Anny Rivero Wn

TODAS AS WEBS DO ORKUT!!
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:27 pm

Alexandra: Luna Von Uckermann Espinoza quieta – dizia na tentativa inútil de acalmar a neta que chorava mostrando que tinha uns pulmões ótimos – porque tanto choro meu amor? – perguntava percebendo que a neta a encarava e logo abria o berreiro novamente

Na premiação ....

Agora era a vez de Christopher estar bicudo e emburrado Aaron Diaz estava no palco e já havia feito algumas gracinhas com o fato de Dulce agora ser loira .

Aaron : a gente só descobre como o tempo passa quando vemos uma mulher se tornar mãe ou então se tornar Loira , não é Dulce Maria – dizia arrancando risos de quase todos

Dulce apenas sorriu de leve

Jaime Camil que também estava no palco junto a Aaron apenas alertou

Jaime: ou então quando percebemos que o marido não ta curtindo as piadas dos amigos dela – dizia tentando dar um toque em Aaron

Christopher se mexeu incomodado no acento

Logo as apresentações continuaram

Em Miami ....

Luna ainda chorava , porém parava quando a avó se afastava ou simplesmente a deixava no carrinho voltando a chorar quando Alexandra voltava a se aproximar.

Alexandra olhou desconfiada a neta que tinha os olhos azuis devido ao choro se afastou e logo se aproximou descobrindo a manha da neta

Alexandra: mais desse tamanho e já querendo me enganar mocinha – dizia encarando a bebê que a olhava com uma carinha de choro muito fofa

Na premiação ....

Jaime Camil que era o apresentador oficial fazia graça com os convidados usando fotos que os fãs haviam enviado de seus ídolos.

Jaime : agora o meu recado é pros pais de meninas , sim caros senhores aquele duro e difícil momento em que descobrimos que nossas princesas já não são princesa – dizia suspirando - sabem qual é esse momento ? quando você entra no quarto da sua linda filha e se depara com isso – dizia com a voz acida e logo no telão surgiam imagens de posters, de Aaron Diaz sem camisa, Poncho só de calça jeans, Christopher de chapéu e apenas com um colete

Todos riram

Jaime: esse mundo ta perdido – dizia negando- o mais decente ai foi o Uckermann , e mesmo assim tenho algumas duvidas – dizia estreitando os olhos

Nesse instante a imagem de Christopher foi focalizada e logo ele dizia “sou tímido” dizia dando de ombros arrancando risos de Dulce .

Algum tempo depois....

Christopher novamente estava nos bastidores iria se apresentar novamente e sorria travesso colocando seu retorno.

Thiago : tudo pronto – dizia

Isa: ai vamos arrasar – dizia modesta

Santiago : que nervoso – dizia mexendo na guitarra

Christopher: é apenas uma participação galera nada de nervosismo – dizia

Thiago : falou o mais calmo de todos – dizia irônico

Christopher apenas revirou os olhos

Instantes depois ...

As luzes se apagaram e sem aviso sombras surgiram, ninguém sabia quem era ou o que eram . Uma melodia começou animando a platéia . Uma melodia romantica tomava conta. Christopher surgia vestido todo de branco .

Hasta el final


Logo um solo de guitarra tomou conta , Christopher surgiu cantando novamente surpreendendo o publico com a voz marcante .

Assim que a musica acabou uma chuva de papel picado explodiu no palco e Christopher desapareceu novamente.

A premiação chegou ao final tendo como grande nome da noite .... Christopher Uckermann que surpreende u a todos em todos os sentidos .

Estavam todos os convidados no coquetel oferecido pelos organizadores do evento .

Dulce observava o modo como as pessoas olhavam Christopher e o cumprimentavam pelas apresentações . Depois de alguns minutos ela finalmente conseguiu se aproximar do marido .

Dulce: tem um minuto na sua agenda pra sua esposa ? – perguntava o encarando divertida

Christopher: sempre – dizia a puxando pela delicada cintura roubando um selinho demorado dela

Dulce: você esteve maravilhoso Chris – dizia o encarando

Christopher: sei – dizia divertido

Dulce; estou falando como profissional e não como sua mulher – dizia seria

Christopher a encarou serio , durante muito tempo esperou ouvir aquilo de Dulce e não estava preparado pra viver aquele momento .
Dulce: Chris, Christopher – dizia – to falando com você – dizia achando graça do jeito avoado dele

Christopher piscou repetidas vezes e sorriu meio bobo

Dulce o abraço u forte sentindo ele esconder o rosto levemente ruborizado na curva de seu pescoço e ficar por longos segundos naquela posição atraindo a atenção dos curiosos e invejosos de plantão .

No apartamento ....

Luna olhava bicuda a avó que estava sentada no sofá segurando a neta nos braços.

Alexandra: você tem que dormir , já comeu, já te troquei , agora hora de dormir Luna – dizia tentando parecer seria o que era difícil já que a neta tinha o olhar risonho apesar da carinha de choro que ainda tinha

Luna passou uma das mãozinhas no rosto e virou um pouco a cabeça como se dissesse não para a avó que apenas suspirou .

No coquetel....

Dulce era infelizmente o centro das atenções já que muitas pessoas se aproximavam pra saber como estava sendo a vida de mãe de primeira viagem .

Christopher apenas sorria sabia que Dulce estava odiando aquilo , mais era divertido ver a esposa tentando fingir que sorria . Fechou o semblante ao ver Aaron se aproximar .

Aaron : se eu não soubesse diria que você não teve filho coisa nenhuma – dizia olhando Dulce de cima abaixo

Christopher arqueou a sobrancelha

Dulce: acho que isso foi um elogio certo ? – perguntava sentindo Christopher a abraçar pela cintura ficando ao seu lado

Aaron : com certeza – dizia com um sorriso sedutor nos lábios

Christopher apenas via e ouvia

Dulce sorriu sem jeito pelo olhar do amigo

Aaron : Christopher já deve estar acostumado com isso não – dizia encarando ele

Christopher: sim , sempre existem descarados que não se enxergam e ficam achando que arrasam corações só porque as adolescentes gritam por eles – dizia com o tom cínico

Dulce arregalou os olhos e Aaron ficou serio

Aaron: devo entender que você se encaixa nesse perfil afinal as adolescentes gritam por você também – rebatia serio

Christopher: eu sou tímido e jamais ficaria dando em cima de uma mulher casada na frente do marido dela – rebatia

Dulce respirou fundo

Dulce: chega os dois – dizia seria – Aaron vai dar uma volta procura alguma SOLTEIRA para você elogiar – dizia empurrando o homem com alguns tapinhas no ombro – e você calma – dizia beijando o marido

Christopher:idiota – resmungava

Dulce: ele foi abusado mais já foi , sumiu – dizia atraindo a atenção do marido para ela

Já passava das duas da manhã ....

Quando finalmente Dulce e Christopher voltaram pra casa. Haviam ficado um bom tempo no coquetel e logo Christopher foi alvo de alguns programas de televisão que fizeram questão de entrevista-lo .

Assim que abrirem a porta do apartamento ambos olharam a cena Alexandra andando de um lado para o outro com Luna aos berros nos braços dela .

Dulce tirou seus sapatos de salto e logo foi em direção a sogra

Dulce: minha princesa – dizia pegando a filha nos braços

Alexandra: ela fez tudo menos dormir – dizia suspirando

Christopher que segurava seu terno em uma das mãos e tinha a gravata frouxa no pescoço se aproximou da esposa encostando o rosto no ombro dela tendo a visão do rosto da filha .

Christopher: sentiu nossa falta meu amor – dizia carinhoso

Luna apenas soltou um suspiro encarando o pai

Christopher jogou o terno no sofá e tirou a gravata dobrando as mangas da camisa social e logo pegou a filha nos braços.

Christopher; vai descansar mãe agora a gente toma conta dela – dizia encarando a mãe

Algum tempo depois....

Christopher tinha Luna em seu peitoral adormecida e Dulce deitada ao seu lado na cama também adormecida . Sorriu se sentindo realizado.

No dia seguinte ou melhor na tarde seguinte.....

Todos no apartamento acordaram com o relógio já marcando uma da tarde. Alexandra foi a primeira que até mesmo se assustou por dormir tanto já havia esquecido como um bebê podia cansar.

No quarto a única acordada era Luna que se mexia inquieta no peitoral do pai . Soltou um gracejo e como ninguém se moveu fez seu já conhecido biquinho de choro que em menos de segundos estrondou o apartamento .

Dulce e Christopher acordaram no susto com o choro intenso da filha . Ambos se encararam e logo olharam a filha que os encarava com os olhos molhados pelas lagrimas .

Dulce: acho que ela esta com fome – dizia sonolenta se mexendo na cama – nossa eu to acabada , não presto pra isso de festa mais – dizia se sentando na cama e pegando a filha

Christopher sorriu se sentindo também cansado e observando a mulher amamentar Luna se ajeitou na cama abraçando Dulce sentindo ela se aconchegar enquanto amamentava a filha .

Algum tempo depois ....

Christopher desligava o celular depois de ver inúmeras chamadas perdidas de Guillermo e alguns números desconhecidos , não queria dar entrevistas, nem nada do tipo apenas descansar e depois voltar para casa com a família . Suspirou passando as mãos no rosto sentindo a barba por fazer .

Uma semana depois ....

Para Christopher sua vida seguia normal . Mais não era bem assim desde a apresentação nos prêmios lo nuestro estava sendo muito requisitado em programas de entrevistas e eventos todos dispostos a que ele se apresentasse . O video com as apresentações dele fosse com Paty ou sozinho com banda já circulavam pelo mundo deixando os fãs enlouquecidos e alguns recalcados na inveja.


Dulce descia as escadas com Luna nos braços e um pequeno bichinho de pelúcia que atraia a atenção da filha .

Christopher: minha princesa – dizia olhando a filha que estava a cada dia mais risonha e ativa

Dulce: acho que finalmente ela aprendeu o horário de dormir – dizia suspirando

Christopher: dormiu 6 horas seguidas minha princesa – dizia divertido beijando a filha

Dulce: e nós também – dizia aliviada – Chris – dizia seria

Christopher: eu – dizia olhando a filha que já estava nos seus braços

Dulce: Claudia me disse que não param de perguntar da Luna , como ela é , porque não apresentamos essas coisas – dizia

Christopher: pensei que tínhamos decidido preservar ela - dizia a encarando

Dulce: sim e decidimos , mais – suspirava – já ta ficando chato isso , poxa pra sair com ela eu praticamente tenho que camuflar ela – dizia seria

Christopher: não quero um bando de paparazzi na nossa cola Dulce – dizia

Dulce: nem eu mais eles já estão e agora mais ainda depois da premiação de Miami – dizia – não acha que é hora de divulgarmos pelo menos uma foto – dizia

Christopher encarou a filha e logo a esposa.

Na Televisa.....

Claudia já não agüentava mais o grupo de fãs que insistia em ter uma foto de Luna , já havia chegado no limite da paciência ao ponto de pedir aos seguranças da emissora que proibissem a permanência do grupo no local.

Enquanto isso ....

Anahí olhava desesperada a caixinha que continha o exame que talvez mudaria sua vida para sempre , respirou fundo entrando no banheiro .

Nunca 10 minutos demoraram tanto a passar , suspirou pegando o exame na pia do banheiro e olhando o resultado .
Na casa de D y C....

Christopher havia subido até o quarto deixando Dulce e Luna na sala . A loira pegou a filha e a levou até o escritório que mais parecia um parque de diversões de tantos brinquedos que havia espalhados pelo tapete .

Se distraiu brincando com a filha e só percebeu a presença de Christopher quando ele falou

Christopher: prontinho – dizia guardando o celular

Dulce franziu a testa sem entender mais estava mais preocupada em brincar com a filha que a encarava risonha.

Nas redes sociais ....

A seguinte mensagem havia sido publicada .

Esse olhos e esse sorriso travesso ainda serão responsáveis pelos meus cabelos brancos .

Logo abaixo a foto com a legenda “LUNA VON UCKERMANN ESPINOZA”


Em um certo apartamento ....

Anahí estava sentada na cama segurando o teste de gravidez nas mãos com o olhar perdido . Se jogou na cama fechando os olhos e suspirando ... frustrada pelo resultado negativo. Nem ela se entendia a simples possibilidade de estar esperando um filho de Christian havia deixado ela apavorada , mais agora saber que nunca teve filho algum a deixava frustrada.


Se encolheu na cama fechando os olhos com força

Enquanto isso....

O tempo literalmente ficava negro na Televisa . A novela VERANO DE AMOR marcava pela primeira vez audiência negativa tudo por culpa de uma tal serie de nome Kdabra que havia estreiado naquela semana.

Claudia: eu avisei - dizia dando de ombros

Luisillo : Pedro é teimoso demais – dizia olhando os dados da audiência

Claudia: e se – começou a falar e logo ficou calada

Luisilo : e se o que ? fala Claudia – dizia a encarando

Claudia: e se convidássemos alguém pra aumentar a audiência – dizia

Luisillo : o problema não é convidar , mais sim quem toparia participar de uma novela com praticamente 0 de audiência – dizia suspirando

Claudia: eu ... eu vou tentar , afinal não custa – dizia o encarando

Luisillo apenas deu de ombro

Casa D y C.....

Luna procurava com os olhinhos curiosos o pai que falava o nome da bebê e se escondia atrás de Dulce arrancando gracejos da pequena .

Dulce: amor para daqui a pouco ela chora – dizia achando graça da carinha que a filha fazia quando não encontrava o pai

Christopher sorriu parando com a brincadeira e ficando ao lado da esposa

Luna encarou o pai e soltou um gracejo

Christopher: minha mãe me falou uma coisa que eu meio que custei a acreditar – dizia encarando a mulher

Dulce: o que ? – perguntava segurando Luna que tentava pegar o ursinho de pelúcia e colocar na boca

Christopher: que a sua mãe ficou com ciúmes porque foi a minha mãe quem ficou com a Luna em Miami é verdade ? – perguntava

Dulce sorriu

Dulce: mais ou menos – dizia divertida – dona Blanca anda meio possessiva com os netos , com o filho da Bianca ela também esta assim – dizia dando de ombros

Christopher: que eu me lembre sua mãe nunca foi assim ciumenta – dizia coçando a nuca

Dulce: minha mãe esta se adaptando amor – dizia o encarando – é complicado pra ela saber que agora não tem mais que se preocupar com as filhas , então ela se preocupa demais com os netos – dizia sorrindo fraco

Christopher: acho que entendo – dizia e logo olhava Luna que havia conseguido pega ro bichinho de pelúcia e colocado na boca – hei solta isso filha – dizia pegando o brinquedo da boca da bebê

Luna encarou o pai com um bico e logo começou a chorar sentida. Dulce sorriu pegando a filha e a beijando fazendo a pequena parar de chorar imediatamente.

Dulce: e quanto a esse povo na sua cola ? vai atende-los ou continuar ignorando ? – perguntava

Christopher: eles querem um cantor e no momento o cantor esta de férias , apenas o pai e o marido estão – dizia piscando

Dulce: em algum momento você vai ter que dar as caras – dizia colocando Luna no tapete

Christopher: eu sei , mais de verdade eu ainda quero curtir muito essa tranqüilidade de estar assim na nossa casa, sem se preocupar com horários de shows, com fãs pra atender, com entrevistas pra dar – dizia a encarando – só quero curtir esse momento porque pra viver isso de novo só quando encomendarmos um irmão pra Luna – dizia piscando

Dulce apenas o encarou talvez ele tivesse razão em não querer se afastar naquele momento.

Na Televisa.....

Claudia : ainda bem – dizia olhando em um site a foto da sobrinha que havia sido divulgada em uma das redes sociais do cunhado – agora tenho paz – dizia divertida

Luisillo : e não é que aqueles dois sabem fazer crianças bonitas – dizia divertido
Claudia por sua vez gargalhou

Enquanto isso ....

Rafael andava tranqüilo pelas ruas ... de Nova York . Havia cansado de esperar Claudia tomar uma decisão . Para todos os efeitos estava apenas a trabalho por alguns dias na cidade , mais estava cogitando a idéia de morar definitivamente ali afinal nada nem ninguém o prendia no México seu pai podia visita-lo assim como ele também podia os irmão viviam mais viajando que no México . Talvez Christopher que agora tinha uma filha estava mais quieto mais mesmo assim volta e meia viajava.

Saiu de seus pensamentos ao sentir o vento gelado daquela manhã fria e logo andou em direção a um café proximo ao escritório onde estava trabalhando .

No México....

Christian se remexia na cama sentindo algo diferente. Abriu lentamente os olhos e se deparou com uma bela mulher nua ao seu lado, sorriu meio cafageste , estava gostando daquela fase. Com cuidado se levantou olhando o lugar onde estava não era o seu apartamento definitivamente , procurou sua roupa pelo lugar e logo começou a se vestir .

Rapidamente terminava de colocar a camisa que usava e olhou novamente a mulher adormecida , franziu a testa ao perceber a maquiagem totalmente borrada da mesma e teve vontade de rir de fato estava exagerada. Abriu com cuidado a porta do quarto depois de ver se o seu celular e sua carteira ainda estavam nos bolsos da calça e saiu de mansinho sem fazer ruído algum.

Na casa dos Saviñon....

Blanca era só dengos com o neto Bernardo que naquela manhã em especial estava com os avós já que Bianca precisou resolver alguns assuntos de trabalho .

Blanca: eu já falei pra Bianca que esse menino ta muito magrinho – dizia beijando a bochecha fofa do neto

Fernando arregalou os olhos

Fernando : magro ? ele e a Luna estão competindo pra ver que é mais bem alimentado – dizia divertido – por deus mulher ele esta saudável isso que importa – dizia encarando a esposa

Blanca apenas deus de ombros ignorando qualquer opinião

Na casa de D y C....

Christopher estava na sala com o violão quando escutou o telefone tocar , esticou o braço pegando o parelho sem fio e atendendo rapidamente.

Christopher: alô- dizia

Ficou em silêncio

Christopher: eu mesmo – dizia arqueando a sobrancelha – não nenhum interesse tenha um bom dia – dizia desligando

Dulce que vinha da cozinha comendo uma maçã encarou o marido que estava com semblante fechado

Dulce: o que foi ? – perguntava
Christopher: algum babaca querendo uma sessão de fotos com a nossa filha – dizia voltando a dar atenção ao que fazia

Dulce: ninguém mandou caprichar na pontaria Uckermann – dizia se deitando no sofá

Christopher sorriu a observando

Christopher: e a princesa da casa ? – perguntava

Dulce: na vida boa como sempre , come , brinca e dorme – dizia piscando

Christopher: hum – dizia soltando o violão

Dulce: hum o que ? – perguntava divertida

Christopher: nada – dizia mordendo a coxa da esposa que estava a mostra devido ao short curto que a mesma usava

Dulce: canibal – dizia divertida olhando a marca que tinha ficado

Christopher: ainda não é onde eu queria de fato morder mais já é alguma coisa – dizia piscando

Dulce: e onde você queria morder posso saber? – perguntava curiosa

Christopher: mais tarde eu te mostro – dizia com um sorriso malicioso nos lábios

Dulce apenas negou enquanto terminava de comer sua maçã e observava o marido.

Dulce: o que tanto você escreve ai ?- perguntava

Christopher: uma musica – dizia concentrado – a dias estou com a letra na cabeça mais não consigo terminar a melodia – dizia

Dulce : quer ajuda ? – perguntava o encarando

Christopher parou de escrever e encarou a folha e o violão e logo a mulher

Christopher: quero – dizia sorrindo divertido pelo olhar de surpresa de Dulce

Dulce: então me deixa ver o que escreveu – dizia se sentando ao lado dele no chão

Enquanto isso ....

Claudia : bem o maximo que eu vou levar é um não – dizia dando de ombros

Luisillo : você é maluca – dizia – mais seria divertido – dizia

Claudia: vou tentar mais bico fechado hein – dizia seria

Luisillo : minha boca é um tumulo – dizia piscando

Claudia : acho bom – dizia

Em Los Angeles .....

Guillermo : eu sabia que ele era teimoso mais não sabia que era tanto – dizia irritado

Ansur: Guillermo o Christopher ta focado na familia dele não vai deixar a Dulce e a filha deles pra começar shows algum nesse momento – dizia

Mel : mesmo porque ele nem tem material pra tal coisa ainda –dizia

Guillermo; claro que tem as musicas que ele já cantou e tem o repertorio do rbd – dizia

Ansur: ele precisa de autorização pra cantar as musicas do rbd e as dele , duvido que ele queira cantar agora , para de insistir o maximo que vai conseguir é que ele se irrite – dizia

Guillermo : desistir ? eu tenho uma mina de ouro nas mãos e acha que eu vou ficar parado nunca – dizia saindo da sala

Ansur: nem quero estar perto quando o Chris souber dessas idéias – dizia fechando os olhos com força

Mel : com tanto manager porque justo essa biba louca – dizia negando

Ansur apenas sorriu

Mel : vou trabalhar – dizia saindo da sala também

Ansur apenas suspirou olhando a ex-namorada sair da sua sala

Na casa de DyC....

Dulce e Christopher estavam concentrados quando um fino choro foi ouvido .

Christopher: eu subo – dizia soltando o violão e se levantando

Dulce apenas afirmou e continuou anotando alguma coisa na folha de papel .

No 2º andar da casa....

Christopher abriu a porta do quarto da filha e sorriu ao ver que a pequena chorava . Se aproximou do berço e Luna fez um charmoso biquinho de choro soltando um gracejo ao sentir os braços fortes e protetores do pai .

Christopher: o que foi minha princesa – dizia carinhoso dando um beijinho no nariz da filha

Luna apenas suspirou parando o choro

Christopher: você não gosta de ficar sozinha não é – dizia saindo do quarto com a bebê nos braços

Luna apenas se aconchegou nos braços do pai .


Rapidamente voltou para a sala onde Dulce estava .

Christopher: olha quem veio fazer companhia mamãe – dizia divertido se sentando novamente no chão com Luna nos braços

Dulce olhou a filha que apenas olhava encantada o pai

Dulce: ela só tem olhos pra você , isso é injusto quem carregou ela por nove meses fui eu – dizia bicuda

Christopher: ela tem bom gosto amor – dizia piscando

Dulce: pelo menos isso , já sei que meus genros serão lindos – dizia apenas para provocar

Christopher : há há há que graça – dizia emburrado – Luna só vai saber o que é namorar depois dos 40 anos – dizia serio

Dulce gargalhou

Dulce: daí você acordou né – dizia divertida – acho que terminei – dizia mudando de assunto e mostrando a folha

Christopher: vamos ver – dizia lendo

Algum tempo depois....

Dulce: não é por anda mais ficou maravilhosa – dizia empolgada segurando Luna

Christopher encarou a mulher e a filha e escreveu algo

Dulce: o que esta escrevendo ? – perguntava

Christopher : o nome da musica – dizia piscando

Dulce: e qual é ? – perguntava curiosa

Christopher: para enamorarte de mi – dizia a encarando

Dulce : para enamorarte de mi ? – perguntava

Christopher: sim ,não gostou ? – perguntava

Dulce: é sugestivo demais não acha ? – perguntava o encarando

Christopher gargalhou roubando um beijo da esposa

Christopher: amor é apenas uma musica – dizia divertido

Dulce: sei – dizia seria sentindo Luna inquieta em seus braços

Christopher : desfaz esse bico vai – dizia divertido roubando outro beijo da mulher

Enquanto isso ....

Claudia mexia seus pauzinhos para tentar alavancar a audiência da novela VERANO DE AMOR o que era praticamente impossível já que a serie Kdabra estava lhes dando muita dor de cabeça. Suspirou desligando o telefone e olhando sua agenda de contatos . Era algo arriscado mais o maximo que poderia acontecer seria levar um belo “não” na cara e já que ninguém sabia o seu plano não existia a possibilidade de ficar como a louca da historia , pensava .

Se levantou pegando suas coisas e saindo apressada .

Em uma certa agencia .....

Valeria : meu amor não fale assim – dizia

Victor: por favor mãe você nunca foi um exemplo de mãe carinhosa e presente então não começa – dizia revirando os olhos – porque me chamou aqui ? – perguntava direto
Valeria: é verdade que seu irmão foi embora do pais ? – perguntava um pouco seria

Victor: ele não foi embora , apenas esta a trabalho em Nova York , mais ele já andou falando em morar lá – comentava – porque o interesse ? – perguntava

Valeria: bem ou mal vocês são meus filhos e eu me preocupo - dizia

Victor: sei – dizia desconfiado – desculpa mãe mais esse papel de mãe abnegada não combina com você – dizia – era só isso ? tenho que voltar pro trabalho – dizia olhando as horas no celular

Valeria : era só isso - dizia seria observando o filho mais velho sair de sua sala rapidamente

Em uma agencia de publicidade....

Bianca: tão brincando comigo né ? – perguntava sem acreditar

Mariana: porque brincaríamos, Roptus é a nossa mais nova parceira e vamos auxilia-los nas questões de publicidade aqui no pais – explicava

Bianca: mais a Roptus já é uma produtora conceituada – argumentava

Mariana: não aqui no pais , a proposta deles é divulgar mais os trabalhos aqui e consequentemente os artistas que trabalham com eles e nós vamos ajuda-los nisso – explicava

Carlos: mais já fechamos contrato ou algo do tipo ? – perguntava

Mariana: amanhã terei a reunião definitiva com o dono da produtora , até agora apenas mantive contato com o sócio e gostaria que todos estivessem presentes – dizia – eu sei que pra você é complicado Bianca por causa do seu filho mais seria importante a sua presença - dizia

Bianca: ok – dizia seria

Rodolfo : e já temos alguma primeira ação a vista ? – perguntava

Mariana: sim , mais amanhã darei os detalhes , antes precisamos fechar essa parceria - dizia

Ananda: ok nós vamos divulgar eles aqui no pais e o que eles vão fazer pela gente? – questionava

Mariana: a Roptus apesar de muitos acharem se tratar de uma pequena produtora não é ela tem peso em especial nos EUA e isso vai nos ajudar e muito já que assim como nós os divulgaremos aqui eles nos divulgaram lá – dizia

Bianca: uma troca , interessante – dizia

Mariana: exato ! por enquanto é só isso conto com todos aqui amanhã ok – dizia encerrando a reunião .

Enquanto isso ....

Christopher: mais e porque eu ? – perguntava

Ansur: deixa de ser preguiçoso – dizia – é só ir conversa assinar o contrato e pronto – dizia do outro lado da linha

Christopher: poxa eu tô de férias – dizia divertido

Ansur: engraçadinho – dizia revirando os olhos – a reunião é manhã no endereço que eu te passei , assim que terminar tudo me liga – pedia

Christopher: sim senhor – dizia divertido

Ansur: comeu palhaço foi ? – perguntava mal humorado

Christopher: eu não você que anda com um humorzinho dos infernos – dizia e logo gargalhava – mais fica tranqüilo eu vou nessa tal reunião – dizia

Ansur: e depois tenta falar com meu pai ele quer falar com você , agora vou desligar ta uma loucura sem a Mel aqui – dizia

Christopher apenas negou , sabia perfeitamente porque o amigo e sócio andava tão mal humorado , mais estava decidido a não se meter nos problemas dos amigos.

Dulce: o que foi agora? – perguntava encarando o marido enquanto descia as escadas

Christopher: uma reunião amanhã em uma agencia de publicidade, novos contratos já sabe – dizia dando de ombros – e a nossa princesa ? – perguntava

Dulce: na vida boa de sempre – dizia se aproximando do marido quando escutou a campanhia tocar – ta esperando alguém ? – perguntava o encarando

Christopher: não e você ? – perguntava

Dulce: muito menos – dizia se aproximando do interfone – quem é? – perguntava

Claudia : chapolin colorado – dizia divertida – sou eu Clau , deixa eu entrar – dizia

Dulce: entra sua chata – dizia acionando o portão da garagem .

Alguns minutos depois ....

Claudia : nossa ta diferente a casa ou é impressão – comentava se sentando no sofá

Christopher: ta parecendo um parque de diversões- dizia divertido pegando um brinquedo da filha

Dulce: não tem nada diferente , só alguns brinquedos espalhados , não gosto que a Luna fique só dormindo – dizia

Claudia: ela é apenas uma bebê – dizia encarando a irmã

Dulce: sim mais mesmo assim não gosto – dizia dando de ombros

Christopher: veio matar a saudade da gente foi ? - perguntava divertido

Claudia respirou fundo

Claudia: na verdade não – dizia seria encarnado os dois – eu vim aqui por algo de trabalho , na verdade uma proposta maluca, quer dizer louca ate demais – dizia

Christopher e Dulce se encararam curiosos

Algum tempo depois .....

Claudia: então aceitam ? – perguntava ansiosa
Christopher: ta falando serio? – perguntava incrédulo

Dulce: o Pedro sabe dessa sua idéia ? – perguntava

Claudia: não mais ele me deu carta branca , então eu posso fazer o que eu quiser pra aumentar a audiência da novela – dizia dando de ombros

Christopher: gosto do seu modo de pensar – dizia divertido- mais eu não posso dar uma resposta agora , preciso de autorização antes – dizia

Claudia: então você aceita ? – perguntava animada

Christopher: se me autorizaram não vejo problema – dizia divertido – adoro a ironia do destino – dizia piscando

Claudia : chefe você é meu ídolo – dizia animada – e você Dul ? – perguntava

Dulce mordia o lábio inferior

Dulce: se o Chris for liberado eu também aceito , vai ser divertido e vou matar as saudades - dizia

Claudia : ahhhhh eu já disse que amo vocês – dizia animada abraçando os dois

Christopher e Dulce apenas gargalharam do entusiasmo de Claudia

Dulce: calma , Clau – dizia se livrando dos braços da irmã – tudo depende da liberação do Chris – dizia

Claudia: eu sei que vai dar certo – dizia piscando – e cadê a minha sobrinha mais linda ? – perguntava

Christopher: dormindo – dizia divertido se recostando no sofá

Claudia: isso que é vida – dizia

Dulce : vou te chamar de noite quando ela ficar a cordada pra você ver a vida – dizia estreitando os olhos

Christopher: e você cunhadinha o que conta de novidades? – perguntava

Claudia: apenas trabalhando como louca – dizia tranqüila

Christopher: sabe meu irmão irmão Rafael também anda trabalhando demais – dizia como quem não queria nada – pena que esta em Nova York – dizia sentindo Dulce o beliscar – ai amor – dizia a encarando

Claudia arregalou os olhos como assim Rafael estava em Nova York ? agora entendia porque ele não atendia suas ligações no apartamento.

Claudia: e faz tempo que ele foi ? sabe quando volta ? – perguntava sem esconder o interesse na noticia

Christopher sorriu divertido enquanto Dulce encarou curiosa a irmã .

Christopher: não sei , mais ele estava pensando em morar lá – dizia inocente

Claudia arregalou os olhos sem disfarçar e ficou pensativa por instantes antes de se despedir da irmã e do cunhado e sair apressada.

Christopher: acho que teremos um novo casal na família – dizia divertido

Dulce: acha que eles vão se entender dessa vez? – perguntava

Christopher: espero que sim , porque o Rafa pareceu bem decidido em morar em Nova York – dizia serio

Dulce apenas suspirou .

No dia seguinte em uma certa agencia ....

Mariana : obrigado por todos estarem presentes – agradecia os funcionários

Bianca: e onde esta o tal dono da Roptus , pelo que me falaram ele era pontual – dizia seria

Mariana: ele não esta atrasado eu que pedi pra que nos reuníssemos antes dele chegar , não o conheço pessoalmente mais pelo que falaram é jovem e bem desenvolto – comentava quando ouvia a secretaria anunciar

Secretaria : com licença ,o senhor Cassillas já esta aqui fora – dizia

Mariana: bastante pontual – dizia respirando fundo e saindo da sala de reuniões

Bianca: acho bom esse empresário ser bom no que faz – dizia seria

Do lado de fora.....

Mariana arregalou os olhos ao ver que o empresário em questão era mais jovem do que esperava . Usando uma calça social preta e uma camisa social branca com as mangas dobradas e sapatos sociais também pretos estava o empresário que a encarava de forma seria .

Alexsander: Mariana Ferrer? – perguntava

Mariana: Alexsander Cassillas – dizia esticando a mão e o cumprimentando

Alexsander: pode me chamar de Christopher – dizia divertido pela expressão da mulher

Mariana: perdão esperava qualquer pessoa menos – f oi interrompida

Christopher: um ex- rbd eu sei – dizia divertido – podemos começar , digo tenho outros compromissos – dizia educado

Mariana : claro , entre – dizia abrindo a porta da sala de reuniões e observar Christopher ficar parado – estou em reunião – avisava olhando a secretaria

Christopher: por favor – dizia deixando a mulher entrar primeiro

Mariana entrou na sala de reuniões sendo observada por seus funcionários , sendo seguida por Christopher.

Mariana: bem gostaria de apresentar a vocês o senhor Alexsander Cassillas –dizia

Bianca olhou sem acreditar

Christopher: bom dia e por favor senhor esta no céu – dizia – acho que muitos aqui já me conhecem então não bejo motivos pra me chamarem de Alexsander , podem dizer Christopher – dizia diveritdo pelos olhares das pessoas

Mariana; bem vamos nos sentar – dizia

Algum tempo depois .....

Christopher: a intenção da Roptus com essa aprceria é justamente a divulgação não somente da produtor amais também dos artistas nacionais que agenciamos – dizia

Bianca:e quem são eles ? – perguntava

Christopher: vamos estar passando para vocês todo o nosso casting nacional e acreditem vocês terão muito trabalho – dizia

Mariana: e como pretendem nos divulgar ? – perguntava

Christ opher: nós shows , nas camisetas e em todos os eventos feito pela Roptus o nome da agencia será divulgado – dizia - inclusive fora do pais – dizia

Rodolfo : isso é bem interessante – dizia animado

Christopher: e muito lucrativo para ambas as partes , apenas peço uam coisa que toda a divulgação que forem fazer não se baseia em escândalos, sensacionalismo e vulgaridade - dizia serio

Bianca: é meio difícil atender esse pedido uma vez que infelizmente isso é o que mais atrai atenção - dizia

Christopher: pra alguns sim não para todos – dizia – estamos confiando o casting nacional a vocês com o intuito de divulgarem mais o trabalhos desses artistas – dizia

Carlos: e são todos cantores? – perguntava

Christopher: cantores, atrizes, modelos diversos – dizia

Bianca apenas ouvia

Ao final da reunião e depois do contrato assinado . Christopher saia da sala de reuniões quando sentiu alguém segurar seu braço.

Bianca: vai mesmo me tratar como senão me conhecesse ? – perguntava

Christopher: você é minha cunhada fora daqui Bianca- dizia serio – aqui dentro você é uam funcionaria como qualquer outro - dizia – não misturo pessoal com profissional se acostume com isso minha postura com você será igual que com qualquer outro – dizia – com licença e bom dia – dizia saindo

Bianca respirou fundo não conhecia aquela faceta do cuinhado e ainda de fato esta digerindo a historia de Christopher ser o rico e jovem empresario que havia acabado de se associar a agencia de publiciadade.

Na Televisa.....

Luisillo : você fez o que ? – perguntava incrédulo

Claudia: eu acho que vai dar certo – dizia animada
Luisillo : você é louca – dizia a encarando

Claudia deu de ombros

Em Nova York ....

Rafael pegava o celular na bancada da cozinha de seu apartamento e olhou curioso havia uma mensagem de voz . Colocou o celular no viva voz enquanto fazia o café da manhã . Mai logo parou ao ouvir.

Claudia: Rafael sou eu Claudia , precisamos conversar , por favor me liga – pedia

Rafael suspirou .

Enquanto isso ....

Anahí : não vai mais falar comigo ? – perguntava

Christian : não tenho o que falar – dizia enquanto pegava algumas coisa que havia deixado no apartamento da loira

Anahí : você não era assim – dizia

Christian : pronto já peguei tudo – dizia – até – dizia saindo do apartamento

Anahí apenas arregalou os olhos

Nas ruas da cidade....

Christopher: de verdade, sem problemas ? – perguntava parando no sinal e falando ao celular – ok - dizia desligando

Christopher sorriu divertido voltando a dirigir sem esconder o sorriso travesso

Na agencia de publicidade....

Mariana : eu quero ela aqui agora – dizia irritada

Em questão de segundos a porta se abriu

Ivalu : me chamou ? – perguntava

Mariana: posso saber porque não esteve na reunião de mais cedo ? – questionava

Ivalu : tinha coisas mais importantes que conhecer esse tal sócio – dizia revirando os olhos

Mariana: não brinca comigo Ivalu o fato de ser minah irmã não muda que eu ainda sou sua chefe e posso te demitir – dizia seria

Ivalu : por favor Mari você já falou isso tantas vezes e nunca fez nada – desafiava

Mariana estreitou os olhos

Ivalu : era só isso ? então tchau - dizia saindo da sala da irmã mais velha

Mariana : peste – dizia irritada

Enquanto isso .....

Ricardo : mais vejam só quem veio me visitar – dizia divertido

Christopher: nem faz tanto tempo assim – dizia risonho

Ricardo : a ultima vez sua filha ainda nem tinah nascido – dizia arquenado a sobrancelha

Christopher: ok faz algum tempo já – dizia coçando a nuca

Ricardo : mais a que devo a sua presença ? – perguntava curioso

Christopher: questão de trabalho – suspirava – bem não trabalho , trabalho mais eu preciso de autorização – dizia serio

Ricardo : sou todo ouvidos – dizia se recostando na cadeira

Algum tempo depois.....

O relógio marcava quase fim de tarde . Dulce estava sentada no sofá da sala amamentando Luna que tinha a pequena mãozinha no seio descoberto da mãe e os olhinhos fechados . Dulce observava a pequena com o olhar encantado jamais se imaginou tão protetora ou carinhosa com uma pessoa tão pequena , sorriu diante do pensamento e logo viu a porta da sala se abrir e Christopher entrar.

Dulce: já estava começando a ficar preocupada – dizia encarando o amrido que parecia cansado

Christopher sorriu se aproximando da mulher lhe roubando um selinho e beijando os cabelinhos negros da filha que dessa vez nem simportou com a presença do pai .

Christopher: desse tamanho e já esta me ignorando Luna – dizia estreitando os olhos

Dulce : tengo hambre papi – dizia com voz de bebê – como foi tudo ? – perguntava observando ele desabotuar os botões da camisa social

Christopher encarou a esposa.

Um a semana depois.....

Claudia: AHHHH eu amo vocês, amo de verdade – dizia empolgada abraçando a irmã e o cunhado

Dulce: pode amar sem me apertar por favor eu tenho leite nos peitos – dizia olhando a camiseta que usava

Christopher: agora é com você – dizia encarando Claudia – eu fui liberado e a Dul já disse que também aceita , só marcar o dia e nos avisar – dizia

Claudia: já tenho tudo armado , só preciso fazer uma coisa – dizia suspirando

Dulce: que coisa seria essa? – perguntava desconfiada

Claudia: contar pro Pedro – dizia sorrindo inocente enquanto ouvia a gargalhada do cunhado – a proposito se importam se a cena t iver beijo ? – perguntava divertida

Christopher: nem um pouco , mais vai depender da Dul – dizia encarando a mulher

Claudia: porque? – perguntava

Dulce: porque não quero mais essa historia de marketing – dizia – agora somos um casal de verdade e não quero mais – dizia seria

Claudia: e não eram um casal antes? Não entendo – dizia confusa

Dulce: antes não tínhamos a Luna - dizia

Claudia : e? – questionava

Dulce: e que ela vai ficar confusa – dizia revirando os olhos

Claudia : por favor a Luna ainda é uma bebê vai demorar muito para ela entender – dizia – e você vai beijar sim sou sua irmã mais velha e você tem que me obedecer - dizia encarando Dulce
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:28 pm

Christopher: ui – dizia baixinho

Dulce: Claudia – dizia abismada

Claudia: e agora tchau , depois eu ligo ou passo aqui para dar mais detalhes – dizia saindo da casa da irmã

Dulce : o que foi isso ? – perguntava encarando o marido

Christopher: a irmã é sua amor – dizia divertido

Dulce revirou os olhos

Enquanto isso ...

Pedro Damiam respirava fundo já não via a hora da serie Kdabra terminar sua primeira temporada já estava cansado de ver o numero negativo de sua novela quase todos os dias. Suspirou e logo a porta de sua sala se abriu e um Luisillo esbaforido entrou .

Luisillo : lê isso - dizia mostrando uam pequena pagina de um site relacionado a Fox Telecolombia

Kdabra 2 confirmada

FOX International Channels e Moviecity Pack, confirmaram no marco de tepal a produção da segunda temporada de sua produção conjunta Kdabra.
A segunda temporada da série volta a ser co-produzida por ambos grupos e filmada integralmente em HD por FOX Telecolombia. Da mesma forma que a primeira temporada, a série, reúne elementos do mundo real e sobrenatural onde o mistério que rodeia a seu protagonista Luca (Christopher Von Uckermann) -um jovem escapado de uma sombria comunidade- que desencadeia uma série de feitos imprevistos.
A série foi recebida com beneplácito pela crítica e sua aceitação se refletiu na performance da audiência em toda a América Latina. Os grupos confirmaram a estréia da segunda temporada de Kdabra para primeiro semestre do 2010 inicialmente pelo pacote Premium Moviecity Pack, para depois ser emitida em cabo básico através da Fox.
“A aceitação por parte da crítica e a destacada performance nos índices de Kdabra demonstraram que é possível produzir em nível local com qualidade e alcançar que uma mesma série realizada na América Latina seja relevante para as diferentes feiras livres da região, gerando níveis de audiência comparáveis com os fatos mundiais de Fox mais impactantes como Glee. Confiamos em que a nova temporada superará as expectativas mais uma vez”, assinalou Emiliano Saccone, VP executivo e diretor Editorial de FOX Latin American Channels e conteúdo global de FOX International Channels.
“Kdabra é um dos conteúdos mais atrativos que realizamos e estreado em Moviecity Pack, já que é uma produção original pensada para o público Latino-americano com atores e equipes próprios da região. Para esta segunda temporada temos um desafio maior. Superar o sucesso da temporada passada buscando realizar um produto especialmente pensado para o mercado Premium de TV Paga onde apostamos brindar uma versão da série que ofereça uma experiência diferente e com um valor acrescentado para nossos espectadores”, acrescentou Edgar Spielmann, CEO e presidente de LAPTV.

Pedro : merda - dizia amassando a folha e jogndo na mesa

Luisillo : Christopher ta sendo a pedra no nosso sapato hein – dizia serio

Pedro : é horrível admitir mais eles v irão o que eu não vi - dizia irritado

Na casa de C y D....

Luna dormia no berço com a babá eletrônica sempre por perto . Enquanto Christopher e Dulce estava deitados na cama com o outro aparelho da babá eletrônica ao lado. Dulce estava com a cabeça no peitoral do marido que acariciava suas costas com as pontas dos dedos por baixo da fina camiseta de alças que ela usava.

Dulce: porque esta tão calado amor ? – perguntava o encarando

Christopher: no dia que eu fui falar com o Ricardo sobre a permissão para a novela ele me falou uma coisa que me deixou pensativo – dizia serio

Dulce: o que ? – perguntava seria

Christopher: que eu me preparasse pra voltar pra Bogotá – dizia suspirando

Dulce: como assim ? – dizia se sentando na cama

Christopher: acho que uma segunda temporada vai rolar amor – dizia suspirando

Dulce; mais quando? Como ? Chris , não quero ficar longe de você – dizia o encarando

Christopher: hei , calma – dizia sorrindo fraco – acredito que não seja nada para agora amor , acho que vai ser mais pra frente , digo a primeira temporada nem terminou ainda – dizia sensato

Dulce: mesmo assim – dizia seria

Christopher: já esquece isso – dizia a puxando novamente para seus braços – nada de ficar pensando nisso agora – dizia roubando um selinho demorado dela - me diz a Claudia deu noticias ? – perguntava

Dulce arregalou os olhos e se levantou da cama indo até o closet de onde voltou rapidamente com alguns papeis.

Dulce: divirta-se com seu texto amor – dizia piscando

Christopher sorriu olhando as folhas

Em um certo condomínio.....

Ilza estava sozinha na casa , havia se sentido estranha naquela manhã e decidiu ficar em casa. Estava com exatos seis meses de gravidez e pela primeira vez estava com emdo de ficar sozinha .

Estava deitada no sofá , meio encolhida já que estava sentindo algumas cólicas , já havia tentado ligar para Rick mais o mesmo não atendia , respirou fundo precisava de ajuda , sabia que algo estava errado , respirou fundo e esticou a mão pegando uam pequena agenda que ficava ao lado do telefone , abriu na primeira pagina e pegou o telefone discando o primeiro numero que viu sem se importar com nada.

Alguns minutos depois....

Ilza chorava sentindo as cólicas mais forte e logo uma pontada na barriga , se encolheu mais e logo escutou a campanhia tocar .

Ilza: entra – gritou

A porta se abriu e Bianca surgiu segurando o pequeno Bernardo nos braços .

Ilza: me ajuda – pedia aos prantos

Bianca respirou fundo jamais se imaginou anquela situação , se aproximou ainda com o filho nos braços .

Bianca: o que esta sentindo ? – perguntava

Ilza: cólicas e pontadas – dizia chorando

Bianca: consegue se levantar? - perguntava – não consigo te ajudar muito – dizia olhando o filho que olhava Ilza curioso

Ilza: acho , acho que sim – dizia se sentando com cuidado

Assim que Ilza se levantou uam mancha de sangue apareceu no sofá . Bianca arregalou os olhos se apressando em evitar que Ilza visse o sange.

Bianca: vamos – dizia emnpurrando a mulher que andava devagar .

NÃO POSTADO

Na casa de C e D ....

Christopher: quem escreve esse texto ? – perguntava

Dulce: é um remake né – dizia dando de ombros

Christopher: depois não sabem porque não tem audiência – dizia negando

Dulce: o texto não é lá essas coisas, mais somos eu e você – dizia se aproximando – você e eu e se tem uma coisa que sabemos muito bem é improvisar – dizia divertida

Christopher: a ultima vez que improvisamos só me lembro dos gritos do Pedro no estúdio – dizia divertido

Dulce: claro você não me soltava – dizia o encarando

Christopher: olha só quem fala , tenho que te lembrar onde a sua inocente mão estava – dizia arqueando a sobrancelha

Dulce tentou mais não evitou a gargalhada

Christopher: vamos improvisar e dar a maior audiência dessa novelinha de quinta – dizia jogando o texto no chão e puxando Dulce para seus braços - agora temos coisas mais importantes pra fazer – dizia beijando o pescoço da esposa.

Enquanto isso ....

Bianca nunca havia dirigido tão rápido em toda a sua vida. Chegou no hospital que Ilza havia indicado já que no caminho se comunicou com a sua médica. Assim que Bianca estacionou a médica de Ilza já aguardava a mesma na entrada com uma enfermeira e uma cadeira de rodas.

Ilza saiu do carro com certa dificuldade e mais uma vez foi impedida de ver o sangue que havia manchado o banco do carro.

Médica: fique tranquila Ilza – dizia observando a enfermeira entrar com ela hospital a dentro - você é amiga dela ? – perguntava

Bianca: uma conhecida – dizia suspirando – doutora ela sangrou e acho que continua – dizia mostrando a marca no banco do carro

A médica arregalou os olhos e saiu apressada seguindo a enfermeira que levou Ilza . Bianca suspirou sua primeira ideia era deixar Ilza no hospital e ir porém ao olhar para o carro viu Bernardo que encarava a mãe risonho .

Enquanto isso ....

Valeria: e dai ? – perguntava irritada

Renata : Valeria , tem noção da multa que vamos pagar se vincularmos essa campanha ? vamos ficar negativos – alertava

Valeria : inferno – dizia irritada

Renanta: vamos ter que esperar – dizia

Valeria : Pierre me paga por isso – dizia nervosa

Enquanto isso no hospital ....

Bianca estava sentada com Bernardo em seu colo esperando por alguma noticia . Nesse instante viu Rick chegando apressado .

Rick : o que aconteceu ? – perguntava encarando Bianca

Bianca: primeiro porque não atendeu as ligações ?- perguntava seria

Rick : meu celular descarregou agora pode me dizer como estão a minha mulher e a minha filha – dizia apavorado

Bianca suspirou

Bianca: não sei – dizia – desde que chegamos a médica já levou ela – dizia o encarando – ela estava sangrando – dizia seria

Rick fechou os olhos com força e passou as duas mãos no rosto .

Rick: que não aconteça nada – pedia quase sussurrando

Bianca: não vai acontecer – dizia sem muita certeza

Algumas horas depois .....

Rick segurava Bernardo que havia adormecido em seus braços.

Rick : ele esta lindo – dizia olhando o filho

Bianca: puxou a beleza da mãe – dizia divertida

Nesse instante a médica de Ilza surgiu no corredor . Rick se levantou mais por estar com o filho nos brços se controlou e logo viu a médica se aproximar .

Rick : por favor me diz que esta tudo bem – dizia aflito

A médica olhou Rick, Bianca e logo o bebê adormecido e suspirou.

Médica: Ilza teve um descolamento de placenta ,por isso sangrou , ainda não sei exatamente o que causou isso mais estamos analizando – dizia calma

Rick: e a bebê ? – perguntava com receio da resposta

Médica: esta bem , você foi rápida e o melhor não deixou a Ilza ficar mais nervosa do que já estava – dizia encarando Bianca – agora ela esta medicada e deve demorar para acordar mais pode ficar tranquilo o pior já passou – dizia

Rick respirou aliviado . Logo a médica se afastou e Rick encarou Bianca

Rick : obrigado nunca vou conseguir te agradecer por isso – dizia sincero

Bianca: não precisa me agradecer essa bebê é irmã do meu filho – dizia pegando o filho dos braços dele – bom acho que eu já posso ir, por favor me avise quando ela puder receber visitas e descanse – dizia se afastando

Rick apenas suspirou

Bianca: vamos meu amor , sua irmã já esta bem – sussurrava para o filho enquanto saia do hospital

Enquanto isso ....

Pedro : isso é piada né ? – perguntava encarando Claudia

Claudia negou

Pedro : agora ainda vou ser taxado de mentiroso – dizia

Claudia : você me deu carta branca , fiz que achei certo – dizia dando de ombros

Pedro apenas suspirou irritado , porém satisfeito pela solução encontrada .


Claudia : então quando eles podem gravar? – perguntava sem rodeios

Pedro : faz o que você quiser afinal já passou pela minha autoridade mesmo – dizia dando de ombros

Claudia apenas sorriu divertida

Uma semana depois.....

Dulce olhava divertida a filha que estava deitada na cama do casal tentando inutilmente arrancar a pequena meia de um dos pezinhos.
Dulce: hei o que ta tentando fazer mocinha ? – perguntava divertida se ajoelhando ao lado da cama e apoiando os braços no colchão

Luna encarou a mãe com os olhos verdes naquela manhã esoltou um gracejo que mais parecia uma reclamação por não conseguir se livrar da meia .

Nesse instante Christopher surgiu no quarto completamente suado e apenas com um calção e um par de tênis .

Christopher: olha as mulheres da minah vida – dizia olhando as duas

Dulce: olha o papai mais fedido do mundo – dizia brincalhona

Christopher: nem te respondo ok – dizia entrando no banheiro – a Claudia deu noticias ? ela ta enrolando a gente hein – dizia antes de encostar a porta do banheiro

Dulce : to até com medo desse silêncio dela – dizia suspirando ainda observando a filha

No hospital ....

Ilza havia acabado de acordar e olhava confusa o quarto .

Rick : oi , bom dia – dizia se aproximando

Ilza: onde eu estou ? – perguntava o encarando

Rick : não se lembra ? – perguntava

Ilza: mais ou menos – dizia franzindo a testa

Rick : fica calma ta tudo bem – dizia calmo

Ilza: certeza? – perguntava seria

Rick : sim , nossa Alicia continua aqui – dizia tocando a barriga levemente arredondada e ouvindo o suspiro dela

Ilza por sua vez fechou o olhos respirando aliviada.

Na casa de C y D....

Depois de alguns minutos Christopher saiu do banheiro usando apenas uma cueca boxer cinza e com uam toalha nas mãos que usava para secar os cabelos .

Christopher: amor é serio se a Claudia quer a nossa ajuda ela tem que andar logo eu não vou ficar liberado pra sempre – dizia serio

Dulce; já tentei falar com ela mais telefone que é bom dela atender nada – dizia dando de ombros sem olhar o marido já que estava distraída mordendo as coxas gorduchas da filha

Christopher sorriu diante da cena e logo entrou no closet .

Enquanto isso no transito rumo a capital ....

Claudia : o inferno viu – resmungava batendo no volante enquanto observava a fila de carros parados a sua frente – com tanto dia pra ter engarrafamento tinha que ser hoje – dizia irritada

Nesse instante um motociclista parou ao lado do carro de Claudia . Ambos se olharam rapidamente , mais pareciam se conhecer a tempos . O transito andou o motociclista seguiu seu caminho e Claudia franziu a testa sentindo o corção acelerado e os pelos dos corpo arrepiados .Blançou a cabeça negativamente e colocou o carro em movimento .

Na capital .... casa dos Saviñon ....

Blanca : meu deus – dizia depois de ouvir o que a filha mais nova falar – mais será que esta tudo bem agora? – perguntava

Bianca: pelo menos a médica disse que o susto já tinha passado – dizia dando de ombros – acho que agora é só uam questão de repouso – dizia

Blanca sorriu

Bianca: do que esta rindo ? – perguntava

Blanca: estou orgulhosa de você , apenas isso – dizia

Bianca: bem ou mal essa criança é inocente e além disso é irmã do meu filho – dizia olhando o filhos nos braços da mãe – só quero que ela fique bem – dizia suspirando

Blanca: ela a bebê ou a mãe ? – perguntava

Bianca encarou a mãe por alguns segundos e logo disse
Bianca: as duas – dizia seria

Enquanto isso em uma certa gravadora .....

Guillermo : até que enfim hein – dizia já nervoso

David: eu não falei que chegava – dizia tranquilo c olocando o capacete no sofá que havia no estúdio

Guillermo : sabia que aqui cobram por hora – dizia serio

David: jura ? não em diga – dizia irônico

Guillermo estreitou os olhos

David Ferre 28 anos um renomado engenheiro musical , espanhol , havia chegado ao México a pouco tempo e ainda se adaptava ao pais . Conheceu Guillermo através de alguns contatos e desde então sempre estava envolvido nas produções musicais do manager apesar de aparecer pouquíssimas vezes .

Guillermo: acha que vamos conseguir melhorar isso ? – perguntava

David: sou engenheiro não magico , mais vamos dar um jeito – dizia se sentando na mesa de áudio e observando o projeto de cantora que Guillermo estava lapidando .

Enquanto isso .....

Dulce: quem é viva sempre aparece – dizia fechando a porta da sala

Claudia: se você soubesse o transito que eu peguei – dizia se jogando no sofá – oi cinhadinho – dizia olhando Christopher que surgia na sala com Luna nos braços

Christopher: olha a sua tia desaparecida ai meu amor – dizia estreitando os olhos

Claudia: eu já disse peguei um transito horrível – dizia revirando os olhos

Christopher: aham sei – dizia sem acreditar muito

Dulce: Claudia acho bom você ter noticias para gente – dizia seria

Claudia: hum noticias não – dizia encarando a irmã – agora passagens sim – dizia sorridente
Christopher/Dulce: passagens ? – perguntavam juntos

Claudia : isso ai – dizia animada

Alguns minutos depois .....

Dulce: Tlacotalpan ? ta de brincadeira né – dizia olhando as passagens

Claudia: a novela é gravada lá , pelo menos a parte externa – dizia dando de ombros

Christopher: é to vendo que vou virar um camarão – dizia segurando a filha que encarava curiosa a tia

Dulce: Claudia você esta doida ou anda praticando ? por deus essa cidade é um forno de tão quente , como quer que a gente vá pra lã com a Luna – dizia seria

Claudia: calma maninha , a Luna não precisa ir – dizia

Dulce e Christopher a encararam

Claudia : deixem ela com a nossa mãe ou com a sua mãe cunahdinho – dizia piscando

Dulce fecou os olhos e respirou fundo

Dulce; Claudia minha irmãzinha você só esta esquecendo um pequeno detalhe – dizia

Claudia: qual ? eu mesma cuidei de tudo pessoalmente – dizia

Dulce: eu ainda amamento – dizia irritada

Christopher: sem condições de deixarmos a Luna aqui – dizia serio

Claudia : ops – dizia encarando os dois

Em Los Angeles .....

Tommy : estou pensando seriamente nisso – dizia serio

Ricardo : certeza ? – perguntava

Tommy : mais tudo no seu momento – dizia com um sorriso estranho
Em outra parte de Los Angeles ....

Ansur: Mel me escuta por favor – dizia segurando a ex – namorada pela cintura

Mel : não quero escutar , me cansei de te escutar – dizia seria

Ansur: uma ultima chance – pedia a encarando

Mel : não sei se você merece – dizia seria o encarando

Ansur: eu sei que mereço , nós merecemos Mel – dizia

Mel piscou repetidas vezes e logo sentiu os labiode Ansur atacarem os seus.

No México ....

Claudia: calma eu vou arrumar tudo , e não fiquem nervosos – dizia saindo como um raio da casa da irmã

Dulce: que tia eu te arranjei meu amor – dizia olhando a filha

Christopher sorriu divertido

Christopher:achei ela meio distraída – comentava

Dulce: eu também – dizia arqueando a sobrancelha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:40 pm

Luna Von Uckermann Espinoza


"


Última edição por Anny em 8/10/2014, 11:34 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    8/2/2014, 9:47 pm

personagem novo



David Ferre : engenheiro musical , 28 anos . Nascido na Espanha , mora a pouco tempo no México . Tem poucos amigos e nenhum amor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:23 pm

Em Los Angeles.....

Mel estava adormecida nos braços de Ansur que mantinha os olhos bem abertos  e o semblante serio .

Ansur: agora acabou a brincadeira – sussurrava

Enquanto isso ...

David: Guillermo  onde achou essa cantora? – perguntava

Guillermo : isso não importa – dizia observando a “cantora” berrar no estúdio de gravação

David: certeza que você quer lançar  ela ? – perguntava o encarando

Guillermo : claro – dizia obvio

David: boa sorte – dizia – você vai precisar – dizia sussurrando

Na Televisa.....

Claudia: não me interessa eu preciso disso para ontem – dizia rapidamente e desligava o celular – como eu me esqueci da Luna – resmungava sozinha pelos corredores da emissora

Na casa de Christopher e Dulce.....

Christopher estava na sala , usava seus óculos de grau e observava a filha que estava quase adormecendo no carrinho que estava próximo ao sofá.

Christopher: alguém esta quase dormindo – dizia baixinho

Dulce nesse momento surgia segurando algumas folhas

Dulce: minha dominhoca – dizia beijando os cabelinhos da filha que havia adormecido naquele momento

Christopher: olha quem fala – dizia divertido

Dulce : eu estava lendo esse texto que a Claudia deixou e só agora percebi um detalhe – dizia franzindo a testa se sentando ao lado do marido

Christopher: o que ? – perguntava

Dulce: aqui diz que a personagem é ruiva – dizia – eu tô loira – dizia suspirando

Christopher: coloca uma peruca – dizia dando de ombros

Dulce: ta mesmo falando para eu gravar uma novela em Tlacotalpan de peruca? – perguntava o encarando

Christopher: só foi uma ideia – dizia  

Dulce:  droga – resmungava lendo os papeis

Christopher: Dul não é para tanto , é só conversar podem muito bem colocar que a personagem  fez uma mudança de visual ou sei  lá – dizia dando de ombros
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:24 pm

Dulce encarou o marido mordendo o lábio inferior

Enquanto isso ....

David: melhor que isso impossível – dizia mostrando o resultado final da gravação

Guillermo : me diz você como consumidor ouviria? – perguntava

David: não , na boa Guillermo essa garota canta igual uma pata pelo amor de deus – dizia serio – mais se você quer apostar te desejo boa sorte – dizia

Guillermo : droga , essa garota só é bonita mais cantar que é bom não canta mesmo – dizia frustrado

David: sei lá ela pode ser modelo – dizia franzindo a testa

Guillermo : não tenho paciência para agenciar modelos – dizia revirando os olhos

David: então diz que foi bom enquanto durou – dizia divertido – bom meu trabalho já ta feito tô indo embora - dizia se levantando e pegando o capacete no sofá

Guillermo : obrigado David – agradecia

David: não tem por onde – dizia saindo do estúdio

Enquanto isso ....

Claudia suspirava depois de finalmente conseguir resolver o problema que não era bem um problema.

Claudia : acho que agora ja posso ir – dizia cansada finalmente saindo da emissora

Enquanto isso ....

Dulce: vou voltar a ser ruiva – dizia

Christopher apenas encarou a mulher

Dulce: não vou colocar peruca nenhuma – resmungava

Christopher apenas ouvia contendo a vontade de rir
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:26 pm

Dulce: droga porque essa personagem não pode ser loira – resmungava

Christopher respirou fundo contendo mais ainda o riso.

Dulce: você esta louco pra rir – dizia o olhando de canto de olho

Christopher: é que - acabava rindo - desculpa amor , mais você ta fazendo muito drama por nada – dizia divertido

Dulce arregalou os olhos e o encarou indignada

Christopher: Dul , nós somos a tabua de salvação dessa novela mesmo que seja por apenas um capitulo , acha que vão negar alguma coisa para gente – dizia com um sorriso travesso

Dulce: o que esta querendo – foi interrompida

Christopher: que talvez a personagem pode sim ser loira – diiza piscando

Dulce arqueou uma das sobrancelhas

Dulce: me casei com um monstro – dizia divertida

Christopher: não te dou mais ideias – dizia emburrado

Dulce se aproximou roubando um beijo do marido

Enquanto isso ....

Claudia estava presa no trânsito para variar . Suspirava não vendo a hora de chegar em casa e poder descansar um pouco , quando escutou um barulho de buzina e logo viu uma confusão se formar logo a sua frente .

Um carro havia tentado furar o engarrafamento e acabou batendo em um motociclista que estava caído no chão . Viu como o rapaz mexia a cabeça ainda com o capacete e ficou indignada por ninguém ajuda-lo . Saiu do carro a passos firmes e andou na direção do acidentado.

Claudia: calma – dizia se ajoelhando ao lado dele – ta sentindo dor ? – perguntava

O rapaz apenas pronunciou algumas palavras que fizeram Claudia arregalar os olhos e com extremo cuidado tirou o capacete dele .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:28 pm

David: obrigado , estava me sentindo sufocado – dizia respirando aliviado

Claudia ainda segurando o capacete olhou diversas vezes o rosto daquele homem . Jamais havia visto um homem tão lindo quanto aquele , pensava.

David: acho que eu preciso sair daqui – dizia tentando se mover enquanto ouvia algumas buzinas

Claudia balançou a cabeça negativamente

Claudia: negativo , não se mexe vou chamar uma ambulância , vai que quebrou alguma coisa – dizia pegando o celular no bolso da calça

David: eu tô bem – resmungava

Claudia : não discute comigo – dizia seria discando o numero no celular

Enquanto isso em Nova York ....

Rafael estava sozinho em seu apartamento depois de um dia cheio de trabalho . Olhava fixamente o telefone . Estava morrendo de saudade do pai , dos irmãos , da sobrinha e principalmente de Claudia, suspirou se levantando do sofá e apagando a luz da sala , indo direto para o quarto .

Se deitou na cama e ficou olhando o teto do quarto por alguns minutos . Pegou o celular e discou um numero .

No Mexico ...

O celular de Claudia tocava com insistência . Porém ela não ouvia .

David: eu falei que estava bem – dizia

Claudia: não custava tirar a duvida – dizia dando de ombros enquanto observava a enfermeira do hospital apenas fazer um curativo na mão esquerda do homem que havia ralado no asfalto .

David: me chamo David Ferrer e você ? – perguntava

Claudia : Claudia Saviñon - dizia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:30 pm

David: muchas gracias – agradecia deixando seu sotaque carregado surgir

Claudia: você não é mexicano não é? – perguntava já afirmando

David sorriu

David: espanhol ha 28 anos – dizia piscando – oh moça isso já ta bom – dizia para a enfermeira

Enfermeira: calma rapaz , logo quem vai fazer esse curativo vai ser a sua namorada – dizia divertida

David apenas obserou Claudia que arregalou os olhos

Claudia: não ele... eu ... digo.. nós..... – dizia atrapalhada

David: relaxa amor – dizia divertido pelo nervosismo dela

Em Nova York ....

Rafael desligava o celular e se revirava na cama buscando uma posição confortável para dormir , sentindo-se decepcionado por não ter conseguido falar com quem gostaria .

No Mexico .....

David: pelo menos minha moto ta inteira – dizia enquanto saia do hospital

Claudia: estava mais preocupado com a moto ? – perguntava sem acreditar

David: claro é meu meio de transporte aqui – dizia – pegar microonibus aqui não é fácil sabia – dizia dando de ombros

Claudia: não conheço ninguém que tenha morrido por pegar um – dizia arqueando a sobrancelha

David: você é sempre assim ? tão respondona – dizia a encarando

Claudia o encarou

Claudia: quer uma carona ? – perguntava seria
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:31 pm

David: obrigado Claudia , mais eu vou na minha moto mesmo – dizia já pegando o capacete

Claudia: você é louco ? ou será que bateu a cabeça e ninguém percebeu – dizia – você sofreu um acidente e ainda quer andar nessa coisa ? – perguntava

David: você ouviu o medico dizendo foi só o suto eu tô inteiro , vaso ruim não quebra – dizia divertido –e mais uma vez obrigado pela ajuda – agradecia colocando o capacete e subindo na moto – até breve – dizia e logo saia

Claudia : minha virgem que homem é esse – dizia suspirando se encostando no carro

Algum tempo depois ....

David chegava no edifício onde morava , entrou no estacionamento e deixou a moto sentindo o corpo começar a ficar dolorido devido ao acidente .

David: SEGURA ! – gritou e correu até o elevador

Assim que entrou viu uma mulher que tinha um carrinho onde um bebê dormia e apenas acenou com a cabeça apertando o andar onde iria . Franziu a testa aquele rosto era familiar . O silêncio tomou conta até o elevador parar de repente.

David: não por favor – dizia baixinho

Bianca: estamos presos? – perguntava o encarando

David: parece – dizia pegando o interfone e ligando na portaria

Segundos depois ....

Bianca: quando vamos sair daqui ? – perguntava

David: parece que vai demorar um pouco – dizia se sentando no chão

Bianca: um pouco ? quanto ? – perguntava

David: uns quarenta minutos talvez – dizia suspirando

Bianca: que? Pelo amor de deus eu tô com o meu filho aqui , eu tenho que sair , eu tenho que sair daqui – dizia histérica
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:33 pm

David: moça quer se acalmar e parar de frescura – dizia serio – primeiro seu filho esta melhor que nós dois ele esta dormindo – dizia olhando o bebê - e segundo se ficar gritando histérica ai sim ele vai acordar e ai sim você vai ficar histérica de verdade – dizia

Bianca: você é sempre grosso assim ? – perguntava

David : só quando sofro um acidente de moto e depois fico preso com uma mãe histérica no elevador depois de um dia de trabalho – respondia

Bianca arregalou os olhos

10 minutos depois ....

Bernardo continuava adormecido no carrinho .

Bianca: Bianca Espinoza , esse é meu nome e o seu ? – perguntava já cansada do silêncio daquele elevador

David: David Ferrer - respondia suspirando

Bianca; você esta bem ? – perguntava franzindo a testa

David: minhas costas doem – dizia suspirando

Bianca: posso te fazer uma massagem – dizia – já que estamos aqui presos , pelo menos você fica sem dor e eu me distraio – dizia

David apenas observou a mulher sorriu afirmando e logo levantando a camisa revelando o corpo malhado . Bianca suspirou desde que havia se separado e dado a luz não havia se envolvido com nenhum homem e de fato David atiçaria qualquer mulher .

20 minutos depois ....

David havia ficado tão relaxado que estava cochilando com a cabeça encostada no ombro de Bianca que olhava cada detalhe do homem quando sentiu o elevador voltar a subir . David abriu os olhos e suspirou , vestiu a camisa e se levantou com certa dificuldade .

As portas do elevador se abriram no 6º andar e ambos saíram . Ela com o carrinho e ele segurando seu capacete .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:36 pm

Bianca: você é meu novo vizinho ? – perguntava olhando o homem se dirigir a porta que ficava de frente ao seu apartamento

David: acho que sim Bianca histérica – dizia divertido – obrigado pela massagem , tem mãos de fada – elogiava

Bianca: não foi nada – dizia – er.... se precisar de outra já sabe onde eu moro – dizia

David: ok , vou me lembrar , boa noite – dizia entrando no apartamento

Bianca arregalou os olhos

Bianca: meu deus você é uma idiota Bianca como fala uma coisa dessas – dizia entrando apressada no apartamento com o filho

Enquanto isso ....

Luna mostrava suas garras ou melhor seus pulmões.

Christopher: calma meu amor - dizia segurando a filha que chorava sem parar – Dul – chamava

Dulce: já vou – gritava saindo do banho com os cabelos presos em um coque e usando um roupão – que foi esfomeada – dizia divertida

Christopher: acho que ela fez de proposito hoje – dizia entragando a filha nos braços da mulher

Dulce: também acho – dizia se sentnado na cama e afrouxando o roupão e logo oferecendo um dos seios para a filha – calma , eu não vou fugir e nem o leite acabar – dizia fechando o s olhos sentindo como Luna sugava com força

Christopher: ainda bem que você tem bastante leite – dizia olhando a cena

Dulce: me sinto uma vaca mais pelo menos vale a pena – dizia olhando a filha que estava mais calma e com a boquinha já suja pelo leite

Christopher apenas ficou observando o tempo todo que Luna estava se alimentando e logo sorriu ao ouvir .

Dulce: até que enfim encheu sua gulosa – dizia divertida e carinhosa – pega ela Chris – dizia entregando a bebê enquanto ia novamente ao banheiro

Christopher se levantou e ficou andando com a filha até a pequena arrotar . Se aproximou do banheiro e escutou o chuveiro ligado , agora sim Dulce estava tomando banho .

Algum tempo depois .....

Agora era Christopher quem saia do banho . Usava apenas uma cueca boxer branca e tinha os cabelos úmidos.

Dulce estava deitada na cama com a babá eletrônica ao lado no criado mudo .

Dulce: a nossa gulosa já dormiu de novo – dizia divertida

Christopher: isso quer dizer que a mãe dela é só minha – dizia divertido

Dulce: isso quer dizer que a mãe da Luna vai dormir até ela acordar – dizia dando um sorrisinho – boa noite amor -dizia

Christopher: ta de sacanagem né ? – perguntava estreitando os olhos

Dulce: quando deitar apaga a luz – dizia se ajeitando na cama

Christopher arqueou uma das sobrancelhas

Três dias depois .....

Dulce , Christopher e Luna desembarcavam em Tlacotalpan.

Dulce: meu deus que calor – dizia sentindo a temperatura alta do lugar

Christopher: você ainda fica bronzeada e eu – dizia já notando a pele avermelhada

Claudia: sejam bem vindos – dizia se aproximando deles

Dulce: dispenso as boas vindas para esse forno – dizia – me diz que vamos ficar em algum hotel pelo menos com ar condicionado – dizia segurando Luna que parecia incomodada

Claudia : claro , relaxa irmãzinha – dizia e logo olhava a sobrinha que tentava morder a mão da mãe – oi Luninha – dizia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:39 pm

Luna encarou a tia curiosa e fez um charmoso biquinho .

Christopher: vamos por favor eu tô virando um camarão aqui – dizia

Como o lugar onde a novela ficava um pouco afastado , os três tiveram que ir de helicóptero e descer em um heliponto que ficava próximo ao local das gravações .

No Mexico ....

Ilza estava em casa porém tinha que ficar de repouso absoluto para desespero de Rick .

Ilza: já disse que não precisa – dizia revirando os olhos

Rick : amor , claro que precisa o médico foi claro repouso absoluto – dizia serio

Ilza: ele exagerou eu me sinto bem – rebatia

Rick : também estava bem quando passou mal – dizia

Ilza: essas coisas acontecem – dizia dando de ombros

Rick respirou fundo

Rick : você goste ou não eu vou contratar uma empregada e acho bom você ficar assim do jeito que esta deitada de repouso absoluto se quiser a nossa filha nos braços – dizia perdendo a calma e saindo da sala

Ilza arregalou os olhos

Enquanto isso .....

David saia de seu apartamento quando sorriu pela cena que viu . A porta do aprtamento da frente aberta e Bianca saindo do elevador com varias sacolas.

David: precisa de ajuda ? – perguntava

Bianca: eu agradeceria – dizia aliviada

David rapidamente pegou as sacolas e ajudou a mulher levando para dentro do apartamento dela e sorriu ao ver que Bernardo estava no cercadinho que ficava próximo ao sofá olhando tudo atentamente .

David: bom dia garotão – dizia olhando o bebê que soltou um gracejo divertido

Bianca: obrigada – agradecia segurando a maçaneta da porta e recuperando o folego

David: não foi nada – dizia piscando

Bianca: agora quando eu precisar de ajuda toco a sua campanhia – dizia divertida

David: dependendo do que eu ganhar em troca aceito qualquer trabalho – dizia com um sorriso travesso – tenha um bom dia – dizia saindo do apartamento

Bianca arregalou os olhos e sorriu divertida , o que estava acontecendo ali se perguntava em pensamentos .

Em Tlacotalpan....

Enquanto Dulce, Christopher e Luna se instalavam no hotel reservado , Claudia fazia algumas ligações .

Claudia : bom dia – dizia animada

David: bom dia , sabe até agora eu tô me perguntando como você conseguiu meu numero ? - perguntava divertido

Claudia: ora tenho os meus contatos – dizia – mais se quiser eu não ligo – dizia seria – só queria saber como esta depois do acidente - dizia

David gargalhou do outro lado da linha

David: você usou essa desculpa ontem , admite que estava querendo ouvir a minha voz – dizia divertido

Claudia : claro.... claro que não – dizia mordendo o lábio inferior

David: estou brincando , obrigado pela preocupação e estou bem ainda dolorido mais bem já to até trabalhando e pilotando – dizia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:43 pm

Claudia : você é mais teimoso que uma porta sabia - resmungava

David: nossa já me conhece assim tão bem – dizia divertido – imagine se me conhecesse a uma semana – dizia

Claudia bem que tentou não rir mais acabou gargalhando

David : agora sim – dizia animado

Claudia : agora assim o que ? – perguntava confusa

David: fiz você rir , sempre que fala comigo seu tom é serio e sempre correndo parece que só sabe trabalhar – comentava – as vezes se divertir não é pecado – dizia serio

Um silêncio se fez nas duas linhas e logo .

Claudia: eu tenho que ir tenho muito trabalho – dizia rapidamente

David: sabe eu acho que o seu marido deve ser bem ciumento – dizia

Claudia : não sou casada – dizia franzindo a testa

David : o seu marido o trabalho não te larga um minuto - dizia

Claudia ficou extremamente sem jeito

Claudia : tchau – dizia desligando

David: a verdade doe não é Claudinha - dizia divertido guardando o celular no bolso da calça – a semana nem acabou e eu já conheci duas mulheres maravilhosas, uma que parece ser mãe solteira porque até agora não vi rastro de homem naquele apartamento o que é interessante para mim – dizia falando sozinho enquanto esperava o elevador – e a outra que também é interessante mais é muito alucinada por trabalho - dizia pensativo - David , David , não se meta em confusão – dizia para ele próprio

Em Tlacotalpan ....

Dulce : agora ela se acalmou – dizia depois de dar um banho em Luna e deixa-la apenas de frauda no quarto

Christopher: já estou me arrependendo de ter vindo para cá – dizia olhando a pele avermelhada pelo sol

Dulce: fosse só você amor – dizia suspirando – olha – mostrava a marca do sol que já tinha

Christopher: pelo menos vai ficar bronzeada – dizia – que horas vamos gravar ? – perguntava

Dulce: nem perguntei , tava com muito calor para lembrar disso – dizia prendendo o cabelo em um coque alto deixando a mostra sua tatuagem

Christopher: será que a minha cena eu posso fazer sem camisa – dizia divertido

Dulce: mais é claro ... que não – dizia seria – engraçadinho

Christopher: amor eu vou derreter , não posso colocar camisa regata porque vou fritar – dizia dramático

Porém Dulce reparou no marido e de fato ele estava ferrado , pensou .

Algum tempo depois.....

Claudia: vocês vão gravar amanhã vamos tentar no primeiro horário por causa do calor , hoje vocês podem descansar ou sair pra conhecer o lugar – sugeria – a noite não é tão quente

Dulce: pelo menos isso né – dizia revirando os olhos

Claudia : não exagera – dizia encarando a irmã

Dulce; Clau a gente precisa conversar sobre a minha personagem ela – parou de falar ao ouvir um gracejo

Christopher tinha Luna em seus braços usando apenas frauda e beijava a barriga da filha que sorria divertida

Christopher: Luna gostosa, gostosa, gostosinha - dizia dando repetidos beijos

Claudia: meu deus que coisa linda – dizia

Christopher: e olha que nem fiz a barba – dizia divertido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 8:45 pm

Claudia : você também cunis , mais a minha sobrinha é masi gostosa que você sinto muito – dizia se aproximando da bebê que a olhava curiosa – deixa eu segurar ela ? – pedia

Christopher: boa sorte – dizia entregando a filha

No instante seguinte ....

Luna caiu no choro .

Claudia: eu não fiz nada – dizia – porque ela começou a chorar? Não gosta de mim meu amor ? – perguntava

Dulce apenas negou olhando a filha se esguelar de tanto chorar

Dulce: esse chorona , não gosta muito de sair dos braços do pai – dizia – devolve ela pro Chris pra você ver só – dizia

Claudia fez o que a irmã falou e nãoa creditou no que viu . A sobrinha parou de chorar no momento em que foi para os braços do pai.

Christopher: ela me ama morram de inveja – dizia divertido

Dulce: eu que carreguei por nove meses, eu que quase morri de dor e ele que leva os créditos é mole – dizia encarando a irmã

Christopher havia ido para o quarto com a filha e se deitou na cama aproveitando o ar do quarto , colocou a bebê em cima do deu peitoral e ficoua cariciando as costas da bebê até que ambos adormeceram .

Algumas horas depois .....

Christopher acordou com Luna o encarando e babando no peitoral dele , estreitou os olhso e reparou na escuridão do quarto , provavelmente já estava a noite , pensou . Se levantou com cuidado segurandoa  filha e foi acendendo as luzes

Christopher: Dul, amor – chamava

Nesse momento a porta se abriu e ele escutou a voz da mulher . Olhou curioso e logo sorriu com o que viu .

Christopher: quem é você ? – perguntava divertido


" />

Dulce : a boa e velha Dulce meu amor , a Claudia me convenceu acredita – dizia revirando os olhos

Christopher: que roupa é essa ? – perguntava reparando no short curto

Dulce: roupa do personagem , eu gostei – dizia dando uma voltinha

Christopher: você e com certeza toda a população masculina – dizia   - mais com esse calor até eu se pudesse ficava só de sunga ou cueca – reclamava

Dulce: claro ... que não  - dizia invocada

Christopher apenas gargalhou

Dulce: vocês acordaram agora ? – perguntava indo pro quarto

Christopher: aham – dizia olhando descarado a bunda da mulher
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 9:24 pm

Dulce : nossa já estou vendo que alguém vai custar a dormir hoje – dizia olhando a filha

Christopher: vai ficar desfilando com esses shortinhos mesmo ? – perguntava incomodado

Dulce: Chris ta muito quente sem condição de vestir algo mais fechado – dizia seria – não acredito que esta implicando com isso – dizia o encarando

Christopher: não estou implicando , você é grandinha o suficiente para saber o que veste e como veste – dizia serio – mais é maldade comigo poxa – dizia

Dulce: com você ? e eu posso saber porque ? – perguntava cruzando os braços

Christopher: a dias não fazemos amor , e ver você desfilando assim não me ajuda muito – dizia serio saindo do quarto

Dulce mordeu o lábio inferior e suspirou indo atrás do marido

Christopher estava sentado no sofá com Luna em seus braços , ele brincava com os dedinhos da filha.

Dulce: Chris – chamava

Christopher apenas a olhou de canto de olho

Dulce: acha que eu to te evitando ? – perguntava sem rodeios

Christopher: não acho nada , entendo que cuidar da Luna é exaustivo que ela suga as suas energias , mais podia sobrar pelo menos 10 minutos para mim só isso – dizia

Dulce: estou menstruada Chris – dizia o encarando

Christopher: que? – perguntava a encarando

Dulce: desde que a Luna nasceu é a primeira vez , a médica me disse que em algumas mulheres é assim só depois de algum tempo a menstruação volta – dizia – a minha voltou a alguns dias e pelo que eu conversei parece que vai durar mais tempo – dizia

Christopher apenas ouvia

Dulce: jamais fugiria ou evitaria você , mais até eu fui pega de surpresa , não esperava - dizia – desculpa se te fiz pensar que estava te evitando – dizia carinhosa

Christopher continuava olhando a mulher

Dulce: fala alguma coisa , mais não fica me olhando com essa cara – dizia

Christopher: como é isso ? digo antes eu sabia até quando era o seu período e dessa vez eu nem percebi , fui tão egoísta assim ? – perguntava

Dulce sorriu

Dulce: o meu corpo mudou e muitas coisas que eu sentia antes da nossa filha não sinto mais incluindo aquelas cólicas horríveis e aquele humor do cão , até eu me estranhei – confessava

Christopher: desculpa , não queria ter agido como um tarado por sexo , mais eu fico louco sem você – dizia a encarando

Dulce: eu te entendo , pensa que é fácil dizer não para você só de cueca branca na minha frente ? não é não – dizia suspirando

Christopher: bom então acho que vou tomar um banho – dizia roubando um beijo da mulher e entregando a filha – já comeu ? eu vou pedir alguma coisa ou podemos sair o que acha ? – perguntava
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 9:28 pm

Dulce: vamos sair a Clau me deu o endereço de um restaurante aqui perto – dizia com a filha nos braços e seguindo o marido para o quarto

Christopher: ok ,vou tomar banho – dizia entrando no banheiro

Enquanto isso ....

Valeria : você é um filho da mãe Pierre – dizia irritada

Pierre: só fiz o certo não iria levar prejuízo por causa do seu capricho Valeria – dizia

Valeria : um filho da mãe bom de cama – dizia sentindo o braço do fotografo envolta de sua cintura

Pierre: sempre nos entendemos bem nesse ponto – dizia divertido

Valeria : quero poder lançar logo as fotos da nova campanha – dizia entusiasmada

Pierre: se veio aqui para ficar falando de trabalho deveria ter avisado – dizia revirando os olhos

Valeria : você anda muito irritadinho sabia – dizia seria

Pierre: e dai – dizia sem se importar em ser grosso

Na Colômbia .... mais precisamente em uma certa pensão ....

Dona Mercedes arrumava algumas revistas que ficavam na recepção de sua humilde pensão quando uma um pouco recente chamou sua atenção na capa a foto de uma importante empresaria e suas assessoras.

Mercedes: essas mulheres de hoje em dia – parou de falar ao ver um rosto que a anos não via mais jamais esqueceria – Renata – dizia sentindo o coração acelerar era sua filha e estava tão linda , pensava.

Voltando a Tlacotalpan....

Christopehr , Dulce e Luna saíram do hotel a pé . Dulce com a mesma roupa , Christopher com uma bermuda clara , uma camisa regata preta , de chinelos e com os óculos de grau . Já Luna usava um vestidinho de alcinhas branco que a deixou parecendo uma boneca.

Chegaram ao tal restaurante que parecia mais um quiosque porém parecia bem aconchegante . Se sentaram e logo começaram a olhar o cardápio .

Christopher: o que vai querer ? – perguntava encarando a mulher que olhava curiosa o cardápio

Dulce: eu queria camarão – dizia mordendo o lábio inferior

Christopher: pede outra coisa – dizia risonho

Dulce: chato – dizia dando língua pro marido

Christopher: ok pede mais depois não tenta me atacar – dizia divertido

Dulce: calado – dizia divertida

Luna olhava curiosa o lugar afinal as luzes e alguns enfeites chamavam sua atenção .

Enquanto esperavam seus pedidos o casal conversava e vez ou outra trocavam carinhos e beijos apaixonados . O que nenhum havia percebido era um paparazzi que os seguia desde que saíram do hotel e registrava cada movimento da família .

Na Televisa ....

Pedro : como é ? – perguntava sem acreditar no que ouvia – inferno - dizia desligando o telefone

Enquanto em Nova York ....

Rafael estava mais do que intrigado, por diversas vezes tentara falar com Claudia e em nenhuma das vezes foi atendido .

Rafael : será que você já me esqueceu Claudia – se perguntava olhando o celular

Em Tlacotalpan .....

Claudia andava sozinha pela praia com os pensamentos perdidos em um certo motoqueiro , sorriu com as lembranças e logo suspirou .

Claudia : deixa de sonhar como adolescente – dizia chutando areia úmida da praia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    9/7/2014, 9:37 pm

No México ....

David estava deitado no sofá do apartamento , estava com dores e mal havia conseguido trabalhar naquele dia . Suspirou se lembrando do dia em que conheceu Claudia porém logo seus pensamentos foram invadidos pela lembrança de Bianca, balançou a cabeça negativamente .

David: David, David , para com isso – dizia fechando os olhos com força

" />
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    11/23/2014, 8:09 pm

Em Tlacotalpan ....

Dulce segurava Luna que havia começado a chorar obrigando-a amamenta-la . Christopher olhava a cena encantado porém atento aos olhares curiosos em cima da mulher e da filha .

Dulce: deveria ter trazido alguma frauda ou algo parecido - dizia revirando os olhos

Christopher: ela ta suja ? – perguntava

Dulce: não amor mais olha como as pessoas olham parece que nunca viram uma mulher amamentar – dizia seria

Christopher: azar o deles – dizia dando de ombros – nossa filha esta com fome e nada mais normal que você alimenta-la se estão incomodados que saiam ou parem de olhar afinal aqui é um lugar publico – dizia sem rodeios

Dulce: claro , não é o teu peito que estão olhando , eu já era chamada de peituda ,a gora vou virar siliconada – dizia observando a filha que mamava com vontade

Christopher: quanto a isso não se preocupa eu garanto que é natural – dizia divertido

Dulce apenas estreitou os olhos observando o marido .

Christopher : e além disso o que conta é a nossa filha não a opinião dos outros – dizia piscando

Dulce: falar é tão fácil – dizia revirando os olhos

Christopher apenas negou

Enquanto isso .....

David : é serio – dizia divertido

Bianca: acredito – dizia revirando os olhos

David: posso fazer uma pergunta ? você responde se quiser – dizia serio

Bianca: claro – dizia

David: cadê o seu marido , o pai do seu filho – perguntava

Bianca: sou separada , na verdade não assinamos nada ainda mais é questão de tempo ele já tem outra – dizia

David: desculpa eu não – dizia sem jeito

Bianca: sem problemas , boa parte do que aconteceu foi culpa minha – dizia dando de ombros - e mais uma vez obrigada por ajudar – dizia depois de arrumar a cama no quarto do filho

David: não tem que agradecer vizinhos são para isso – dizia piscando – tchau campeão – dizia acenando para Bernardo

Bianca fechou a porta do apartamento e suspirou

Bianca: para com isso mulher – dizia encarando o filho

No corredor ....

David: é complicado – dizia entrando no apartamento

Em Tlacotalpan ....

Dulce comia enquanto olhava divertida o marido com a filha . Christopher segurava Luna que mordia gostosamente o queixo do pai .

Dulce: você vai ficar babado amor – dizia divertida

Christopher: eu não me importo – dizia divertido – ela é a minha princesa pode tudo – dizia babão

Dulce apenas sorriu era impossível não achar linda a conexão entre pai e filha .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    11/23/2014, 8:10 pm

Enquanto se divertiam no restaurante não percebiam que durante todo o tempo eram fotografados.

Algum tempo depois....

Dulce: acho que alguém esta com sono – dizia olhando a filha que piscava em seus braços já sonolenta

Christopher: é hora de princesa estar na cama – dizia carinhoso beijando o pezinho da filha

Dulce: vamos ? – perguntava

Christopher: vou pedir a conta – dizia chamando o garçon

Enquanto isso ....

Claudia andava pela praia destraida mais uam vez como estava se acostumando a fazer , sentou na areia úmida e apoiou os braços nos joelhos apoiando o queixo observando o mar , repensando varias coisas .

Saiu de seus pensamentos ao escutar o celualr tocar com certa insistência

Claudia: o que foi sua chatinha – dizia atendendo sem olhar o visor

David: ui já virei chatinha ? – perguntava afinando a voz – amiga não fala assim – dizia divertido

Claudia: ah ... é ... perdão achei que fosse minha irmã – dizia sem jeito – desculpa – dizia

David: sem problemas – dizia divertido – te acordei ? – perguntava franzindo a testa

Claudia : estou longe de dormir – dizia suspirando

David: dessa vez fui eu quem liguei – dizia divertido

Claudia: é – dizia sem saber como agir

David: esta ocupada? –perguntava

Claudia: não – respondia monossilabicamente

David: não esta afim de papo ? – pergunbtava estranhando o tom

Claudia: na verdade queria outra coisa – dizia suspirando olhando o mar

David: queria ? não quer mais ? – perguntava siando na sacada do apartamento e olhando o céu estrelado

Claudia: não quero mais ficar sozinha – dizia

David: só depende de você pra não ficar – dizia serio

Enquanto isso em Nova York ....

Rafael : que droga – dizia irritado jogando o celular no sofá – agora vive com o telefone desligado ou ocupado , o que esta acontecendo Claudia – dizia serio

No dia seguinte .....

As gravações haviam começado cedo . Claudia estava com todo o pique naquele dia e com algo diferente segundo Dulce.

Dulce: não sei o que houve mais a Clau ta diferente hoje – dizia enquanto amamentava Luna

Christopher: também notou ? achei que fosse coisa da minha cabeça – dizia sentado de frente para a mulher

Dulce: vou terminar aqui e vou gravar faz ela arrotar ? – perguntava sentindo a filha sugar seu seio

Christopher: claro amor – dizia sorrindo – mais cuidado hein , não sei se é impressão mais seus seios estão maiores hoje – dizia

Dulce: eu sei – dizia suspirando – a Luna dormiu a noite toda e o meu peito encheu de leite , eu tirei um pouco antes de vir mais já encheu de novo , espero que não vaze – dizia franzindo a testa

Christopher: pelo menos nossa filha pode se fartar – dizia piscando

Dulce: algo bom em eu parecer uma vaca – dizia revirando os olhos

Christopher sorriu e se aproximou

Christopher: uma vaquinha deliciosa – dizia roubando um selinho

Dulce : bobo – dizia risonha

Claudia: oi família fofa – dizia se aproximando – prontos para gravar ? – perguntava animada

Dulce: só mais uns minutos e já vou – avisava

Claudia : ok , quando tiver pronta já estamos te esperando – dizia piscando

Christopher: ta animada né – dizia observandoa cunhada

Enquanto isso .....

David saia do apartamento assobiando e olhando o celular, quando ouviu

Bianca: hei , bom dia – dizia segurando o carrinho com o filho

David: bom dia – dizia – oi campeão – dizia olhando o bebê

Bianca: animado pra um começo de dia – comentava

David: sabe quando as coisas melhoram da noite pro dia ? estou nessa fase – dizia animado

Bianca franziu a testa e logo as portas do elevador se abriram .

Bianca: obrigada – agradecia por ele segurar a porta enquanto ela entrava com o carrinho

David ao contrario das outras vezes ficou em silêncio mexendo no celular .

O elevador se abriu e ele saiu SEM SE DESPEDIR.

Bianca: o que aconteceu ? – se perguntava enquanto saia com o filho

Em Tlacotalpan ...

Dulce gravava suas cenas enquanto Christopher distraia a filha que estava elétrica naquela manhã .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    11/23/2014, 8:10 pm

Se aproximou de um dos monitores e mostrou a imagem de Dulce para a filha que tentou colocar as mãozinhas no aparelho olhando a imagem da mãe .

Christopher: olha a mamãe filha – dizia divertido pela reação da bebê

Todos da equipe estava encantados com Luna que apesar de pequena quase não chorava e apenas reclamava quando se via longe do pai . Fazendo assim as cenas de Christopher demorarem mais .

Dias haviam se passado ....

As chamadas para o capitulo especial de VERANO DE AMOR já apareciam na emissora, causando a curiosidade de muitos .

Claudia: é amanhã Luisillo – dizia empolgada

Luisillo : amanhã vai ao ar o capitulo , vamos ver o que acontece – dizia

Claudia : a maior audiência dessa novela , doa a quem doer – dizia revirando os olhos

Luisillo apenas negou divertido

Enquanto isso ....

Christopher estava no estúdio que tinha em casa e terminava de escrever uma melodia que a dias estava na sua cabeça , estava sem camisa usando apenas uma calça larga e óculos de grau.

Sorriu ao sentir um par de lábios em sua nuca .

Dulce: porque não me acordou ? – perguntava carinhosa

Christopher: Luna custou a dormir e depois eu não te deixei dormir nada mais justo – dizia puxando a mulher para o seu colo – bom dia – dizia roubando um selinho – e nossa princesa? – perguntava

Dulce: dormindo – dizia mostrando a babá eletrônica e logo mordendo o queixo do marido –adorei a nossa noite , apesar do show da Luna – dizia divertida

Christopher: eu quem o diga , estava com saudade de te pegar de jeito Maria – dizia divertido

Dulce: deixa de ser tarado Luis – dizia divertida
Christopher: a culpa é sua que me provoca – dizia divertido

Dulce: eu não fiz nada – dizia o encarando

Christopher: imagine se tivesse feito – dizia risonho

Dulce: o que você esta fazendo ? esta há horas aqui – dizia olhando as folhas

Christopher: uma melodia que há dias martela na minha cabeça nada demais - dizia simples

Dulce: hum – dizia olhando curiosa as notas marcadas nas folhas

Christopher: o que tem pra fazer hoje? – perguntava observando a nuca da mulher que agora estav sentada de costas pra ele

Dulce: cuidar da Luna, cuidar da Luna , cuidar da Luna e cuidar da Luna – dizia divertida

Christopher: e sobra um tempinho para o pai da Luna ? – perguntava apoiando o queixo no ombro dela

Dulce: sempre – dizia roubando um selinho do marido

Christopher : não fica chateada se eu pedir uma coisa ? – perguntava

Dulce apenas negou

Christopher: me deixa sozinho para terminar essa melodia – pedia a olhando de canto de olho – você me destrai amor – dizia risonho

Dulce: só saio porque sei que se você não terminar essa melodia eu que vou ter que te aguentar elétrico – dizia se levantando do colo dele – mais assim que a Luna acordar eu volto – dizia roubando um beijo demorado e logo saindo

Christopher suspirou passando a mão nos cabelos que estavam um pouco compridos e cacheados e logo voltou a fazer o que havia parado .

Dulce saiu do estúdio e foi para o andar de baixo , já que o estúdio ficava no ultimo andar da casa . Sorriu ao ir no quarto da filha e ver que a bebê ainda ressonava tranquila no berço . Saiu novamente do quarto levando a babá eletrônica e desceu as escadas rumo a sala .

Viu algumas correspondências em cima da mesinha de centro provavelmente Christopher havia pegado quando desceu . Se aproximou olhando os envelopes e logo viu uma revista que a fez arregalar os olhos , na capa dizia “la família feliz “

Dulce: malditos – dizia rasgando a embalagem e abrindoa revista que tinha diversas fotos dela, do marido e principalmente de Luna em Tlacotalpan

Folheava a revista irritada pelo modo como estavam expondo sua filha .

Enquanto isso ...

David : Guillermo se decide eu sou um só não posso ficar indo e vindo na hora que a Anahi entende – dizia serio

Guillermo : ela não sabe bem o que quer aind a- dizia

David: então quando ela se decidir eu vou , por enquanto fico aqui trabalhando – dizia serio

Guillermo : David você não esta entendendo , ela quer a equipe a postos pra quando estiver pronta – dizia

David: eu acho que quem não entende é você qual é Guillermo , eu não vou ficar a mercê do capricho da Anahi , tenho tenho outros trabalhos aqui e você sabe disso , se ela quiser que eu trabalhe nesse tal cd dela ela que se decida primeiro , porque eu não vou sair daqui pra ir pra Miami ver ela se divertir nos cassinos da vida – dizia irritado

Guillermo apenas suspirou

Enquanto isso .....

Dulce: olha isso – dizia jogando a revista no meio das folhas que o amrido escrevia

Christopher: amor eu estou – parou de falar ao ver fotos da filha – que merda é essa ? – perguntava

Dulce: fotografam a gente em Tlacotalpan o tempo todo – dizia irritada

Christopher: filhos da mãe – dizia folheando a revista

Em uma certa agencia .....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    11/23/2014, 8:11 pm

Valeria : meu deus – dizia encantada com o que via

Renata : o que houve? – perguntava

Valeria : olha essa criança – dizia mostrando a foto

Renata revirou os olhos

Renata : já conheço – dizia sem dar importância

Valeria: como assim já conhece , me leva ate os pais dessa criança , ela é perfeita pra campanha infantil – dizia encantada

Renata : para de brincadeira Valeria , essa menina é a neta do Victor , ela é filha do Christopher – dizia seria

Valeria arregalou os olhos ,reparando naquele momento as pessoas que estavam com a bebê nas outras fotos .

Enquanto isso .....

Christopher: mais isso não – falava ao telefone enquanto era observado por Dulce – ok , tudo bem , obrigado – dizia desligando

Dulce: então ? – perguntava

Christopher: podemos process-los por invasão mais é complicado porque estávamos em um local publico resumindo – foi interrompido

Dulce: resumindo todo o cuidado que tivemos com a nossa filha foi a toa – dizia brava – odeio esses paparazzis – dizia brava

Christopher: calma ficar nervosa não vai ajudar agora – dizia abraçando a mulher

Dulce: é nossa filha – resmungava

Christopher: eu também estou bravo , mais isso não vai fazer o tempo voltar e impedir essas fotos , o que resta é levar numa boa ou pelo menos tentar – dizia suspirando

Algumas horas depois .....

Dulce: sim mãe , o Chris já falou com o advogado e não , não vamos fazer nada – dizia revirando os olhos

Christopehr observava a mulher enquanto segurava a filha nos braços que começava a chorar

Dulce: mãe, mãe , mãe eu vou ter que desligar a Luna esta chorando depois conversamos até – dizia desligando – pelo amor minha mãe parece que engoliu um radio não parava de falar – dizia pegando a filha

Christopher: eu tentei controlar mais só você consegue acalmar ela agora – dizia coçando a nuca

Dulce: eu sei amor – dizia dando um selinho no marido e se sentando no sofá levantando a camisa e deixando o seio livre para a filha mamar .

Luna rapidamente levou a boca até o seio farto da mãe e sugou fechando os olhos e suspirando

Dulce: que fome – dizia carinhosa segurando a pequena mão da filha

Christopher : adoro ver vocês juntas – dizia se sentando ao lado da mulher

Dulce apenas sorriu , aquele momento havia se tornado algo único dos três , Christopher na maioria das vezes estava presente quando ela amamentava a filha o que se tornava sempre algo único .

Ela se recostou entando se mecher o mínimo possível para n ão atrapalhar a filha e logo sentiu o peitoral do marido lhe dando apoio e sorriu se aconchegando.

Em um certo apartamento ......

Caludia: que rebuliço – dizia olhando o site da tal revista

David : rebuliço ? onde? – perguntava

Claudia : tiraram fotos da minha sobrinha – dizia seria

David que estava usando apenas uma bermuda se aproximou olhando as fotos .

David: muito bo nita sua sobrinha – dizia – mais nesse momento eu prefiro a tia – dizia desligando o monitor

Claudia : hei – dizia o encarando

David: chega de trabalho, de site, de tudo , você veio para ficar comigo certo ? – perguntava risonho

Claudia: você é muito abusado sabia – dizia estreitando os olhos

David: até agora não ouvi reclamações ao contrario – dizia malicioso observando como Claudia se levantava revelando a camiseta dele que ela usava – nunca gostei tanto d euma camisa minha – analisava

Claudia : chato – dizia o abraçando

David: bendita hora que eu me acidentei - dizia acariciando os cabelos castanhos dela

Claudia sorriu e logo s eperdeu nos lábios dele .Porém foram interrompidos pela campanhia que começou a tocar .

Claudia: esperando alguém ? – perguntava sem solta-lo

David: não , mais vai que é algo importante – dizia andando ainda abraçado com ela até a porta

Claudia: hei , deixa eu ir pro quarto e se alguém me ver assim ? – perguntava

David: qual o problema ? somos maiores de idade, você esta na minha casa relaxa – dizia divertido abrindo a porta – vizinha – dizia divertido


Bianca/ Claudia : Claudia /Bianca – diziam juntas

David: vocês se conhecem ? – perguntava curioso e confuso

Claudia : ela é – dizia se soltando do homem

Bianca: minha irmã – dizia com cara de péssimos amigos

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    11/23/2014, 8:14 pm

" />
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    12/7/2014, 11:02 pm

Claudia : bom dia – dizia seria

Bianca: estava bom – dizia se afastando

David: precisando de algo ? – perguntava

Bianca: não mais – dizia voltando para o apartamento e batendo a porta

Claudia: porque não me disse que era vizinho da minha irmã? – questionava

David arregalou os olhos

David: eu nem sabia que você tinha irmã e menos ainda que ela é minha vizinha – dizia fechando a porta

Claudia fechou os olhos com força e logo os abria

Claudia : desculpa , desculpa mesmo você não tem culpa – dizia suspirando se encostando na porta

David: só fiquei curioso pra saber o que ela queria – dizia

Claudia encarou David

Enquanto isso no apartamento ao lado ....

Bianca: idiota, burra , besta – dizia puxando a toalha que havia forrado a mesa de jantar e começando a guardar os pratos que havia colocado na mesa não necessariamente nessa ordem

No apartamento de David ....

Claudia : você... você e a Bianca tem alguma coisa? – perguntava insegura

David a encarou serio

Enquanto isso ....

Luna havia mamado e arrotado e agora olhava curiosa a aliança no dedo da mãe .

Dulce : o que tanto você olha sua curiosa ? – perguntava olhando a filha

Christopher : acho que ela gosta do brilho da aliança – dizia divertido

Dulce: amanhã é o dia que vão exibir o capitulo que gravamos – dizia

Christopher: que bom – dizia sem dar muita importância

Dulce: você não se importa muito não é ? – perguntava enquanto Luna brincava com seus dedos

Christopher encarou a mulher

Christopher: de verdade ? não me importa, nem interessa – dizia simples – sabe esse tempo de “Férias” ta me ajudando a repensar muitas coisas sobre a minha carreira e uma dela é sobre atuar - dizia

Dulce: como assim ? – perguntava franzindo a testa

Christopher: não quero mais isso de ficar meses ou até anos preso em uma única produção e quando digo produção me refiro a novelas – esclarecia

Dulce: ta me dizendo que não quer mais atuar? – perguntava arregalando os olhos – Chris essa é uma decisão muito seria – dizia

Christopher: eu sei – dizia – mais não quero mais isso , quero continuar atuando porque é o que de melhor eu sei fazer , mais quero focar em outras coisa , tipo cinema, series e porque não teatro , vai ser divertido eu tenho certeza – dizia

Dulce: mais e o seu contrato com a Televisa , digo como ator ? – perguntava

Christopher: termina no próximo mês e eu não vou renovar – dizia

Dulce apenas piscou encarando o marido

Enquanto isso ....

Claudia : então ? - perguntava

David : então nada – dizia dando de ombros – eu e a minha vizinha ,que vem a ser sua irmã nunca tivemos nada , o maximo que eu já fiz foi ajudar ela com compras e o carrinho do bebê – dizia se aproximando – confesso que ela é atraente e chama atenção de qualquer homem – dizia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Adm
Admin
avatar

Mensagens : 775
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 29
Localização : campo grande / ms

MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    12/7/2014, 11:08 pm

Claudia arregalou os olhos

Claudia: ou seja você se sentiu atraído por ela se é que ainda não sente – dizia seria

David sorriu

David: como eu estava dizendo , ela é atraente e tudo mais a sua irmã quer algo que pelo menos eu não posso e não quero ser..... ainda – dizia serio

Claudia: o que? –perguntava o encarando e percebendo que estava encurralada entre a porta e ele

David: sua irmã quer um marido , alguém que fique ao lado dela e do filho e eu não quero isso – dizia

Claudia: e o que você quer então ? – questionava

David suspirou e apoiou uma das mãos na porta

David: nesse momento só quero te beijar Claudia Espinoza - dizia e logo estava perdido nos lábios de Claudia

Em Nova York ....

Rafael : mais nos precisamos de um novo engenheiro o Felipe não podia ter saído assim – dizia irritado

Marcos: calma eu tenho o nome certo para gente terminar esse trabalho , o cara é fera e eu conheço ele a muito tempo – dizia

Rafael: Felipe não podia ter saído assim – dizia negando – mais qual o nome desse engenheiro precisamos dele pra ontem – dizia

Marcos: vou fazer melhor , vou ligar pra ele – dizia pegando o telefone na mesa de reunião

No Mexico ....

David e Claudia estavam presos em um intenso amasso no sofá da sala quando um barulho irritando os atrapalhou .

Claudia: é o seu ... celular – dizia ofegante sem parar de beija-lo

David: deixa tocar eu tô ocupado – dizia sem se importar

Claudia : po... pode ser algo ur... urge... urgente – dizia suspirando pelos beijos que sentia em seu pescoço

David: saco – dizia pegando o celular na mesinha de centro – quem é o infeliz que me atrapalha – atendia sem soltar Claudia

Marcos : nossa já tinha me esquecido da sua amabilidade – dizia divertido – sou eu Marcos – dizia

David : porra , não tem outra hora pra ligar não cara – dizia suspirando e encarando Claudia

Marcos : hum ... não deixa de ser chato tenho uma proposta de trabalho pra você , ainda esta aqui em Nova York né ? – perguntava

David suspirou observando Claudia sair de seu colo e se sentar ao seu lado arrumando a camisa que usava

David: não Marcos , eu estou no Mexico a alguns meses porque ? – perguntava

Marcos : putz , serio ? – perguntava

David : seríssimo , as vezes nem parece que você é meu primo sabe nada desinformado – dizia divertido relaxando enquanto Claudia fazia um carinho nos cabelos dele

Marcos : que culpa eu tenho que você é um nômade que não para em lugar nenhum – dizia dando de ombros – estamos com um problema aqui na agencia , o nosso engenheiro pediu demissão e estamos precisando de um com urgência pra terminar uma campnha – dizia serio encarando Rafael que olhava apreensivo

Rafael : coloca no viva voz – pedia

Marcos assim o fez

David : olha eu não posso ir pra Nova York agora em hipotese alguma mais se puder me mandar o material por e-mail eu vejo no que posso ajudar – dizia

Marcos : sabia que podia contar com você David - dizia animado – e fica tranquilo porque você vai receber muito bem - dizia

David: com você não me ligando quando não deve eu já fico satisfeito priminho adiós – dizia desligando

David : onde a gente parou ? – perguntava encarando Claudia

Em Nova York

Rafael : porque nunca comentou desse primo ? – perguntava curioso

Marcos : David não é meu primo quer dizer não de sangue é mais por consideração ,nossas mães eram praticamente irmãs , dai crescemos juntos , estudamos juntos essas coisas – dizia - só que ele é meio “cigano” sabe não consegue ficar em um lugar por muito tempo , já morou na França, Italia, aqui, agora esta no Mexico , só não sei por quanto tempo – dizia divertido

Rafael : e ele é bom ? – perguntava

Marcos : é o melhor – dizia serio

Rafael : então fechamos com ele , envia tudo pra ele e vamos tocar essa campanha , mais o Felipe vai em ouvir a si vai – dizia irritado

Marcos apenas observou .

Enquanto isso ....

Luna continuava na sua vida de princesa , já que naquele momento estava adormecida no seu berço .

Dulce : amor – chamava o marido que estava distraído deitado na cama

Christopher a encarou

Dulce: falou mesmo serio sobre parar com as novelas ? – perguntava se deitando ao lado dele

Christopher: muito serio – dizia acariciando os cabelos da mulher

Dulce: vai ser um baque para os fãs – dizia

Christopher: eles superam – dizia divertido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rosyrivero.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Talvez Manãna -La Luna de Nuestra vida
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Dúvida] Poseidon ROE e Cloth Myth's EX
» A Vida nas Cartas – O Dilema
» [Sinopse] Segredos da Vida
» [Sinopse] Nossa Vida
» Desabafos da Vida

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Anny Rivero Wn :: Sua primeira categoria :: Seu primeiro fórum-
Ir para: