o dia.

Desde uma parte da praia coberta com pétalas de rosas até um cara e lindo colar de diamantes .

Dulce ; não agüento mais ficar sozinha aqui – resmungava deitada na cama

Enquanto isso do lado de fora do hotel ....

O tumulto estava formado uma vez que o grupo rbd havia acabado de chegar ao pais para o seu ultimo show.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:23 pm

Em algum lugar....

Christopher: tenho certeza – dizia piscando

Thiago : será ? não acha arriscado ? – perguntava

Christopher: o que temos a perder? – perguntava divertido

Thiago : e eu achando que você tinha ganhado juízo agora que casou – dizia divertido – vamos lá e seja o que deus quiser – dizia

Christopher sorriu

No hotel em Madrid....

Dulce: até que enfim vocês chegaram – dizia observando Anahí e Maite no corredor

Maite: sentiu a nossa falta? – perguntava

Dulce: um pouco – dizia

Anahí : aham – dizia e logo gargalhava – não acredito que estamos a algumas horas do ultimo show – dizia suspirando

Dulce: ta chegando a hora – dizia seria

Maite: parem vocês duas – dizia acelerando o passo


As horas se passaram rapidamente assim como os dias ..... A manhã estava ensolarada, mais o clima estava de despedida .

A ultima passagem de som foi interrompida varias vezes devido ao choro de Dulce e Anahi que visivelmente eram as mais abaladas. Poncho apenas se mostrava como sempre serio e calado, Christian também estava emotivo porém controlado .

Depois de quase duas horas de passagem de som . Os cinco se viram sozinhos no imenso palco montado para o ultimo show .

Dulce: nossos últimos momentos como rbd – dizia nostálgica

Anahí : o sonho acabou – dizia

Maite: um dia ia acabar – dizia seria

Christian: me sinto um mentiroso – disparava atraindo a atenção dos demais

Poncho : porque diz isso ? – perguntava se sentando no palco

Christian: porque somos mentirosos oras – dizia dando de ombros e também se sentando – quantas vezes quando falavam que o grupo ia acabar não falávamos que só acabaria quando os fãs quisessem ? e olha só bastou um bando de executivos decidir que não damos mais lucros que tudo acabou – dizia debochado

Um silêncio tomou conta

Dulce: se lembram do nosso primeiro show no México? Nossa eu nem acreditei quando vi tanta gente – dizia

Anahí : ninguém acreditou – dizia sorrindo – me lembro do Pedro assustado porque não esperava aquela quantidade de pessoas – dizia

Christian: e a nossa primeira turnê , as brigas , brincadeiras - suspirava – vou sentir falta disso

Poncho : se lembram da primeira vez que ganhamos um disco de ouro ? foi a sensação mais estranha da minha vida – confessava – eu sempre quis ser piloto de avião e de repente me vi ganhando um disco de ouro por mais de 50.000 copias de um cd , muito louco - dizia

Maite: se lembram quando eu cantei pela primeira vez com vocês?- perguntava – foi horrível – dizia arrancando gargalhadas

Anahí : você nunca tinha cantado – dizia a encarando

Maite: foi horrível admitam – dizia gargalhando
Logo o gargalhadas eram escutadas e novamente o silêncio aparecia .

Dulce: não queria que isso acabasse – dizia

Anahí : Dul o Chris bem que podia vir não – dizia

Dulce apenas observou Anahí calada

Christian: seria um belo presente nós seis no palco pela ultima vez – dizia

Dulce mordeu o lábio inferior e logo escutaram a voz de Luisiloo , chamando-os para irem para o hotel novamente. Todos se levantaram e saíram do palco que ficou escuro e vazio.

As horas passavam .....

O local onde seria o ultimo show do grupo já estava abarrotado de fãs que choravam exibindo cartazes pedindo que aquilo fosse apenas um, “sonho ruim” , o que infelizmente não era .

A imprensa também estava em peso , uma vez que algumas noticias haviam começado a pipocar nas redes sociais há algumas horas. Devido a quantidade de fãs o staff do grupo teve que providenciar um telão para o lado de fora da casa de show que só tinha capacidade para 30 mil pessoas , mais segundo a segurança havia quase 50mil jovens desesperados por um ultimo registro da banda fenômeno .

No Camarim....

Haviam acabado de chegar e conversavam com músicos e pessoas da equipe todos em clima de nostalgia .

Anahí : vai ser difícil – dizia se olhando no espelho

Dulce: o show mais difícil de todos – dizia acariciando a barriga e olhando o vestido solto que usava deixando em evidencia a barriga .

Maite: não comecem a chorar – dizia retocando a maquiagem

Christian: vai ser complicado cantar – dizia suspirando

Poncho : vai dando um nó na garganta – dizia

Luisillo : hei nada de tristeza gente são novos caminhos que estão vindo – dizia olhando a barriga de Dulce

Dulce : falar é tão fácil – dizia revirando os olhos

Luisillo apenas suspirou sabia que nada do que falasse mudaria o sentimento dos 5 naquele instante .

Uma pequena movimentação acontecia no corredor e logo tudo ficava calmo novamente.

Dulce franziu a testa sentindo uma movimentação diferente da filha , era como se Luna estivesse dando pulinhos , observou as ondulações sem entender .

Do lado de fora.....

Guillermo : achei que não ia conseguir entrar – dizia arrumando sua camisa

Apenas uma risada baixa foi escutada e logo Guillermo andou apressado pelo corredor até outro camarim .

No camarim do RBD....

Christian : me diz porque não deixaram a gente dar uma olhada la fora? – perguntava – não tem ninguém - dizia tentando descontrair

Luisillo : gente é o que não falta - dizia piscando

Os 5 se olharam achando aquilo estranho , afinal sempre espiavam antes de subirem no palco .


A correria começava pela ultima vez ....

O staff estava a postos , Oso e companhia ajustavam tudo . Enquanto isso na lateral do palco .

Anahí; chegou a hora – dizia com os olhos marejados

Dulce: pára – pedia quase chorando

Christian : sem choro, é o nosso ultimo show, nossos últimos momentos dividindo um palco , cada um vai dar o melhor de si e vamos fazer o melhor show do rbd ! esse show vai marcar um final , mais também vários começos , deixamos de conviver como companheiros mais sempre seremos uma família , a família rbd – dizia serio

Poncho ; foi uma honra dividir o palco com vocês – dizia simples e curto

Anahí : por mim esse sonho jamais acabaria – dizia se contendo – mais tudo tem um fim , espero que nossa amizade não termine junto com o grupo – dizia já chorando

Maite : obrigada pela paciência de vocês comigo – dizia risonha

Dulce: AHHH CARAY EU AMO VOCÊS – dizia já aos prantos

Não houve quem não chorasse ao ver aqueles cinco que começaram como jovens atores em uma simples novela juvenil e aos poucos conquistaram o mundo com sua musica. Ficaram por alguns segundos abraçados e logo soltaram o grito de guerra deles, indo para o palco .

Os gritos tomaram conta , a musica característica da abertura tomou conta. Fãs chorando era o que mais se via e ouvia . Flashs disparavam a todo instante . O palco se iluminou e 1,2,3,4,5 ....6 sombras surgiram no palco .

Sem tempo de ver ou pensar os tecidos caíram sob o palco revelando o RBD . ANAHI, ALFONSO, MAITE, CHRISTIAN, DULCE MARIA e CHRISTOPHER juntos pela ultima vez em um palco .

Lagrimas escorriam pelo rosto dos fãs enquanto a gritaria ensurdecedora tomava conta.

Luisillo : mais como assim ? – perguntava sem entender

Pedro: já ouviu que nunca se nega nada a uma grávida – dizia arqueando a sobrancelha

No palco apenas as sobras apareciam e logo a melodia tomava conta. Cariño mio era a musica do momento que por instantes quase não saiu da garganta devido as fortes emoções que todos sentiam naquele palco . O publico olhava encantado Christopher. Assim que a musica acabou , uma voz foi ouvida.

Christopher: AMONOS MADRID – dizia agitado – porque estão me olhando assim ? – perguntava percebendo os olhares de todos do grupo e logo se viu rodeado por braços e mãos .

Os fãs choraram mais ainda com aquela simples demonstração de carinho . Christopher sorriu se afastando e logo dizendo .

Christopher: assim eu fico envergonhado - dizia sem jeito

Anahí : VENGA MADRID! BEBÊ, BEBÊ, BEBÊ – gritava no microfone

O publico foi ao delírio .

Christopher: agora é serio , eu vim aqui pra me divertir então não quero choro , nem tristeza , hoje é o dia do rbd e ponto final – dizia piscando – e eu tenho algumas surpresas – dizia com um sorrisinho estranho

Dulce: isso me dá medo – dizia arrancando gritos do publico

Christopher observou a esposa e a passos rápidos se aproximou dela a puxando pela cintura arredondada e beijando o canto de sua boca .

Christopher: é só o começo – dizia piscando e ouvindo os gritos intensos

Dulce arregalou os olhos divertida e olhou o publico que gritava enlouquecido .

Christopher: vocês estão muito parados – dizia divertidos se aproximando da passarela que ficava mais próxima ao publico – HOLA MADRID – dizia

Logo outra melodia começava e Money Money incendiava o lugar . Os flashs não paravam . Pedro sorria gostando do que via . E os fãs gostavam mais ainda .

Assim que terminou a canção , o palco escureceu e uma pequena morena que agora usava uma saia curta e um top que deixava sua bela barriga a mostra surgia .

Dulce: MADRID !! – dizia – vou me confessar pra vocês posso ? – perguntava divertida andando até a passarela ficando mais próxima ao publico – não queria que esse dia chegasse , mais infelizmente chegou – suspirava - mais não é um fim , talvez apenas um recomeço – dizia acariciando a barriga – o meu sonho profissional eu realizei em parte com o rbd e graças a isso estou realizando o meu sonho de ter a minha própria família – dizia suspirando – é bem provável que hoje seja a ultima vez que vocês me vêem em um palco – dizia causando surpresa

Dulce sorriu divertida

Dulce: calma não vou parar de cantar – dizia divertida- apenas vou esperar o meu tesouro chegar – dizia acariciando a barriga quando escutou

Anahí : PARA TUDO !- dizia surgindo no palco com um batom na mão – não vai ficar de fora – dizia piscando divertida e se aproximando de Dulce.

Os fãs olhavam atentos e curiosos . Anahí se abaixou e escreveu na barriga de Dulce “ EL 7 RBD” fazendo uma carinha feliz .

Dulce sorriu divertida

Christian: EU QUERO CANTAR – gritava no microfone arrancando gargalhadas do publico

As duas sorriram e logo escutaram Maite cantando EMPEZAR DESDE CERO.

Assim que a musica terminou o palco se escureceu e logo Christopher surgiu . Só naquele momento o publico reparou no modo como ele estava vestido uma calça jeans , uma camisa branca de gola v com alguns botões abertos , os cabelos um pouco cumpridos e com cachos e com óculos de grau.

Sorriu se aproximando da passarela que ficava perto do publico e se sentou bem na ponta enlouquecendo os fãs.

Christopher: amonos, como é bom estar aqui - dizia olhando o m ar de pessoas a sua frente – de verdade senti e sinto falta disso – confessava – vocês devem estar achando que a minha presença aqui é tudo parte do show não ? pois eu digo que sim e não – dizia divertido – sim porque estando ou não no palco eu estaria aqui e não porque eu só vim atendendo a um pedido muito especial que me fizeram – dizia piscando – e também porque eu acho que eu mereço uma despedida não acham ?- perguntava divertido escutando a histeria dos fãs.

Se levantou pegando um pedestal e logo o posicionando no centro do palco . Uma melodia começou a tocar . Logo novos músicos surgiram na outra parte do imenso palco e a voz de Thiago surgia enlouquecendo o publico . Em seguida veio a voz de Christopher que causou uma grande histeria . {YO TE VOY AMAR]

Christopher: um pequeno presente meu pra vocês – dizia piscando e logo saindo do palco .

Dulce suspirava encantada pela voz do marido que de fato estava muito bem desenvolvida , não se conteve lhe dando um beijo demorado e logo saiu em direção ao palco onde a melodia de DEJAME SER começava a ser tocada.

Na parte de trás do palco....

Poncho , Christian , Maite , Anahí e Christopher ouviam a voz de Dulce .

Anahí: musica nova – comentava

Christopher: não tão nova – dizia risonho

Poncho apenas observava e ouvia

Maite: a voz dela parece mais potente – comentava

Assim que a musica terminou todos foram de volta para o palco . E logo começaram a cantar AUN HAY ALGO.

Assim que a musica acabou . O palco ficou escuro e imagens começaram a surgir nos imensos telões . Eram imagens antigas e algumas até recentes de todos do grupo, alguns sorriam outros ficavam sem graça pois estavam diferentes. Dulce encostou a cabeça no ombro de Christopher observando as imagens e sorriu ao ver que em algumas apareciam ambos ainda no tempo da novela mais agindo como um casal o que enlouqueceu os fãs.

Aos poucos a musica Rebelde tomou conta das imagens porém com uma melodia mais suave. Muitos fãs choravam olhando as imagens. Logo a musica parou e no telão vozes surgiram .

Christian : amonos caray – dizia olhando a camera

Poncho : sai Chris – dizia empurrando Christian

Anahí: vão me esmagar – resmungava

Maite: alguém viu meu mp3 ? – perguntava revirando a bolsa

Dulce: achou bonita ? - perguntava sem perceber que era filmada

Christopher apenas sorria nas imagens

No palco Dulce olhava de canto de olho o marido que sorria achando graça daquelas imagens .

Logo as vozes ressurgiam e imagens mais atuais

Anahí : poxa eu quero dormir – reclamava

Maite: alguém viu meu celular ? – perguntava aflita

Poncho: mais de novo Mai – dizia e logo gargalhava

Christian: o casal dá pra desgrudar aee – dizia estreitando os olhos

Christopher: não – respondia agarrado a Dulce

Dulce: deixa de ser chato – dizia mostrando a língua para Christian

Christian: você não era assim Maria – dizia

Gargalhadas tomaram conta . As imagens continuavam porém agora novamente com a musica Rebelde ao fundo . Muitos gritos eram ouvidos a cada imagem que surgia porém a que mais tocou os fãs foi uma que somente alguns sabiam da existência e agora era revelada.

O telão havia ficado escuro e logo a voz de Christopher surgia e em seguida a imagem dos 6 em uma sala .

Christopher: não faço mais parte do grupo – dizia sem rodeios

Anahí : para de palhaçada Chris – dizia risonha

Christopher: não é brincadeira , estou fora – dizia serio

Maite: como assim ? – perguntava

Christopher: não estando , meu contrato não foi renovado – dizia dando de ombros

Poncho : como assim ? você não pode sair assim de repente os fãs não vão entender – dizia serio

Christopher: mais vão ter que entender e aceitar – dizia suspirando

Anahí : Dul fala alguma coisa – dizia seria

Dulce: o que adianta eu falar , a decisão já foi tomada – dizia visivelmente desanimada

Um silêncio tomava conta

Anahí : ok , mais pelo menos quando vai ser o seu show de despedida? – perguntava

Christopher: despedida? Não vai ter , meu ultimo show com o grupo foi o nosso ultimo e sorte de quem viu – dizia sorrindo fraco – foi um prazer trabalhar com vocês durante esses anos , a partir de agora vocês seguem um caminho e eu outro- dizia – boa sorte – dizia

Logo as imagens sumiam e o palco voltava a ficar iluminado .

Christian : altas emoções – dizia tentando descontrair

Christopher: hei nada de choro nem tristeza – dizia risonho encarando Dulce que tentava em vão conter as lagrimas

Dulce: isso maldade gente – dizia manhosa

Depois do momento nostalgia , promovido pela produção . A melodia de ESTE CORAZON começou levando os fãs a loucura total , uma vez que Dulce se sentou em um banquinho e Christopher a abraçou enquanto cantava e logo a beijou enquanto Anahí e Poncho começavam a cantar .

Anahí e Poncho enquanto cantavam não mostraram a mesma sintonia de antes , pareciam mais distantes que nunca . Já Maite e Christian apenas sorriam um para o outro sem se aproximarem .

O show continuava com altas doses de emoção tanto pros integrantes como para o publico que chorou enlouquecido ao escutar um barulho forte e intenso e logo a voz de Christopher .

Christopher: el latido mas importante de mi vida – dizia sorridente

Dulce não falou nada apenas acariciou a barriga arqueando a sobrancelha pois Luna não parava de se mexer .

A melodia de UM POCO DE TU AMOR começou , porém menos dançante que a original . O coral com as vozes do publico tomou conta ocultando as vozes dos 6 que apenas ouviam os fãs cantarem .

Assim que a musica terminou Pedro surgiu no palco com um microfone nas mãos . Suspirou ao receber vaias e aplausos.

Pedro : hei eu também quero falar – dizia atraindo a atenção dos 6

Todos o encararam .

Pedro : primeiro quero agradecer a cada um de vocês por terem se entregado de corpo e alma nesse projeto que começou apenas com a intenção de ser mais uma novela juvenil- dizia – mais que de repente tomou uma proporção tão , mais tão gigantesca que muitas vezes assustava – dizia – obrigada por cada vez que mesmo não estando bem ou com o melhor dos humores vocês subiram no palco com o melhor dos sorrisos e dando sempre 100 % de cada um – dizia

O silêncio era o único que se escutava

Pedro: obrigado Anahí, Dulce, Poncho e Christian que embarcaram comigo nesse projeto sem nem pestanejar – dizia os encarando – obrigado por confiarem em mim mesmo quando as vezes eu não fui tão correto com vocês – dizia risonho

Leves sorrisos surgiam nos rostos de Anahí e Dulce .

Pedro: Maite obrigado por se jogar de cabeça mesmo sem saber onde estava se metendo – dizia divertido

Maite gargalhou

Pedro : Christopher sei que por muitas vezes fui duro e até rígido demais com você , mais eu precisava ser assim – dizia o encarando- sei que por muitas vezes batemos de frente e não tiro a sua razão em se irritar , mais eu tinha que me manter firme – dizia serio – infelizmente não consegui impedir a sua saída antes do tempo mais acredito que tudo aconteceu na hora certa , sei que você deve estar pensando “ ele ta querendo dar uma de bonzinho agora” mais não estou querendo ser bonzinho nem o arrependido, sei que bem ou mal eu ajudei você a crescer como homem e profissional mesmo sabendo que nunca teremos uma relação de amigos , mais de verdade te desejo todo o sucesso do mundo – dizia o encarando

Christopher apenas fez um gesto com a cabeça sem falar nada . O publico por sua vez estava surpreso afinal uma coisa era ouvir de terceiros sobre supostos desentendimentos entre Pedro e Christopher e outra coisa era escutar o próprio assumir suas rusgas com Christopher.

Pedro : bem acho que era só isso que eu tinha pra dizer – dizia – continuem o show e marquem mais uma pagina na historia dessa banda vitoriosa – dizia saindo do palco .

Todos ficaram estáticos por segundos até a melodia de OTRO DIA QUE VA surgir.

O show se aproximava do final . Anahí cantava SALVAME levando o publico as lagrimas, enquanto na parte de trás .....

Dulce respirava fundo

Christopher: o que esta sentindo ? – perguntava acariciando os cabelos de Dulce que respirava ofegante

Dulce: falta de ar – dizia se sentindo sufocada

Christopher a encarou preocupado

Christian : tudo bem ? – perguntava encarando os dois

Christopher: ela ta com falta de ar – dizia serio

Christian : e ... isso é normal ? – perguntava sem querer assustar nenhum dos dois

Christopher: infelizmente sim – dizia sorrindo fraco

Christian observou Dulce que parecia lutar para respirar . Saiu apressado e rapidamente voltou com um ventilador enorme e o ligou na tomada mais próxima que achou dando alivio a Dulce que sorriu fraco , sentindo o ar entrar em seus pulmões novamente .

No palco ....
As luzes haviam se apagado de repente . Anahí sem entender continuou cantando sendo iluminada pelas lanternas e celulares do publico . Porém quando a musica acabou ela disse em tom de brincadeira

Anahí : DEVOLVEM A LUZ – dizia e logo gargalhava

Atrás do palco ....

Christian ; ops – dizia olhando Oso que o encarava serio por ter desligado as luzes do palco – foi por uma boa causa – dizia observando Dulce que agora tomava uma garrafa de água

A hora que ninguém queria chegou . O palco se apagou e logo a melodia de REBELDE começou Anahí surgiu usando seu tradicional uniforme assim como os outros . As vozes quase não saiam . Dulce não tinha estrutura para cantar apenas se agarrou em Christopher e escutou a multidão cantando pela ultima vez aquela musica com eles em um palco . Sorriu sentindo o beijo do marido em sua bochecha e logo em seus lábios sem se importar com nada .

O publico chorava e sorria alucinado com o que viam . Aos poucos a musica acabou e uma chuva de papeis picados e rosas tomou conta do palco . Os 6 fizeram um circulo e pela ultima vez gritaram com o microfone no centro RBD.


Um mês depois....

Dulce exibia orgulhosa sua barriga de 7 meses . Desde que o grupo finalmente havia acabado sua unica preocupação era com sua pequena Luna que em pouco tempo chegaria .

Estava em sua casa mais precisamente no quarto da filha arrumando algumas coisas , quando escutou o portão da garagem se fechar .

Sorriu parando o que fazia e sai u a passos lentos do quarto . Usava um short vermelho de algodão curto e uma camiseta de alças branca , tinha os cabelos presos e nem um pingo de maquiagem no rosto. Desceu as escadas devagar segurando no corrimão e andou até a cozinha onde apenas escutou alguns ruídos . Parou no batente da cozinha apenas observando divertida

Christopher: eu sei que sou gostoso – dizia colocando algumas sacolas em cima da mesa e logo se aproximando da esposa – tudo bem ? – perguntava lhe dando um selinho

Dulce: tudo – respondia curiosa por tantas sacolas – pra que tudo isso ? – perguntava se aproximando

Christopher: que cabecinha hein amor – dizia divertido – estamos quase zerados na dispensa - dizia tirando as compras da sacola

Dulce arregalou os olhos ainda estava se acostumando com aquilo afinal como vivia viajando com o grupo não tinha que se preocupar com aquilo.

Dulce: serio ? – perguntava pegando uma maçã e levando até a pia onde lavou a mesma e logo mordeu

Christopher: sim - dizia divertido enquanto guardava as compras nos armários e geladeira

Dulce apenas observava . Naquele um mês Christopher parecia ter amadurecido anos , fisicamente estava mais musculoso , seus cabelos estavam curtos pois havia cortado recentemente , usava seus óculos de grau e o rosto totalmente liso sem resquício de barba o que lhe dava uma aparência bem mais jovem . Mordeu o lábio inferior observando a bunda do marido que era marcada pela calça jeans que o mesmo usava .

Enquanto isso ....

Um casal discutia ou melhor brigava feio .

Claudia: RAFAEL! – dizia irritada

Rafael : NADA DE RAFAEL ! JÁ TEM DOIS MESES QUE NOSSOS IRMÃOS SE CASARAM , UM MÊS QUE O RBD ACABOU E VOCÊ ESTA ME ENROLANDO CLAUDIA ! – dizia bravo

Claudia: EU NÃO ESTOU ENROLANDO NINGUÉM – rebatia

Rafael : AH NÃO ! – dizia

Claudia: NÃO ! EU SÓ QUERO ESPERAR MAIS CUSTA – dizia seria

Rafael : CUSTA ! NÃO TENHO IDADE PRA FICAR AGINDO COMO ADOLESCENTE E NEM VOCÊ E QUER SABER SE VOCÊ NÃO QUER ALGO SERIO APENAS ME DIGA – dizia nervoso

Claudia: VOCÊ ESTA SENDO INFANTIL – dizia

Rafael : PRA VOCÊ É INFANTILIDADE QUERER ASSUMIR UMA RELAÇÃO COMIGO ? BOM SABER – dizia pegando as chaves de seu carro e saiu batendo a porta do apartamento

Claudia apenas suspirou se jogando no sofá

Enquanto isso ....

Bianca: cadê o meu gordinho – dizia pegando o filho no berço

Bernardo estava com quase 2 meses e era o príncipe da casa , mimado pelos avós e estragado pelas tias .

Blanca: não acha cedo pra isso ? – perguntava

Bianca: quanto mais eu demorar, mais difícil vai ser e além disso eu tenho que aproveitar que o Rick ainda esta no pais daí ele me ajuda com a mudança – dizia olhando o filho que a encarava

Blanca apenas suspirou , havia alguns dias que Bianca tinha comunicado os pais que se mudaria para o apartamento que Rick havia transferido para o nome do filho, o que não agradou muito os avós babões .

Bianca; mãe não fica assim – dizia divertida – só estou mudando de casa não de pais , sempre vou trazer o Bê aqui e além disso vocês podem ir vê-lo – dizia risonha pelo drama da mãe

Blanca: eu sei mais não é a mesma coisa – dizia suspirando

Enquanto isso .....

Dulce sorria divertida olhando as ondulações de sua barriga já que Luna não parava quieta , já havia até se acostumado com aquela agitação toda. Saiu de seus pensamentos ao escutar a voz do marido .

Christopher: o que esta aprontando ? esta muito quieta ? – perguntava desconfiado se aproximando da mulher

Dulce: eu ? nada agora a sua filha – dizia divertida mostrando a barriga

Christopher sorriu

Christopher: não te incomoda ? perguntava

Dulce: já me acostumei – dizia – só incomoda quando ela acha que meus órgãos são bolas e resolve chutar – dizia revirando os olhos

Christopher gargalhou e logo a encarou serio

Dulce: não gostei dessa cara seria – dizia – o que foi ? – perguntava direta

Christopher: vou ter que viajar até Los Angeles – dizia suspirando

Dulce: Christopher – dizia

Christopher: amor eu sei mais infelizmente tem coisas que só eu posso resolver e infelizmente não pode ser por telefone – dizia serio

Dulce suspirou

Dulce: quanto tempo ? – perguntava bicuda

Christopher: no maximo 3 dias – dizia – nem vou dar tempo de você sentir minha falta – dizia piscando e roubando um selinho dela

Dulce: sei – dizia emburrada

Christopher sorriu puxando a mulher para seus braços fortes onde mesmo a contra gosto Dulce se deixou abraçar e mimar.

Enquanto isso em um certo apartamento .....

Christian : é pra rir ? – perguntava enquanto enxugava o suor que escorria do rosto afinal havia acabado de voltar da academia

Anahí : deixa de ser chato – dizia jogando uma almofada nele

Christian: chato? Ok – dizia ameaçador e logo se jogava em cima de Anahí que apenas sorria sem nem ao menos reclamar pelo suor dele – ainda sou chato ? – perguntava a encarando

Anahí : o mais chato de todos – dizia divertida

Christian : aham – dizia roçando de leve seus lábios nos dela e logo ambos se viam perdidos em um intenso beijo

Alguns tempo depois....

Anahí : tenho que ir – dizia suspirando acariciando os cabelos negros de Christian

Christian: te deixo ir – dizia recebendo leves tapas

Anahí : engraçadinho – dizia se levantando do sofá – o que vai fazer durante o resto da semana ? – perguntava o encarando

Christian; descansar, malhar, descansar, malhar, descansar, malhar – dizia

Anahí : além disso – dizia

Christian : descansar, malhar, descansar, malhar , descansar, malhar – continuava dizendo

Anahí : to falando serio ! – dizia o encarando

Christian gargalhou adorava irrita –la se levantou revelando o corpo agora malhado e já bastante definido e a abraçou pela delicada cintura

Christian: queria ficar com você , mais como eu sei que ainda sou seu segredo – dizia sussurrando – acho que vou ver uns amigos porque o interesse ? algum plano para esse corpinho gostoso que esta a sua frente ? - perguntava divertido

Anahí : muitos – dizia divertida e logo ambos já se beijavam novamente

Voltando a casa de D y C....

Dulce estava deitada na imensa cama que tinha no quarto totalmente relaxada enquanto Christopher sem camisa massageava suas pernas e pés que agora começavam a dar sinais da reta final da gravidez. Quando Dulce andava muito ou simplesmente ficava muito tempo em pé suas pernas e pés inchavam bastante o que lhe causava incomodo a obrigando a ficar sentada ou receber massagens para aliviar.

Dulce: isso é muito bom - dizia aliviada sentindo as mãos fortes do marido deslizarem por sua pele

Christopher apenas sorriu , sabia que a fase mais difícil da gravidez começava agora . Uma vez que a barriga começava a pesar , e como Dulce era pequena o incomodo começava a ficar maior. As noites já não eram mais tão calmas pro casal afinal Luna se mexia demais e não deixava Dulce dormir e muito menos Christopher que ficava preocupado com qualquer movimentação da esposa .

Dulce: eu vou acabar dormindo – dizia quase sussurrando

Christopher apenas sorriu sem parar a massagem e logo ouviu o ressonar da esposa . Parou a massagem e a observou por longos minutos .

Dulce estava com o rosto bem arredondado , a pele morena , os seios fartos, a barriga mais arredondada ainda , suas sardas no colo bem mais visíveis sem contar no apetite sexual que ao contrario do imaginaram não diminuiu apenas aumentou , suspirou se levantando com cuidado da cama exibindo o corpo musculoso se aproximando da sacada do quarto observando o imenso jardim .

Algum tempo depois....

Christopher havia saído do quarto e ido direto para o estudio que ficava no ultimo andar da casa , onde ficava boa parte do seu tempo compondo e estudando. Estava distraído sentado na frente do piano que havia no estudio quando percebeu que não estava sozinho , sorriu.

Christopher: acordou – dizia parando o que fazia

Dulce: porque me deixou dormir tanto ? já é quase quatro da tarde – dizia se aproximando

Christopher: você não dormiu bem essa noite nada mais justo – dizia – esta melhor ? – perguntava olhando as pernas e pés da esposa

Dulce: perfeita – dizia o observando – eu quero uma coisa – dizia com carinha de pidona

Christopher apenas a observou

Enquanto isso nas redes sociais ....

Alfonso Herrera estava envolvido em um belo escândalo já que uma fã o acusava de ser pai do filho que esperava . Maite assim como Alfonso também estava envolvida em um escândalo já que muito se dizia de um romance com o ator com quem trabalhava e era casado .

Os fãs muito especulavam já quem nenhum dos dois eram encontrados para dar algumas explicações.

Já os fãs de Christopher não tinham do que reclamar desde o fim do grupo a musica que Christopher havia cantado no ultimo show era a mais tocada em todas as rádios da América Latina e apesar da insistência de produtores e programas de televisão ele se recusava em se apresentar ou divulgar a musica alegando que estava em um momento de descanso e não pensava em trabalho por enquanto .

Os fãs de Dulce se viam meio perdidos uma vez que desde o fim do grupo Dulce apenas dava noticias pelas redes sociais do marido, muitos se revoltaram com isso já que grande parte não eram muito fãs de Christopher . Ela havia optado por somente se dedicar a sua nova família deixando um pouco de lado o estrelato .

Os fãs de Anahí e Christian andavam preocupados não sabiam nada dos dois a não ser que ambos por diversas vezes haviam sido vistos juntos em vários lugares diferentes e em situações “curiosas”.

Na casa de D y C....


Christopher acariciava os cabelos negros e sedosos da esposa enquanto segurava o gemido na garganta enquanto sentia Dulce sugar sem a menor cerimônia seu pênis . Nos últimos dias ela andava sedenta por sexo oral , sentia o corpo todo faiscar pelo simples fato de ver o marido próximo a ela .

O gemido escapou enquanto a língua dela deslizava suave pela glande o fazendo suspirar fundo. Mordeu o lábio inferior sentindo o corpo arrepiar por inteiro e gemeu alto sentindo o corpo se liberar na boca macia e quente da mulher .

Dulce por sua vez se deliciava sem se importar com nada , afinal estavam na casa deles, onde nada nem ninguém entraria sem a permissão de ambos e fazer sexo no estudio de musica já não era algo novo , pensava divertida ainda se deliciando com o gozo do marido . Limpou todo o membro do marido e depois distribuiu delicados beijos até o abdômen definido de Christopher apoiando o queixo e o encarando.

Ambos se observaram e Christopher se baixou segurando os cabelos da mulher lhe dando um beijo cheio de paixão e desejo a obrigando a se levantar e corresponder melhor .

A pesar da barriga já bem grande , nada os atrapalhava ao contrario , parecia facilitar tudo .

Algum tempo depois....

Christopher observava Dulce adormecida em seus braços . Negou divertido com a cabeça não era a primeira e com certeza não seria a ultima vez que faziam amor no estudio . Porem sabia que aquela farra começava a ficar com os dias contados afinal logo ela se sentiria bastante desconfortável , ele pensava .

Dulce: o que esta pensando ? – perguntava de olhos fechados

Christopher: achei que estava dormindo – dizia acariciando os cabelos dela

Dulce: só cochilei – dizia abrindo os olhos brilhantes

Christopher: eu estava aqui pensando que logo essa nossa farra aqui no estudio vai acabar – dizia divertido

Dulce: porque ? – perguntava o encarando

Christopher: porque logo alguém vai ocupar o resto de espaço que resta ai – dizia acariciando a barriga da mulher – e você não vai se sentir confortável em nenhuma posição e logo vem o resguardo e logo – foi interrompido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:24 pm

Dulce: e logo eu vou te beijar e vamos transar de novo – dizia roçando os lábios nos dele

Christopher: Dul eu – não conseguiu terminar de falar pois foi atacado pela mulher

A noite tomava conta ....

Dulce se revirava na cama sentindo um pouco de azia . Franziu a testa odiava aquela sensação e logo se sentou na cama já irritada , suspirou e prendeu os cabelos em um coque alto saindo do quarto a passos segundo ela rápidos . Desceu as escadas e escutou a voz de Christopher que parecia irritado.

Christopher: não mandei você falar isso – dizia serio

Dulce franziu a testa parando alguns degraus antes de acabar a escada

Christopher: DANE-SE se vira Guillermo – dizia desligando o telefone e respirando fundo

Dulce: o que houve? – perguntava terminando de descer os degraus
Christopher: Guillermo é o que houve – dizia serio encarando a mulher

Dulce: o que foi agora ? – perguntava

Christopher: nada que valha a pena , pelo menos não agora – dizia mais calmo – e você esta melhor? – perguntava

Dulce: não essa azia não passa – dizia mostrando irritação com o simples tom de voz

Christopher acariciou o rosto dela

Christopher: quer alguma coisa? – perguntava

Dulce: só não quero ficar deitada , parece que piora – dizia suspirando

Christopher: esta cansada não é ? – perguntava a puxando pro sofá

Dulce: dessas sensações irritantes sim – dizia sorrindo fraco – mais é por uma ótima causa – dizia

Christopher: quando é sua proxima consulta? – perguntava

Dulce: daqui a dois dias – dizia – vai comigo ? – perguntava

Christopher: claro – dizia piscando

Dulce: ta entediado de ficar em casa? – perguntava de repente

Christopher: de onde tirou isso ? claro que não – dizia a encarando – adoro ficar te mimando , mais não nego que é estranho saber que estou de férias por um longo tempo – dizia divertido

Dulce: temos que guardar energia , afinal se a nossa filha for aqui fora como é aqui – dizia observando a barriga – não teremos noites tranqüilas – dizia

Christopher apenas gargalhou

Dulce: não é pra rir Chris , se a Luna for agitada como parece que vai ser não dormiremos por um ano – dizia exagerada

Christopher: também não exagera – dizia divertido

Dulce: é a realidade – dizia seria – e você é quem vai ficar acordado – dizia divertida

Christopher: posso até ficar mais você também espertinha – dizia a encarando

Dulce: eu vou dormir – dizia risonha

Christopher: amor só você vai poder amamentar – dizia olhando o rosto risonho da mulher desaparecer

Dulce: tinha me esquecido desse detalhe – dizia o encarando

Christopher : é meio difícil esquecer né – dizia olhando os seios fartos da esposa

Dulce : engraçadinho – dizia estapeando o marido

Christopher: hei eu só comentei – dizia se defendendo

Dulce: sei – dizia o olhando de canto de olho e logo voltando a se aconchegar nos braços dele

Christopher: nem é folgada né – dizia apenas observando

Dulce : ainda me acha atraente? – perguntava o encarando

Christopher: serio que esta me perguntando isso , depois de termos feito amor duas vezes no estudio onde supostamente eu só usaria pra trabalho ou estudos – dizia a encarando

Dulce mordeu o lábio inferior

Dulce: eu to uma bola, to parecendo uma vaca com esses peitos imensos , já quase não consigo ver os meus pés , sinto dores nas costas seja pela barriga seja pelos peitos – dizia revirando os olhos

Christopher : eu já disse um milhão de vezes e vou repetir quantas vezes for necessário – dizia serio – primeiro você não esta uma bola esta gravida , não esta parecendo uma vaca esta produzindo leite e se sinta feliz porque tanto a minha mãe como a sua não nos deram esse privilegio – dizia –quanto não ver os pés , bom isso é só uma prova que a nossa filha esta se desenvolvendo muito bem não acha? – perguntava

Dulce apenas sorriu , se tinha uma coisa que Christopher sabia como fazer era controlar suas crises de insegurança .

Ambos ficaram apenas sentados no sofá curtindo a companhia um do outro e escutando o silêncio da noite que logo foi quebrado por raios e trovões anunciando uma tempestade.

Enquanto isso ....

Rick : tudo bem ? – perguntava serio

Ilza: sim , só um pouco de enjôo , nada anormal querido – dizia se sentando na cama

Rick: certeza? – perguntava desconfiado

Ilza: sim – dizia risonha acariciando a barriga de 5 meses

Rick : olha lá hein – dizia

Ilza: pode acreditar – dizia piscando

Rick apenas a observou de canto de olho

A tempestade veio com força naquela noite , atingindo não somente a capital como também parte do litoral do pais o que causou alertas em varias regiões.

Na manhã seguinte....

O dia estava nublado, frio e com fortes ventos . O vento soprava com força contra a janela da sacada incomodando o sagrado sono de Dulce que com muita preguiça abriu os olhos e logo os fechou ao escutar o celular dela tocar com insistência .

Dulce: não vou atender – resmungava baixinho quando ouviu

Christopher: pronto – dizia - na verdade ela esta dormindo – dizia observando a esposa e franzindo a testa e segurando o celular da mulher – na boa , não podem escolher outro dia pra isso ? – perguntava coçando a nuca

Dulce ouvia atenta a conversa do marido se perguntando com quem ele falava no seu celular .

Christopher: não estou sendo grosso ou estúpido Sam , simplesmente o dia não esta dos melhores e caso não se lembre ela esta grávida - dizia serio

Dulce se ajeitou na cama e logo abriu os olhos encarando o marido que estava de costas pra ela .

Christopher: sim gravidez não é doença , mais não é você nem a Paty que ficam com as pernas inchadas , os pés inchados , com dores nas costas nem nada disso – dizia serio e logo olhava o celular incrédulo – educada – dizia desligando o celular e logo se virando se deparando com Dulce o encarando

Dulce: oi – dizia

Christopher: faz tempo que esta acordada? – perguntava deixando o celular no criado mudo

Dulce: o suficiente , o que a Sam queria comigo ? – perguntava direta

Christopher: sair pra bater perna pra variar – dizia revirando os olhos

Dulce: eu podia ter falado com ela não acha? – perguntava

Christopher: então porque não atendeu o celular? – perguntava – ficou tocando o bom tempo – dizia

Dulce apenas deu de ombros

Christopher: a Sam já foi mais educada , desligou na minha cara – dizia

Dulce: porque será ? – perguntava

Christopher; nem vem com o tonzinho debochado porque a única coisa que eu perguntei foi se não podiam escolher outro dia – dizia a encarando

Dulce: vou ligar pra ela – dizia pegando o celular

Christopher apenas respirou fundo e saiu do quarto

Dulce por sua vez rapidamente discou o numero da amiga que assim que atendeu disse que havia planejado um dia só de mulheres no shopping aproveitando que Paty estava no pais .

Sam: imagina nós três juntas no shopping nos divertindo – dizia animada

Dulce: imagino , você e a Paty se divertindo e eu reclamando – dizia risonha

Sam : Dul você não era assim – dizia

Dulce: Sam eu estou grávida , não tenho paciência pra ficar andando de loja em loja e muito menos que as pessoas fiquem tocando a minha barriga isso me irrita – dizia ver irando os olhos – vou ficar na divida com vocês e a propósito desligou na cara do Chris ? – perguntava curiosa

Sam : já foi fofocar – dizia resmungando

Dulce: o que ta havendo Sam você nunca tratou o Chris assim – dizia estranhando aquela reação – a grávida irritada da turma sou eu – dizia divertida

Sam : ta havendo que eu to ficando pra TIA, TIA – dizia – você casou , a Paty ta namorando , o Diego , o Diego acredite aparentemente esta apaixonado , todos estão com alguém e eu aqui segurando vela – dizia irritada

Dulce : acho que se você se acalmar pode arranjar alguém legal – dizia prendendo o riso

Sam : claro você já esta casada e com filho na barriga é fácil falar né – dizia revirando os olhos

Dulce: Sam , fica pra próxima ok , vou ter que desligar manda um beijo pra Paty – dizia desligando

Enquanto isso no escritório da casa.....

Christopher usava seus óculos de grau e estava serio parecia pensativo , talvez irritado . Quando viu a porta se abrir lentamente e Dulce surgir o encarando mordendo o lábio inferior .

Christopher: Falou com a Sam ? – perguntava direto

Dulce : sim - respondia

Christopher: que bom – dizia

Dulce: Chris , você sabe que eu odeio que tomem decisões por mim – dizia se aproximando da mesa

Christopher: simplesmente fiz o que achei correto , só isso desculpa se me preocupo demais – dizia dando de ombros e a encarando

Dulce: me sinto impotente quando decide as coisas por mim – dizia seria

Christopher; somos um casal e assim como eu decido por você algumas vezes você decide por mim em outras somos companheiros antes de qualquer coisa – dizia serio – eu cuido de você e você de mim – dizia

Dulce suspirou

Dulce: desculpa ! fui grossa com você – dizia se aproximando sentindo o marido a puxar para o seu colo

Christopher: já to acostumado – dizia divertido - mais não gostei da Sam desligar na minha cara – reclamava

Dulce gargalhou

Dulce:vamos dizer que ela esta em crise – dizia divertida

Christopher encarou a mulher divertido

Enquanto isso em Los Angeles....

Ansur: se vira hermano – dizia piscando divertido

Guillermo; podia me ajudar né – dizia serio

Ansur: não mandei você sair anunciando que o Chris ia vir divulgar nada aqui – dizia – você e todo mundo sabe que ele não vai sair de perto da Dulce ainda mais agora que ela esta entrando na reta final da gravidez – dizia serio

Guillermo apenas suspirou havia se metido em um problema por ser muito linguarudo , pensava.

Guillermo : seria uma ótima oportunidade a musica não para de tocar a mais de um mês- insistia

Ansur: e daí ? Guillermo você tem que conviver muito ainda com o Chris pra conhecer ele – dizia saindo


Guillermo apenas revirou os olhos


No México ....

Christopher: a Sam pode até ser minha amiga mais ultimamente a vida dela se resume em uma palavra “crise” – dizia encarando a mulher

Dulce: não fala assim – dizia risonha

Christopher: deixa quieto – dizia encarando a esposa – então que horas volta? – perguntava suspirando

Dulce: horas? Voltar? De onde Chris ? – perguntava confusa

Christopher: oras a Sam não ligou te chamando pra sair – dizia – então que horas vocês voltam ? – perguntava

Dulce sorriu divertida

Dulce: ela e a Paty não sei agora eu vou ficar aqui quietinha em casa – dizia quase sussurrando

Christopher encarou a esposa desconfiado

Dulce: não acredita em mim ? – perguntava cruzando os braços na altura dos seios

Christopher: quem é você ? o que fez com a minha mulher? – perguntava

Dulce gargalhou e roubou um selinho do marido

Dulce; eu adoro as minhas amigas e você sabe que uma tarde batendo pernas é algo que eu não dispensaria – dizia suspirando – mais só de pensar em andar sem párar e depois ainda agüentar as pessoas me olhando como se nunca tivessem visto uma mulher grávida me cansa – dizia suspirando

Christopher apenas ouvia

Dulce: sem contar que odeio que fiquem passando a mão na minha barriga – dizia bravinha – acham que por eu ser famosa minha barriga é propriedade publica – resmungava

Christopher tentou mais não conseguiu conter o riso

Christopher: quem te viu quem te vê senhora Uckermann – dizia divertido sentindo os leves tapas da esposa em seu peitoral
Dulce: engraçadinho – dizia bicuda

Christopher: certeza que não quer ir mesmo? Eu te levo – se oferecia surpreendendo a mulher

Dulce: agora eu que digo , quem é você? O que fez com meu marido ? – perguntava divertida

Christopher: sou eu mesmo ta – dizia – mais eu sei o quanto você gosta de sair com elas mesmo uma sendo cheia de crises – dizia – só não quero que você fique entediada – dizia serio

Dulce: tédio ? eu tenho você pra me distrair – dizia atacando os lábios do marido sem que ele esperasse

No dia seguinte .....

Christopher sorria divertido olhando sua mais nova travessura . Havia entrado em seu fórum e postado uma foto com a seguinte frase “ la reina y el bebê ...” que foi suficiente pra enlouquecer meio mundo de fãs .

Dulce: amor to pronta – dizia saindo do banheiro usando um vestido branco de alças

Christopher: então vamos – dizia pegando sua carteira e as chaves do carro

Ambos saíram do quarto , rumo ao seu destino .....

Alguns minutos depois .....

Christopher estava sentado em uma das poltronas da clinica apenas observando o fato de ser o único homem naquela clinica de ginecologia e obstetrícia .

Dulce: parece que nunca viram homem – resmungava observando como algumas mulheres olhando na cara dura o marido

Christopher apenas sorriu

Dulce suspirou e focou seu olhar na televisão que ficava na recepção e sorriu ao ver que pela milesima vez era exibido a parte em que Christopher havia cantado no ultimo show do rbd .

Não podia negar que a cada vez que via aquelas imagens lhe dava saudades de tudo que envolvia o grupo , mais ao mesmo tempo se enchia de orgulho por ver como finalmente valorizavam o talento do marido , mesmo que pra isso ela tivesse que agüentar os suspiros das mulheres ao redor.

Christopher: amor, Dulce Maria – dizia a encarando

Dulce: eu – dizia meio perdida

Christopher: acho que é a nossa vez – dizia olhando a recepcionista que os chamava

Dulce: então vamos , ta esperando o que – dizia se levantando – depois eu que sou a lenta – dizia revirando os olhos

Christopher estreitou os olhos e seguiu a esposa e a recepcionista até uma porta branca e logo entraram.

Dra. Sandra: mais vejam quem eu tenho aqui – dizia simpática

Dulce: sim eu voltei – dizia sorrindo fraco e já se sentando

Sandra: pelo visto os ânimos não estão dos melhores não é ? – perguntava encarando Christopher – como vai Christopher – cumprimentava

Christopher: bem , isso é só charme – dizia divertido

Dulce apenas deu um tapa de leve no marido

Sandra: então como essa mocinha tem se comportado ? – perguntava encarando Dulce

Dulce: muito mal – dizia suspirando

Christopher: Luna se meche demais e isso ta deixando ela esgotada – dizia serio

Dulce: minhas costas doem , minhas pernas incham – dizia

A medica anotava tudo .

Sandra: tirando esses incômodos , mais algum ? – perguntava

Dulce encarou Christopher e ambos negaram em silencio

Sandra: pois bem , vai se trocar e já vou te examinar – dizia

Dulce deixou sua bolsa na poltrona onde estava sentada e foi até o biombo onde rapidamente colocou a bata da clinica.

Dulce: pronto – dizia prendendo os cabelos em um coque frouxo

Sandra: primeiro quero ver seu peso senhora – dizia estreitando os olhos e se aproximando de Dulce

Dulce por sua vez subiu na balança sem desviar o olhar do marido que achava graça da cena .

Sandra: hum ... interessante – dizia anotando algo – pode descer – dizia- agora venha aqui quero aferir sua pressão – dizia apontando a maca

Christopher se levantou de onde estava e rapidamente ajudou a esposa a se deitar na maca.

A medica por sua vez a feriu a pressão de Dulce que franzia a testa odiava aquela parte do pré-natal .

Sandra: agora a parte mais divertida – dizia – vamos ver a Luna – dizia abrindo a bata – que barriga linda – elogiava ao ver a barriga redondinha e levemente bronzeada

Enquanto isso.....

Bianca: obrigada – agradecia

Rick: não tem que agradecer – dizia terminando de colocar a cortina no quarto de Bernardo

Bianca: ficou lindo o quarto – elogiava olhando o quarto que o ex- marido havia feito para o filho no apartamento

Rick : nunca gostei tanto de decoração infantil – dizia divertido e distraído – a Ilza já me intimou até a ajudar na decoração do quarto da Alicia – dizia sem perceber

Bianca: sorte a dela – dizia seria

Rick : er... desculpa Bianca é que por um instante – foi interrompido

Bianca: por um instante parecemos os velhos amigos da faculdade – dizia sorrindo fraco- Rick você era o meu melhor amigo na faculdade, foi meu namorado de anos, depois meu marido, agora pai do meu filho , não tem sentido você ficar se policiando comigo – dizia o encarando

Rick : eu sei Bianca , mais é estranho falar da Ilza e da minha filha .... com você – dizia suspirando e descendo da escada – prontinho – dizia olhando a cortina azul clara

Bianca: de novo obrigada – agradecia sem voltar ao assunto

Rick : então , quando vêem pra cá? – perguntava direto

Bianca: ta difícil – dizia suspirando e saindo do quarto

Rick: porque ? – perguntava

Bianca: meus pais , dona Blanca ta fazendo um drama – dizia revirando os olhos

Rick: agora sabemos de quem a Dulce puxou a veia artística – dizia divertido

Bianca: bobo – dizia risonha

Enquanto isso.....

Sandra: olha quem apareceu – dizia divertida mostrando a bebê

Dulce sentiu o coração acelerar e os olhos se aguarem rapidamente com as imagens que via . Já Christopher olhava encantado aquele pedacinho de gente já cheio de graça na barriga da mãe.

Sandra: acho que ela esta com sono – dizia ao ver a bebezinha bocejar

Christopher: esta tudo bem ? – perguntava

Sandra: sim – dizia sorrindo – essa mocinha esta se desenvolvendo muito bem , já tem os membros formados, o coração como podem ouvir é forte – dizia sorrindo – agora é a reta final , os pulmões se formarem e logo já terão essa princesa nos braços – dizia desligando o aparelho de ultra- som e observando como Dulce chorava – essas mamães – dizia saindo um pouco da sala deixando o casal a sós

Christopher: Dul – dizia carinhoso – não é pra chorar – dizia acariciando o rosto dela

Dulce: você falou que de alegria podia – dizia bicuda

Christopher gargalhou roubando um beijo da esposa

Minutos depois.....

Dulce e Christopher encaravam a médica que tinha o semblante serio .

Sandra: agora é a hora – dizia misteriosa

Dulce: hora do que? – perguntava

Sandra: primeiro parabéns sua pressão esta ótima, seu peso excelente – foi interrompida

Dulce: excelente? Eu to uma bola – reclamava

Sandra: Dulce você engordou apenas 8 quilos em 7 meses , esta perfeito , até 12 kilos é super saudável- explicava

Dulce: me sinto uma bola – dizia bicuda

Christopher: ta uma bola linda – dizia sem resistir

Dulce apenas olhou de lado o marido e o beliscou com toda a sua força sorrindo divertida

Christopher: ahhh Dulce – dizia olhando a marca no braço

Sandra sorriu , adorava as consultas com o casal justamente pelo astral de ambos .

Christopher: pode terminar doutora antes que eu saia daqui roxo – dizia alisando o braço
Sandra: agora vem a parte seria – dizia encarando os dois

Ambos ficaram sérios e apenas encararam a medica

Sandra: Dulce você tinha me comentado sobre a vontade de ter parto normal e até humanizado – dizia

Christopher: o que eu acho uma loucura, não o parto normal , mais o humanizado – dizia

Dulce: eu já disse que não gosto de hospitais – dizia seria

Sandra: bem o parto humanizado não oferece riscos Christopher , ao contrario muitas mulheres se sentem melhor com esse tipo de parto , mais deixemos o parto humanizado de lado e vamos falar só do parto – dizia

Dulce: algum problema ? – perguntava

Sandra: o ultra- som de hoje confirmou as minhas suspeitas a bebê de vocês não é pequena e a sua estrutura é – dizia seria

Dulce franziu a testa

Christopher: ta querendo dizer que a Dulce não pode ter parto normal ? – perguntava

Sandra: claro que pode , mais eu quero que vocês e principalmente você Dulce pense na possibilidade de fazermos uma cesariana – dizia

Dulce: me cortar ? – perguntava

Sandra: vamos continuar com acompanhamento , mais se sua bebê passar de 49 cm eu prefiro uma cesariana no seu caso- dizia – você não sofre e nem a bebê – dizia

Christopher franziu a testa

Christopher: mais a Luna já tem quase 47 cm – dizia serio

Dulce apenas se calou

Sandra: sim e levando em conta que ainda temos algumas semanas pela frente – dizia suspirando - Dulce não disse pra te assustar , só disse pra te preparar , porque dependendo da situação eu não vou arriscar você ou sua filha – dizia seria

Dulce encarou a medica

Enquanto isso....

Rafael : então ? – perguntava serio

Claudia: Rafa por favor – pedia
Rafael : tchau Claudia - dizia

Claudia suspirou olhando Rafael sair do restaurante onde sempre se encontravam .

Na Clinica .....

Dulce e Christopher saiam da consulta . Ela perdida em seu próprio mundo e ele apenas observando .

Christopher: amor – dizia a abraçando

Dulce apenas se deixou abraçar e suspirou

Christopher: quer conversar ? – perguntava

Dulce: agora não – dizia sentindo o marido entrelaçar sua mão com a dela

Christopher lhe beijou a testa e saíram da Clinica

Durante todo o caminho de volta pra casa ambos ficaram em silêncio . Dulce perdida em seus pensamentos olhando as imagens da ultra que a médica havia dado ao casal com os melhores “closes” de Luna . Já Christopher apenas esperava o momento em que Dulce resolvesse falar , sabia que insistir não era o melhor naquele instante.

Em questão de minutos ambos já estavam no imenso jardim da casa.Dulce saiu do carro a passos lentos entrando na casa. Jogou sua bolsa no sofá e logo se sentou suspirando , fechou os olhos e logo sentiu um carinho em seu rosto.

Christopher: amor ela falou que é uma possibilidade não que vai ser uma cesariana – dizia a encarando

Dulce: vai ser cesariana Chris e você sabe – dizia encarando o marido- minha mãe disse que a barriga dela só ficou do tamanho da minha no ultimo mês – dizia

Christopher: amor na boa isso de ficar se comparando com a sua mãe , não dá , sua mãe é uma você é outra os tempos são outros nossa vida é outra – dizia serio – não te quero preocupada , nem assustada independente de ser normal ou não eu vou estar com você – dizia

Dulce apenas suspirou

Christopher: agora melhora essa carinha vai – dizia carinhoso recebendo um sorriso fraco

Dulce: acho que teremos uma artista – dizia olhando as imagens da ultra

Christopher: será? – perguntava divertido


Enquanto isso ....

Blanca: mais filha – insistia

Bianca: mãe para com o drama – dizia divertida arrumando as coisas do filho – não vou mudar de pais , você e o papai sempre podem ver o Bê – dizia

Blanca: não é a mesma coisa e além disso quem vai cuidar dele quando você voltar a trabalhar ? – perguntava

Bianca: posso trabalhar de casa mãe – dizia encarando a mãe – expliquei a minha situação e contanto que eu apresente meu trabalho em dia posso trabalhar de casa afinal tenho tudo que preciso , computador e todas as minhas informações – dizia

Blanca: depois não reclame – dizia saindo do quarto

Bianca: e eu achando que seria o papai a ficar fazendo drama – dizia divertida

Voltando ....

Dulce : a recuperação da cesariana é mais lenta e dolorosa – dizia de repente

Christopher apenas ouviu calado

Dulce: não quero que me cortem , nem quero ficar no hospital e muito menos sentir dor – dizia

Christopher: você ouviu a médica, ela não vai arriscar você ou a nossa filha – dizia a encarando

Dulce: eu sei – dizia suspirando

Christopher: amor é só uma possibilidade – dizia tentando acalma-la

Dulce: é praticamente uma realidade Chris – dizia

Christopher puxou a esposa para os seus braços a abraçando apertado ouvindo o suspiro dela .

Enquanto isso .....

Valeria : finalmente – dizia com os olhos brilhantes

Victor: finalmente o que mãe ? – perguntava sem entender

Valeria : nada apenas consegui um contrato novo – dizia empolgada

Victor apenas observou a mãe sem entender .

Em Los Angeles .....

Ansur: Mel cadê os novos contratos do Chris ? – perguntava

Mel : tem alguns aqui comigo e outros com o Guillermo , quer que eu pegue ? – perguntava o encarando

Ansur: o que esse cara ta fazendo com os contratos ? depois de assinados todos ficam comigo – dizia serio

Mel : ele me pediu disse que queria ver alguma coisa – dizia dando de ombros

Ansur: o Chris tem que ficar esperto com esse cara – dizia suspirando – e você ta melhor? – perguntava

Mel : mais ou menos acho que comi alguma coisa que não caiu bem , meu estomago ta embrulhado ainda – dizia fazendo uma careta

Ansur apenas sorriu e roubou um selinho da namorada e logo voltou para a sua sala .

Dias depois ....

Dulce observava o porta-retrato no criado mudo . A foto dela e Christopher no dia do casamento , sorriu e logo suspirou se levantando da cama e saindo do quarto a passos lentos .

Andou pelo corredor até uma porta em tom rosado que tinha uma delicada bonequinha em cima de um skate adormecida . Abriu e suspirou o quarto de Luna finalmente estava pronto agora era apenas questão de tempo pra filha habitar aquele lugar. Suspirou acariciando a barriga e olhando casa cantinho do quarto.

Ficou por algum tempo no quarto e logo saiu . Franziu a testa estranhando o silêncio , não tinha mais costume de ficar sozinha em casa , pensou sorrindo fraco.

Enquanto isso em Los Angeles.....

Christopher: e? – perguntava

Guillermo: é a sua oportunidade – dizia o encarando

Christopher: que parte você não entendeu que eu não to afim de divulgar nada – dizia serio – só vim por causa desses novos contratos mais assinando essa papelada eu volto correndo pra casa e só lamento por você ninguém mandou ter a língua maior que a boca – dizia deixando Guillermo sozinho na sala de reuniões


Christopher andava apressado até a sala de Ansur quando avistou Mel um tanto quanto pálida

Christopher: tudo bem ? – perguntava a encarando

Mel : meu estomago ta meio embrulhado – dizia franzindo a testa

Christopher: embrulhado ? – perguntava

Mel : é acho que to com algum problema a dias to assim – dizia

Christopher: olha lá hein – dizia entrando na sala do amigo e sócio com um sorriso divertido nos lábios

Mel arqueou a sobrancelha

Christopher : você viu como a Mel ta pálida? – perguntava encarando o amigo

Ansur: sim ela anda mal do estomago – dizia olhando alguns papeis

Christopher: Ansur , Ansur – dizia

Ansur: o que ? – perguntava sem entender

Christopher: nada – dizia se sentando – me diz quando é a reunião pra assinar os novos contratos quero voltar logo pra casa , deixar a Dulce sozinha não me agrada – dizia suspirando

Ansur: amanhã as 09:00 aqui – dizia – depois disso você esta liberado - dizia divertido

Christopher : otimo – dizia

Enquanto isso no México .....

Fernando : não ria – dizia

Dulce: é engraçado saber que a mamãe ta fazendo um drama por isso – dizia encarando o pai risonha

Fernando : diz isso porque não é você tem quem tem que escutar as lamurias dela todas as noites – dizia revirando os olhos

Dulce apenas gargalhou

Fernando : quando se u marido volta ? – perguntava pela milésima vez

Dulce: seu Fernando sossega o meu marido volta em alguns dias e eu estou ótima aqui ok – dizia encarando o pai

Fernando : no meu tempo onde o marido ia a mulher acompanhava – dizia

Dulce: no seu tempo as mulheres viajavam de carroça né pai - dizia irônica – minha medica me proibiu de viajar de avião por causa da minha pressão que sempre cai demais – dizia

Fernando apenas ouvia desconfiado

Enquanto isso na Televisa ....
Claudia olhava distraída um porta-retrato que tinha em sua mesa de trabalho onde estava com as irmãs , suspirou sem lembrando perfeitamente do dia em que tiraram aquela foto

Flashback

Claudia, Bianca e Dulce estavam em Cancun pras festas de fim de ano já que seus pais haviam viajado pra visitar parentes no interior. As três se divertiam juntas até encontrarem Christopher com seus irmão mais velhos . Logo Dulce desapareceu com Christopher e Bianca sumiu com suas amigas, Victor o irmão mais velho de Christopher logo se encantou por uma loira de olhos castanhos e também sumiu deixando apenas Claudia e Rafael sozinhos .

Claudia : acho que sobramos – comentava

Rafael : podemos fazer companhia um ao outro – sugeria a encarando

Claudia: Rafa na boa você é irmão do Christopher – dizia

Rafael : e? – perguntava

Claudia: ele é quase meu novo cunhado ia ficar estranho – dizia franzindo a testa

Rafael : primeira vez que levo um fora por culpa do Chris – dizia franzindo a testa

Claudia: bem eu – foi interrompida

Rafael : não vou insistir – dizia se levantando

Algum tempo depois ....

Dulce: deixa de ser besta o Rafa é super legal e nada haver isso de cunhados , o meu lance com o Chris é so curtição – dizia piscando

Claudia: serio ? – perguntava

Dulce: claro , se joga hermana – dizia divertida

Claudia respirou fundo e resolveu procurar Rafael . Ao longe avistou Victor e Christopher que conversavam segurando copos de drinks . Franziu a testa ao ver que ambos se separavam e cada um ia por um caminho .

Andou mais um pouco e logo parou com o que viu Rafael aos beijos com uma mulher de cabelos castanhos . Viu como ambos se separavam e logo riam juntos andando pela enorme praia .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:25 pm

Fim do flashback

Claudia saiu de seus pensamentos ao escutar alguém chamar seu nome .

Los Angeles .....

Christopher: to entediado de ficar aqui sabia – comentava encarando o amigo

Ansur: é só sair sabe que o que não falta é lugar pra se divertir aqui Chris – dizia

Christopher: não quero um bando de paparazzi na minha cola e muito menos inventado coisas que não são verdades – dizia suspirando - acho que vou pra casa qualquer coisa estou com o celular – dizia se levantando – a propósito faz a Mel ir no médico – dizia saindo da sala

Ansur franziu a testa estranhando a insistência do amigo, deu de ombros e continuou trabalhando .

As horas passaram , assim como os dias .....

Ansur: mais como ? – perguntava perdido

Mel : é uma possibilidade ainda – dizia quase sussurrando

Ansur: não pode ser – dizia andando de um lado para o outro

Mel : é tão ruim assim ? – perguntava o encarando

Ansur: eu .. nós não estamos preparados – dizia a encarando

Mel : não preciso de você – dizia saindo como um raio da sala

Ansur: MEL – gritava em vão

No México .....

Christopher: cadê a minha dorminhoca – dizia subindo as escadas notando ainda o silencio

Andou pelo corredor até a porta de seu quarto e logo abriu se deparou com a esposa adormecida de lado agarrada em seu travesseiro com as pernas descobertas e apenas a barriga coberta pelo lençol . Entrou procurando não fazer barulho , como havia sentido falta dela naqueles poucos dias que esteve fora de casa. Se sentou na beira da cama e observou a esposa , parecia tranqüila porém dormia agarrada a seu travesseiro .

Sorriu se aproximando e roçando de leves os lábios nos da esposa.

Dulce se remexeu mais não acordou . Christopher sorriu e logo se levantou estava cansado já que tinha passado a madrugada em um avião.

Horas depois....

Dulce finalmente acordava . Se espreguiçou na cama e logo franziu a testa ao perceber algo em sua cama . Olhou para o lado e sorriu sem pensar começou a beijar todo o rosto do marido .

Christopher: pelo visto eu não durmo mais não é? – perguntava ainda de olhos fechados sentindo as caricias da mulher

Dulce: quando chegou? Porque não me acordou? Porque não disse que iria voltar hoje? – perguntava sem parar de beija-lo

Christopher: queria te fazer uma surpresa - dizia finalmente abrindo os olhos e a encarando – te extrañe - dizia

Dulce apenas se deixou aconchegar e logo ambos estavam perdidos em um beijo intenso.

O calor aumentou e logo o que eram simples beijos se tornaram intensos amassos.

Minutos depois.....

Christopher: desculpa mais não consigo – dizia se jogando ao lado de Dulce

Dulce fechou os olhos com força irritada .

Luna a cada toque do pai no corpo de Dulce a bebê fazia longos e intensos movimentos.

Dulce: droga – dizia frustrada sentindo os chutes da filha

Christopher: desculpa – dizia beijando a mão da mulher e logo se levantando entrando no banheiro sem esconder a ereção que tinha naquele momento

Dulce respirou fundo se sentando na cama e encarando a barriga

Dulce: olha aqui senhorita , quando você nascer seu pai será todo seu enquanto isso ele é meu – dizia – por favor para a mamãe precisa do papai – dizia mordendo o lábio inferior olhando fixamente a porta do banheiro que estava fechada

Ficou por alguns segundos acariciando a barriga e logo se levantou percebendo que os movimentos haviam parado . Sorrateiramente se aproximou da porta do banheiro e mexeu na maçaneta e se surpreendeu ao ver que estava aberta , sorriu olhando a barriga que não tinha um movimento siquer .

Abriu a porta lentamente e mordeu os lábios com o que viu . Christopher estava encostado no mármore da pia de olhos fechados e respirando fundo tentando se acalmar. Sua ereção ainda estava coberta pela calça folgada que usava para dormir . Se aproximou beijando o peitoral descoberto dele que a encarou

Christopher: Dul – parou de falar ao sentir outro chute da filha

Dulce: inferno – resmungava encostando a testa no peitoral do marido

Christopher : vou tomar um banho frio – dizia ofegante

Dulce: Chris – dizia chorosa

Christopher: é o melhor – dizia abrindo os olhos e entrando quase correndo pra dentro do box do banheiro o fechando rapidamente

Dulce se encostou no mármore da pia e suspirou frustrada .

Um mês depois ....

8 meses ... 8 meses ... 8 meses .....

Dulce suspirava sentindo o peso da barriga na reta final da gravidez. Franziu a testa sentindo que alguém atrapalhava seu sagrado banho de sol matutino . Afastou um pouco o chapéu que cobria seu rosto e avistou o marido apenas com uma sunga azul .

Christopher: já ta muito queimada amor – dizia a observando

Dulce: não acho – dizia bicuda

Christopher: pois eu acho – dizia – anda vem vamos nadar um pouco e depois comer alguma coisa – dizia ajudando a esposa a se levantar da espreguiçadeira

Ambos foram devagar até a piscina . Christopher entrou primeiro e logo ajudou a esposa que sorriu divertida se agarrando ao marido sentindo o corpo flutuar na água quente pelo sol da manhã . Sorriu travessa desamarrando o laço do biquini que logo estava flutuando na água .

Christopher; o que esta pretendendo ? – perguntava pegando a peça e colocando na beira da piscina

Dulce: nada e você? – perguntava sugestiva

Christopher: Dulce Maria – dizia a encarando

Dulce apenas sorriu travessa

Algum tempo depois .....

O celular de Dulce tocava com insistência na mesa da cozinha .

Na piscina ....

Dulce sentia suas costas quentes encostarem nos azulejos gelados da piscina enquanto sentia Christopher a penetrar profundamente. Gemia sem o menor pudor , sentindo tudo mais intenso fosse pela gravidez , fosse pela água .

Christopher: tão apertada – sussurrava sem deixar de beijar ou acariciar cada curva do corpo da esposa

Dulce apenas gemia se sentindo sedutora e sensual . Nos últimos tempos ambos sempre tiravam proveito dos momentos em que aparentemente Luna estaria dormindo para matarem as saudades .

Christopher sentiu a mulher morder seu lábio inferior com força e logo travou o próprio quadril gozando dentro da esposa que gemia manhosa e satisfeita .

Alguns minutos depois .....

Christopher: vamos entrar ? – perguntava encarando a esposa que tinha o rosto na curva de seu pescoço

Dulce apenas afirmou sentindo o marido separar os corpos e limpar o pênis e observar a mulher nua saindo da piscina andando em direção a espreguiçadeira pegando uma toalha e enrolando o corpo enquanto observava Christopher vestir a sunga novamente e balançar um pouco os cabelos molhados os deixando úmidos .

Dulce: me deu fome – dizia o encarando

Christopher: espero que seja de comida – dizia a encarando

Dulce: também – dizia risonha

Christopher apenas negou pegando a esposa pela mão e entrando na casa .

9 meses ou 36 semanas .....

O tão esperado ultimo mês havia chegado . A espectativa tomava conta do casal ao mesmo tempo que a ansiedade .

Dulce: que demora – resmungava recostando a cabeça no ombro do marido

Christopher: você anda muito reclamona sabia – dizia divertido

Dulce: tudo parece que demora demais – dizia bicuda

Christopher apenas sorriu já estava acostumado com a ansiedade da esposa .

Alguns minutos depois.....

Sandra: querem a boa ou a má noticia ? – perguntava depois de examinar Dulce

Dulce/ Christopher: a boa/ a má – diziam juntos

Dulce: Christopher – dizia o encarando

Christopher: a má porque depois tem a boa pra compensar – dizia dando de ombros
A médica apenas sorriu divertida

Sandra: a boa é que alguém já esta encaixadinha – dizia encarando os olhares surpresos do casal – e a má é que agora só depende da vontade dela – dizia

Dulce: esperar mais ? - perguntava já agoniada

Sandra: sim – dizia

Christopher: mais isso também quer dizer que poder ser a qualquer momento certo ? – perguntava

Sandra: certo – dizia encarando Christopher

Dulce morde u o lábio inferior apreensiva

37º semana .....

Dulce andava tranquilamente pela casa exibindo sua barriga totalmente empinada ainda.

Dulce: o que esta fazendo ? – perguntava encontrando o marido sentado no chão da sala com um violão

Christopher: compondo – dizia piscando e anotando alguma coisa em uma folha

Dulce bem que tentou ver o que era mais não conseguiu

Durante aqueles meses Dulce e Christopher praticamente haviam sumido da mídia . Evitavam sair já que ela se irritava com o assedio pesado dos paparazzi todas as vezes que a viam desfilando sua barriga e Christopher não gostava de ficar expondo sua vida então estavam unindo o útil ao agradável .

38º semana .....

Os dias pareciam se arrastar , as horas eram intermináveis e as semanas longas demais.

Dulce suspirou

Christopher: tudo bem ? – perguntava saindo do banheiro enquanto enxugava os cabelos

Dulce: nada esta bem- respondia arisca – sua filha não resolve nascer logo , eu não aguento mais de dores nas costas , nem transar eu consigo mais – reclamava

Christopher sorriu se sentando ao lado da mulher na cama

Christopher: ficar ansiosa é pior e você sabe – dizia

Dulce: que droga não aguento mais meu corpo ta cansado, eu to cansada – dizia chorando

Christopher apenas abraçou a mulher nos últimos dias Dulce estava mais sensível e ansiosa que o normal .

39º semana.....

Ao contrario das ultimas semanas Dulce estava calma e relaxada . O dia havia amanhecido ensolarado , porém logo no fim da tarde o tempo se transformou o vento frio, a chuva forte e logo a tempestade havia sido anunciada .

Dulce: que gostoso – dizia se deliciando com um copo de suco de laranja quando viu Christopher entrar correndo na cozinha totalmente molhado

Christopher: merda – reclamava tirando a camisa molhada

Dulce: achei que fosse voltar só depois da chuva - dizia olhando o marido

Christopher: eu disse que voltava logo – dizia lhe roubando um selinho – tudo bem ? – perguntava

Dulce: tudo ótimo – dizia piscando – o que tem nesse suco ta muito gostoso ? – perguntava

Christopher: nada demais – respondia – vou tomar um banho e me trocar – dizia saindo da cozinha

Dulce suspirou o fato de estar a quase um mês sem transar já estava lhe deixando um pouco desesperada .

A chuva continuava intensa do lado de fora da casa. O frio começava a se intensificar e em um piscar de olhos o dia passou . A noite estava fria e com uma garoa fina .

O relógio marcava 23:00 .....

A casa estava silenciosa e escura . Christopher dormia a longos minutos enquanto Dulce se remexia na cama sem um pingo de sono . Suspirou irritada e logo sentiu a bexiga quase explodir, se levantou com cuidado para não acordar o marido e foi até o banheiro onde se aliviou .

Depois de aliviar a bexiga se observou no reflexo do espelho e franziu a testa .

Dulce: já to ficando louca – dizia negando com a cabeça

Se deitou novamente e conseguiu finalmente dormir .

Eram exatas 01:30 da manhã quando Dulce abriu os olhos de uma vez sentindo uma pequena fisgada na barriga , franziu a testa com certeza era sua filha aprontando , pensou , suspirando e fechando os olhos novamente .

01:50 .....

Novamente a fisgada voltou a incomodar seu sono , dessa vez um pouco mais intensa mais nada que a fizesse se preocupar , suspirou sentindo a mão protetora de Christopher sobre sua barriga .

Fechou novamente os olhos e tentou dormir .

03:00 da manhã....

Dulce: Chris – chamava o marido baixinho

Christopher apesar do tom baixo da mulher abriu os olhos rapidamente

Dulce: ta doendo – dizia chorando

Christopher arregalou os olhos se levantando e acendendo as luzes do quarto se deparando com Dulce encolhida na cama e chorando .

Christopher: o que esta sentindo ? – perguntava acariciando o rosto dela

Dulce: dor – dizia suspirando

Christopher: será que – foi interrompido

Dulce: acho que sim – dizia chorando e respirando fundo sentindo outra contração

Christopher: a quanto tempo esta sentindo isso ? – perguntava

Dulce: começou de leve mais ta aumentando – dizia fechando os olhos com força

Christopher: vou ligar pra sua médica – dizia pegando o celular no criado mudo

03:15....

Christopher: ela mandou você ficar calma , e pra gente contar os intervalos das contrações – dizia mostrando todo o sangue frio que tinha naquele momento

Com o relógio em mãos e tentando manter a esposa calma Christopher contava os intervalos entre uma contração e outra que naquele momento eram de 20 minutos .

04:00 da manhã ....

Dulce andava pelo quarto sendo observada pro Christopher que continuava contando os intervalos das contrações . Se levantou rápido ao ver Dulce se curvar sentindo outra contração .

Christopher: tudo bem ? – perguntava percebendo que a mulher respirava fundo

Dulce : sim – dizia ofegante

Os minutos pareciam intermináveis . Dulce estava levemente suada e sentia o corpo todo se contrair a cada nova contração . Respirou fundo sabendo que aquilo ainda duraria e muito.

04:50 da manhã ....

Os gemidos de dor de Dulce começavam a tomar conta da casa.

Dulce: dói demais – dizia chorando sem perceber

Christopher olhou o relógio e logo olhou a esposa.

Christopher: vem eu vou te ajudar a se trocar – dizia se aproximando

Dulce o encarou confusa

Christopher: 8 minutos entre uma contração e outra – dizia serio

Dulce suspirou sentindo o marido a ajudar a levantar

Dulce: não quero hospital Chris – dizia quase sussurrando

Christopher apenas ouviu calado ajudando a esposa a se trocar.

05:00 da manhã ....

Com todo o cuidado Christopher ajudou a esposa a entrar no carro e colocou as coisas da filha no banco de trás .

Dulce: pegou meus documentos , as coisas da Luna – dizia suspirando

Christopher: peguei tudo – dizia abrindo o portão da garagem e logo pegando o celular e discando um numero – atende – dizia ligando o carro

Do outro lado da linha .....

Alexandra: alô - dizia sonolenta

Christopher: mãe to indo pro hospital com a Dul por favor avisa os meus sogros – dizia rapido e logo desligava

Alexandra apenas teve tempo de arregalar os olhos e pular da cama


05:15 da manhã ....

Christopher parava o carro na frente do hospital , onde já avistou a médica de Dulce com uma cadeira de rodas .

Sandra: tudo bem ? – perguntava abrindo a porta do carona e observando Dulce suada e ofegante com os cabelos presos em um coque

Dulce: depende o que você entende por bem – dizia fechando os olhos com força

Sandra: quanto tempo ? – perguntava encarando Christopher

Christopher: acredito que diminuiu pra 7 minutos – dizia

Sandra o encarou surpresa e logo ajudou Dulce a se sentar na cadeira de rodas observando como ela respirava fundo .

Por Dulce ser paciente da medica , já tinha seus dados no sistema do hospital o que Christopher agradeceu afinal não queria ficar um segundo longe da mulher.

05:40 da manhã ...

O dia começava a clarear e Dulce já estava com a bata do hospital na sala de pré- parto . Suspirava e logo gemia de dor .

Sandra: Dulce vou ter que fazer um exame de toque em você – dizia observando Dulce que apenas fechava os olhos

Enquanto isso na casa dos Saviñon ....

A campanhia e o telefone tocavam com insistência .

Blanca: Fernando ! – dizia acordando o marido

Fernando: quem é o infeliz que vem incomodar a essa hora – dizia irritado se levantando da cama

No corredor Blanca e Fernando se depararam com Claudia também sonolenta e confusa. Os três desceram as escadas e Blanca rapidamente acendeu as luzes da sala enquanto Claudia abria a porta e Fernando ia em direção ao telefone quando ouviu .

Claudia: Alexandra – dizia surpresa

Alexandra: até que enfim meu deus – dizia desligando o celular

Blanca: o que houve? – perguntava se aproximando já preocupada

Alexandra: Dulce entrou em trabalho de parto – anunciava

Blanca sentiu seus olhos marejarem e subiu rapidamente precisava estar com sua filha .

Claudia : vou ligar pra Bianca – dizia apressada

Fernando : minha neta – dizia abobado

No hospital ....

Sandra: você ainda tem pouca dilatação Dulce – dizia

Christopher: isso significa ? – perguntava

Sandra: mais algumas horas – dizia os encarando

Dulce apenas gemeu

Christopher acariciou os cabelos úmidos da mulher lhe dando um beijo na testa .

06:30 da manhã .....

Alexandra, Blanca, Fernando, Claudia já faziam plantão no hospital . Alexandra tentava em vão entrar em contato com Victor mais não conseguia falar com o ex marido .

Alexandra: depois vai reclamar – dizia revirando os olhos e desligando o celular

Blanca: quero saber da minha filha – dizia

Na sala de pré-parto ....

Dulce andava de um lado para o outro . Já que a médica havia dito que ajudava .

Dulce: não imaginava que doía tanto – dizia ofegante

Christopher: já vai passar amor – dizia a encarando

Dulce apenas suspirou .

As horas naquela manhã passaram como um raio para Alexandra, Fernando Blanca e Claudia . Porém para Christopher e Dulce pareciam intermináveis .

Claudia : meu deus que demora – dizia olhando o relógio que marcava 11:00 da manhã

Alexandra: bem vinda a maternidade querida – dizia divertida

Blanca: pobre da minha menina – dizia aflita

Na sala de pré -parto ....

Dulce estava banhada em suor . Rinha o rosto levemente corado e chorava já sem sentir.

Christopher: calma – dizia já sem saber se falava pra esposa ou pra ele próprio

Dulce o encarou e logo um grito agudo de dor escapou de sua garganta

Sandra que estava pronta pra examinar novamente Dulce arregalou os olhos e se aproximou da cama onde Dulce estava deitada , quase sentada . Franziu a testa ao notar que Dulce parecia fazer força .

Sandra: RAPIDO TRAGAM O PEDIATRA IMEDIATAMENTE – dizia flexionando as duas pernas de Dulce tendo a visão da vagina já dilatada da mulher

Christopher apenas olhava sem entender bem

Sandra: ok Dulce parece que temos uma apressadinha aqui – dizia – no três você empurra – dizia

Dulce apenas afirmou respirando fundo

O relógio marcava 12:00 em ponto e um choro intenso tomava conta da sala de pré-parto .

Dulce caia exausta na cama chorando e respirando aliviada .

Sandra: aqui mamãe – dizia colocando a bebêzinha ainda suja nos braços de Dulce

Dulce: oi meu amor – dizia sussurando pelo cansaço e observando a filha chorar sem parar

Christopher chorava em silêncio apenas observando quando se aproximou encostando um dedo no rosto sujo da filha que parou de chorar no exato momento.

Dulce sorriu chorando

Dulce: agora te tenho nas minhas mãos Uckermann – dizia divertida e ainda chorando

Christopher apenas sorriu beijando a esposa de forma demorada .

Luna logo caiu no choro novamente atraindo a atenção dos pais que apenas sorriram observando a bebê .

13:30 da tarde....

Blanca: meu deus , alguma coisa deve estar acontecendo – dizia aflita

Alexandra: calma Blanca partos são demorados você deveria saber – dizia tranqüila

Claudia: todas nascemos de cesariana – dizia

Alexandra: agora entendi – dizia divertida

Blanca apenas olhou assassina a filha mais velha que deu de ombros

Fernando que até então estava calado finalmente falou

Fernando: Christopher – dizia avistando o genro surgir no corredor

Rapidamente todos foram em direção a ele .

Fernando : já nasceu ?

Blanca: como esta a minha filha ?

Claudia : elas estão bem ?

Fernando : ta tudo bem ?

Blanca: foi normal ou cesariana ?

Claudia: quando vamos poder ver a Dul ?

Perguntavam todos ao mesmo tempo deixando Christopher sem saber quem respondia primeiro .

Alexandra: hei ! calma vocês – dizia seria se aproximando do filho – meu amor então ? – perguntava

Christopher encarou a mãe e logo os sogros e a cunhada e logo abriu um lindo sorriso

Christopher: minha filha é uma princesa – dizia chorando sentindo o abraço carinhoso da mãe e ouvindo o suspiro aliviado dos sogros e da cunhada

Algum tempo depois no berçário ....

Todos olhavam abobalhados a pequena Luna Von Uckermann Espinoza que olhaba atenta o lugar surpreendendo pela cor dos olhos claros .

Alexandra: ela tem os meus olhos – dizia surpresa

Christopher apenas sorriu abraçando a mãe.

Christopher: e meu pai ? – perguntava sem desviar o olhar da filha

Alexandra: não consegui falar com ele – dizia revirando os olhos

Christopher apenas suspirou , observando como a enfermeira colocava uma pequena fitinha no braço delicado da bebê que a encarava curiosa .

Christopher nesse instando olhou para o lado e viu tanto os sogros como a cunhada babando na filha .

Blanca: ela é uma boneca , cabeluda como a Dul quando nasceu – dizia encantada

Claudia: que olhos são esses – dizia encantada

Alexandra apenas sorriu encarando o filho divertida

Fernando: é acho que serei um avô ciumento – dizia estreitando os olhos

Nesse instante uma voz surgiu ao longe atraindo a atenção de todos.

Bianca/Victor: já nasceu ? – perguntavam ao mesmo tempo

Christopher: pai – dizia

Blanca: Bianca – observava a filha que andava apressada

Bianca: então ? respondam – dizia curiosa

Christopher: vejam com os próprios olhos – dizia se afastando um pouco dando a visão do berçário tanto para o pai como para a cunhada

Bianca: qual é? – perguntava encarando Christopher

Christopher: a de roupinha vermelha e chupeta na boca – dizia sem esconder o sorriso bobo

Victor: minha neta é linda – dizia babando

Bianca: como fizeram um filha tão bonita ? – perguntava encantada

Christopher apenas sorriu

Algumas horas depois......

Depois de algumas horas de sono Dulce finalmente estava desperta e ansiosa por ter a filha nos braços, estava com uma camisola branca e tinha os cabelos trançados e naquele instante estava sozinha no quarto , quando a porta se abriu e um lindo buquê de rosas foi o primeiro que seus olhos avistaram .

Christopher: eu espero que a mamãe mais linda do mundo esteja acordada pra eu encher ela de beijos – dizia entrando

Dulce: Chris – dizia chorosa afinal seus hormônios estavam de pernas pro ar ainda

Christopher: são pra você meu amor – dizia entregando o lindo buquê de rosas

Dulce: são lindas – dizia cheirando as rosas e logo o encarando – quero ver a nossa filha – dizia ansiosa

Christopher: logo vão trazer ela – dizia se aproximando da mulher e lhe dando um beijo demorado – como você esta ? – perguntava

Dulce: bem eu consegui dormir e só estou dolorida e sentindo falta da minha barriga – dizia bicuda

Christopher sorriu e encarou a esposa que parecia querer falar alguma coisa quando a porta do quarto se abriu novamente e ouviram .

Sandra: olha quem veio visitar – dizia entrando com a pequena Luna nos braços sendo seguida por uma enfermeira.

Os olhos de Dulce brilharam e seu coração acelerou . Christopher deu espaço e logo Dulce tinha sua filha nos braços .

Dulce: minha Luna – dizia carinhosa brincando com os dedinhos pequenos da filha que a encarava com os imensos olhos claros - que olhos lindos você tem – dizia derretida pela filha

Sandra: não é por dizer mais a filha de vocês já esta fazendo sucesso – dizia divertida – todos estão querendo saber quem são os pais da bebezinha morena de olhos claros – comentava

Dulce ia f alar novamente quando sentiu a filha mexer o rostinho na direção de seus seios provavelmente com fome , por instinto abaixou a alça da camisola e logo franziu a testa sentindo o incomodo da primeira mamada da filha que não precisou fazer força já que Dulce tinha bastante leite.

Dulce: calma – dizia sussurrando olhando o desespero da bebê em sugar

Sandra; nas primeiras mamadas você vai sentir um pouco de incomodo mais depois passa – dizia – vou te recomendar algumas pomadas pro mamilo não rachar ok - dizia – vou deixar vocês curtirem essa pequena qualquer coisa é só tocar aquele botãozinho a o lado da cama – explicava e logo saia do quarto fechando a porta

Dulce: me diz que isso não é um sonho – dizia encarando Christopher

Christopher: não é um sonho , é a nossa realidade – dizia sorrindo

Alguns minutos depois .....

Luna dormia tranqüila nos braços de Dulce depois de mamar e arrotar .

Christopher: agora vem a parte chata do sonho – dizia encarando a esposa

Dulce o observou

Christopher: podemos divulgar uma nota hoje comunicando o nascimento da nossa filha e ver a nossa paz acabar em segundos ou – foi interrompido

Dulce: ou ? – perguntava desconfiada

Christopher: podemos esperar alguns dias , afinal ninguém sabe além das nossas famílias e eu pedi que só avisassem os amigos depois que você tiver alta , não quero estardalhaços aqui no hospital – dizia

Dulce suspirou sabia que a imprensa cairia matando quando soubessem que ela já havia dado a luz, mordeu o lábio inferior observando a filha e logo encarou o marido.

Uma semana depois .....

Zumbis . Essa palavra descrevia perfeitamente Dulce e Christopher naquela primeira semana . A pequena Luna tinha apenas a carinha de anjo , porque no fundo não era, a bebê com apenas uma semana de vida já vinha mostrando suas artimanhas principalmente quando o assunto era dormir a noite .

Dulce: pelo amor de deus filha dorme – dizia olhando o relógio que já marcava quase 02:00 da manhã

Christopher: nada? – perguntava encostado no batente da porta do quarto da filha

Dulce: não , eu to exausta – dizia suspirando sem parar de ninar a filha

Christopher: me dá ela aqui e vai descansar – dizia segurando a filha que o encarava curiosa

Dulce: mais ... você também esta cansado – dizia o encarando

Christopher: não tanto quanto você – dizia carinhoso – boa noite

Dulce apenas suspirou estava exausta desde que Luna havia nascido não sabia mais o que era dormir uma noite inteira , deu um beijo demorado no marido e um beijo nos cabelinhos negros da filha saindo do quarto .

Christopher: agora somos nós dois – dizia encarando a bebê

A claridade da manhã tomava conta de quase toda a casa . Dulce se espreguiçou na cama sentindo finalmente o corpo descansado , suspirou abrindo os olhos e rapidamente se levantou da cama indo até o quarto da filha .

Abriu a porta lentamente e logo entrou . Se aproximou do berço da filha e viu a pequena adormecida profundamente, sorriu porém logo franziu a testa onde estaria Christopher se perguntava.

Olhou em volta e viu que a outra babá eletrônica não estava no quarto provavelmente estaria com ele . Saiu andando sorrateira pela casa já que se fizesse barulho com certeza Luna acordaria . Desceu as escadas e logo sorriu ao ver algo no sofá .

Se aproximou e apoiou os braços no encosto do sofá observando o marido adormecido no sofá , sorriu reparando nas olheiras dele e no peitoral descoberto onde a babá eletrônica estava .

Ficou observando o marido por longos minutos até perceber que ele começava a acordar.

Christopher: nossa acho que dormir , meu deus a Luna ela – foi interrompido

Dulce: esta dormindo como a bela adormecida – dizia divertida

Christopher: que horas são ? – perguntava perdido

Dulce: não tenho idéia mais ainda é de manhã – dizia o encarando

Christopher: nossa – dizia se sentando no sofá passando as duas mãos no rosto despertando de vez – conseguiu dormir ? – perguntava encarando a esposa

Dulce: até demais – dizia sorrindo

Christopher: que bom – dizia suspirando sentindo as costas doloridas

Dulce rapidamente deu a volta no sofá e logo se sentou no colo do marido que suspirou. Se ele não soubesse jamais diria que Dulce tinha acabado de ser mãe, seu corpo já havia voltado ao normal com exceção dos seios uma vez que tinha bastante leite , porém o resto já estava no seu devido lugar e até melhor que antes .

Christopher: vai me torturar é? – perguntava

Dulce: não é só a Luna que precisa de colo sabia – dizia se aconchegando - te extraño – dizia sussurrando

Christopher: não faz isso – pedia respirando fundo

Dulce: não to fazendo nada – dizia beijando o pescoço do marido

Lentamente Dulce começou a subir seus beijos e quando finalmente iria beijar o marido o telefone tocou fazendo Christopher despertar do transe que estava jogando a esposa para o lado e se levantando como um raio .

Dulce: Christopher – dizia o encarando

Christopher: pronto – dizia ofegante – não sei do que esta falando , tenha um bom dia – dizia serio

Dulce: o que foi ? – perguntava se aproximando do marido que parecia fugir dela – ta com medo de mim amor ? – perguntava divertida

Christopher: to com medo de mim – dizia – Dul para de provocar é serio – pedia quase implorando

Dulce arqueou a sobrancelha divertida pela situação . Andou a passos lentos até ficar cara a cara com o marido que a olhava fixamente .

Dulce: você já foi mais corajoso – dizia debochada

Christopher: espera o teu resguardo acabar que você vai ver – dizia se afastando da mulher a passos largos e logo escutando a risada gostosa dela

Dulce: covarde – dizia divertida

10 DIAS ....

Eram exatos 10 dias que a pequena Luna tinha e já deixava seus pais enlouquecidos .

Dulce: eu já olhei a frauda, já dei de mamar , não sei mais o que fazer ela não para de chorar – dizia desesperada segurando a filha que chorava sem parar

Christopher suspirou estava esgotado , já que era sempre ele quem ficava com a filha até o amanhecer para que Dulce dormisse e aquilo estava acabando com ele . Se aproximou da esposa e pegou a filha nos braços sentindo a bebê se aconchegar ainda chorando .

Christopher: será que é cólica ? – perguntava

Dulce; ela é muito pequena pra isso Chris – dizia encarando o marido

Christopher: engano seu – dizia se deitando na cama e colocando a bebê deitada em sei peitoral .

Em questão de minutos o silêncio tomou conta .

Dulce: eu não acredito – dizia observando a filha adormecida

Christopher: finalmente – dizia sussurrando

Horas depois .....

Luna dormia ainda enquanto Christopher vasculhava a algum tempo seu notebook .

Dulce: o que tanto faz ai ? – perguntava curiosa

Christopher : lê isso e me diz se esta bom – dizia encarando a esposa

Dulce se aproximou e logo começou a ler

12 de abril 2009 12:00 Ciudad de México -DF
Um dia emocionante em todos os aspectos. Os pezinhos mais preciosos da minha vida . Sim , é a resposta para a pergunta que todos se fazem . Eu Christopher e minha esposa Dulce já temos uma nova luz nas nossas vidas , nossa pequena Luna já chegou nos trazendo alegrias e algumas noites em claro.


Dulce sorriu

Dulce: certeza? – perguntava o encarando

Christopher: já esta na hora de saberem da nossa filha – dizia suspirando

NÃO POSTADO

Dulce simplesmente beijou o marido sem que ele esperasse . Porém quando perceberam estavam ofegantes e grudados em um beijo que quem os visse diria que a séculos não trocavam aquele tipo de caricia .

Lentamente Christopher encerrou o beijo não estava em condições de ficar beijando a mulher daquela maneira . Dulce por sua vez apenas permaneceu com o corpo colado ao do marido ouvindo o coração acelerado dele .

Christopher: vou enviar – dizia encarando a mulher e logo olhando o que havia escrito no notebook

Dulce apenas o encarou

Minutos depois.....

Christopher olhava divertido o estrago que a sua mensagem havia feito. Tanto os fãs de Dulce , como os seus e até mesmo os fãs do RBD estavam curiosos e agitados pedindo praticamente implorando por uma foto da pequena Luna , o que de uma certa forma causava graça nele.

Dulce: qual a graça ? – perguntava de repente

Christopher: o desespero dos nossos fãs por conhecer a nossa – parou de falar ao encara a esposa que estava com Luna nos braços e mexia as pequenas mãozinhas – finalmente acordou? – perguntava se aproximando da esposa

Dulce franziu a testa entregando a bebê nos braços fortes do marido

Dulce: na verdade eu acordei ela – dizia – Chris ela tem que se acostumar a dormir durante a noite e não de dia , senão nós vamos ficar loucos – dizia suspirando

Christopher: eu sei – dizia encarando a filha que ainda parecia sonolenta

Por um instante Christopher olhou a filha e logo a esposa e sorriu divertido com o próprio pensamento .

Dulce: ta rindo de que agora? - perguntava curiosa

Christopher: nada – dizia se fazendo de bobo

Dulce: Christopher – dizia o encarando

Christopher: já disse nada – dizia risonho

Dulce: sei – dizia arqueando a sobrancelha e se aproximando do notebook

Começou a ler os comentários sobre o que Christopher havia postado e sorriu ao perceber que todos estavam curiosos .

Dulce: você é malvado – dizia divertida

Christopher: malvado ? porque ? – perguntava brincando com os dedinhos da filha que o encarava já mais desperta

Dulce: colocou só os pezinhos dela amor – dizia divertida

Christopher: claro daí ninguém pode falar que não conhece nossa filha – dizia piscando – já conhecem os pezinhos – dizia e logo gargalhava divertido

Dulce apenas negou risonha continuando a ler os comentários

1 mês e 20 dias depois.....

Quem a visse jamais diria que era Dulce Maria ex- integrante do grupo RBD . Dulce usava uma calça jeans , uma camiseta branca de mangas curtas e tinha os cabelos presos em um rabo de cavalo , usava óculos escuros e carregava um bebê conforto. Estava em uma consulta de rotina com a pediatra da pequana Luna .

Ster: e como esta essa mocinha ? – perguntava observando a pequena bebê que olhava tudo muito curiosa

Dulce: grande e pesada – dizia divertida

Ster: posso perceber – dizia anotando algo – vamos examinar essa boneca – dizia

Dulce rapidamente tirou a filha do bebê conforto e logo já estava observando a filha que mordia a mãozinha olhando curiosa a médica que a examinava .

Algum tempo depois ....

Ster: essa mocinha esta ótima – dizia encarando Dulce –esta pesando 4,600 kl, e medindo 52 cm – dizia

Dulce: tudo isso – dizia surpresa

Ster: levando em conta que ela nasceu com 50 cm , dois cm mamãe – dizia divertida – as vacinas pelo que eu vi estão em dia e como percebi você tem um grande estoque de leite – dizia se referindo aos seios de Dulce

Dulce: até demais – dizia revirando os olhos

Assim que a consulta terminou Dulce foi até o estacionamento da Clinica e pegou seu carro uma mercedes vermelha . Colocou a filha no banco de tras prendendo o bebê conforto e logo já estava indo pra outra Clinica, mais agora a consulta era dela própria.

Enquanto isso .....

Christopher trabalhava concentrado com sua nova banda a horas no estudio que tinha montado na própria casa. Estava acabando de gravar algumas musicas que ele ainda tinha duvidas se ficariam boas ou não na sua voz .

Thiago : essas musicas estão ótimas – dizia

Christopher: ta faltando alguma coisa – dizia pensativo

Thiago : você é muito perfeccionista – dizia divertido

Christopher apenas o encarou ainda pensativo

Em outra Clinica....

Sandra; mais que visita especial – dizia olhando a bebê

Dulce: sim ,eu vim te visitar mais quem veio se ferrar é a mamãe – dizia divertida
Sandra: já estava até estranhando o seu sumiço senhora – dizia divertida encarando Dulce

Dulce: mais estou de volta – dizia suspirando

Sandra: trouxe os resultados que eu pedi? – perguntava

Dulce: desde o dia que marquei a consulta já fiz todos os exames antes que você pedisse – dizia entregando os envelopes com os resultados

Sandra; quem dera todas as minhas pacientes fossem assim – dizia divertida abrindo o envelope

Enquanto Sandra olhava os resultados , Luna observava o lugar e logo observava a mãe que brincava com seus dedinhos gorduchos .

Dulce: então ? – perguntava curiosa

Sandra: tudo quase perfeito – dizia suspirando – anda se alimentando direito Dulce? – perguntava direta

Dulce: mais ou menos , só agora uma certa mocinha aprendeu que hora de dormir é a noite então ainda to meio desleixada quanto a isso – admitia –mais tomo bastante água por causa do leite e procuro comer coisas leves – dizia

Sandra observou Dulce

Sandra: esta mais magra não ? – perguntava

Dulce: dois quilos a menos – dizia fazendo uma careta

Sandra: ok vou te passar algumas vitaminas , sempre tome antes das refeições – dizia anotando algo – uma anemia com você amamentando não seria nada bom – dizia

Dulce mordeu o lábio inferior e logo observou a filha que estava entretida demais com sua pequena mão para se preocupar com a mãe .

Sandra: aqui – dizia entregando a receita – mais alguma coisa ? – perguntava divertida

Dulce arqueou a sobrancelha e revirou os olhos

Dulce: claro , quero voltar a tomar anticoncepcional , afinal já acabou meu resguardo – dizia encarando a médica

Sandra sorriu

Sandra: bem levando em conta que ainda esta amamentando e que com certeza fará isso por um longo tempo ainda vou te receitar um com pouco hormônio , pra não interferir na amamentação – explicava – mais já sabe tem que seguir certinho hein nada de ficar esquecendo – dizia a encarando

Dulce: vou poder voltar a tomar o que sempre tomava ? a injeção ? – perguntava

Sandra: enquanto você estiver amamentando eu prefiro que não , a taxa de hormônios é muito alta e pode secar o seu leite – explicava

Depois de mais algum tempo se consultando Dulce finalmente saia da Clinica .

Durante todo o caminho até sua casa ia sorrindo observando a filha que tentava pegar um pequeno bichinho de pelúcia que estava pendurado no bebê conforto . Sem perceber já estava na rua onde morava , acelerou e logo franziu a testa ao ver o portão da garagem aberto e de dentro saindo alguns carros e motos .

Assim que o ultimo carro saiu ela entrou fechando em seguida o portão . Saiu do carro e logo pegou a filha nos braços que resmungou por não poder continuar brincando com o ursinho. Andou até a cozinha onde viu o marido de costas bebendo um copo de água .

Dulce: chegamos – dizia se aproximando e beijando o pescoço dele

Christopher se virou sorrindo

Christopher: achei que fossem demorar mais – dizia pegando a filha que logo se aconchegou nos braços dele

Dulce; a consulta da Luna foi rápida , a minha que demorou um pouco- dizia observando pai e filha – acredita que ela já esta com 52 cm – dizia

Christopher: não vai ser anã feito sua mãe né filha –dizia divertido sentindo os tapas da esposa em seu braço

Dulce: você bem que se acaba na anã aqui ta – dizia estreitando os olhos

Christopher apenas sorriu divertido

Christopher: e você ? tudo bem ? – perguntava encarando a mulher

Dulce suspirou

Dulce: vou me trocar – dizia saindo da cozinha

Christopher: ih – dizia encarando a filha e logo seguindo a esposa até o quarto

Arrumou alguns travesseiros na cama e colocou a filha que parecia bem mais interessada em morder as mãozinhas do que em se preocupar com os pais.

Christopher: Dul o que foi ? – perguntava observando a mulher que andava pelo quarto apenas de lingerie

Dulce: tô abaixo do peso e tenho que tomar algumas vitaminas e pra variar ainda não posso tomar o meu anticoncepcional – dizia revirando os olhos

Christopher: ta com anemia de novo ? – perguntava preocupado

Dulce: não , mais pelo que eu entendi tenho tudo pra desenvolver por isso preciso das vitaminas – resmungava encarando o marido

Christopher: não se preocupa eu fico na sua cola quanto a isso das vitaminas – dizia carinhoso observando a mulher se aproximar da cama onde ele estava sentando

Dulce: e tem o lance do anticoncepcional – dizia quase sussurrando sentindo ele acariciar suas pernas

Christopher: qual o problema nisso ? – perguntava sem parar de acaricia-la

Dulce: Chris eu sempre esqueço – dizia chorosa – e só vou poder voltar a tomar o meu quando parar de amamentar – dizia e logo suspirava
Christopher: eu te ajudo a lembrar também – dizia a encarando e logo se levantando ficando cara a cara com a mulher – só não agüento mais ficar sem você – dizia quase sussurrando

Dulce: nem eu – dizia e logo se via perdida em um beijo intenso e saudoso

O beijo ficava mais intenso a cada segundo , as mãos de Christopher passeavam travessas pelo corpo da mulher que havia ganhado curvas graças a gravidez . Pararam o beijo ao escutarem um choro intenso e observarem Luna que chorava escandalosamente .

Dulce: sua chorona – dizia se afastando do marido e se aproximando da filha que chorou mais ainda ao ver que não era quem ela queria – não me quer? – perguntava observando a filha

Christopher apenas sorriu naquele pouco tempo de vida Luna já sabia exatamente como conseguir interromper os pais . Se deitou na cama e começou a encher o rostinho da filha de beijos carinhosos o que fez a bebê parar o choro imediatamente.

Dulce apenas negou divertida e foi em direção ao banheiro queria tomar um banho, precisava antes que pulasse no marido.

Enquanto prendia os cabelos e abria a água do chuveiro se lembrava das inúmeras vezes em que ela e Christopher tentaram matar as saudades.

Flashback .....

Luna finalmente dormia .

Dulce: dormiu – dizia entrando no quarto evitando fazer barulho

Christopher: agora você é minha – dizia divertido

Dulce encarou o marido surpresa

Christopher: eu sei perfeitamente que seu resguardo acabou a dois dias – dizia se aproximando da mulher

Dulce: achei que nem se lembrasse – dizia sussurrando

Christopher: acredite venho contando nos dedos – dizia colando seu corpo ao da esposa

Dulce apenas suspirou sentindo como o marido estava excitado

Christopher: nunca pensei que fosse ficar tão maluco sem poder te tocar – confessava

Dulce: cala a boca Chris e me beija logo – dizia apressada

Logo as roupas voavam pelo quarto e ambos já se viam ofegantes na cama . Christopher a beijava mostrando toda a saudade que sentia da esposa . Já ela se deixava levar e mimar pelos lábios e mãos travessas do marido , gemeu manhosa sentindo o pênis do marido roçar seu corpo e gemeu alto ao ser penetrada . Christopher se movimentou devagar quando .... escutaram o choro intenso vindo do quarto da filha .

Christopher: me diz que ela não acordou – dizia choroso

Dulce fechou os olhos com força totalmente frustrada e logo sentiu o marido separar os corpos e suspirar passando as mãos no rosto.

Dulce; vou ver o que ela tem – dizia se levantando e pegando a camisola no chão.

Fim do flashback

Dulce suspirou precisava matar aquela vontade que estava sentindo ou enlouqueceria .

Ficou por uns dez minutos no banho e assim que saiu franziu a testa ao ver o quarto vazio . Entrou no closet e pegou um pequeno short e uma camiseta de alças listrada , vestiu e deixou os cabelos soltos e logo saiu do quarto procurando o marido e a filha .

Andou pelo corredor e viu que Luna estava adormecida no berço , suspirou com certeza Christopher havia cansado a bebê, olhou em volta e viu que a outra babá eletronica não estava, deveria estar com Christopher , pensou . Fechou a porta do quarto da filha com cuidado e voltou a andar tranquilamente pelo corredor quando ouviu.

Christopher: vem cá – chamava a observando de cima abaixo

Dulce sorriu e se aproximou do marido que estava proximo ao corrimão da escada . Sentiu o marido abraçar sua cintura e beijar seu pescoço .

Christopher: eu vou enlouquecer – sussurrava

Dulce ficou na ponta dos pés já que estava descalça e logo mordeu o ombro do marido ainda coberto pela camiseta

Christopher: eu preciso de você – dizia sussurrando

Dulce: eu também – rebatia no mesmo tom

Christopher suspirou capturando os lábios macios da mulher que gemeu com o contato . Sem parar de beija-la andou com a mulher até prensa-la contra a parede mais próxima. Lentamente deslizou seus lábios pelo pescoço da mulher que gemia baixinho enquanto acariciava a nuca dele com a ponta dos dedos.

Enquanto isso na Televisa....

Claudia era a nova vitima dos fãs enlouquecidos de Dulce e Christopher que não desistiam de conseguir uma foto da pequena Luna que até então não era conhecida por ninguém além de amigos e pessoas da família .

Fã : Claudia só uma fotinho a gente nem vai dizer como conseguiu – insistia

Claudia apenas encarava as garotas

Fã 2: afinal porque tanto mistério ? a bebê é feia? Tem algum defeito ? – questionava

Claudia: minha sobrinha é linda e se até agora ninguém a conhece é por uma decisão dos pais dela – dizia seria – por favor já esta ficando chato isso , eu entendo a curiosidade de vocês mais vocês também tem que entender que é apenas um bebê, por favor parem com essa insistência – pedia e logo entrava no prédio da emissora

O grupo de fãs apenas observou Claudia entrar na emissora .

Fã 3: não chegamos até aqui pra desistir – dizia encarando as amigas

Fã; custa só uma foto da bebê – dizia revirando os olhos

Fã 2: mais a gente vai conseguir vamos passar a perna em muitos paparazzi – dizia com um sorriso estranho nos lábios

Enquanto isso na casa de D y C.......

Dulce gemia sentindo o marido a penetrar de forma profunda e intensa. Sorriu mordendo o lábio inferior pensando na loucura que estavam fazendo . Estavam os dois praticamente nus no corredor que dava para os quartos , se comendo a beijos e finalmente matando as saudades. Gemeu um pouco mais alto ao sentir o marido a pegar nos braços sem dificuldade a obrigando-a a entrelaçar suas pernas no quadril dele o que aprofundou mais ainda a penetração.

Christopher: como te extrañe – sussurrava mordendo o lábio inferior da esposa

Dulce por sua vez sentia um pequeno desconforto mais nada que a impedisse de sentir prazer. Arranhou os ombros do marido e depois mordeu com força sentindo o marido acelerar os movimentos .

A vontade de gritar e extravasar o que estava sentindo naquele momento só aumentava , porém sabia que não podia gritar ou gemer , se contentou em apenas morder cada pedaço de pele do marido que achava .

Sentiu uma onda elétrica dominar todo o seu corpo e um arrepio intenso tomar conta. Suspirou
Deixando o corpo se aconchegar contra o corpo musculoso do marido que continuava a penetra-la de forma intensa . Gemeu no ouvido dele ao sentir como Christopher finalmente gozava dentro dela .

Alguns segundos depois ...

Christopher tinha o rosto escondido no pescoço da mulher enquanto tentava se recuperar sentindo os carinhos da mulher em seus cabelos úmidos pelo suor.

Dulce: isso que eu chamo de matar a saudades - dizia divertida

Christopher finalmente encarou a mulher com o rosto serio

Dulce: o que foi ? – perguntava sussurrando

Christopher: desculpa , eu... eu juro que queria algo diferente não assim – dizia chateado com ele mesmo

Dulce: Chris – foi interrompida

Christopher : eu queria fazer algo romântico não transar no meio do corredor feito dois loucos – dizia revirando os olhos

Dulce: romântico ou não , pouco me importa o que me importa é foi você Chris – dizia o encarando – tem noção de quantas vezes eu me peguei imaginando nós dois aqui assim – dizia olhando os corpos ainda unidos

Christopher: não esta chateada? – perguntava a encarando

Dulce: eu ficaria se você não tivesse me agarrado ai sim eu ficaria muito chateada – dizia roçando os lábios nos do marido – te amo e quero mais – dizia com o olhar brilhante

Christopher apenas acariciou o rosto da esposa e logo a beijou de forma intensa .

Enquanto isso em uma certa agencia de modelos .....

Valeria : finalmente é amanhã – dizia ansiosa

Renata : não entendo porque esta tão ansiosa por essa nova campanha – dizia sem entender

Valeria: a campanha em si é o de menos o que me interessa é o modelo em questão – dizia com um sorriso estranho

Renata apenas observou sem comentar nada

Na casa dos Saviñon ....

Blanca: quem é o bebê da vovó – dizia enquanto mimava o pequeno Bernardo que estava com quase 4 meses – Bianca eu tô achando esse menino magro hein – dizia

Bianca revirou os olhos

Bianca; pela senhora meu filho estaria uma bolinha – dizia divertida

Blanca: Luna esta gordinha – comentava

Bianca: Luna tem estoque de leite particular – dizia – Dulce ta parecendo uma vaca com aqueles peitões – dizia e logo gargalhava

Blanca: não fala assim da sua irmã – dizia encarando a filha

Bianca: mais é serio mãe – dizia – ela sempre foi peituda ,mais a gravidez exagerou – dizia divertida

Blanca apenas negou

Enquanto isso na casa de D y C......

Christopher penetrava a mulher da forma que ela mais gostava . Sexo anal era algo que fazia os dois perderem totalmente a razão . Ela por sentir mais prazer e ele por adorar sentir a mulher tão entregue a ele .

Estocava com força percebendo como Dulce rebolava descarada. Ouviu o gemido escapar da garganta dela e acelerou mais ainda os movimentos . Sentiu Dulce colar suas costas no peitoral musculoso dele enquanto acariciava os próprios seios . Sem parar de penetra-la Christopher levou uma das mãos até a vagina úmida da mulher e penetrou dois dedos fazendo Dulce arfar o corpo e gemer alto .

Continuou a penetrar a mulher e masturba-la , sentindo o corpo dele se entregar aos poucos ao orgasmo. Mordeu sem pena o pescoço dela deixando uma marca avermelhada quando sentiu que Dulce se aconchegava mais ainda em seu corpo buscando forças pra se manter de pé .

Empurrou um pouco a mulher fazendo ela ficar com as duas mãos apoiadas na parede e a penetrou observando como seu pênis entrava com facilidade no corpo da mulher . Travou o quadril sentindo que estava prestes a gozar . Suspirou sentindo o suor escorrer por seu rosto e logo estocou pela ultima vez gozando enquanto ouvia Dulce gemer manhosa .

Algum tempo depois....

Christopher e Dulce saiam do banheiro abraçados e risonhos .

Dulce: você me cansou Chris – dizia bicuda

Christopher: olha quem fala você também me cansou e ainda me marcou – dizia divertido olhando as marcas pelo corpo

Dulce: você também – dizia divertida – senti tanta falta – dizia o abraçando
Christopher: eu também – dizia suspirando e a beijando de leve – amor – dizia

Dulce: sim – dizia se afastando e o encarando

Christopher: nada – dizia coçando a nuca

Dulce: nada? fala Chris – insistia

Christopher: é só uma curiosidade boba – dizia coçando a nuca

Dulce: fala amor – pedia agora curiosa

Christopher: promete que não vai rir – dizia

Dulce afirmou

Christopher: sei la eu vejo você amamentando a Luna e sei me pergunto que gosto tem – dizia sem jeito percebendo o jeito risonho da mulher – Dulce você prometeu – dizia serio

Dulce: ai Chris desculpa – dizia prendendo o riso – mais só você mesmo – dizia

Christopher: esquece isso – dizia indo em direção ao closet

Dulce: hei vem cá – dizia segurando a mão dele e o colocando sentado na cama – as vezes me esqueço que você também é meu bebê – dizia divertida

Christopher: vai ficar tirando com a minha cara? – perguntava bicudo

Dulce: não – dizia rapidamente – mais foi tão fofo o jeitinho que você falou que foi impossível não achar graça – dizia

Christopher revirou os olhos e já estava se levantando novamente quando Dulce o fez sentar na cama de novo.

Dulce: quieto , você não quer saber que gosto tem , então fica quieto – dizia abrindo o hobby que usava revelando o corpo nu e logo se sentando no colo do marido com uma perna de cada lado - todos seus – dizia mostrando os seios fartos

Christopher : serio ? – perguntava desconfiado

Dulce: serio amor , aproveita que a Luna ta dormindo ainda – dizia risonha

Christopher: como eu faço ? – perguntava encarando os seios fartos da esposa

Dulce: ao invés de acariciar , suga amor – dizia o encarando

Christopher com todo o cuidado acariciou o seio direito da mulher e logo levou o mamilo até a boca sem desviar o olhar de Dulce que o encarava começando a achar aquela cena erótica demais . A morena suspirou sentindo como o marido abraçava sua pequena cintura e logo sugava com força o mamilo .

Dulce franziu a testa a sensação de ter um homem adulto sugando seu leite era estranha , mais ao mesmo tempo prazerosa já que era o seu marido. Mordeu o lábio inferior percebendo que Christopher soltava o mamilo e apoiava o queixo no vale dos seios dela a encarando .

Dulce: então ? – perguntava curiosa

Christopher: é meio adocicado – dizia risonho

Dulce gargalhou

Dulce: só você Chris – dizia divertida

Christopher sorriu abraçando a mulher

Dulce: agora é minha vez – dizia

Christopher sorriu e não perdeu a chance

Christopher: o meu leite você já provou a muito tempo - dizia cafageste

Dulce : Christopher – dizia o estapeando de leve

Christopher; brincadeira – dizia com jeitinho de inocente

Dulce: sei – dizia o encarando

Christopher: mais o que ia dizer mesmo ? – perguntava curioso

Dulce: nada – dizia bicuda saindo do colo do marido

Christopher a segurou pelo hobby

Christopher: fala – insistia

Dulce se negou

Christopher: fala – dizia a abraçando e a encarando

Dulce: não quero – dizia birrenta

Christopher encarou a mulher travesso e a puxou pra cama deixando ela deitada com o hobby aberto exibindo o corpo nu . Levou uma das mãe até a vagina da esposa percebendo que estava molhada a encarou.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:25 pm

Christopher: alguém ficou excitada – dizia com a voz rouca encarando a mulher que suspirou

Christopher estava pronto pra torturar a mulher novamente com suas caricias quando ouviram o choro intenso vir da babá eletrônica .

Dulce: acabou a farra – dizia afastando a mão do marido e se levantando como um raio amarrando o hobby novamente e saindo do quarto

Christopher apenas sorriu se levantando também afinal precisava se trocar .

Alguns minutos depois....

Christopher estava encostado no batente da porta do quarto da filha observando Dulce amamentar a filha.

Ela estava sentada em uma poltrona que havia no quarto e segurava delicadamente os pequenos e gorduchos dedinhos da filha que mamava de olhos fechados.

Christopher: acho que nunca vou me cansar de ver essa cena – dizia se aproximando

Dulce rapidamente encarou o marido e logo voltou sua atenção para a filha

Christopher: o que esta te preocupando ? – perguntava ficando de joelhos na frente da esposa

Dulce : nada – respondia – s ó gosto de ficar assim quieta com a nossa filha – dizia

Christopher: certeza? - perguntava desconfiado

Dulce : certeza – dizia risonha

Christopher: posso ficar aqui ? eu fico quietinho prometo – dizia divertido

Dulce sorriu

Dulce: bobo – dizia negando

Algum tempo depois ....

Luna dormia tranquilamente no berço . Dulce e Christopher saiam do quarto da filha procurando não fazer barulho e logo já estavam no quarto novamente .

Assim que Christopher se aproximou do criado mudo e viu seu celular repleto de ligações perdidas todas de Guillermo , resmungou algo atraindo a atenção de Dulce.

Dulce: o que foi ? – perguntava se deitando na cama

Christopher: Guillermo como sempre – dizia segurando o celular

Dulce: Chris retorna logo essas ligações porque se ele ficar ligando de madrugada eu vou xingar ele – dizia seria

Christopher sorriu divertido se deitando também na cama observando a esposa e discando numero de Guillermo .

Christopher : o que foi agora ? - perguntava sentindo Dulce acariciar seus cabelos

Dulce acariciava os cabelos do marido que estavam com leves cachos nas pontas já que estava um pouco cumpridos.

Christopher não falava nada apenas parecia ouvir atentamente as palavras de Guillermo . Dulce franziu a testa curiosa mais sem parar os carinhos

Alguns minutos depois .....

Christopher desligou o celular e encarou a esposa

Christopher: querem que eu cante nos prêmios Lo Nuestro – dizia serio

Dulce arregalou os olhos

Dulce: Chris isso é ótimo – dizia contente

Christopher: não sei se estou preparado – dizia se sentando na cama – digo tenho ensaiado ,mais nada serio e além disso – foi interrompido

Dulce: além disso nada , amor a meses você vem ensaiando , a meses se prepara uma hora ia ter que começar e que melhor momento que agora – dizia o encarando

Christopher: Dulce nossa filha não tem nem 2 meses não quero ficar longe de vocês – dizia serio

Dulce: é apenas uma apresentação , você não vai sair em turnê – dizia divertida – eu vou estar com você – dizia lhe roubando um beijo

Christopher: acha que eu devo aceitar? – perguntava

Dulce: já tinha que ter aceito – dizia divertida – eu e a nossa seremos suas maiores fãs – dizia derretida

Christopher sorriu , puxando o corpo da mulher para mais perto e a beijando com intensidade .

Enquanto isso ....

Anahí e Christian circulavam pelas noites mexicanas ,para alguns apenas como bons amigos , já para alguns fãs aquilo já começava a ser visto de outro modo afinal Christian estava muito diferente e Anahí parecia bem feliz .

Anahí : como é bom sair assim – dizia em uma boate

Christian : é divertido – dizia a encarando

Anahí : não me olha assim – pedia

Christian : eu quero te beijar – dizia sussurrando e se aproximando

Anahí : Christi – nem siquer terminou a frase pois logo estavam colados em um beijo intenso , sem perceberem que eram fotografados .

Em um certo escritório ....

Pedro : eu avisei – dizia suspirando

Poncho : to nem ai nem gostava de cantar mesmo – dizia desdenhando

Pedro havia chamado Poncho ao seu escritório para lhe dizer que ele não receberia a oferta de contrato da gravadora para faze um disco como solista . Ele não ficou surpreso afinal sabia que Christopher não facilitaria sua vida.

Poncho : continuou sendo contratado da Televisa? – perguntava serio

Pedro : por mais dois anos depois só deus sabe – dizia suspirando

Poncho: era só isso ? – perguntava observando o produtor afirmar – então até – dizia saindo da sala como um raio

Pedro apenas negou com a cabeça .

No dia seguinte .....

Já passava das 10: 00 da manhã e Christopher estava em uma famosa agencia de modelos pronto para começar uma sessão de fotos. Esperava o fotografo que terminava de ver alguns detalhes quando avistou uma mulher alta de cabelos na altura dos ombros o observando sem nem piscar . Piscou repetidas vezes se sentindo incomodado , mais logo ouviu o fotografo lhe pedindo para se posicionar.


Rapidamente a sessão começou e Christopher esqueceu da mulher que o observava sem piscar.

A mulher em questão acompanhou toda a sessão de fotos sem se mover do estudio, até ouvir.

Renata: vai ficar parada feito estatua ai? – perguntava se aproximando

Valeria: ele é bom – elogiava

Renata arqueou a sobrancelha pelo tempo que trabalhava com Valeria sabia que era muito raro ela elogiar alguém assim de graça .

Valeria : e muito bonito , se parece muito com o pai quando tinha essa idade – dizia pensativa

Christopher continuava fazendo poses já ignorando a mulher que o observava .

Enquanto isso ....

Dulce se olhava no espelho aproveitando que Luna estava tranqüila . Se sentia sexy e desejada, seu corpo havia recuperado a forma porém estava com mais curvas o que a agradava, mais sentia que faltava algo ainda mordeu o lábio inferior sorrindo travessa .

Em Los Angeles .....

A expectativa pela confirmação de Christopher Uckermann nos prêmios Lo Nuestro tomava conta uma vez que já divulgavam até pesquisas em redes sociais perguntando qual ex-rbd gostariam de ver no palco dos prêmios .

Ansur olhava divertido o site dos premios quando Mel entrou em sua sala.

Mel : aqui o contrato que tinha pedido – dizia seria

Ansur suspirou

Ansur: até quando vai me tratar assim ? – perguntava direto

Mel : me machucou o modo como você agiu , como um adolescente assustado – dizia seria – tudo bem foi um alarme falso eu não estava grávida ,mais eu esperava outra reação sua Ansur – dizia – com licença – dizia saindo da sala

Ansur: como eu fui idiota – dizia suspirando

Voltando ao México ....

Dulce discava um numero e sorria seria divertido ,pensava .

Na agencia .....

Christopher estava no intervalo da sessão de fotos . Quando ouviu

Valeria: você é muito fotogênico – dizia

Christopher observou a mulher a achando familiar mais não sabia de onde .

Christopher: obrigado - agradecia sem dar muita atenção

Valeria : não sabe quem eu sou não é ? – perguntava

Christopher: eu deveria saber ? – perguntava a encarando

Valeria o encarou surpresa pela resposta atravessada

Christopher: olha na boa , eu vi você me observando desde que comecei a fotografar e não me senti bem, se quer alguma coisa fala de uma vez – dizia serio

Valeria: você é bem direto – dizia surpresa

Christopher: com licença – dizia se afastando não gostando da atitude da mulher

Renata : acho que ele não gostou muito de você – dizia divertida

Valeria apenas revirou os olhos continuando a observar

O dia passou rapidamente para Christopher .

Já nas redes sociais .....

Os fãs estavam enlouquecidos . Alguns pelo suposto romance entre Anahi e Christian que vinha a tona graças as fotos publicadas em uma revista de fofoca. Outros pelo fato de especularem sobre qual dos 6 ex integrantes estaria nos prêmios Lo Nuestro .

Muitos arriscavam Anahí apesar da mesma não ter divulgado nada a respeito . Outros mais afoitos diziam que era Dulce Maria que rapidamente desmentiu através de sua assessoria dizendo que seu único compromisso era com sua família naquele momento deixando os fãs decepcionados mais no fundo ainda com esperanças .

Já passava das 19:00 da noite quando Christopher finalmente chegou em casa , depois de passar o dia naquela agencia aturando aquela mulher que ficou observando ele o tempo todo . Suspirou depois de fechar o portão da garagem. Entrou pela porta dos fundos sentindo o corpo cansado pelo dia exaustivo de fotos e poses .

Andou pela casa sabendo que provavelmente a esposa estaria coma filha . Tirou a camiseta que usava a colocando no ombro e quando estava pronto pra subir os degraus da escada ouviu .

Dulce: Chris – dizia descendo as escadas usando um short curto e uma camiseta branca se alças

Christopher arregalou os olhos surpreso pela mudança

Christopher: Dul você ... você ... ta linda – elogiava

Dulce apenas sorriu

Christopher subiu os degraus até ficar perto da mulher

Christopher: nunca tinha te visto assim – dizia encantado

Dulce: eu quis mudar e não queria ser ruiva de novo – dizia - gostou mesmo ? – perguntava

Christopher: adorei – elogiava beijando os lábios dela que apreciam mais convidativos que o normal

A beijou com saudade , ficar um dia ou horas que fosse longe da esposa havia mexido com ele ou talvez fosse o fato de ter deixado uma mulher linda e morena e encontrado uma loira sedutora no lugar.

Se beijaram por minutos até serem interrompidos por um chorinho fino e intenso .

Dulce: acho que ela quer você papai - dizia roubando um beijo dele

Christopher: certeza que sou eu ? - perguntava a encarando

Dulce: eu amamentei não tem nem uma hora – dizia piscando – vai lá ela é toda sua eu vou comer , to com fome – dizia fazendo uma carinha fofa e logo descendo a escada rumo a cozinha

Christopher sorriu subindo rapidamente os degraus indo até o quarto da filha .

Luna estava no berço mexendo as mãozinhas e os pezinhos agitada. Suspirou ao sentir o calor do corpo do pai e simplesmente relaxou .

Christopher: que saudade de você meu amor – dizia beijando os cabelinhos negros da filha que o encarava com os olhos claros

Christopher sorriu ao ver que a filha bocejar e lentamente fechar os olhinhos . Ficou por alguns minutos com Luna nos braços até a bebê adormecer e logo saiu do quarto , indo em direção ao seu .

Minutos depois....

Christopher surgia na cozinha usando apenas uma calça folgada cinza e uma camiseta regata branca , estava descalço e com os cabelos úmidos .

Christopher: então agora tenho uma loira em casa – dizia divertido

Dulce sorriu encarando o marido , enquanto terminava de comer .

Christopher se aproximou se sentando na bancada observando fixamente a esposa

Dulce: vai me deixar sem jeito – dizia corada

Christopher sorriu divertido , observando a esposa se levantar indo em direção a pia . Olhou de cima abaixo a mulher reparou em cada curva e sorriu sem que ela percebesse .

Dulce: como foi a sessão de fotos? - perguntava de costas pra ele

Christopher revirou os olhos

Christopher: chata e irritante – dizia suspirando – odiei passar o dia fazendo poses e agüentando aquela mulher me encarando – dizia

Dulce rapidamente se virou

Dulce: achei que era um homem o fotografo – dizia

Christopher: e foi – dizia –mais tinha uma mulher muito estranha lá e o pior é que eu acho que conheço ela só lembro de onde – dizia coçando a nuca

Dulce: espero que não tenha sido um dos seus casinhos senhor Uckermann – dizia seria cruzando os braços

Christopher: alguém esta com ciúmes? – perguntava divertido

Dulce revirou os olhos se afastando da pia e saindo da cozinha .

Estava na sala quando sentiu os braços fortes do marido a abraçarem por trás , foi inevitável não sentir um arrepio por sentir a respiração e o corpo dele tão próximo ao seu.

Christopher:primeiro ela não foi meu casinho senhora ciumenta , e segundo a única que me deixa louco é você – dizia sussurrando e beijando o pescoço dela

Dulce sorriu de leve

Dulce: to de olho em você Christopher – dizia tentando parecer seria

Christopher continuava distribuindo beijos e agora dava leves mordidinhas deixando Dulce mais arrepiada ainda.

Algum tempo depois ....

Dulce: pára , pára Chris – pedia quase chorando

Christopher a encarou risonho e logo se sentou no sofá encarando a esposa

Dulce: cócegas é golpe baixo –dizia suspirando cansada de tanto rir

Christopher encarou serio a esposa

Christopher: eu vou aceitar o convite para os Prêmios Lo Nuestro – dizia

Dulce suspirou se sentando e encarando o marido

Dulce: isso é ótimo Chris – dizia sorrindo – é um ótimo começo – dizia

Christopher: será? Amor você sabe que essa premiação é em Miami não é – dizia

Dulce: sim e qual o problema ? – perguntava sem entender

Christopher: queria muito que você me acompanhasse , mais acho meio complicado – dizia

Dulce: diz isso pela nossa filha ? Chris a pediatra da Luna já disse que já podemos sair com ela – dizia

Christopher: sim amor , mais ir até a casa dos seus pais ou da minha mãe é uma coisa , outra coisa é sair de um pais pra outro – dizia

Dulce mordeu o lábio inferior encarando o marido

Dulce: podemos deixa-la com meus pais ou com sua mãe ? – perguntava insegura

Christopher: amor não é uma viagem de um dia , você amamenta, Luna é dependente de você 100% - dizia

Dulce suspirou

Dulce: acho bom você se comportar em Miami ouviu Uckermann – dizia estreitando os olhos

Christopher: preferia não em comportar mais com você do meu lado – dizia bicudo

Dulce sorriu e logo se sentou no colo do marido com uma perna de cada lado e sem falar nada começou a beija-lo . Ficaram por vários minutos curtindo aquele momento juntos até que um som os fez encerrar os beijos .

Christopher: acho que a minha princesa acordou – dizia divertido ouvindo os gracejos da filha através da babá eletrônica

Dulce: engraçado como ela sempre acorda quando não deve – dizia saindo do colo do marido – se ela não fosse uma bebê eu diria que ela tem ciúmes – dizia pegando a babá eletrônica e encarando o marido que sorria divertido

Christopher: tenho esse poder com as mulheres – dizia divertido e logo sentia uma almofada ir em sua direção e ria desviando do objeto enquanto observava Dulce subir as escadas .

No quarto de Luna....

A bebê mexia os pezinhos e as mãozinhas agitada. Encarou a mãe com os olhos claros e fez um biquinho como se fosse chorar .

Dulce: ei mocinha – dizia pegando a filha do berço sentindo a filha se aconchegar e soltar um pequeno suspiro – linda – dizia beijando os cabelinhos negros da filha

No dia seguinte.....

Christopher: é isso mesmo – dizia segurando o telefone e fechando os olhos com força – Guillermo você é surdo ? já disse confirma a minha presença na premiação – dizia perdendo a paciência

Dulce apenas observava o marido enquanto amamentava Luna na sala .

Rapidamente Christopher encerrou a ligação e suspirou

Christopher: esse Guillermo ainda vai me deixar maluco – dizia se sentando a o lado da mulher – e essa gulosa – dizia olhando a filha que mamava de olhinhos fechados com uma das mãozinhas apoiadas no seio de Dulce

Dulce: o bom dela mamar é que eu emagreço sem esforço – dizia divertida

Christopher apenas negou com a cabeça enquanto observava a filha .

Dulce: já percebeu que os olhos da Luna as vezes parecem azuis ? – perguntava encarando o marido

Christopher: os da minha mãe ficam azuis quando ela esta brava – dizia

Dulce: morena de olhos azuis ? que problemão hein Uckermann – dizia divertida

Christopher: há há há - dizia

Dulce gargalhou achando graça do ciúme do marido

Luna por sua vez pouco se importava continuava mamando tranquilamente nos seios fartos da mãe .

Enquanto isso na Televisa....

Os corredores andavam agitados por conta dos Prêmios Lo Nuestro , uma vez que vários artistas da emissora eram convidados para apresentar categorias ou simplesmente assistir a entrega .

Claudia andava de um lado para o outro já que ainda trabalhava no que muitos já consideravam o fracasso do ano a novela VERANO DE AMOR . Muitos diziam que o fracasso se devia a desistência de Dulce Maria da novela já outros diziam que tanto a historia como os atores não tinham carisma .

Claudia passava apressada quando parou observando novamente o grupo de garotas que sempre a parava para saber de Luna, suspirou sabendo que teria que agüenta-las até que sua irmã resolve-se divulgar uma foto da sobrinha.

Na casa de C y D....


Christopher estava deitado no sofá com a filha em seu peitoral o encarando com os olhos incrivelmente azuis naquela manhã .

Christopher: minha princesa – dizia sorrindo pra filha que simplesmente se aconchegou no peitoral do pai

Dulce : sim papai eu sou uma princesa – dizia se aproximando e dando um beijo nas costas da filha que nem siquer se mexeu - eu sei que você prefere o seu pai , eu também prefiro – dizia arrancando uma gargalhada do marido

Christopher: bom saber que minhas mulheres me preferem – dizia convencido

Dulce apenas sorriu se sentando no chão ao lado do marido e observando pai e filha .

Enquanto isso ....

Anahí : não agüento mais esses repórteres – reclamava se jogando no sofá

Christian : é simples se livrar deles – dizia a observando e logo se sentando ao seu lado

Anahí : o que eu faço ? – perguntava o encarando

Christian : diz o que eles querem – dizia simples dando de ombros

Anahí se calou

Christian : não sou moleque e se for pra ficar igual dois adolescentes vamos acabar com a palhaçada – dizia serio como poucas vezes havia falado na vida

Anahí : é complicado – dizia suspirando

Christian : correção é você quem complica , eu não vou esperar você tomar coragem ok ,tem gente que daria tudo pra me assumir como namorado se você não quer ou não tem coragem tem quem queira – dizia e logo se levantava do sofá exibindo agora o corpo musculoso

Anahí simplesmente arregalou os olhos surpresa pelo tom de Christian.

Na casa dos Saviñon ....

Blanca olhava velhos álbuns de fotos das filhas e suspirava a cada lembrança que achava . Havia decidido fazer uma faxina na casa e por acaso encontrou um álbum com as fotos das filhas.

Sorriu saudosa ao ver uma foto onde Claudia e Bianca tentava em vão segurar Dulce ainda bebê nos braços . Negou com a cabeça ao ver outra em que Bianca puxava as tranças de Dulce que chorava enquanto Claudia encarava as irmãs seria .

Ficou surpresa ao achar uma foto onde ao fundo um garotinho com skate observava Dulce , franziu a testa achando aquele rosto familiar .

Estreitou o olhar ao ver as filhas com o antigo grupo de Dulce o Jeans e depois sorriu ao ver uma foto das filhas juntas de Bianca que estava vestida de noiva . Folheou mais algumas e viu Dulce vestida de noiva , negou com a cabeça ao ver uma foto das filhas com seus respectivos namorados/maridos e o olhar serio de Fernando ao fundo da foto .

Suspirou fechando o álbum e encarando algum ponto fixo na parede . Se levantou indo até uma pequena escrivaninha que havia em seu quarto e pegou outro álbum esse sem fotos nenhuma e sorriu pegando uma caneta e escrevendo “netinhos da Blanca” sorriu sabendo perfeitamente que fotos colocaria naquele álbum .

Os dias passaram .....

Com eles a curiosidade da imprensa e do publico apenas aumentava já que nenhuma foto era divulgada da pequena Luna . Christopher estava promocionando a serie Kdabra novamente uma vez que a mesma finalmente começaria no Mexico e aquilo o estava fazendo trabalhar dobrado . Passava o dia em emissoras de radio e televisão de todas as emissoras divulgando a serie que seria exibida em um canal a cabo .

Por diversas vezes mais de um apresentador tentou tirar informações sobre a pequena Luna mais sempre recebiam a mesma resposta, um sorriso e logo o assunto mudava bruscamente .

Os escândalos também continuavam Maite com seu suposto affair com o ator que fazia seu par na novela e Alfonso com a paternidade que agora tomava rumos judiciais .

Anahí e Christian .... já não seguiam .

Na casa de C y D .....

Dulce observava Luna que a cada dia estava mais esperta e ativa . A pequena já havia começado a distribuir sorrisos o que derretia os pais babões . A pequena tinha o olhar curioso e dependendo do humor seus olhos mudavam de cor ora azuis ora verdes, para desespero de Christopher .

Dulce : o que vamos fazer meu amor , não quero deixar seu papai ir sozinho pra Miami – dizia encarando a filha

Luna sorriu fofa fazendo os olhos ficarem puxadinhos como os da mãe quando sorria

Dulce: e se – parou de falar sorrindo estranhamente para a filha

Enquanto isso na Televisa ...

O pânico tomava conta dos corredores. O canal que exibiria a serie Kdabra havia divulgado o horário que era o mesmo de VERANO DE AMOR para total desespero de Pedro Damian e cia .

Claudia : não seria mais lógico trocarmos o horário – dizia sensata

Luisillo : se nesse horário já não temos audiência imagina mais cedo ou mais tarde – dizia serio

Pedro apenas escutava

Claudia : fala alguma coisa Pedro – dizia impaciente

Pedro : tudo vai permanecer do mesmo jeito sem alterações – dizia serio

Luisillo e Claudia arregalaram os olhos aquilo era como um tiro no próprio pé .

Alguns estúdios a frente ....

Christopher havia acabado de gravar uma participação em um dos programas da emissora e saia quando esbarrou em alguém.

Estava pronto para pedir desculpas quando viu quem era .

Christopher: ora quem, temos aqui – dizia debochado – o pai do ano – dizia

Poncho: idiota – dizia já irritado

Christopher sorriu divertido

Christopher: como é ter que assumir um filho na marra? – dizia – tudo que a Gabriela não teve coragem de fazer agora estão fazendo , só lamento pela criança merecia uma pai melhor – dizia se afastando enquanto ouvia Poncho resmungar baixo

O dia como sempre passou em um piscar de olhos ....

Christopher chegou exausto em casa e um pouco rouco pelo fato de ter ficando falando praticamente o dia todo . Estranhou o silencio da casa, subiu devagar os degraus e entrou no quarto , sorriu ao ver Dulce adormecida na cama com Luna ao seu lado . Se aproximou procurando não fazer barulho e se sentou na cama observando as duas ficou por longos minutos ali parado apenas olhando as suas” mulheres” e logo se levantou indo tomar um banho afinal estava exausto .

Perdeu um pouco a noção do tempo enquanto tomava banho . Quando saiu nem Dulce nem Luna estavam mais na cama . Entrou no closet e vestiu apenas uma calça folgada e secou um pouco os cabelos e logo saiu do quarto , indo até o quarto da filha parou no batente da porta e viu Dulce colocando Luna no berço e puxando o dossel para protege-la melhor . Observou como a agora loira ia até a janela e verificava se estava fechada e logo ela o viu parado e sorriu.

Alguns minutos depois ....

Ambos estavam na cama . Ele recostado na cabeceira e ela sentada em seu colo sentindo as mãos dele em suas coxas descobertas pela minúscula camisola.

Dulce: chris – dizia dengosa sentindo a ereção do marido

Christopher: eu to cansado , mais eu te quero tanto – dizia quase sussurrando

Dulce apenas sorriu capturando os lábios do marido. Por conta de Luna já não tinham mais tantos momentos como aqueles , mais os que tinham valiam por vários .

Rapidamente as mãos de Christopher trataram de jogar a camisola no chão deixando a esposa apenas com uma minúscula calcinha . Sem parar de beijar ambos se tocavam e se provocavam , soltavam leves e baixos gemidos .

Sem prolongar muito Christopher penetrou a mulher soltando um gemido enquanto sentia Dulce o beijar com ardor. Lentamente os movimentos começaram fazendo ambos se entregarem 100% aquele momento . Dulce o beijava matando as saudades dos beijos mais quentes e Christopher acariciava sem pudor algum as curvas da mulher .

Enquanto isso na Espanha .....

Rick olhava dois porta- retratos um com a foto de Ilza exibindo sua barriga de já quase 6 meses e o outro com a foto do filho Bernardo de quase 4 meses.

Sorriu sentindo saudades de ambos . Teve que ir pra Espanha antes do esperado já que a filial estava com alguns problemas que somente ele como vice- presidente poderia resolver só não contava que fosse ficar tanto tempo já tinha quase um mês que estava na Europa e aquilo o deixava agoniado por saber que Ilza estava sozinha no México . Fechou os olhos com força e voltou a se concentrar nos documentos que lia antes de se perder nas fotos.

No México ....

Dulce rebolava sem pudor algum no pau do marido que por sua vez sugava sem pena os seios fartos da mulher, ambos estavam quase no limite de seus corpos . Dulce teve vontade de gritar ao sentir Christopher morder seu mamilo e logo apertar sua bunda com vontade .

Mordeu o lábio inferior e gemeu manhosa se deliciando com o orgasmo que estava tendo . Recostou o corpo suado e quente contra o do marido que em um movimento rápido a deitou na cama a obrigando a enroscar suas pernas no quadril dele , mais um gemido escapou ao sentir o marido estocar fundo por mais algumas vezes. Suspirou manhosa sentindo o semem do marido jorrar dentro dela .

Acariciou as costas e os cabelos úmidos dele sentindo o peso do corpo dele em cima do seu. Soltou as pernas do quadril do marido e entrelaçou uma delas com as dele que suspirava cansado .

Alguns minutos depois ....

Dulce sorriu , observando Christopher que havia adormecido . Sabia que ele estava cansado pelos dias corridos que vinha tendo e sabia que nada era mais agradável que dormir daquela forma , olhou a babá eletrônica no criado mudo e logo o relógio que marcava 22:00 horas , suspirou Luna só acordaria lá pela uma da manhã . Acariciou os cabelos do marido e se permitiu cochilar , afinal ela também merecia desfrutar daquela sensação de paz e aconchego que só tinha quando estava com o marido .

Alguns dias depois....

Christopher: certeza que não quer me levar no aeroporto ? – perguntava

Dulce: não gosto de despedidas – dizia dramática

Christopher: eu volto rapidinho – dizia se aproximando e roubando um selinho da esposa – vou morrer sem vocês –dizia observando a filha que o encarava com os olhos claros – tchau minha muñeca – dizia beijando os cabelinhos negros da filha

Dulce; boa viagem , assim que chegar me liga – pedia

Christopher : ta bom – dizia dando varios selinhos na esposa e logo depois a soltando , pegou sua mochila e uma mala de mão e saiu mais antes olhou Dulce e Luna por uma ultima vez e logo saiu .

Dulce ficou na sala até escutar o portão da garagem se fechar , sorriu travessa encarando a filha .

Dulce: agora somos nós princesa – dizia pegando a filha e subindo pro quarto .

Algum tempo depois ....

Christopher estava sentado no saguão do aeroporto esperando seu vôo usava uma calça jeans escura e uma camiseta branca e estava com os óculos escuros na mão , mexia distraído no celular acompanhando toda a movimentação de seus fãs pelas redes sociais pedindo que ele fosse se apresentar nos prêmios , sorriu ao ver a quantidade de pedidos e muitos deles ainda pediam que levassem Dulce e Luna .

Suspirou sentindo falta das duas ao seu lado . Nesse instante ouviu o chamado para o seu vôo se levantou e foi andando tranqüilo em direção ao portão de embarque .

Já no avião ....

Christopher olhou sua passagem e logo avistou seu acento A49 , suspirou rezando para que seu “companheiro(a)” não fosse uma pessoa reclamona já que a poltrona que ficava proximo a janela ainda estava vaga , acomodou sua mochila no bagageiro e logo se sentou . Continuou mexendo no celular até ouvir.

.....: com licença – dizia uma voz um tanto risonha

Christopher levantou o olhar e sorriu abobalhado

Christopher: mais ? como ? – perguntava meio perdido

Dulce: achou que ia pra Miami sozinho ? sonha Uckermann – dizia se sentando na poltrona ao lado segurando Luna nos braços

Christopher: serio que vocês vão comigo ? – perguntava sem acreditar

Dulce: sim – dizia divertida roubando um selinho do marido –combinei tudo com o Guillermo , não achou que a sua mãe viajou mesmo a trabalho justamente pra Miami né amor ? – perguntava divertida

Christopher arregalou os olhos

Havia alguns dias que Alexandra tinha dito que iria para Miami a trabalho o que foi um ótimo pretexto para Dulce se negar a ir com ele .

Christopher: todos me enganaram – dizia divertido –a te você meu amor – dizia olhando Luna que dormia tranquilamente nos braços da mãe

Dulce apenas sorriu se aconchegando no banco .

Dulce cochilou boa parte do vôo assim como Luna , já Christopher estava ansioso e inquieto , ficou o tempo todo acordado e vasculhando no celular ou escrevendo. Ficou tão distraído depois que começou a escrever que só percebeu o tempo passar quando anunciaram que já estavam pousando em Miami . Arregalou os olhos surpreso e logo observou Dulce que ainda estava adormecida com Luna nos braços .

Foi impossível não sorrir, Apesar de adormecida Dulce segurava Luna de forma protetora e firme . Ele se aproximou devagar e roubou um selinho da mulher que tinha os cabelos presos em um rabo de cavalo.

Christopher: já estamos pousando – dizia sussurrando

Dulce lentamente abriu os olhos se sentindo incomodada com o modo como havia dormido, observou o marido e depois a filha que mexia as mãozinhas sonolenta mais que lentamente abriu os olhos verdes naquele dia .

Dulce: acho que dormimos – dizia divertida
Christopher: eu também acho – dizia divertido - como vamos fazer , não quero você e a Luna no tumulto do aeroporto – dizia serio

Dulce: sua mãe esta me esperando – dizia piscando

Christopher: mais vocês armaram direitinho hein – dizia sorrindo

Logo o avião pousou . Os passageiros começaram a sair lentamente , assim que Dulce desceu do avião e entrou no aeroporto avistou Alexandra que acenou para o filho que vinha um pouco mais atrás . O casal não queria chamar a atenção por estarem com Luna . Dulce logo desapareceu com Alexandra pelo saguão .

Christopher por sua vez foi andando calmo e tranqüilo afinal sabia que a mulher e a filha já estavam longe de qualquer confusão uma vez que o boato dele ter embarcado para Miami já estava pipocando entre os faz . Assim que pegou suas malas na esteira e começou a andar pelo saguão escutou gritos , sorriu tentando ignorar e seguir seu caminho porém foi impossível já que logo estava rodeado de dezenas de faz enlouquecidas .

Custou alguns minutos e vários arranhões sair do aeroporto mais Christopher conseguiu . Pegou o primeiro táxi que viu na frente do aeroporto e falou o endereço ao motorista enquanto sentia o pescoço arder pelos arranhões.

Em um certo apartamento ....

Alexandra: a cada dia mais linda – dizia babando na neta que dormia tranquilamente

Dulce: puxou a mãe – dizia divertida – o Chris ta demorando – dizia

Alexandra: desculpe minha querida mais a única coisa que a Luna puxou de você foi a cor dos cabelos – dizia divertida – ele já deve estar chegando fica calma – dizia tranqüila

Mal Alexandra acabou de falar e a porta se abriu surgindo Guillermo seguido de Christopher.

Dulce: o que aconteceu ? – perguntava percebendo os vergões no pescoço do marido

Christopher: fãs – dizia sorrindo de leve

Dulce se aproximou olhando as marcas que estavam bem vermelhas e nítidas

Guillermo : a essa altura já devem estar comemorando – dizia

Dulce: que comemorem mais deixem ele vivo – dizia irritada pelas marcas

Christopher: e vocês chegaram bem ? bonito dona Ale me enganando – dizia divertido

Alexandra: foi por uma ótima causa- dizia divertida

Christopher: e a minha princesa ? - perguntava observando Luna adormecida

Dulce: dormindo como sempre depois que mama – dizia o encarando – não ta ardendo ? – perguntava

Christopher: logo passa amor – dizia roubando um selinho dela – Guillermo o que eu tenho pra fazer hoje ? – perguntava

Guillermo : vamos nos reunir com a produção e decidir como vai ser a sua apresentação e com forme for já tem ensaio , passagem de som essas coisas – explicava

Christopher: ok , da tempo de tomar um banho me trocar, comer? – perguntava

Guillermo : dá sim a tarde eu passo aqui pra te pegar – dizia se aproximando da porta – a propósito você ficou bem loira Dulce – elogiava

Dulce: obrigada – agradecia sem desviar os olhos dos arranhões no pescoço do marido

Algum tempo depois .....

Christopher surgia na sala usando uma calça preta e uma camisa de mangas curtas também pretas havia feito a barba e tinha os cabelos levemente úmidos . Se sentou no sofá e observou Dulce que olhava algumas folhas concentrada .

Christopher: o que são essas folhas ? – perguntava

Dulce : algumas letras – dizia risonha – nada atual mais quero passar todas pro noteboock assim fica mais organizado – dizia

Christopher arregalou os olhos

Christopher: Dulce Maria organizada ? essa é nova – dizia divertido

Dulce: Christopher sem sexo se falar mais uma gracinha – dizia roubando um selinho dele

Christopher: não sabe nem brincar – dizia bicudo – vou comer alguma coisa quer? – perguntava

Dulce apenas negou concentrada no que fazia

Christopher foi para a cozinha preparar alguma coisa estava morto de fome .

Enquanto isso no local onde aconteceria os prêmios ....

Muitos fãs já aguardavam ansiosos por seus ídolos em especial os de Christopher Uckermann que estavam enlouquecidos pelo fato dele estar em Miami.

Guillermo que estava no local olhava aquilo surpreso e ao mesmo tempo satisfeito se mesmo sem saberem da presença oficialmente os fãs já estavam enlouquecidos nem queria imaginar quando o vissem no evento .

Já passava das duas da tarde .....

Christopher estava reunido a portas fechadas com a produção do evento apenas Guillermo participava.

Depois de quase uma hora reunidos todos saíram satisfeitos com a conversa que haviam tido .

Guillermo : Christopher você tem certeza é uma oportunidade única – dizia serio

Christopher: sim é apenas uma participação nenhum lançamento de nada nem ninguém – dizia caminhando em direção ao palco – valeu por ter trazido a banda - agradecia

Guillermo: imaginei que você fosse querer algo ao vivo e nada melhor quer a sua banda , só não esperava que a produção fosse aceitar tão fácil o fato de você querer algo ao vivo – dizia – normalmente sempre é playback – dizia

Christopher: eles não são burro né - comentava subindo no palco e já avistando seus músicos

Christopher passou quase 4 horas ensaiando com sua banda e dando orientações de como queria cada estrofe da musica que cantaria . As pessoas que estavam por perto na sua maioria paravam para ver e ouvir .

Muitos custavam a acreditar que fosse Christopher um do ex- rbd’s .

Assim que acabou o ensaio Christopher ficou surpreso ao ver que o local onde ensaiava estava com dezenas de pessoas que o olhavam surpresos . Suspirou ao ouvir uma salva de palmas e assobios .

Thiago : acho que vamos arrasar – dizia divertido

Isa: eu tenho certeza – dizia piscando

Christopher: só de cantar já esta bom – dizia

Enquanto isso ....

Dulce mexia em seu noteboock e gargalhava achando graça enquanto a sogra brincava com Luna que estava bem desperta .

Alexandra: o que tanto você gargalha Dulce? –perguntava curiosa se aproximando com Luna

Dulce: você não vai acreditar , estão falando que o Chris esta me traindo com uma loira peituda – dizia gargalhando

Alexandra se aproximou e olhou a imagem que apenas mostrava Dulce de costas sendo beijada por Christopher no que apreçai ser um restaurante ou algo do tipo .

Dulce: vou me divertir nessa premiação – dizia risonha

Alexandra apenas sorriu

Voltando ao local da premiação ....

Thiago : o que foi ? porque ficou serio de repente? - perguntava encarando Christopher

Christopher: pode ser loucura mais e - encarava Thiago – e se cantássemos algo novo – dizia com um sorriso estranho

Thiago : mudar tudo ? – perguntava arregalando os olhos

Christopher: é uma idéia – dizia – Thiago é só uma participação não vai interferir em nada pelo menos não pra mim – dizia

Thiago suspirou

Thiago : brother , você quem sabe – dizia

Christopher: você é meu diretor musical – dizia

Thiago : que musica você esta pensando seu louco ? – perguntava divertido

Christopher sorriu

Enquanto isso no México ....

Televisa estava um caos tudo por culpa de uma tal canal pago que fazia uma exaustiva contagem regressiva para o inicio de uma serie . Faziam a contagem mostrando um pouco sobre os atores protagonistas da serie .

Luisillos: pelo amor de deus , não agüento mais ouvir falar dessa serie – dizia suspirando

Claudia: não é porque é meu cunhado mais ta demais só isso que eu digo – dizia dando de ombros

Luisillo: nossa assim você me anima – dizia irônico

Claudia : só digo a verdade – dizia simples

Voltando a Miami ....

Christopher havia se reunido com os músicos no centro do palco e falado algo que ninguém conseguiu ouvir bem o que era mais dava para perceber os olhares surpresos de todos. Rapidamente começaram a sair do palco . Christopher estava descendo a escada de acesso quando esbarrou em alguém .

Christopher: desculpa eu – parou de falar ao ver quem era e sorriu

Paty : não acredito – dizia animada

Christopher: Paty Cantu – dizia divertido

Paty : cadê a minha amiga ? e a Luna ? – perguntava empolgada

Christopher sorriu

Christopher: estão aqui em Miami comigo – dizia baixinho

Paty sorriu mais ainda , só tivera a oportunidade de ver Luna e Dulce depois que ambas saíram do hospital e mesmo assim muito rápido pois tinha que embarcar para a sua turnê.

Paty : vai cantar ou apresentar ? – perguntava curiosa

Christopher: curiosa você hein – dizia divertido

Paty : se for cantar tenho uma proposta indecente – dizia animada

Christopher a encarou curioso

Algum tempo depois....

Christopher voltava para o apartamento e sorria ao ver Dulce brincando com Luna no tapete da sala . Jogou as chaves na mesinha de centro e sorriu olhando a cena .

Dulce mordia o pezinho fofo da filha que sorria fofa , gostando da brincadeira.

Christopher: posso brincar também ? – perguntava sorridente

Dulce: olha quem chegou – dizia divertida
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:26 pm

Luna rapidamente buscou com os olhinhos curiosos a voz do pai .

Christopher: princesa Luna – dizia se aproximando e pegando a filha nos braços e a enchendo de beijos – sua mãe estava te mordendo ? – perguntava divertido

Luna soltava um leve gracejo o fazendo sorrir babão

Christopher: ela também gosta de me morder meu amor – dizia divertido

Dulce: Christopher – dizia o encarando ainda sentada no chão

Christopher gargalhou se sentando no sofá com a filha nos braços

Christopher: Paty também vai se apresentar nos prêmios – dizia

Dulce: serio ? nem estava sabendo – dizia se aproximando e apoiando o queixo no joelho esquerdo do marido – quer saber outra novidade ? – perguntava

Christopher a encarava curioso

Dulce: estou sendo traída – dizia o encarando

Christopher a encarou confuso

Dulce: você esta me traindo com uma loira – dizia jogando os cabelos para o lado e logo gargalhando

Christopher também gargalhou

Dulce : o que acham que vão falar quando conhecerem a sua amante senhor Uckermann ? – perguntava

Christopher: hum .... vão me achar um homem de excelente bom gosto – dizia piscando

Dulce sorriu e logo observou a filha que olhava fixamente o pai enquanto colocava a mãozinha na boca

Dulce: Luna não – dizia tirando a mãozinha da boca da filha

No México ....

Anahí revirava os olhos sentindo o estomago embrulhado a dias estava com aquele mal estar e não sabia o que era . Se deitou na tentativo do enjôo passar mais parecia que só piorava .

O dia tão esperado finalmente chegou ....

A manhã estava ensolarada em Miami , porém um casal se recusava a sair da cama .

Dulce : ta tão gostoso aqui – dizia sentindo seu corpo colado ao do marido

Christopher: é mais temos que levantar o dia vai ser corrido – dizia ainda sonolento

Dulce: mais 5 minutinhos – dizia mordendo o queixo dele

Christopher sorriu sentindo a mulher entrelaçar suas pernas com as dele por baixo do lençol . Ele suspirou sentindo os lábios de Dulce em seu peitoral e logo ambos já estavam em um beijo apaixonado .

As mãos dele começavam a ganhar vida por baixo do lençol quando um choro fino e intenso foi ouvido.

Dulce: eu acho que ela faz de propósito – dizia suspirando e encerrando o beijo

Christopher suspirou fechando os olhos com força e logo sorria percebendo que Dulce se levantava da cama revelando a camisola de cor perolada curta e logo saia do quarto , voltando instantes depois com a bebê nos braços .

Dulce: olha a chorona aqui – dizia voltando para a cama

Christopher: bom dia meu amor – dizia beijando a mãozinha da filha que o encarava chorosa – porque esse bico ? – perguntava divertido

Dulce: porque tengo hambre papi – dizia divertida abaixando a alça da camisola e revelando um dos seios – pronto – dizia risonha – ai calma – dizia sentindo a filha sugar com força

Christopher : quero dormir mais – dizia sonolento se recostando no travesseiro

Dulce: também ficou até tarde acordado – dizia o encarando

Christopher apenas sorriu enquanto observava Dulce amamentar Luna que sugava agora mais tranqüila porém atenta a mãe .

O dia passou em um piscar de olhos .

Christopher olhava a roupa que usaria naquela noite e logo ouvia

Dulce : não vou desgrudar de você – dizia o abraçando por trás

Christopher sorriu ficando de frente para a esposa

Christopher: não vai deixar mesmo eu ver a roupa que você vai ? – perguntava curioso

Dulce negava divertida

Christopher : maldade hein – dizia bicudo

Dulce : não seja curioso , Luna dormiu – dizia sussurrando – e a sua mãe saiu – dizia roubando um selinho

Christopher: e o que você pretende com isso senhora Uckermann ? – perguntava enroscando uma das mãos nos cabelos loiros da mulher

Dulce: te acalmar um pouco , você ta muito elétrico e ansioso pro meu gosto – dizia puxando o marido pra fora do closet e o colocando perto da cama

Christopher sorriu apenas deixando a mulher a vontade , olhou de canto de olho o criado mudo e viu a babá eletrônica , mais rapidamente sua atenção voltou para a esposa que estava levantando sua camisa e logo a tirou deixando seu peitoral a mostra .

Christopher: to gostando desse método de relaxamento – dizia divertido

Dulce: você não viu nada – dizia piscando e beijando o peitoral dele

Enquanto isso no México ....

Christian Chavez era noticia em varias revistas de fofoca pelo fato de que havia dado uma declaração dizendo que havia se descoberto “bissexual” , a declaração veio depois de uma entrevista onde havia sido questionado pelo fato de que ultimamente só era fotografado na companhia de mulheres. Dizia que estava em uma fase “gosto de menina” o que causou um certo frisson entre muitas fãs .
Em Miami ....

Christopher acariciava os cabelos da esposa enquanto sentia os lábios macios dela devorarem sua ereção . Dulce o engolia totalmente sem parar de encarar o marido , sabia que ele estava ansioso por mais que ele tentasse negar e iria relaxa-lo de qualquer forma.

Sorriu travessa sentindo o pau do marido ficar maior ainda em sua boca e fechou os olhos satisfeita ao escutar um gemido escapar da garganta dele . Sentiu ele puxar seus cabelos com força a obrigando a soltar o pau com um pouco de má vontade , Mordeu o lábio inferior ao ver como Christopher tirava em um segundo o short que ela usava junto com a minúscula calcinha e sussurrava puxando a delicada cintura .

Christopher: preciso de você – sussurrava

Dulce não pensou duas vezes se sentou no colo dele com uma perna de cada lado e gemeu ao sentir ele roçar seu pau no clitóris inchado dela . Suspirou sentindo ele encaixar os corpos e logo tirar a camiseta dela a deixando nua em seu colo.

Ele deixou que Dulce ditasse o ritmo , que era lento quase torturante para ambos , sugou o seio dela enquanto apertava com vontade a bunda empinada da mulher que se movimentava com maestria enquanto acariciava os cabelos dele .

Ficaram por alguns minutos naquela doce tortura até Christopher perder o controle e num movimento rápido jogar a mulher na cama e tomar conta da situação a penetrando com força . Dulce por sua vez gemia sem controlar sentia seu corpo a beira do abismo e praticamente gritou ao sentir o orgasmo intenso . Christopher penetrou a mulher por mais algumas vezes até cair exausto sobre o pequeno corpo deixando seu gozo invadir o corpo de Dulce.

Alguns segundos de silêncio depois....

Christopher: otimo modo de me relaxar – dizia suspirando – antes de sairmos quero de novo – dizia brincalhão

Dulce riu baixinho enquanto acariciava os cabelos úmidos do marido .

Ficaram por um bom tempo curtindo aquele momento juntos.

O relógio marcava já quatro da tarde quando a campanhia do apartamento começou a tocar insistentemente.

Dulce: que desespero – dizia enquanto segurava a filha

Christopher: quem será? – perguntava se levantando do sofá onde estava

Alexandra: só vai saber se atender meu amor – dizia divertida

Christopher se aproximou da porta e assim que abriu Guillermo entrou como um foguete segurando algo.

Christopher: claro que eu deixo você entrar – dizia irônico fechando a porta – porque tanta presa

Guillermo : algumas mudanças – dizia o encarando

Christopher apenas estreitou os olhos

Algum tempo depois ....

Christopher já estava pronto e sorriu olhando a filha estava sonolenta nos braços de Alexandra já que Dulce havia acabado de amamenta-la e estava terminando de se arrumar no quarto , se sentou no sofá e pegou a filha dos braços da mãe .

Alexandra: nunca vi uma bebê tão calminha – comentava

Christopher: isso porque a senhora não viu os primeiros dias dessa mocinha em casa – dizia divertido sentindo o cheirinho gostoso da filha

Alexandra: levando em conta os pais que ela tem minha neta um anjinho- dizia divertida

Christopher encarou a mãe com o olhar indignado e logo negou com a cabeça sorrindo enquanto voltava a olhar a filha que havia adormecido em seus braços, quando ouviu .

Dulce: estou pronta – dizia quase sussurrando

Christopher se virou ainda com a filha nos braços e a olhou

Christopher : nossa – dizia olhando a mulher de cima abaixo

Dulce tinha os cabelos soltos e levemente cacheados nas pontas , usava um vestido branco justo e curto que ressaltava suas curvas e um par de sandálias prateadas de salto .

Dulce: como estou ? – perguntava encarando o marido e logo o examinando também de cima abaixo

Christopher: não vou sair de perto de você – dizia se aproximando e roubando um selinho da esposa

Dulce: nem eu de você – dizia mordendo de leve o lábio inferior dele

Alexandra sorriu diante da cena

Alexandra: então casal de lindos , me dêem essa princesa aqui e se divirtam – dizia pegando com cuidado Luna dos braços de Christopher

Luna suspirou se movendo um pouco mais não acordou .

Alguns minutos depois ....

Dulce: as mamadeiras estão na geladeira, e se ela fizer xixi ou cocô limpa antes com lençol úmidecido senão ela fica assadinha e com brotoejas – dizia – e também tem que puxar o dossel senão ela fica incomodada e – foi interrompida

Christopher: amor – dizia achando graça

Alexandra: Dulce vai tranqüila eu já cuidei de um bebê antes – dizia encarando o filho

Dulce mordeu o lábio inferior se sentindo envergonhada

Dulce: me desculpa Alexandra , mais – suspirava – não pensei que seria tão difícil sair e deixar ela - dizia olhando a filha adormecida

Alexandra: eu sou mãe e te entendo perfeitamente – dizia sorrindo – vão tranqüilos eu me entendo com essa mocinha e qualquer coisa eu ligo – dizia piscando

Dulce: liga mesmo ? – perguntava encarando a sogra seria

Christopher: vamos amor a Luna esta em ótimas mãos – dizia puxando a mulher pela mão

Dulce: só mais um minuto – dizia se aproximando da filha e beijando de leve os cabelinhos negros da filha que continuava adormecida

Dulce sentiu o marido lhe puxar pela cintura e saio do apartamento um pouco arrastada já que tentava olhar a filha ainda .

Christopher: ela vai ficar bem – dizia abraçando a esposa enquanto andavam

Dulce: eu sei – dizia sem muita certeza .

No local da premiação ....

A movimentação já era muito intensa uma vez que os convidados já começavam a chegar. Dezenas de fãs já estavam apostos esperando por seus ídolos, muitos flashes e repórteres estavam espalhados .

Um boato havia surgido nas ultimas horas de que Anahí estaria presente no evento o que estava causando um certo burburinho .

No caminho para o evento ....

Dulce estava um pouco inquieta e Christopher a olhava de canto de olho .

Christopher: amor se vai ficar comigo e com a cabeça em casa eu peço pra te levarem de volta – dizia serio

Dulce o encarou

Dulce: Chris é a nossa filha e ela é ... só um bebê – dizia angustiada

Christopher: um bebê que esta com a minha mãe a avó dela – dizia a encarando – preciso de você comigo 100% hoje – dizia

Dulce suspirou

Dulce: desculpa , mais me entende é difícil pra mim ficar longe da Luna – dizia acariciando o rosto dele

Christopher: eu sei , mais ela não esta com um estranho esta com a minha mãe – dizia sorrindo fraco

Dulce: sou uma boba né ? – perguntava o encarando

Christopher: boba? Não é linda e uma mãe maravilhosa – dizia roubando um selinho dela

Dulce: ok , vou deixar a sua mãe tomar conta da Luna e vou cuidar de você hoje – dizia dando um selinho demorado no marido

Alguns minutos depois....

O barulho dava pra ser escutado de dentro do carro . Christopher suspirou sabia que mesmo que para ele aquilo não fosse um “inicio” para todos que o conheciam e admiravam era um grande passo , sentiu Dulce apertar sua mão e logo viu o um homem de terno abrindo a porta do carro , saiu sentindo o coração acelerado e logo alguns flashes. Teve vontade de gargalhar assim que Dulce saiu do carro linda e loira , o semblante de algumas pessoas era hilário .

Guillermo se aproximou rapidamente .

Guillermo : já estava ficando preocupado – dizia olhando o casal

Dulce: a culpa foi minha – dizia sentindo Christopher abraçar sua cintura

Guillermo : ok venham comigo – dizia andando na frente dos dois

Os gritos histéricos dos fãs do casal tomaram conta e logo Dulce não agüentou ao escutar “ OLHA A AMANTE DO UCKER” .

Christopher: to bem servido – dizia sussurrando

Dulce sorria divertida , porém seu sorriso quase sumiu ao ver Belinda parada dando uma entrevista .

Guillermo parou os dois e os fez posar para alguns paparazzis e logo inúmeras vozes escutadas. Repórteres que perguntavam insistentemente sobre Luna.

Repórter: DULCE , CHRISTOPHER ONDE ESTA A FILHA DE VOCÊS?

Repórter: PORQUE TANTO MISTERIO COM A CRIANÇA?

Repórter: CHRISTOPHER COMO SE SENTE NA SUA PRIMEIRA APRESENTAÇÃO COMO SOLISTA?

Reporter: DULCE É VERDADE QUE VOCÊ ABANDONOU A CARREIRA ?

Dulce e Christopher chegaram a ficar tontos de tantas perguntas e só escutaram Guillermo falando para perguntarem um por vez

Repórter : DULCE , CHRISTOPHER ONDE ESTA A FILHA DE VOCÊS? – perguntava

Dulce: onde uma criança deve estar , em casa – dizia sorridente

Repórter: PORQUE TANTO MISTERIO COM A CRIANÇA? - perguntava

Christopher: não é mistério , nossa filha é uma bebê como outra qualquer não tem porque ficar sendo exposta como um objeto – dizia serio

Repórter: CHRISTOPHER COMO SE SENTE NA SUA PRIMEIRA APRESENTAÇÃO COMO SOLISTA? - perguntava

Christopher: é apenas uma participação não uma apresentação – dizia piscando e sorrindo travesso

Reporter: DULCE É VERDADE QUE VOCÊ ABANDONOU A CARREIRA ? E PORQUE ESTA LOIRA? - perguntava

Dulce: jamais vou deixar a minha carreira , só que nesse momento sou unicamente da minha filha e do meu marido e quanto a ser loira eu quis mudar um pouco – dizia piscando

Os repórteres faziam mais perguntas porém Guillermo tratou logo de tirar o casal dali não esperava tantas perguntas e muito menos tanta agitação com a chegada deles.

Já dentro do local do evento .....

Dulce: o que foi tudo aquilo ? – perguntava surpresa

Guillermo : efeito Uckermann – dizia encarando o casal

Christopher: menos bem menos – dizia

Guillermo : você não tem muita noção das coisas não é – dizia arqueando a sobrancelha

Christopher o encarou sem saber muito bem o que responder , mais saiu de seus pensamentos ao escutar .

Paty : como assim loira Maria ? – perguntava animada

Dulce: Paty – dizia mais animada ainda

Enquanto Paty e Dulce colocavam as fofocas em dia Christopher olhava o local que já estava ficando cheio . Os lugares já tomados por vários artistas de onde estava podia escutar o gritos do publico que vinha do lado de fora ou até mesmo da platéia que assistiria a premiação.

Sorriu ao ver alguns músicos de sua banda passando por ali . Piscou repetidas vezes sentindo o estomago gelar .

Aos poucos todos foram tomando seus lugares afinal em alguns minutos começaria tudo.

A premiação havia começado pontualmente as sete da noite e logo Dulce se viu sozinha na plateia já que Guillermo saio com Christopher apressado rumo aos bastidores. Entraram em um camarim e logo Christopher começou a se trocar faria algo que nem mesmo Dulce estava sabendo o que era.

As apresentações continuavam no palco e logo o nome de Paty cantú foi anunciado , a melodia tomou conta do local . E logo um motoqueiro invadiu o palco parando a moto mais sem tirar o capacete , a voz de Paty surgiu no palco , andando tranquilamente cantando a musica observando a platéia enquanto o motoqueiro misterioso tirava o capacete e abria a jaqueta de couro e logo também começou a cantar impactando muitos pelo timbre de voz.

Paty y davi vídeo

Assim que a apresentação terminou todos ficaram de pé para aplaudi-los . Porém foram surpreendidos com o efeito que surgiu . Christopher educadamente deu um beijo na mão de Paty e logo desapareceu do palco assim como a moto em um passe de mágica e no telão surgiu a palavra KDABRA. Os gritos foram ensurdecedores naquele instante.

Nos bastidores...

Christopher era cumprimentado por todos por onde passava . Estava tirando a jaqueta de couro quando escutou .

Paty : meu deus o que foi esse final – dizia animada

Christopher: uma pequena divulgação – dizia piscando – já tinha me esquecido como esquentam essas roupas escuras – reclamava

Paty : meu deus a Maria deve ta se derretendo de orgulho de você – dizia divertida

Christopher sorriu um pouco sem jeito e logo sentiu Guillermo puxando ele para irem pro camarim .

Na platéia ....

Dulce olhava tudo e sentia uma sensação de orgulho por saber que aquilo nem siquer era o começo ainda . Sorriu abobada ao ver que muitos ainda comentavam a apresentação de Christopher e Paty .

Sorriu mais ainda ao ver que Christopher estava novamente ao seu lado na platéia .

Dulce: então era isso a “pequena mudança” ? – perguntava encarando o marido

Christopher: uma pequena divulgação da serie – dizia dando de ombros – até que ficou legal – comentava

Dulce o encarou e apenas negou roubando um selinho do marido

Christopher: não ficou legal ? – perguntava sem prestar atenção em quem estava no palco naquele momento

Dulce: foi ótimo Chris , mais eu vou ter que concordar com o Guillermo as vezes você não tem muita noção das coisas amor – dizia sorrindente

Christopher franziu a testa e encarou a mulher estava prestes a falar algo quando ouviram a voz estridente de Belinda que falava sem parar no palco provavelmente entregaria algum dos prêmios da noite.

Belinda: a próxima categoria eu diria que é muito interessante , nela os fãs apontam os possíveis novos ídolos do momento – dizia com um sorriso sonso nos lábios

Logo os gritos eram escutados vindo por parte dos fãs . No telão as imagens dos indicados surgiam Pee Wee, Eiza Gonzalez,Diego Gonzalez e.... Christopher Uckermann .

Christopher arregalou os olhos nem siquer sabia que estava concorrendo em alguma categoria .

Belinda voltou a falar .

Belinda: e o grande vencedor é – dizia fazendo suspense e logo dando um sorriso um tanto sínico ao ler o nome – Christopher Uckermann venga bebê – chamava

Dulce que sorria parou na hora ao escutar aquilo e Christopher respirou fundo se levantando recebendo os aplausos tanto dos fãs como dos convidados , subiu ao palco ainda ouvindo os aplausos porém com o semblante serio .

Belinda: todo seu – dizia se aproximando dele tentando abraça-lo

Christopher apenas lhe ofereceu a mão esquerda deixando em evidencia sua aliança de casamento o que fez Belinda ficar sem jeito para qualquer gracinha futura.

Christopher: fui enganado – dizia arrancando risos de todos – me disseram que eu seria apenas mais um convidado não que estava participando – dizia sorrindo de leve – eu sei que esse é escolhido diretamente pelos fãs e acreditem tem um grande significado pra mim prometo que não vou decepcionar ninguém – dizia piscando

Belinda tentou sair do palco agarrada ao braço de Christopher que fez questão de não oferecer o braço deixando a cantora com cara de tacho .

Na platéia ....

Dulce tinha o bico maior do mundo . Assim que o marido voltou par ao seu lado ela o olhou de canto de olho e cruzou os braços ouvindo o riso baixinho dele .

Christopher: ciumenta – dizia

Dulce apenas revirou os olhos sem dizer nada e continuou prestando atenção nas apresentações .

Enquanto isso em um certo apartamento de Miami .....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Dúvida] Poseidon ROE e Cloth Myth's EX
» A Vida nas Cartas – O Dilema
» [Sinopse] Segredos da Vida
» [Sinopse] Nossa Vida
» Desabafos da Vida

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Anny Rivero Wn :: Sua primeira categoria :: Seu primeiro fórum-
Ir para: